Ciências Biomédicas/Ciências Farmacêuticas/Bioquímica

sue

Membro Caloiro
Matrícula
9 Agosto 2016
Mensagens
3
Boa tarde!
Pretendia obter algumas informações sobre os cursos acima mencionados.

- alguém que frequente o curso de Ciências Biomédicas em Aveiro me diga as saídas que este curso tem (já vi no site, mas uma vez que no 3ºano se tira um "menor" queria saber mais concretamente que mestrados dá para se tirar depois e futuros empregos).
- se frequentar o curso de Ciências Biomédicas e depois tirar o "Menor Biomedicina Farmacêutica", é possível depois ter um emprego na indústria farmacêutica, mais concretamente no desenvolvimento de produtos?
- E acerca de empregabilidade? Um farmacêutico ou um bioquímico não serão mais bem conceituados (e mais bem preparados) que um biomédico?
- Se eu pretendesse trabalhar futuramente num laboratório desenvolvendo um produto como por exemplo, um creme anti-aging ou até produtos de maquilhagem ou shampoos, qual o curso mais "correto"?
- E entre Ciências Farmacêuticas e Bioquímica, qual é o mais difícil?

Obrigada pela atenção
 

Lúcia Prados

Membro Caloiro
Matrícula
15 Setembro 2016
Mensagens
2
Curso
Bioquimica
Instituição
FCUL
Tirei a licenciatura em Bioquimica por isso o que te posso dizer é que tanto um farmaceutico como bioquimico podem trabalhar na área da cosmética. No entanto, penso que se pretendes mesmo seguir essa área, o curso de Ciencias Farmaceuticas talvez fosse melhor.
Em termos de dificuldade, posso-te dizer que Bioquimica nao é um curso facil mas se gostares e te esforçares é perfeitamente realizavel, mas claro que dá trabalho. Assim como Ciencias Farmaceuticas tambem é um curso que dá trabalho e que tem muita quimica.
No caso de se seguir bioquimica e querer trabalhar nessa area, talvez um mestrado em Eng. Farmaceutica ou alguma area do genero tambem fosse boa ideia.
 

JFaria95

Membro Caloiro
Matrícula
4 Setembro 2016
Mensagens
2
Boa tarde!
Pretendia obter algumas informações sobre os cursos acima mencionados.

- alguém que frequente o curso de Ciências Biomédicas em Aveiro me diga as saídas que este curso tem (já vi no site, mas uma vez que no 3ºano se tira um "menor" queria saber mais concretamente que mestrados dá para se tirar depois e futuros empregos).
- se frequentar o curso de Ciências Biomédicas e depois tirar o "Menor Biomedicina Farmacêutica", é possível depois ter um emprego na indústria farmacêutica, mais concretamente no desenvolvimento de produtos?
- E acerca de empregabilidade? Um farmacêutico ou um bioquímico não serão mais bem conceituados (e mais bem preparados) que um biomédico?
- Se eu pretendesse trabalhar futuramente num laboratório desenvolvendo um produto como por exemplo, um creme anti-aging ou até produtos de maquilhagem ou shampoos, qual o curso mais "correto"?
- E entre Ciências Farmacêuticas e Bioquímica, qual é o mais difícil?

