Desmotivação com o curso... não sei se devo mudar

Carla Cavalheiro

Membro Caloiro
Matrícula
15 Julho 2019
Mensagens
8
Curso
Relações Internacionais
Instituição
Universidade de Coimbra
Bom dia,
Estou no primeiro ano de Relações Internacionais... quando entrei, entrei com a ideia de que era o que eu realmente queria... as minhas notas no 1º semestre foram fantásticas, mas neste momento sinto-me super desmotivada e em pânico com o curso... não sei se deva desistir e mudar. Gostava de ouvir outras experiências e saber se alguém tem alguma dica para perceber realmente se quero estudar isto.
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,463
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Bom dia,
Estou no primeiro ano de Relações Internacionais... quando entrei, entrei com a ideia de que era o que eu realmente queria... as minhas notas no 1º semestre foram fantásticas, mas neste momento sinto-me super desmotivada e em pânico com o curso... não sei se deva desistir e mudar. Gostava de ouvir outras experiências e saber se alguém tem alguma dica para perceber realmente se quero estudar isto.
Olá, Carla!
Fico contente por teres tido bons resultados e sentires-te satisfeita com eles. Aconteceu-me algo semelhante em vários momentos deste dois anos que tenho passado na faculdade. A minha opinião é a de que, por vezes, sentimos mesmo desmotivação, mesmo com as coisas que mais gostamos. Para ser sincera, as alturas em que até obtive "melhores resultados" foram as alturas em que, enfim, me encontrava mais perto de um esgotamento do que de um estado qualquer de alegria. Não vamos encontrar sempre dias bons e acho que a história da motivação e de nos encontrarmos sempre plenos quando fazemos algo que gostamos é...mentira, ou melhor, pode até nem ser mentira mas é um bocadinho exagerado. Como te tens sentido? falta de motivação para estudar? Não será isso também consequência das circunstâncias actuais? Pensa nisso. Espero ter ajudado de alguma maneira 🤗
 

Carla Cavalheiro

Membro Caloiro
Matrícula
15 Julho 2019
Mensagens
8
Curso
Relações Internacionais
Instituição
Universidade de Coimbra
Olá, Carla!
Fico contente por teres tido bons resultados e sentires-te satisfeita com eles. Aconteceu-me algo semelhante em vários momentos deste dois anos que tenho passado na faculdade. A minha opinião é a de que, por vezes, sentimos mesmo desmotivação, mesmo com as coisas que mais gostamos. Para ser sincera, as alturas em que até obtive "melhores resultados" foram as alturas em que, enfim, me encontrava mais perto de um esgotamento do que de um estado qualquer de alegria. Não vamos encontrar sempre dias bons e acho que a história da motivação e de nos encontrarmos sempre plenos quando fazemos algo que gostamos é...mentira, ou melhor, pode até nem ser mentira mas é um bocadinho exagerado. Como te tens sentido? falta de motivação para estudar? Não será isso também consequência das circunstâncias actuais? Pensa nisso. Espero ter ajudado de alguma maneira 🤗
Obrigada!! Realmente estava a passar por uma fase um pouco complicada e a minha ansiedade estava a meter-se no meio. Tenho estado melhor, e decidi não desistir e apenas deixar-me ir e ver o que acontece. Muito obrigada pelas palavras 😊😊
 
  • Fabulous
Reactions: Ariana_

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,463
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Obrigada!! Realmente estava a passar por uma fase um pouco complicada e a minha ansiedade estava a meter-se no meio. Tenho estado melhor, e decidi não desistir e apenas deixar-me ir e ver o que acontece. Muito obrigada pelas palavras 😊😊
Não tens de quê! Já todos passámos por fases mais complicadas, não há problema algum em colocar as coisas em causa. Fico contente que te encontres melhor agora e espero que continues a estar assim, força nisso ☺
 

