Como é a realidade do 1º ano em Medicina?

Margot

Membro Veterano
Matrícula
28 Abril 2016
Mensagens
146
Curso
Engenharia e Gestão Industrial
Bom dia, gostaria de saber, por quem esteve ou está no curso de Medicina, como é a realidade do primeiro ano de curso:

Quer em termos de horarios (exemplo de dias de aulas), quer em termos de deslocações (por exemplo, quem estuda em Santa Maria tem os estagios e aulas todas lá? Quem estuda na Nova de Lisboa, quantos dias por semana se desloca da faculdade para hospitais, etc?)

Como é o modelo de ensino? Qual a visao que têm das aulas teoricas e das aulas praticas?

Por experiencia de curso, como sao de uma forma geral os resultados dos testes no primeiro semestre?

Tudo o mais que achem relevante referir fiquem à vontade de acrescentar.
Desde já agradeço todas as opiniões!
 

lckk

Membro Dux
Matrícula
19 Junho 2015
Mensagens
1,227
Hey, lê as páginas iniciais dos tópicos das 2 faculdades.

Santa Maria:
Restringindo ao 1º ano (não te esqueças que o curso são 6 anos...):
1) Horários, no geral:
de manhã (8h-12.. 10h-13h...): tens aulas teóricas, não obrigatórias. no início do curso vão 300 em filinha para as aulas, no final do ano devem ser uns 40 nas melhores aulas (no final do curso, já tive aulas a 3)
de tarde (14h-16h... 14h-20h... 16h-20h): aulas práticas, estas sim são obrigatórias.
Não te consigo dar um horário, porque todas as semanas tens um diferente. Ou seja, sabes que tens bioquímica prática das 14h-16 de segunda-feira, mas nem todas as segundas-feiras vais ter essa aula, por exemplo.

No 1º ano ia todos os dias para a faculdade estudar (incluindo sábados e domingos se não fosse para casa). Diria que na melhor das hipóteses precisava mesmo de ir 4 dias à faculdade, ter blocos de 2 ou 4h de aulas práticas. (em anos mais avançados, conseguia ter semanas de 3 dias e ir para casa mais cedo, com algum planeamento e faltando a aulas "cirurgicamente")

Quanto às aulas, no 1º ano é tudo no recinto do hospital. Excepto o estágio no final que pode ser lá ou noutro hospital da grande lisboa.

Mais uma vez, o curso são 6 anos, o 1º ano é o ano que mais rápido passa xD
 
Última edição:

Birdy

Membro Catedrático
Especialista
Medicina & Saúde
Apoiante Uniarea
Matrícula
18 Junho 2016
Mensagens
2,145
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Acrescentando ao que já foi dito acima, os horários nem são de todo cansativos (ainda mais para quem desiste de ir às aulas teóricas a meio do semestre como eu :p), a quantidade de estudo é que é muito grande, mas tudo se vai fazendo.
Como é o modelo de ensino? Qual a visao que têm das aulas teoricas e das aulas praticas?
O modelo é o puramente clássico que se vê nas universidades em Portugal. Aulas teóricas com exposição da matéria. Umas valem a pena, outras nem por isso. Aulas práticas com turmas mais pequenas (por volta de 12 alunos) em que focamos temas mais específicos, tiramos dúvidas, discutimos resolução de exercícios de fichas ou fazemos apresentações orais. De resto, estudo super autónomo, mas isto é a realidade do ensino superior, que é uma das grandes diferenças do secundário.
Por experiencia de curso, como sao de uma forma geral os resultados dos testes no primeiro semestre?
A maioria das cadeiras divide-se numa componente de avaliação contínua, de pequenas avaliações ao longo do semestre (podem ser testes, apresentações, participação, etc) e avaliação teórica (exame teórico e/ou prático, se existir, como orais ou OSCEs nas épocas de exame).
A transição de muitos do secundário para medicina é penosa, e quem estava habituado a 18s e 19s, passa a ficar satisfeito com 9,5s e positivas baixas. Não vou dizer que isto é a regra, porque comigo foi completamente ao contrário. Tinha mais dificuldade em ter as notas que ambicionava no secundário e agora sou muito melhor aluna na faculdade. Depende da pessoa, da sua organização e da sua forma de lidar com este novo tipo de pressão. Para mim, compensa muito o facto de estar a estudar aquilo que quero e gosto.