Obrigada pela atenção
Olá :) Sou licenciado em Ciências Biomédicas pela Universidade de Aveiro e vou tentar esclarecer-te algumas dúvidas.
1- em termos de saídas, a licenciatura por si só não serve de muito, sendo praticamente um pré-requisito tirar um mestrado posteriormente. A separação em menores ajuda a melhorar a preparação em 2 áreas muito distintas: a área molecular serve para a investigação biomédica laboratorial e a área farmacêutica prepara principalmente para a investigação clínica, ou seja, investigação de "papel e caneta" como um dos meus professores o referiu. No entanto, esta separação apenas dá uma melhor preparação, não sendo de todo determinante para o futuro (conheço quem tenha tirado o menor molecular e esteja neste momento a trabalhar na área farmacêutica e vice-versa); basta pensar nestes menores como as cadeiras opcionais do 12º.
2- sim, é possível, assim como se tirares o outro menor; depende muito mais da escolha do mestrado posteriormente :)
3- para trabalhar na indústria farmacêutica, o farmacêutico está obviamente melhor preparado e tem até melhores apoios, como a Ordem dos Farmacêuticos e uma formação universitária muito mais focada; já de BQ não posso falar muito mas tenho ideia que dá maior abrangência em todo o tipo de investigação laboratorial, seja biomédica, botânica, etc.
Obviamente, CBM está muito mais focado no ser humano, em certos aspectos assemelhando-se demasiado a certos cursos de medicina. No entanto, tens a vertente da investigação clínica, com a componente de legislação do medicamento, que faz a diferença em relação a CF e a BQ.
4- não há um curso mais "correcto"; novamente, depende das tuas escolhas de mestrado, orientação por parte de professores e até escolhas mais tardias na tua carreira. Qualquer um estará bastante apto para trabalhar nessa área :)
5- todos são acessíveis desde que te dediques e mostres esforço, não há cursos impossíveis :)

Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Qualquer outra dúvida, questiona :)
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
313
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
Olá :) Sou licenciado em Ciências Biomédicas pela Universidade de Aveiro e vou tentar esclarecer-te algumas dúvidas.
1- em termos de saídas, a licenciatura por si só não serve de muito, sendo praticamente um pré-requisito tirar um mestrado posteriormente. A separação em menores ajuda a melhorar a preparação em 2 áreas muito distintas: a área molecular serve para a investigação biomédica laboratorial e a área farmacêutica prepara principalmente para a investigação clínica, ou seja, investigação de "papel e caneta" como um dos meus professores o referiu. No entanto, esta separação apenas dá uma melhor preparação, não sendo de todo determinante para o futuro (conheço quem tenha tirado o menor molecular e esteja neste momento a trabalhar na área farmacêutica e vice-versa); basta pensar nestes menores como as cadeiras opcionais do 12º.
2- sim, é possível, assim como se tirares o outro menor; depende muito mais da escolha do mestrado posteriormente :)
3- para trabalhar na indústria farmacêutica, o farmacêutico está obviamente melhor preparado e tem até melhores apoios, como a Ordem dos Farmacêuticos e uma formação universitária muito mais focada; já de BQ não posso falar muito mas tenho ideia que dá maior abrangência em todo o tipo de investigação laboratorial, seja biomédica, botânica, etc.
Obviamente, CBM está muito mais focado no ser humano, em certos aspectos assemelhando-se demasiado a certos cursos de medicina. No entanto, tens a vertente da investigação clínica, com a componente de legislação do medicamento, que faz a diferença em relação a CF e a BQ.
4- não há um curso mais "correcto"; novamente, depende das tuas escolhas de mestrado, orientação por parte de professores e até escolhas mais tardias na tua carreira. Qualquer um estará bastante apto para trabalhar nessa área :)
5- todos são acessíveis desde que te dediques e mostres esforço, não há cursos impossíveis :)

Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Qualquer outra dúvida, questiona :)
Olá. Só em jeito de completar esta resposta como alguém que trabalha em investigação clínica há uns anos. A vantagem de ser farmacêutico para entrar na indústria Farmacêutica não é homogénea a todas as áreas. Nos serviços associados à investigação pré clínica e clínica há imensas pessoas de variadas formações. Conheço e já trabalhei com biólogos, bioquímicos, técnicos de farmácia e outros tdt, dentistas, veterinários, nutricionistas, enfermeiros, pessoas de farmácia biomédica e também de ciências biomédicas. É mesmo muita gente. Verdade que a maior parte está contratada não pela indústria mas por empresas que gerem a investigação mas muitos acabam por mudar-se para a indústria ou trabalham dedicados a uma empresa Farmacêutica específica.

