Contingente Especial - Candidatos da Madeira

Francisco Aveiro

Membro Veterano
Matrícula
14 Maio 2015
Mensagens
187
Curso
Engenharia Aeroespacial
Instituição
Instituto Superior Técnico
Boa tarde,

Vou me candidatar, este ano, a um curso que não existe na Universidade da Madeira. Neste caso, como funciona o contingente? Sou obrigado a me candidatar através do contingente da Madeira ou é opcional?

Obrigado
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @Francisco Aveiro bem-vindo ao fórum! :)
Neste caso, como funciona o contingente?
Se não houver nenhum curso equivalente, podes colocá-lo logo como 1º opção na candidatura, podendo usufruir deste continente especial nessa opção e nas seguintes em que o mesmo aconteça.
Sou obrigado a me candidatar através do contingente da Madeira ou é opcional?
É uma opção tua.

Mais informações aqui:
http://uniarea.com/acesso/contingentes/candidatos-oriundos-da-madeira/
 

Francisco Aveiro

Membro Veterano
Matrícula
14 Maio 2015
Mensagens
187
Curso
Engenharia Aeroespacial
Instituição
Instituto Superior Técnico

Patrícia Isabel

Membro Caloiro
Matrícula
11 Agosto 2015
Mensagens
3
Olá, sou da Madeira e tenho uma média que ronda os 18,3.
Estou em ciências e tecnologias e adoro todas as disciplinas que tenho. O que estou a ponderar escolher é Medicina ou Engenharia de Gestão e Industrial. Ainda estou na dúvida.

Gostaria de entrar no Porto com contingente da Madeira. Em Engenharia, sei que entro pelo contingente geral. Mas, em Medicina, como a minha média não é suficiente alta para entrar no S. João ou na Abel Salazar pelo contingente geral, só me resta o contingente da Madeira.

O problema é que terei uma das melhores medias do contingente da Madeira, pelo que ficarei colocada aqui, na ilha. O irónico é que, por boas notas que se tenha, não se consegue escolher realmente o curso que se quer. Ou consegue-se? Será que devo arriscar em baixar as notas nos exames, no 12o, de biologia e geologia e de FQ, para me baixar a média? é que a média, pelo contingente da ilha, na FMUP, é cerca de 16.0...

além disso, preciso de ajuda em relação às bolsas de estudo. Como conseguir? Quanto é que se recebe?

agradeço a atenção!
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @Patrícia Isabel
O problema é que terei uma das melhores medias do contingente da Madeira, pelo que ficarei colocada aqui, na ilha. O irónico é que, por boas notas que se tenha, não se consegue escolher realmente o curso que se quer. Ou consegue-se? Será que devo arriscar em baixar as notas nos exames, no 12o, de biologia e geologia e de FQ, para me baixar a média? é que a média, pelo contingente da ilha, na FMUP, é cerca de 16.0...
Com esse plano ficas sempre dependente de os alunos que concorrem da Madeira para medicina terem piores notas, o que pode não acontecer. É possível que o último colocado pelo contingente especial tenha a nota superior ao último colocado pelo contingente geral, fazendo com que ficasses de fora.

Se não queres mesmo ficar na Madeira a melhor opção é te esforçares para ter a média mais alta possível e não colocares essa opção. Ficas sem o contingente mas a tua colocação ou não fica apenas dependente das tuas notas e não se os outros têm melhores ou piores que a tua.

além disso, preciso de ajuda em relação às bolsas de estudo. Como conseguir? Quanto é que se recebe?
Sugiro que comeces por ler este artigo:
http://uniarea.com/estes-sao-os-apoios-disponiveis-aos-estudantes-do-ensino-superior/

E se ainda tiveres dúvidas coloques aqui:
Bolsas e Residências
 
  • Like
Reactions: Patrícia Isabel

Maria Ponte

Membro Veterano
Matrícula
25 Maio 2015
Mensagens
162
Olá, sou da Madeira e tenho uma média que ronda os 18,3.
Estou em ciências e tecnologias e adoro todas as disciplinas que tenho. O que estou a ponderar escolher é Medicina ou Engenharia de Gestão e Industrial. Ainda estou na dúvida.

Gostaria de entrar no Porto com contingente da Madeira. Em Engenharia, sei que entro pelo contingente geral. Mas, em Medicina, como a minha média não é suficiente alta para entrar no S. João ou na Abel Salazar pelo contingente geral, só me resta o contingente da Madeira.