Estágios, no 1º ano, são duas semanas num hospital em Lisboa ou perto, na periferia, que podemos escolher entre vários, HSM, Pulido Valente, Cascais, Garcia de Orta, Amadora Sintra, e outros; e duas semanas num centro de saúde, em qualquer ponto do país que te dê mais jeito. Eu fiz na minha terra natal, já que sou aluna deslocada, com a minha médica de família.
Mais uma vez, o curso são 6 anos, o 1º ano é o ano que mais rápido passa xD
É isto. E é talvez o ano mais difícil psicologicamente, porque é tudo novidade e ainda provavelmente não encontrámos o nosso método de estudo e como é que nos vamos adaptar a uma diferente carga gigante de matéria. Os restantes anos vão se tornando mais interessantes, parece-me, e já estamos habituados ao ritmo.
 
  • Like
Reactions: ines_2713

Birdy

Membro Catedrático
Especialista
Medicina & Saúde
Apoiante Uniarea
Matrícula
18 Junho 2016
Mensagens
2,145
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Começo pelo facto de que é mil vezes melhor, de vários pontos de vista, estudar o que estudamos agora, do que física e química, matemática ou português (e se demorei 2 anos a ter a média que precisava, that’s self-explanatory xD) e acabo com o facto de que os dois anos que estive na universidade a fazer cadeiras e a estudar de novo para os exames nacionais também me deram todo um boost mental de raciocínio e de organização... Não sei explicar como, mas ainda bem que assim foi.
Também não sou de perto a melhor aluna do meu ano, mas se concentrar todas as notas numa média de curso de 15/16, como estão agora, já fico satisfeita. Talvez se entrasse à primeira tentativa em medicina, o impacto e as notas seriam outras, nunca saberei.
E vamos lá ver, o 1.º ano é talvez o ano mais chato de todos. Estás a “construir” em cima de nada, basicamente. Daí para a frente já estás a construir por cima de outro conhecimento de base e as coisas tornam-se mais intuitivas e interessantes (e com importância prática e clínica!). E segundo consta, na generalidade, as notas vão melhorando ao longo do curso também por isso.
Depois existem outros fatores que também contribuem para o nosso sucesso nos estudos, claro. A faculdade onde estou, por si só, pela quantidade de projetos e coisas que nos proporciona fora da esfera do marranço, também é uma motivação extra, que contribui para esta minha visão positiva sobre o resto :) é ter paciência e muita resiliência, querida marga. se sentes que estás no curso certo, então aproveita que passa a voar. Se deste o teu melhor, é isso que interessa. Se não deste, toca a melhorar :)
 
  • Like
Reactions: ines_2713

Blasty

Moderadora
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
6,604
Curso
Medicina
Começo pelo facto de que é mil vezes melhor, de vários pontos de vista, estudar o que estudamos agora, do que física e química, matemática ou português
Concordo contigo na generalidade, mas, por outro lado, acho que no ano passado preferia ter estudado qualquer uma das cadeiras do secundário do que andar a decorar mil origens e inserções de músculos, acidentes anatómicos, buraquinhos, etc. 😂😂😂 Há coisas que desesperam qualquer um. xD

Daí para a frente já estás a construir por cima de outro conhecimento de base e as coisas tornam-se mais intuitivas e interessantes (e com importância prática e clínica!). E segundo consta, na generalidade, as notas vão melhorando ao longo do curso também por isso.
Ai mesmo, estou a adorar este semestre. 😍🥰 Isto deve-se sobretudo a cardio, tem tanta fisiologia lindinha e interessante! Então depois de ir ver uma cirurgia saí de lá cheia de vontade de estudar ahahah, ver aquilo que andamos a aprender aplicado na prática foi só espetacular. Ainda por cima o anestesista era super simpático, explicava tudo e ia fazendo perguntas que eu até sabia responder. 😂
 
  • Love
Reactions: Birdy

lckk

Membro Dux
Matrícula
19 Junho 2015
Mensagens
1,227
Concordo contigo na generalidade, mas, por outro lado, acho que no ano passado preferia ter estudado qualquer uma das cadeiras do secundário do que andar a decorar mil origens e inserções de músculos, acidentes anatómicos, buraquinhos, etc. 😂😂😂 Há coisas que desesperam qualquer um. xD

A média da FMUP é quase 1 valor mais baixa que a FML. Sempre conta mais alguma coisa.