No caso de cbm em Aveiro o grande trunfo deste curso era o mestrado em biomedicina Farmacêutica que tinha ligação com indústrias e empresas facilitando imenso a entrada em estágios. Infelizmente sem este mestrado esta porta de entrada está bem mais inacessível, acrescentado ao aumento de competitividade nesta área de imensos MSc e PhD que querem sair do meio académico porque oferece oportunidades de carreira mais precárias.

De resto concordo com absolutamente tudo. E investigação de papel e caneta é bem verdade e pode parecer seca mas é extraordinário ajudar a desenhar e conduzir um ensaio clínico com medicamentos novos, e ver um impacto direto na vida de imensas pessoas.
 

AnaPinheiro16

Membro
Matrícula
3 Maio 2016
Mensagens
24
Qual a diferença entre os cursos de Bioquímica e Ciências Biomédicas? E em termos de saídas profissionais e empregabilidade?
 

Tânia Vieira

Membro Caloiro
Matrícula
12 Setembro 2016
Mensagens
7
Olá :) Sou licenciado em Ciências Biomédicas pela Universidade de Aveiro e vou tentar esclarecer-te algumas dúvidas.
1- em termos de saídas, a licenciatura por si só não serve de muito, sendo praticamente um pré-requisito tirar um mestrado posteriormente. A separação em menores ajuda a melhorar a preparação em 2 áreas muito distintas: a área molecular serve para a investigação biomédica laboratorial e a área farmacêutica prepara principalmente para a investigação clínica, ou seja, investigação de "papel e caneta" como um dos meus professores o referiu. No entanto, esta separação apenas dá uma melhor preparação, não sendo de todo determinante para o futuro (conheço quem tenha tirado o menor molecular e esteja neste momento a trabalhar na área farmacêutica e vice-versa); basta pensar nestes menores como as cadeiras opcionais do 12º.
2- sim, é possível, assim como se tirares o outro menor; depende muito mais da escolha do mestrado posteriormente :)
3- para trabalhar na indústria farmacêutica, o farmacêutico está obviamente melhor preparado e tem até melhores apoios, como a Ordem dos Farmacêuticos e uma formação universitária muito mais focada; já de BQ não posso falar muito mas tenho ideia que dá maior abrangência em todo o tipo de investigação laboratorial, seja biomédica, botânica, etc.
Obviamente, CBM está muito mais focado no ser humano, em certos aspectos assemelhando-se demasiado a certos cursos de medicina. No entanto, tens a vertente da investigação clínica, com a componente de legislação do medicamento, que faz a diferença em relação a CF e a BQ.
4- não há um curso mais "correcto"; novamente, depende das tuas escolhas de mestrado, orientação por parte de professores e até escolhas mais tardias na tua carreira. Qualquer um estará bastante apto para trabalhar nessa área :)
5- todos são acessíveis desde que te dediques e mostres esforço, não há cursos impossíveis :)

Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Qualquer outra dúvida, questiona :)
Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
--- Post atualizado ---
Olá. Só em jeito de completar esta resposta como alguém que trabalha em investigação clínica há uns anos. A vantagem de ser farmacêutico para entrar na indústria Farmacêutica não é homogénea a todas as áreas. Nos serviços associados à investigação pré clínica e clínica há imensas pessoas de variadas formações. Conheço e já trabalhei com biólogos, bioquímicos, técnicos de farmácia e outros tdt, dentistas, veterinários, nutricionistas, enfermeiros, pessoas de farmácia biomédica e também de ciências biomédicas. É mesmo muita gente. Verdade que a maior parte está contratada não pela indústria mas por empresas que gerem a investigação mas muitos acabam por mudar-se para a indústria ou trabalham dedicados a uma empresa Farmacêutica específica.

No caso de cbm em Aveiro o grande trunfo deste curso era o mestrado em biomedicina Farmacêutica que tinha ligação com indústrias e empresas facilitando imenso a entrada em estágios. Infelizmente sem este mestrado esta porta de entrada está bem mais inacessível, acrescentado ao aumento de competitividade nesta área de imensos MSc e PhD que querem sair do meio académico porque oferece oportunidades de carreira mais precárias.