O problema é que terei uma das melhores medias do contingente da Madeira, pelo que ficarei colocada aqui, na ilha. O irónico é que, por boas notas que se tenha, não se consegue escolher realmente o curso que se quer. Ou consegue-se? Será que devo arriscar em baixar as notas nos exames, no 12o, de biologia e geologia e de FQ, para me baixar a média? é que a média, pelo contingente da ilha, na FMUP, é cerca de 16.0...

além disso, preciso de ajuda em relação às bolsas de estudo. Como conseguir? Quanto é que se recebe?

agradeço a atenção!
Olá :) primeiro devo dizer que a tua média é muito boa! Pelo que percebi vais agora para o 12o ano. Nas disciplinas de opção consegues 19/20 sem grandes stresses. Por isso não vejo porque motivo já estás tão convencida que não conseguirás entrar no Porto pelo contingente geral. Ainda tens o exame de matemática (que eventualmente pode ajudar) e podes repetir algum exame que tenha corrido menos bem ou simplesmente para a classificação interna da disciplina (por exemplo se tiveres 19,5 no exame ficas com 20 na disciplina, independentemente da nota que tinhas antes, se baixares ficas com os números de antes). Além disso devo dizer que a teoria de baixar os exames no ano que vem não adianta de nada porque os que contam para a nota de candidatura são os melhores, são selecionados automaticamente na candidatura online (se não estou em erro) .
Sou dos Açores e também estou um pouco a par dos contingentes. Sei de pessoas que conseguiram fazer jogadas fixes para ficarem onde queriam. Eu, à partida também não posso usufruir dessas técnicas com média de 181 e por isso compreendo a tua situação, não é assim muito justo... Não sei se viste mas o último colocado com continente dos Açores na FMUP, o ano passado, tinha média de 15,3, quase 3 valores abaixo do último colocado pelo contingente geral! Enfim... Mas acho que não deves preocupar-te tanto para já, tens tantas hipóteses de subir a média :)
 
  • Like
Reactions: Patrícia Isabel

Patrícia Isabel

Membro Caloiro
Matrícula
11 Agosto 2015
Mensagens
3
Olá :) primeiro devo dizer que a tua média é muito boa! Pelo que percebi vais agora para o 12o ano. Nas disciplinas de opção consegues 19/20 sem grandes stresses. Por isso não vejo porque motivo já estás tão convencida que não conseguirás entrar no Porto pelo contingente geral. Ainda tens o exame de matemática (que eventualmente pode ajudar) e podes repetir algum exame que tenha corrido menos bem ou simplesmente para a classificação interna da disciplina (por exemplo se tiveres 19,5 no exame ficas com 20 na disciplina, independentemente da nota que tinhas antes, se baixares ficas com os números de antes). Além disso devo dizer que a teoria de baixar os exames no ano que vem não adianta de nada porque os que contam para a nota de candidatura são os melhores, são selecionados automaticamente na candidatura online (se não estou em erro) .
Sou dos Açores e também estou um pouco a par dos contingentes. Sei de pessoas que conseguiram fazer jogadas fixes para ficarem onde queriam. Eu, à partida também não posso usufruir dessas técnicas com média de 181 e por isso compreendo a tua situação, não é assim muito justo... Não sei se viste mas o último colocado com continente dos Açores na FMUP, o ano passado, tinha média de 15,3, quase 3 valores abaixo do último colocado pelo contingente geral! Enfim... Mas acho que não deves preocupar-te tanto para já, tens tantas hipóteses de subir a média :)


Obrigada! :) sim, acho que é pouco injusto... O 12º ano é considerado o ano mais fácil, não é? Estou preocupada com o facto de, se repetir os exames deste ano, ser muito trabalhoso e cansativo. Tive 170 no exame de FQA e 157 no de Bio/Geo. Como fui com uma média de 18 nas duas disciplinas, a única nota que afeta a média interna é a de biologia. Será que vale mesmo a pena repetir o exame de FQA?
 

Maria Ponte

Membro Veterano
Matrícula
25 Maio 2015
Mensagens
162
Obrigada! :) sim, acho que é pouco injusto... O 12º ano é considerado o ano mais fácil, não é? Estou preocupada com o facto de, se repetir os exames deste ano, ser muito trabalhoso e cansativo. Tive 170 no exame de FQA e 157 no de Bio/Geo. Como fui com uma média de 18 nas duas disciplinas, a única nota que afeta a média interna é a de biologia. Será que vale mesmo a pena repetir o exame de FQA?
Eu achei bem mais fácil, para mim o 11º foi muito chato, principalmente por causa de FQ e BG que exigiam muito tempo, quer para preparação de testes quer para relatórios, trabalhos e atividades laboratoriais. Repetir os 2 exames poderá ser um bocado cansativo, principlamente na fase de exames, mas estudando com antecedência não será tão mau, e acredito que consigas arranjar tempo ao longo do ano para isso, no entanto não posso dar o meu testemunho pois só fiz melhoria a BG e não me apliquei durante a época de aulas. Portanto não te posso dizer o que será melhor, ter um exame de 17 não é grave caso os outros compensem. Na minha opinião FQ é muito mais trabalhoso mas por outro lado considero que seja mais fácil ter uma nota excelente a FQ do que a BG. A decisão só te cabe a ti mas aconselho-te a pensares desde o começo do ano na possibilidade de melhorares ambos, depois vais vendo, se estiveres muito atarefada voltas a ponderar se vale mesmo a pena repetir os dois, questionas-te se isso está a prejudicar de algum modo o teu estudo a matemática e avalias a tua preparação para cada disciplina.
 

claudiasofiacatanho

Membro Caloiro
Matrícula
4 Janeiro 2015
Mensagens
8
Olá @Francisco Aveiro bem-vindo ao fórum! :)

Se não houver nenhum curso equivalente, podes colocá-lo logo como 1º opção na candidatura, podendo usufruir deste continente especial nessa opção e nas seguintes em que o mesmo aconteça.

É uma opção tua.

Mais informações aqui:
Candidatos oriundos da Madeira | Uniarea

Estou um pouco em pânico! Li agora as informações disponíveis nesse link para candidatos oriundos da madeira, e a razão pela qual estou em pânico é:

Quando fiz a candidatura, fui obrigada a pôr a informação de preferência regional apesar de só me ter candidatado a cursos em Lisboa. Perguntei na DGES se era normal ter que pôr essa informação e disseram que sim, logo fiquei descansada. Agora ao ler o vosso post sobre o contingente da Madeira, pelo que percebi, só tenho direito a usar o contingente da Madeira, se puser um curso na Ilha da Madeira do mesmo tipo aos escolhidos no continente, em primeiro lugar. Eu pus contingente da Madeira, porém todos os cursos que pus são em Lisboa, pq não existe curso de História e Arqueologia na Madeira. Isso significa que a minha candidatura não será válida e terei problemas na colocação? Devia ter posto contingente geral?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Quando fiz a candidatura, fui obrigada a pôr a informação de preferência regional apesar de só me ter candidatado a cursos em Lisboa. Perguntei na DGES se era normal ter que pôr essa informação e disseram que sim, logo fiquei descansada. Agora ao ler o vosso post sobre o contingente da Madeira, pelo que percebi, só tenho direito a usar o contingente da Madeira, se puser um curso na Ilha da Madeira do mesmo tipo aos escolhidos no continente, em primeiro lugar. Eu pus contingente da Madeira, porém todos os cursos que pus são em Lisboa, pq não existe curso de História e Arqueologia na Madeira. Isso significa que a minha candidatura não será válida e terei problemas na colocação? Devia ter posto contingente geral?
Isso só se aplica quando existem cursos congeneres na Universidade da Madeira. Nos casos em que não existem, não precisas de colocar nenhuma opção da UMa em primeiro lugar.
Encontras aqui a lista de cursos congeneres:
http://www.dges.mec.pt/Guias/pdfs/congen_RAM_2015.pdf

Caso não tenhas respeitado esta ordem na candidatura o que aconteceria é que passarias a ser candidata às vagas do contingente geral.
 

GLR

Membro Veterano
Matrícula
30 Junho 2015
Mensagens
123
Isso só se aplica quando existem cursos congeneres na Universidade da Madeira. Nos casos em que não existem, não precisas de colocar nenhuma opção da UMa em primeiro lugar.
Encontras aqui a lista de cursos congeneres:
http://www.dges.mec.pt/Guias/pdfs/congen_RAM_2015.pdf

Caso não tenhas respeitado esta ordem na candidatura o que aconteceria é que passarias a ser candidata às vagas do contingente geral.
Boas, tenho uma grande dúvida.. Caso nas 6 opções, coloque por exemplo na primeira opção um curso (que não tem congénere na UMA) usando contingente, e na segunda opção um curso que tem congénere na UMA, sou obrigado a colocar o curso congénere antes desta 2ªopcao?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Boas, tenho uma grande dúvida.. Caso nas 6 opções, coloque por exemplo na primeira opção um curso (que não tem congénere na UMA) usando contingente, e na segunda opção um curso que tem congénere na UMA, sou obrigado a colocar o curso congénere antes desta 2ªopcao?
Sim, ou essa opção ficaria sem contingente.
 

andre_111_

Membro
Matrícula
22 Junho 2016
Mensagens
31
Curso
Engenharia Procrastinatória
Instituição
Faculdade de Marte
Olá, tenho uma dúvida. Sendo que se pode ingressar no curso de gestão no iscal com o exame de português e no atual congénere que existe na universidade da Madeira não, eventualmente se se não obter a classificação mínima no exame de Matemática, e à mesma colocar como primeira opção o congénere, embora seja anulada, será possível usufruir da contingente regional e se candidatar ao curso no iscal e utilizar o exame de português... Ou a única opção é mesmo optar pelo contingente geral. Quem me souber esclarecer à cerca deste assunto agradecia, obrigado.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @andre_111_
Olá, tenho uma dúvida. Sendo que se pode ingressar no curso de gestão no iscal com o exame de português e no atual congénere que existe na universidade da Madeira não, eventualmente se se não obter a classificação mínima no exame de Matemática, e à mesma colocar como primeira opção o congénere, embora seja anulada, será possível usufruir da contingente regional e se candidatar ao curso no iscal e utilizar o exame de português... Ou a única opção é mesmo optar pelo contingente geral. Quem me souber esclarecer à cerca deste assunto agradecia, obrigado.
Nesse caso não precisas de desperdiçar uma opção ao colocar a UMa, dado que como não tens condições para entrar lá, podes logo colocar o ISCAL como 1ª opção e ter acesso ao contingente especial.
 

andre_111_

Membro
Matrícula
22 Junho 2016
Mensagens
31
Curso
Engenharia Procrastinatória
Instituição
Faculdade de Marte
Olá @andre_111_

Nesse caso não precisas de desperdiçar uma opção ao colocar a UMa, dado que como não tens condições para entrar lá, podes logo colocar o ISCAL como 1ª opção e ter acesso ao contingente especial.
Então se eu concorrer ao curso de gestão no iscal com exame de Português na primeira opção tenho direito à contingente especial porque no congénere da Universidade da Madeira não posso concorrer com esse exame, certo? E obrigado por responder à minha dúvida.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Então se eu concorrer ao curso de gestão no iscal com exame de Português na primeira opção tenho direito à contingente especial porque no congénere da Universidade da Madeira não posso concorrer com esse exame, certo? E obrigado por responder à minha dúvida.
Certo. Citando o Guia da candidatura, capítulo II, artigo 11º:

6 — Os candidatos às vagas do contingente especial para a Região Autónoma da Madeira apenas podem concorrer a vagas desse contingente respeitantes a cursos congéneres dos ministrados na Universidade da Madeira desde que, na lista ordenada de opções, também concorram, antes daquelas, às vagas dos cursos congéneres da referida Universidade.
7 — Os candidatos às vagas do contingente especial para a Região Autónoma da Madeira podem ainda concorrer a vagas desse contingente respeitantes a cursos congéneres dos ministrados na Universidade da Madeira sem que concorram, antes daquelas, na lista ordenada de opções, às vagas dos cursos congéneres da referida Universidade, quando não reúnam, em relação a estes, as condições a que se referem as alíneas b) e d) do n.º 1 do artigo 7.º

Artigo 7º

1 — Para a candidatura a cada par instituição/curso o estudante deve satisfazer, cumulativamente, as seguintes condições:
a) Ter realizado as provas de ingresso fixadas para esse par instituição/curso;
b) Ter obtido em cada uma das provas de ingresso fixadas para esse par instituição/curso a classificação mínima fixada pelo órgão legal e estatutariamente competente da instituição de ensino superior nos termos do artigo 25.º do Decreto -Lei n.º 296 -A/98, de 25 de setembro;
c) Ter satisfeito os pré -requisitos quando fixados para ingresso nesse par instituição/curso;
d) Ter obtido, na nota de candidatura, a classificação mínima fixada para esse par instituição/curso pelo órgão legal e estatutariamente competente da instituição de ensino superior nos termos do artigo 25.º do Decreto -Lei n.º 296 -A/98, de 25 de setembro.
 

M_0604

Membro
Matrícula
21 Dezembro 2016
Mensagens
12
também tenho algumas dúvidas relativamente ao contingente para candidatos oriundos da Madeira. Por exemplo,vou candidatar-me a um curso que não existe cá e por isso usufruo automaticamente do contingente. A nota do último colocado na 1ª fase foi sensivelmente 15,9, mas a minha nota de candidatura é de apenas 15,6. então, pelo que percebi, para além de este curso ter 2 vagas reservadas para os candidatos da Madeira, como a parte decimal da minha nota é superior a 0,5, a minha nota de candidatura arredonda para 16??? e então concorro a esta universidade como se tivesse uma nota de candidatura de 16 valores????
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,132
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @M_0604
também tenho algumas dúvidas relativamente ao contingente para candidatos oriundos da Madeira. Por exemplo,vou candidatar-me a um curso que não existe cá e por isso usufruo automaticamente do contingente. A nota do último colocado na 1ª fase foi sensivelmente 15,9, mas a minha nota de candidatura é de apenas 15,6. então, pelo que percebi, para além de este curso ter 2 vagas reservadas para os candidatos da Madeira, como a parte decimal da minha nota é superior a 0,5, a minha nota de candidatura arredonda para 16??? e então concorro a esta universidade como se tivesse uma nota de candidatura de 16 valores????
A tua nota de candidatura é um valor de 0 a 200 com uma casa decimal, pelo que a tua nota de candidatura é de 156,? .
 
  • Like
Reactions: M_0604