Isto deve-se sobretudo a cardio, tem tanta fisiologia lindinha e interessante!
Said by no one, ever ever o.O
 

Blasty

Moderadora
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
6,604
Curso
Medicina
Said by no one, ever ever o.O
Comasssim, é a minha cadeira favorita até agora 😢 Faz (quase) tudo imenso sentido e é super lógico, por mim todas as cadeiras podiam ser como a fisiologia de cardio. 🤤
 

lckk

Membro Dux
Matrícula
19 Junho 2015
Mensagens
1,227
Comasssim, é a minha cadeira favorita até agora 😢 Faz (quase) tudo imenso sentido e é super lógico, por mim todas as cadeiras podiam ser como a fisiologia de cardio. 🤤

Aceito explicações então hahaha
Para mim é sobrenatural alguém olhar para uns tracinhos e encontrar uma onda p no meio QRS e dizer que é uma TRNAV e olhar para aquilo na electrofisiologia e queimar um dos infinitos circuitos do nódulo AV que decidiu passar mais depressa que os outros, que no meu esquemazinha mental são só 2.
::end of rant::

Cardio, resumido num gif
1576450776506.png
 

Blasty

Moderadora
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
6,604
Curso
Medicina
Olá. Alguém me pode explicar em que consiste as aulas teóricas? É abordada toda a matéria?
Isso pode variar consoante a faculdade... Mas geralmente são simplesmente aulas expositivas em que prof explica a matéria para todo o ano. E normalmente são facultativas, não precisas de ir se não quiseres.
Depois as aulas práticas é que são em grupos mais pequenos (normalmente à volta de 10-15 pessoas, diria eu). Aí podes dar matéria (num estilo mais semelhante ao secundário e interativo, à partida), aulas de laboratório, role-plays...
Para além disso, estas coisas também variam de cadeira para cadeira na mesma faculdade... Por exemplo, eu tenho cadeiras em que quase não tive teóricas (demos tudo nas práticas basicamente) e outras em que há teóricas todas as semanas. :)
 
  • Like
Reactions: franciscaraujo

lckk

Membro Dux
Matrícula
19 Junho 2015
Mensagens
1,227
Olá. Alguém me pode explicar em que consiste as aulas teóricas? É abordada toda a matéria?

Só um esclarecimento, não há maneira de "dar toda matéria". Ou saber de toda a matéria.
A velocidade do conhecimento actual é bastante superior à capacidade de adquirir esses conhecimentos. Nunca há fim!
 

lckk

Membro Dux
Matrícula
19 Junho 2015
Mensagens
1,227
Estava a ler esta thread e como todos foram muito completos e queridos, vou aproveitar para fazer duas perguntas que me enchem a cabeça várias vezes. Aviso já que são meio "estranhas" ou "random", como lhe queiram chamar, até porque pouco têm que ver com o curso em si, por isso não me julguem 😉 Ah, é importante dizer que sou aspirante a medicina, não?!

1ª (e a mais estranha haha) - Não sou propriamente "de estômago fraco", isto querendo dizer que não me impressiono facilmente com "conteúdo gráfico" (já vi várias cirurgias no youtube a título de curiosidade, e nunca me fizeram impressão, bem pelo contrário, só conseguia imaginar-me no lugar do cirurgião!). No entanto, se vir uma agulha apontada a mim fujo a sete pés. Não me faz confusão ser eu a espetar quem quer que seja, mas quando os papéis são invertidos (que são sempre, ainda só sou aspirante haha) o coração sai-me pela boca. Já vos avisei que as perguntas seriam meio fora do comum, por isso: acham que o meu "medo" pode prejudicar o meu desempenho? É comum praticarem procedimentos como tirar sangue, ou IV's uns nos outros, ou são só cenários na minha cabeça?

