Ciências da Educação vs Educação Básica vs Educação Social

Brenda

Membro Caloiro
Matrícula
23 Junho 2015
Mensagens
8
Boa tarde,

Numa altura em que é preciso pesquisar e reunir o máximo de informação relativamente a cursos, surgiram estas três opções:
- Ciências da Educação, na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto;
- Educação Básica na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto
- Educação Social também na ESE.

Se possível, gostaria de saber a opinião de alguém…

Obrigada
 

Gomes

Membro
Matrícula
28 Junho 2015
Mensagens
15
Boa Noite!
Ciências da Educação e Educação Social não habilitam para a docência, são cursos destinados à intervenção social e educativa, que não se restringe apenas à escola. Aliás são cursos muito voltados para o marco não-escolar, mas trabalhando sempre questões educativas e sociais.
Educação Básica é um curso de formação inicial de professores (Educadores de infância a professores do 1º ciclo).

Apesar de diferentes, os cursos de C. da Educação e Educação Social tem semelhanças, que não posso aprofundar muito(pq não os frequentei) mas sei que tem semelhanças ao nível da sua natureza com a Licenciatura em Educação da Universidade do Minho (que terminei este ano). Se ajudar a esclarecer podem ler esta informação que postei noutro tópico.

"A Licenciatura em Educação da Universidade do Minho forma profissionais de Educação (Técnicos Superiores de Educação/Educadores/Educólogos) que estão habilitados para intervir em variados contextos sociais e educativos. A licenciatura em Educação tem a duração de 3 anos (com a modalidade diurno e pós-laboral), sendo que no último ano da licenciatura existe uma Unidade Curricular (Cadeira) destinada à construção de um projeto de intervenção num contexto profissional compatível com o perfil dos Licenciados em Educação. Desde o primeiro ao terceiro ano, os alunos têm a possibilidade de escolher uma disciplina opcional por cada semestre, indo de encontro aos seus interesses e preferências. Já no terceiro ano da licenciatura, os alunos deverão optar por um área que posteriormente é aprofundada no mestrado em Educação. No entanto, os alunos poderão escolher uma área para realizar o projeto da Licenciatura e depois escolher uma outra para fazer o mestrado. Independentemente das opcionais escolhidas na licenciatura, todos os alunos terminam com o titulo de "licenciados em Educação" não havendo referencia às opcionais que escolheram. Já no mestrado terminam com o titulo de "mestre em Educação, na especialização ... " em função da área que optarem.

As três áreas que começam a ser trabalhadas na Licenciatura e que posteriormente são aprofundadas no mestrado em Educação são:

a) Mediação Educacional e Supervisão na Formação: esta área estuda as questões da resolução de conflitos, a mediação sociofamiliar, a integração de comunidades e culturas diferentes, a integração social e o desenvolvimento humano. Por outro lado, aborda também a importancia do desenho de estratégias de supervisão enquanto forma de regular e melhorar as práticas profissionais dos educadores. Contextos de intervenção: Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, Associações de apoio à vitima, Lares, Instituições de acolhimento; Câmaras, Prisões e todas as instituições com valências educativas e formativas e de intervenção social.

b) Formação, Trabalho e Recursos Humanos: esta área estuda as questões da formação e do trabalho, mas precisamente a importância e estratégias da gestão da formação dos Recursos Humanos. Contextos de intervenção: Empresas, Centros de Formação, Departamentos de Formação e Educação, Câmaras, Juntas de Freguesia, Instituições e associações com valências educativas e formativas.

c) Educação de Adultos e Intervenção Comunitária: nesta área são aprofundadas as metodologias de educação e animação de adultos, assim como, abordadas a estratégias de intervenção na comunidade. Contextos de intervenção: Lares da 3ª idade, Centros de dia, universidades da 3ª idade, centros de formação, Centros sociais e outras instituições que trabalhem com adultos e intervenham na comunidade.

O curso articula muito bem a teoria com a prática, existe a preocupação de em cada UC os alunos aprofundarem os conhecimentos com trabalhos práticos e de campo, que muitas vezes implica a visita de instituições e entrevistas de profissionais da área. Já no 3º ano, cada aluno deve escolher um contexto para realizar o seu projeto, que vai desenvolver ao longo do ano. Primeiro estuda o contexto e posteriormente concebe um plano de intervenção, que posteriormente implementa e avalia, sempre com a ajuda de um acompanhante na instituição onde é acolhido e um professor da Universidade. O curso enfatiza muito os trabalhos em grupo e individuais de natureza reflexiva, permitindo que cada aluno assuma um papel ativo na sua formação.