De resto concordo com absolutamente tudo. E investigação de papel e caneta é bem verdade e pode parecer seca mas é extraordinário ajudar a desenhar e conduzir um ensaio clínico com medicamentos novos, e ver um impacto direto na vida de imensas pessoas.
Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
--- Post atualizado ---
Tirei a licenciatura em Bioquimica por isso o que te posso dizer é que tanto um farmaceutico como bioquimico podem trabalhar na área da cosmética. No entanto, penso que se pretendes mesmo seguir essa área, o curso de Ciencias Farmaceuticas talvez fosse melhor.
Em termos de dificuldade, posso-te dizer que Bioquimica nao é um curso facil mas se gostares e te esforçares é perfeitamente realizavel, mas claro que dá trabalho. Assim como Ciencias Farmaceuticas tambem é um curso que dá trabalho e que tem muita quimica.
No caso de se seguir bioquimica e querer trabalhar nessa area, talvez um mestrado em Eng. Farmaceutica ou alguma area do genero tambem fosse boa ideia.
Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
 

JFaria95

Membro Caloiro
Matrícula
4 Setembro 2016
Mensagens
2
Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
--- Post atualizado ---


Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
--- Post atualizado ---


Olá! Será que me podes esclarecer umas dúvidas pelo facto de estares num curso que pondero ir.
O que eu gostaria de fazer era poder trabalhar num laboratório em descobria doenças, investigava curas para as mesmas. Mas estou bastante indecisa entre CBM, Bioquímica ou CFarmaceuticas. Qual é que me aconselhas? Em qual fico mais preparada para trabalhar num laboratório? Qual a melhor universidade, a que tem mais prestígio, para cada um dos cursos? Será um bioquímico mais valorizado num laboratório do que o biomédico?
Se me poderes ajudar, agradecia muito!!
Olá :)
Qualquer um dos cursos que referes dá para investigação biomédica e nenhuma é mais valorizada que outra num laboratório de investigação; nestes laboratórios, o que interessa mesmo é que faças um bom trabalho e mostres o teu valor, pelo que o curso de onde vens não tem grande factor preferencial.
O curso de CBM dá um óptimo conhecimento de várias doenças e do corpo humano, o que é uma vantagem relativamente aos outros se quiseres enveredar pela investigação biomédica; qualquer uma das universidades (UA, UBI, UAlg) tem mérito e planos curriculares muito próprios, portanto nenhum é mais prestigiado que o outro. No entanto, e falando por Aveiro, sinto que não tive tantas aulas práticas quanto gostaria/precisaria de ter e, mais grave ainda, não havia estágio curricular. Nesse aspecto, e porque conheço pessoas que frequentaram, posso dizer que a licenciatura em Bioquímica do Porto tem uma componente prática muito forte, e que não duvido que prepare melhor que CBM. Mas para Bioquímica, qualquer uma das universidades é boa, seja Porto, Aveiro, Minho, etc.
Com Ciências Farmacêuticas podes fazer a mesma coisa que um licenciado nestes cursos, não sendo visto como mais ou menos que os outros, e qualquer uma das faculdades de farmácia é excelente e de renome. A maior diferença é que este é um mestrado integrado e poupa-te tempo e trabalho a encontrar um mestrado para seguir a licenciatura que, diga-se, é essencial.

No fundo, a tua escolha entre um destes deve ser feita com base na tua preferência pelo plano curricular, universidade e cidade do curso. A escolha é inteiramente tua e com qualquer uma delas podes cumprir os teus objectivos :)
Espero ter ajudado qualquer coisa :p
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
313
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
CBM em Aveiro perdeu mesmo muito quando acabaram com o mestrado de Biomedicina Farmacêutica. Tiro no pé autêntico... Na minha altura o menor em farmacêutica começava desde o primeiro ano, era bastante prático e o mestrado tinha boas oportunidades de estágio. Agora acabou tudo... Não era tão bom para investigação de bancada, mas dava excelentes oportunidades de carreira.
 