2ª (e não tão random, até bastante pertinente) - Conseguem manter uma vida social fora do vosso círculo de amigos dentro do curso? Ou seja, conseguem conviver com amigos de outros cursos? Ou a vossa vida social é muito restrita aos estudantes de medicina?

Sei de casos que experimentaram um nos outros. Nunca experimentei em ninguém dos meus colegas nem fui experimentada xD

Sim claro, sobretudo em faculdades que partilhem instalações :p
 
  • Wow
Reactions: Birdy

Birdy

Membro Catedrático
Especialista
Medicina & Saúde
Apoiante Uniarea
Matrícula
18 Junho 2016
Mensagens
2,145
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Já vos avisei que as perguntas seriam meio fora do comum, por isso: acham que o meu "medo" pode prejudicar o meu desempenho?
Não estou a ver como é que isso poderia prejudicar o teu desempenho. Acho que era pior se fosses tu que tivesses medo de picar alguém, não o contrário. Mesmo assim, medicina tem imensas áreas diferentes e não é por certos detalhes que se deve logo duvidar do curso como um todo. Por exemplo, eu não gosto nada de ver cirurgias ou procedimentos que tenham a ver com olhos e também não sou nada amiga de fraturas e ortopedia. Se tiver que ver, vejo, também não me vou sentir mal por isso, mas se não, fujo. 😂 Also, uma pessoa, durante o curso, pode perder alguns medos e impressões, também passa tudo pela experiência e habituação. Quem sabe, um dia ainda me vou render a oftalmologia ou orto (duvido, mas pronto ahah),
É comum praticarem procedimentos como tirar sangue, ou IV's uns nos outros, ou são só cenários na minha cabeça?
Nunca ouvi falar de colegas a treinar uns nos outros ahah
Sei que existem modelos de plástico onde se pode praticar, em workshops de punções e coisas do género.
De resto, a prática é com doentes a sério, em estágios. É saberes o procedimento, que não é nada complexo, as referências anatómicas e tomar as precauções necessárias.
Conseguem manter uma vida social fora do vosso círculo de amigos dentro do curso? Ou seja, conseguem conviver com amigos de outros cursos? Ou a vossa vida social é muito restrita aos estudantes de medicina?
Claro que sim, tenho amigos de diferentes cursos, em diferentes universidades, de norte a sul. Alguns conheci em Lisboa, outros trago já do secundário, etc. O facto da FML estar na cidade universitária permite também um convívio alargado entre cursos.
 

JoanaFM

Membro
Matrícula
5 Agosto 2019
Mensagens
64
Sei de casos que experimentaram um nos outros. Nunca experimentei em ninguém dos meus colegas nem fui experimentada xD

Sim claro, sobretudo em faculdades que partilhem instalações :p

Obrigada!
Post automatically merged:

Não estou a ver como é que isso poderia prejudicar o teu desempenho. Acho que era pior se fosses tu que tivesses medo de picar alguém, não o contrário. Mesmo assim, medicina tem imensas áreas diferentes e não é por certos detalhes que se deve logo duvidar do curso como um todo. Por exemplo, eu não gosto nada de ver cirurgias ou procedimentos que tenham a ver com olhos e também não sou nada amiga de fraturas e ortopedia. Se tiver que ver, vejo, também não me vou sentir mal por isso, mas se não, fujo. 😂 Also, uma pessoa, durante o curso, pode perder alguns medos e impressões, também passa tudo pela experiência e habituação. Quem sabe, um dia ainda me vou render a oftalmologia ou orto (duvido, mas pronto ahah),

Nunca ouvi falar de colegas a treinar uns nos outros ahah
Sei que existem modelos de plástico onde se pode praticar, em workshops de punções e coisas do género.
De resto, a prática é com doentes a sério, em estágios. É saberes o procedimento, que não é nada complexo, as referências anatómicas e tomar as precauções necessárias.

Claro que sim, tenho amigos de diferentes cursos, em diferentes universidades, de norte a sul. Alguns conheci em Lisboa, outros trago já do secundário, etc. O facto da FML estar na cidade universitária permite também um convívio alargado entre cursos.

Muito obrigada!