Já no segundo ano do mestrado em Educação (que quem quiser pode frequentar após terminar a licenciatura em Educação ou outras) fará um estágio com a duração de um ano, que culminará no desenvolvimento do respetivo relatório.
Portanto, este é um curso que procura alicerçar a teoria com a prática, formando profissionais de Educação conscientes das problemáticas e desafios atuais. Terminei este ano a Licenciatura em Educação e gostei bastante de a frequentar.

Mais dúvidas diz :)

Mais informações podes consultar aqui:
http://www.ie.uminho.pt/Default.aspx?tabid=7&pageid=168
"
 

Brenda

Membro Caloiro
Matrícula
23 Junho 2015
Mensagens
8
Boa Noite!
Ciências da Educação e Educação Social não habilitam para a docência, são cursos destinados à intervenção social e educativa, que não se restringe apenas à escola. Aliás são cursos muito voltados para o marco não-escolar, mas trabalhando sempre questões educativas e sociais.
Educação Básica é um curso de formação inicial de professores (Educadores de infância a professores do 1º ciclo).

Apesar de diferentes, os cursos de C. da Educação e Educação Social tem semelhanças, que não posso aprofundar muito(pq não os frequentei) mas sei que tem semelhanças ao nível da sua natureza com a Licenciatura em Educação da Universidade do Minho (que terminei este ano). Se ajudar a esclarecer podem ler esta informação que postei noutro tópico.

"A Licenciatura em Educação da Universidade do Minho forma profissionais de Educação (Técnicos Superiores de Educação/Educadores/Educólogos) que estão habilitados para intervir em variados contextos sociais e educativos. A licenciatura em Educação tem a duração de 3 anos (com a modalidade diurno e pós-laboral), sendo que no último ano da licenciatura existe uma Unidade Curricular (Cadeira) destinada à construção de um projeto de intervenção num contexto profissional compatível com o perfil dos Licenciados em Educação. Desde o primeiro ao terceiro ano, os alunos têm a possibilidade de escolher uma disciplina opcional por cada semestre, indo de encontro aos seus interesses e preferências. Já no terceiro ano da licenciatura, os alunos deverão optar por um área que posteriormente é aprofundada no mestrado em Educação. No entanto, os alunos poderão escolher uma área para realizar o projeto da Licenciatura e depois escolher uma outra para fazer o mestrado. Independentemente das opcionais escolhidas na licenciatura, todos os alunos terminam com o titulo de "licenciados em Educação" não havendo referencia às opcionais que escolheram. Já no mestrado terminam com o titulo de "mestre em Educação, na especialização ... " em função da área que optarem.

As três áreas que começam a ser trabalhadas na Licenciatura e que posteriormente são aprofundadas no mestrado em Educação são:

a) Mediação Educacional e Supervisão na Formação: esta área estuda as questões da resolução de conflitos, a mediação sociofamiliar, a integração de comunidades e culturas diferentes, a integração social e o desenvolvimento humano. Por outro lado, aborda também a importancia do desenho de estratégias de supervisão enquanto forma de regular e melhorar as práticas profissionais dos educadores. Contextos de intervenção: Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, Associações de apoio à vitima, Lares, Instituições de acolhimento; Câmaras, Prisões e todas as instituições com valências educativas e formativas e de intervenção social.

b) Formação, Trabalho e Recursos Humanos: esta área estuda as questões da formação e do trabalho, mas precisamente a importância e estratégias da gestão da formação dos Recursos Humanos. Contextos de intervenção: Empresas, Centros de Formação, Departamentos de Formação e Educação, Câmaras, Juntas de Freguesia, Instituições e associações com valências educativas e formativas.

c) Educação de Adultos e Intervenção Comunitária: nesta área são aprofundadas as metodologias de educação e animação de adultos, assim como, abordadas a estratégias de intervenção na comunidade. Contextos de intervenção: Lares da 3ª idade, Centros de dia, universidades da 3ª idade, centros de formação, Centros sociais e outras instituições que trabalhem com adultos e intervenham na comunidade.

