Como é o curso de filosofia? & outras questões internas

A_Flor

Membro Caloiro
Matrícula
9 Janeiro 2022
Mensagens
1
Olah!

Recentemente entrei num curso na área da saúde por gostar bastante de estudar o corpo humano e etc. no entanto, a minha primeira opção era psicologia e repeti os exames nacionais por duas vezes e ainda assim a minha média não foi aquilo que precisava (não tenho forma de entrar numa universidade privada), não pretendo ter o mesmo comportamento dos últimos 2 anos.
A realidade é que me fico a perguntar como é o curso de filosofia na NOVA e na UL. Vim de ciências e tecnologias, com biologia, química... Que eram as minhas matérias preferidas. No entanto, filosofia, depois de psicologia, é uma das minhas paixões.
Permanecendo no curso em que estou, daqui a 4 anos estou formada (se o bom universo ajudar), e devido à natureza do curso, ter uma licenciatura em psicologia + mestrado em psicologia ia ser um super bónus (como vou ser eu e os meus trocos e esforços, me candidataria numa universidade privada).
Mas, pensando com carinho, percebo que repetindo apenas o exame de filosofia (nos 2 últimos anos fiz o de biologia e depois de português e biologia) - disciplina que consegui um 19 no 11.º - (tamanho o meu carinho pela área. adoro escrever, pensar no porquê de agirmos como agimos...) poderia me licenciar na área e depois fazer um mestrado em ensino e dar aulas no secundário (por gratidão aos 2 ótimos profs. que tive, e também para incentivar os jovens a "pensar mais fora da caixa" e "andarem com as próprias pernas"). Nessa brincadeira, ao fim do mestrado, estaria no máximo com os meus 28 anos. Acredito que indo nesse fluxo, não teria mais necessidade de fazer psicologia (já que a psicologia é "um braço" da filosofia). Acredito que estaria 100% satisfeita.
O probleminha é que já estive (3 meses) num curso na área das ciências sociais e não gostei. Os professores eram impecáveis, haviam matérias interessantes mas (talvez pelos meus problemas de saúde, tenho ansiedade generalizada), não me identifiquei bastante. No curso em que estou, sinto-me ok. Mas a pulga atrás da orelha a dizer "e se fosses para filosofia?" permanece.

As dúvidas que tenho então são:
1. Como é o curso de filosofia na UL e NOVA, o que fazemos nas aulas diariamente?
2. Sabendo que sou apaixonada pela área da saúde, mas também pela filosofia, qual seria a melhor decisão? (No caso de estarem no meu lugar, o que fariam?)
3. com 28 estou muito "velha" para ser professora? acham que teriam problemas em arranjar emprego?

Ainda que fosse para filosofia não iria estagnar. Adoro aprender, estudar. Provavelmente ia fazer outras licenciaturas ou pós graduações, workshops...

Grata pelas respostas :),
Flor
 
Última edição: