Desistir ou fazer força para continuar?

Luis1231

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2021
Mensagens
2
Olá a todos, desde sempre que tive dúvidas sobre o rumo que queria que a minha vida tomasse em termos profissionais; sempre tive boas notas ao longo de todos os anos, acabando o 12º com 17.Ora acabando o 12º tentei procurar cursos de ensino superior em áreas que me agradassem, acabando por escolher biologia uma vez que desde o 7º todos os processos retratados em ciências naturais e mais tarde em biologia me despertavam grande curiosidade. O problema é o seguinte, desde que comecei a frequentar as aulas esses mesmos temas já não me despertam mais interesse, fico desmotivado para estudar para qualquer disciplina do curso e fico basicamente todos os dias em grande stress e tristeza a tentar pensar no que irei fazer a seguir, se desisto (mas se o fizer posso não conseguir arranjar emprego, pois o meu cv não possui basicamente nada) ou faço força para passar estes 3 anos e ficar com a licenciatura, abrindo assim portas que não podiam ser abertas. Não sei se este desinteresse é por ser uma nova experiência e ainda me estar a ambientar ou se a vontade de desistir sou eu a tentar fugir mas gostava de algumas opiniões sobre o que deveria fazer.
 

Porungda

Membro Dux
Apoiante Uniarea
Matrícula
13 Dezembro 2020
Mensagens
771
Curso
Estudos Portugueses
Instituição
FLUP
Olá Luis.

A Biologia não é a minha área, no entanto, tenho reparado em algo recorrente em todos os alunos que ingressam no Ensino Superior pela primeira vez. Que coisas são estas? O medo, o nervosismo, a apatia face à matéria lecionada.

Este ano entrei em Estudos Portugueses, e noto isso em mim e nas minhas colegas, que embora saibamos que este é o rumo que queremos para a nossa vida, o processo de adaptação ao estilo de vida universitário coloca alguns entraves. Temos todos fascínio pelo curso em si, embora alguns dias nos sintamos perdidos por completo e praticamente sem motivação e sem sabermos se a opção terá sido a opção correta.

Isto não é um caso isolado, na turma toda, e até em cursos que têm UCs partilhadas connosco, o desconforto também é visível. Onde quero chegar ao falar de tanta negatividade? É o seguinte. Nós na vasta maioria temos contacto direto com alunos do 3º ano, e todos quase sem exceção, nos informam que sentiram o mesmo, que se sentiram perdidos e sem rumo, sobre se deveriam continuar ou não. O que aconteceu com eles? Continuaram, tiveram perseverança, e no final de contas, estão mais que felizes na área em que estão, embora o primeiro ano tenha sido tão confuso e desgastante.

Se precisares de ajuda, tenta falar com os docentes ou alunos de 2º, ou 3º ano, muito provavelmente ir-te-ão dizer que se trata mesmo deste processo de transição tão árduo, mas que no final, valerá muito a pena.

Qualquer coisa mais, estamos aqui mais do que dispostos para te ajudar. 🤗
 
  • Like
Reactions: nymeria

Luis1231

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2021
Mensagens
2
Olá Luis.

A Biologia não é a minha área, no entanto, tenho reparado em algo recorrente em todos os alunos que ingressam no Ensino Superior pela primeira vez. Que coisas são estas? O medo, o nervosismo, a apatia face à matéria lecionada.

Este ano entrei em Estudos Portugueses, e noto isso em mim e nas minhas colegas, que embora saibamos que este é o rumo que queremos para a nossa vida, o processo de adaptação ao estilo de vida universitário coloca alguns entraves. Temos todos fascínio pelo curso em si, embora alguns dias nos sintamos perdidos por completo e praticamente sem motivação e sem sabermos se a opção terá sido a opção correta.

Isto não é um caso isolado, na turma toda, e até em cursos que têm UCs partilhadas connosco, o desconforto também é visível. Onde quero chegar ao falar de tanta negatividade? É o seguinte. Nós na vasta maioria temos contacto direto com alunos do 3º ano, e todos quase sem exceção, nos informam que sentiram o mesmo, que se sentiram perdidos e sem rumo, sobre se deveriam continuar ou não. O que aconteceu com eles? Continuaram, tiveram perseverança, e no final de contas, estão mais que felizes na área em que estão, embora o primeiro ano tenha sido tão confuso e desgastante.

Se precisares de ajuda, tenta falar com os docentes ou alunos de 2º, ou 3º ano, muito provavelmente ir-te-ão dizer que se trata mesmo deste processo de transição tão árduo, mas que no final, valerá muito a pena.

Qualquer coisa mais, estamos aqui mais do que dispostos para te ajudar. 🤗
Muito obrigado porungda, vou tentar manter-me positivo e abrir-me mais ao curso. Boa sorte para o teu percurso também😄💪
 

Cristiana Matos

Membro Dux
Especialista
Matemática & Ensino Superior
Matrícula
28 Agosto 2019
Mensagens
508
Curso
Matemática
Instituição
Fcup
Olá a todos, desde sempre que tive dúvidas sobre o rumo que queria que a minha vida tomasse em termos profissionais; sempre tive boas notas ao longo de todos os anos, acabando o 12º com 17.Ora acabando o 12º tentei procurar cursos de ensino superior em áreas que me agradassem, acabando por escolher biologia uma vez que desde o 7º todos os processos retratados em ciências naturais e mais tarde em biologia me despertavam grande curiosidade. O problema é o seguinte, desde que comecei a frequentar as aulas esses mesmos temas já não me despertam mais interesse, fico desmotivado para estudar para qualquer disciplina do curso e fico basicamente todos os dias em grande stress e tristeza a tentar pensar no que irei fazer a seguir, se desisto (mas se o fizer posso não conseguir arranjar emprego, pois o meu cv não possui basicamente nada) ou faço força para passar estes 3 anos e ficar com a licenciatura, abrindo assim portas que não podiam ser abertas. Não sei se este desinteresse é por ser uma nova experiência e ainda me estar a ambientar ou se a vontade de desistir sou eu a tentar fugir mas gostava de algumas opiniões sobre o que deveria fazer.
Olá!
De facto, o que o @Porungda está correto, porém deves ter em atenção algumas coisas.
É normal não gostar de x, y, z, ... cadeiras por alguma razão, mas tens de perceber se a área em si te interessa.
Nas ciências há tantas áreas dentro dela que e difícil gostar de tudo oq vais aprender lá. Eu mesma, estando já no meu ultimo ano de faculdade, não gosto de certas áreas do meu curso. É perfeitamente normal. Há sempre algo que nos chama mais atenção. Já tive cadeiras em que eu n gostava nada do assunto e mesmo assim estudei pq sabia que era o curso que eu queria. É bem mais difícil estudar para essas cadeiras mas é perfeitamente possível fazê-las. Claro que vai exigir um esforço da tua parte, mas uma pessia deve sempre olhar para o horizonte.
Agora, tenho de te alertar para algo. N gostar de algumas coisas é normal... mas n gostar de nada já n é. Aconselho te a pesquisares de leve os assuntos que vais estudar ao longo do curso e tentares perceber se é mesmo isso que gostas. É bom falares com colegas teus e tentar perceber se ps teus colegas tb estão a sentir se do mesmo jeito (as vzs pode ser pelo docente, ambiente das aulas, ... que te façam n gostar tanto da uc).
Desejo te muita sorte para o teu futuro. 🍀