O curso articula muito bem a teoria com a prática, existe a preocupação de em cada UC os alunos aprofundarem os conhecimentos com trabalhos práticos e de campo, que muitas vezes implica a visita de instituições e entrevistas de profissionais da área. Já no 3º ano, cada aluno deve escolher um contexto para realizar o seu projeto, que vai desenvolver ao longo do ano. Primeiro estuda o contexto e posteriormente concebe um plano de intervenção, que posteriormente implementa e avalia, sempre com a ajuda de um acompanhante na instituição onde é acolhido e um professor da Universidade. O curso enfatiza muito os trabalhos em grupo e individuais de natureza reflexiva, permitindo que cada aluno assuma um papel ativo na sua formação.

Já no segundo ano do mestrado em Educação (que quem quiser pode frequentar após terminar a licenciatura em Educação ou outras) fará um estágio com a duração de um ano, que culminará no desenvolvimento do respetivo relatório.
Portanto, este é um curso que procura alicerçar a teoria com a prática, formando profissionais de Educação conscientes das problemáticas e desafios atuais. Terminei este ano a Licenciatura em Educação e gostei bastante de a frequentar.

Mais dúvidas diz :)

Mais informações podes consultar aqui:
http://www.ie.uminho.pt/Default.aspx?tabid=7&pageid=168
"

Muito obrigada! :)
 

Daniela Abreu

Membro Veterano
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
361
Curso
Relações Públicas e Comunicação Empresarial
Instituição
ESCS-IPL
Para educação básica qual a universidade que aconselham?
Não sou da área portanto não conheço a panóplia de faculdades com o curso. Aconselho-te a procurares rankings, informação sobre empregabilidade no info cursos e assim.
A instituição com que lido mais de perto é a ESELx em Lisboa porque é ao lado da minha e porque tenho lá amigas, mas não te sei dizer se é a melhor do país nem pouco mais ou menos ahah
 

Tsofia2

Membro
Matrícula
20 Setembro 2016
Mensagens
26
Para educação básica qual a universidade que aconselham?
Relativamente à empregabilidade (pelo que vi na informação no site da dges em cada Universidade) a percentagem de pessoas que acabaram o curso e estão desempregadas é:

Aveiro - 2,1%
Algarve - 5%
Évora - 8%
Minho - 7,8%
Trás dos Montes e alto douro - 13%
Beja - 4,3%
Bragança - 3,8%
Castelo Branco - 5,1%
Coimbra - 3,8%
Guarda - 16,4 %
Leiria- 1,8%
Lisboa - 2,3%
Porto - 1,7%
Portalegre - 3,2%
Viana do Castelo- 7,4%
Viseu - 8%
Santarém - 5,1%
Setúbal - 3%

Por isto.. talvez a do Porto, mas claro que isto não te dá 100% certeza de dizer que é a melhor nesse curso, e além disso deves ver outras informações relativamente ao que pretendes saber (:
 
  • Like
Reactions: andrea98

Jacinta Brito

Membro Caloiro
Matrícula
24 Maio 2017
Mensagens
4
Mas nessas universidades apenas há o curso de ciências da educação. ..
E supostamente esse não nos redireciona para lecionar aulas, certo?
 

Daniela Abreu

Membro Veterano
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
361
Curso
Relações Públicas e Comunicação Empresarial
Instituição
ESCS-IPL
Mas nessas universidades apenas há o curso de ciências da educação. ..
E supostamente esse não nos redireciona para lecionar aulas, certo?
Redireciona! Creio que a diferença é que o curso de Educação Básica é mais vocacionado para a Educação primária e pré-escolar, e o de Ciências da Educação tem maior abrangência. Mas também é possível dar aulas tirando imagina uma licenciatura em História, Português, Geografia, Biologia e depois um mestrado em Educação ou algo do estilo
 

TMOP

Membro Veterano
Matrícula
6 Maio 2016
Mensagens
377
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Boa noite,

Peço desculpa se este é o tópico errado, mas: a licenciatura em Educação e Formação do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa permite ingressar num mestrado que possibilite ser educador/professor de creche e/ou dos 1º e 2º ciclos do ensino básico?
 