olasouMariana

Membro Caloiro
Matrícula
26 Maio 2021
Mensagens
1
Olá malta, sou nova aqui no forúm, pena estar a escrever não pelos melhores motivos. Acabei o secundário há 2 anos e ingressei num curso da área da saúde. Apesar de conseguir passar às cadeiras todas e de ter acabado com uma boa ideia, não me indentificava nada com a prática do curso, a teoria era interessante mas a prática não me cativava. Segui esse curso, na primeira vez que me candidatei ao ensino superior porque na altura queria muito seguir medicina, queria tanto que até decidi fazer o curso ao mesmo tempo que estudava para os exames nacionais, na tentativa de ingressar no ano seguinte. No entanto, devido à subida drástica das médias, tive de abandonar esse meu sonho, já não fazia sentido para mim continuar a tentar depois de ter repetido exames nacionais várias vezes, cheguei a fazer 15 exames (incluindo 1º e 2º fases), eu queria por tudo seguir esse meu sonho...Como não consegui, o ano passado tinha duas hipótes, ou me mantinha no curso em que estava ou mudava para outro. Uma vez que não me identifica muito no curso em que estava e só tinha seguido o mesmo na esperança de um dia trocar para medicina, decidi mudar. Mudei para engenharia informática, curso que frequento atualmente no 1ºano. Assim, agarrei este curso e vi nele uma possibilidade de ser feliz porque achava as matérias interessantes e curioso a quantidade de coisas criativas que se podem fazer através de um computador. Contudo, o curso está a ser uma grande desilusão para mim, não por não gostar mas porque não consigo aprender a programar. Tenho me sentido super desanimada/triste porque não consigo fazer nada, e com isto, quero dizer que não consigo elaborar os trabalhos que me são propostos, custa-me imenso pensar no que preciso de fazer para conseguir colocar o programa a funiconar. Atualmente estou com um projeto que me tem deitado tão a baixo, que para terem uma noção começo a chorar só de me sentir um inútil por não ser capaz de resolver nada e sofro imenso com a situação. Depois, também estou a fazer esse projeto com um grupo de colegas, os quais não me identifico porque são extremamente competitivos e sempre que lhe peço ajuda dão me respostas como esta "Não entendes?, Como é que não sabes fazer isto?", basicamente respondem-me de uma maneira autoritária e só me fazem sentir ainda pior do que aquilo que me sinto. Já para não falar que se por alguma razão descobrirem que não consigo fazer algo, são capazes de dizerem ao professor que eu mereço pior nota que eles. Sinto que não há ajuda entre nós e que estamos a trabalhar muito individualmente, ou seja, cada um fica com a sua parte e os problemas de alguém não são os problemas do grupo. Então à medida que os dias passam vou me sentido cada vez pior e só tenho vontade de desistir do curso apesar de uma parte de mim não querer fazer isso...é como se tivesse que desistir somente porque não consigo entender e não por não gostar do curso... Gostaria, se pudessem saber a vossa opinião sobre isto ou se já passaram pelo mesmo, como lidar com esta situação e o que acham que deveria fazer. Obrigada por lerem.
 