Última edição:

Nazaré Coelho

Membro Caloiro
Matrícula
1 Fevereiro 2017
Mensagens
2
Olá, estou a pensar candidatar-me a Ciências Farmaceuticas na Universidade Fernando Pessoa, uma vez que não tenho média para entrar na pública. Gostaria de saber de alguém que tenha frequentado o curso nesta universidade uma vez que não encontro informação nenhuma a nível do ensino e funcionamento da universidade. :)
 

david603

Membro
Matrícula
22 Março 2018
Mensagens
15
Boa noite,
como já falei em várias conversas aqui, o que eu queria fazer da vida no futuro era mesmo investigação na área das ciências biológicas e biomédicas. Mas, para além disso, também gosto muito da componente química como alvo de investigação. Já me interroguei e informei acerca dos cursos de CBM e MICF, e penso que Ciências Farmacêuticas é o mais indicado para a minha ideologia de trabalho, pois não só tem a vertente de química, como em termos de saídas profissionais oferece um maior garantia de emprego (e em áreas que também são do meu agrado), e ainda tenho este curso em Lisboa (minha terra), ao contrário de Ciências Biomédicas. Mas ainda assim não me sinto totalmente confiante devido a certos aspetos como:
- o plano de estudos que mais me agrada é sem dúvida o de CBM, pois estuda-se muito mais pormenorizadamente o corpo humano (o que eu de facto procuro);
-para fazer investigação com Ciências Farmacêuticas, não tenho carência de bases, que poderia ter eventualmente em cursos como CBM?
-para além do mestrado integrado no curso, não teria que fazer ainda mais um mestrado e posterior doutoramento? Ou só doutoramento a seguir ao curso chegava ?(ou até mesmo só o próprio curso)
- se quisesse trabalhar em análises clínicas e em laboratórios de hospitais, CBM é um bom curso para tal?
Agradeço a vossa ajuda, e peço desculpa pela confusão xD!!
 

Gonçalo Santos Silva

Spammer Profissional
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
9,239
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
- se quisesse trabalhar em análises clínicas e em laboratórios de hospitais, CBM é um bom curso para tal?
Posso estar enganado mas creio que o curso mais indicado para isso é Ciências Biomédicas Laboratoriais (é diferente de Ciências Biomédicas) por causa de um dos cursos que deu origem a CBL ter sido ACSP (Análises Clínicas e Saúde Pública).
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
313
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
- o plano de estudos que mais me agrada é sem dúvida o de CBM, pois estuda-se muito mais pormenorizadamente o corpo humano (o que eu de facto procuro);
Em termos de biologia humana, acho que é mais ou menos equivalente, sinceramente, salvo se me estiver a falhar alguma coisa, mas duvido.

-para fazer investigação com Ciências Farmacêuticas, não tenho carência de bases, que poderia ter eventualmente em cursos como CBM?!
De bases não, e se por acaso houver alguma diferença em algum pormenor, podes complementar com formação pós-graduada.

-para além do mestrado integrado no curso, não teria que fazer ainda mais um mestrado e posterior doutoramento? Ou só doutoramento a seguir ao curso chegava ?(ou até mesmo só o próprio curso)
Não, com o mestrado integrado podes entrar em doutoramento.

- se quisesse trabalhar em análises clínicas e em laboratórios de hospitais, CBM é um bom curso para tal?
Não te metas em CBM se quiseres fazer análises ou algo que tenha a ver com prática clínica. CBM é um curso de bases para investigação em saúde. Para análises clínicas tens como opções mais viáveis ciências biomédicas laboratoriais (carreira de TSDT em análises clínicas e saúde pública e anatomia patológica, citológica e tanatológica), ciências farmacêuticas e medicina (especialidade em patologia clínica). Se análises é uma opção para ti, tens bons tópicos neste fórum que discutem cursos, perspetivas de carreira etc.
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Rafael.