Gomes

Membro
Matrícula
28 Junho 2015
Mensagens
15
Redireciona! Creio que a diferença é que o curso de Educação Básica é mais vocacionado para a Educação primária e pré-escolar, e o de Ciências da Educação tem maior abrangência. Mas também é possível dar aulas tirando imagina uma licenciatura em História, Português, Geografia, Biologia e depois um mestrado em Educação ou algo do estilo
Ciências da Educação não habilita para a docência!
 
  • Like
Reactions: Daniela Abreu

Gomes

Membro
Matrícula
28 Junho 2015
Mensagens
15
Boa noite,

Peço desculpa se este é o tópico errado, mas: a licenciatura em Educação e Formação do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa permite ingressar num mestrado que possibilite ser educador/professor de creche e/ou dos 1º e 2º ciclos do ensino básico?
Para ser educador de infância ou professor do 1º ou 2º ciclo é necessário fazer a licenciatura em Educação Básica. (Depois é necessário seguir o mestrado correspondente ao nível de ensino que pretende lecionar).
--- Post atualizado ---
Mas permite entrar em mestrados de Ensino que habilitam para a docência?
Não. Normalmente os mestrados que habilitam para a docência requerem uma licenciatura de base na respetiva área de ensino. No caso da docência ao nível do pré-escolar e do 1º e 2º ciclos é necessário (atualmente) ter licenciatura em Educação Básica para depois ingressar num mestrado que habilite para o ensino.
 

TMOP

Membro Veterano
Matrícula
6 Maio 2016
Mensagens
377
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Para ser educador de infância ou professor do 1º ou 2º ciclo é necessário fazer a licenciatura em Educação Básica. (Depois é necessário seguir o mestrado correspondente ao nível de ensino que pretende lecionar).
--- Post atualizado ---

Não. Normalmente os mestrados que habilitam para a docência requerem uma licenciatura de base na respetiva área de ensino. No caso da docência ao nível do pré-escolar e do 1º e 2º ciclos, é necessário (atualmente) ter licenciatura em Educação Básica para depois ingressar num mestrado que habilite para o ensino.
Obrigado!
 

Adriana.13

Membro Caloiro
Matrícula
20 Julho 2017
Mensagens
6
Olá. O meu objetivo é ser educadora de infância. Na minha candidatura coloquei ciências da educação em primeira opção e educação básica em segunda. Acham que fiz mal? Pelo que li aqui no fórum fiquei um pouco preocupada...
 

a fish

(mandem-me ir estudar, sff)
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,340
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
Olá. O meu objetivo é ser educadora de infância. Na minha candidatura coloquei ciências da educação em primeira opção e educação básica em segunda. Acham que fiz mal? Pelo que li aqui no fórum fiquei um pouco preocupada...
de facto, Educação Básica é que seria o caminho próprio para chegar a Educadora de Infância. Mas nada de desesperos! Há outras fases de candidatura ou, até, podes encontrar em Ciências da Educação uma nova paixão... :)
 
  • Like
Reactions: Daniela Abreu

Adriana.13

Membro Caloiro
Matrícula
20 Julho 2017
Mensagens
6
de facto, Educação Básica é que seria o caminho próprio para chegar a Educadora de Infância. Mas nada de desesperos! Há outras fases de candidatura ou, até, podes encontrar em Ciências da Educação uma nova paixão... :)
Eu gostei muito mais do plano de estudos de ciências da educação do que o de educação básica....
 

Daniela Abreu

Membro Veterano
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
361
Curso
Relações Públicas e Comunicação Empresarial
Instituição
ESCS-IPL
Eu gostei muito mais do plano de estudos de ciências da educação do que o de educação básica....
São planos bastante diferentes até porque geralmente (e pelo que sei, não querendo estar a induzir-te em erro) os cursos de Educação Básica são mais comuns em Politécnicos, porque habitualmente também é um curso com uma vertente mais prática. Ciências da Educação pelo contrário creio ser um curso maioritariamente (se não exclusivamente) lecionado em universidades
 

Sorayad

Membro Caloiro
Matrícula
2 Setembro 2017
Mensagens
2
Ola tenho uma duvida, quero tirar educação básica mas estou indecisa entra a Almeida garret e joao de deus , alguém têm alguma opinião que me possa dar?
 

carinaletra9

Membro Caloiro
Matrícula
8 Junho 2017
Mensagens
3
Ola! Fui colocada em educação social e gostava de saber se mais tarde poderei tirar mestrado e trabalhar em creches ou seja ser educadora de infancia