caat

Membro Veterano
Matrícula
29 Maio 2021
Mensagens
166
Curso
Línguas Modernas
Olá malta, sou nova aqui no forúm, pena estar a escrever não pelos melhores motivos. Acabei o secundário há 2 anos e ingressei num curso da área da saúde. Apesar de conseguir passar às cadeiras todas e de ter acabado com uma boa ideia, não me indentificava nada com a prática do curso, a teoria era interessante mas a prática não me cativava. Segui esse curso, na primeira vez que me candidatei ao ensino superior porque na altura queria muito seguir medicina, queria tanto que até decidi fazer o curso ao mesmo tempo que estudava para os exames nacionais, na tentativa de ingressar no ano seguinte. No entanto, devido à subida drástica das médias, tive de abandonar esse meu sonho, já não fazia sentido para mim continuar a tentar depois de ter repetido exames nacionais várias vezes, cheguei a fazer 15 exames (incluindo 1º e 2º fases), eu queria por tudo seguir esse meu sonho...Como não consegui, o ano passado tinha duas hipótes, ou me mantinha no curso em que estava ou mudava para outro. Uma vez que não me identifica muito no curso em que estava e só tinha seguido o mesmo na esperança de um dia trocar para medicina, decidi mudar. Mudei para engenharia informática, curso que frequento atualmente no 1ºano. Assim, agarrei este curso e vi nele uma possibilidade de ser feliz porque achava as matérias interessantes e curioso a quantidade de coisas criativas que se podem fazer através de um computador. Contudo, o curso está a ser uma grande desilusão para mim, não por não gostar mas porque não consigo aprender a programar. Tenho me sentido super desanimada/triste porque não consigo fazer nada, e com isto, quero dizer que não consigo elaborar os trabalhos que me são propostos, custa-me imenso pensar no que preciso de fazer para conseguir colocar o programa a funiconar. Atualmente estou com um projeto que me tem deitado tão a baixo, que para terem uma noção começo a chorar só de me sentir um inútil por não ser capaz de resolver nada e sofro imenso com a situação. Depois, também estou a fazer esse projeto com um grupo de colegas, os quais não me identifico porque são extremamente competitivos e sempre que lhe peço ajuda dão me respostas como esta "Não entendes?, Como é que não sabes fazer isto?", basicamente respondem-me de uma maneira autoritária e só me fazem sentir ainda pior do que aquilo que me sinto. Já para não falar que se por alguma razão descobrirem que não consigo fazer algo, são capazes de dizerem ao professor que eu mereço pior nota que eles. Sinto que não há ajuda entre nós e que estamos a trabalhar muito individualmente, ou seja, cada um fica com a sua parte e os problemas de alguém não são os problemas do grupo. Então à medida que os dias passam vou me sentido cada vez pior e só tenho vontade de desistir do curso apesar de uma parte de mim não querer fazer isso...é como se tivesse que desistir somente porque não consigo entender e não por não gostar do curso... Gostaria, se pudessem saber a vossa opinião sobre isto ou se já passaram pelo mesmo, como lidar com esta situação e o que acham que deveria fazer. Obrigada por lerem.
Olá, Mariana. Se fosse só questão de não identificação com o curso e realmente não estivesses a gostar, eu aconselharia simplesmente trocares para outro que realmente quisesses. Mas como parece ser mais uma pressão externa, acho que podes primeiro tentar procurar um explicador (se tiveres possibilidade) e, em relação aos colegas, talvez possas falar com o psicólogo escolar, caso te sintas à vontade.
A verdade é que há muita gente que entra com uma mentalidade ainda muito imatura na universidade, então entendo e já vi acontecer isso que contas dos teus colegas. Mas no final, não são eles que te fazem o curso e é pessoal que, na maioria, tu nunca mais vais ver na vida quando saíres daí. Sei que a pandemia condicionou um bocado as cenas, mas talvez te falte ter contacto com mais gente dentro da universidade, até fora do teu curso, porque realmente é difícil fazer qualquer trabalho quando te sentes assim e o ambiente é mau.
Ainda assim, o que eles dizem não tem poder real sobre ti, entendes? Claro que te prejudica em trabalhos de grupo e afins, mas a uni não é só isso, nem os professores te vão avaliar baseado no que achas que os colegas lhes podem dizer. Aliás, o trabalho dos professores é ensinar, então podes sempre recorrer aos próprios professores, expores a situação e procurares ajuda assim. Se não tentares, mesmo com medo, nunca saberás se teria sido uma mais valia.
Dito isto tudo, se chegares ao final e vires que tens mais aptidão noutra área e não consegues de maneira nenhuma funcionar nessa, não há mal algum em trocar ou até usar o teu interesse na tua vida pessoal, seja a aprenderes coisas por fora da escola, a usares como passatempo, etc...Mas como é o teu primeiro ano, também acho que não deves entrar em desespero, nem sentir que estás a perder tempo se demorares mais a fazer uma cadeira. Pode ser só caso de ainda não te teres adaptado (e, de novo, a pandemia não ajuda em nada).
Não sei se isto ajuda, mas boa sorte. Eu também já troquei de curso e já estive numa situação parecida, caso queiras enviar mensagem fica à vontade.
 
  • Like
Reactions: Ariana_

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,463
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Depois, também estou a fazer esse projeto com um grupo de colegas, os quais não me identifico porque são extremamente competitivos e sempre que lhe peço ajuda dão me respostas como esta "Não entendes?, Como é que não sabes fazer isto?", basicamente respondem-me de uma maneira autoritária e só me fazem sentir ainda pior do que aquilo que me sinto. Já para não falar que se por alguma razão descobrirem que não consigo fazer algo, são capazes de dizerem ao professor que eu mereço pior nota que eles. Sinto que não há ajuda entre nós e que estamos a trabalhar muito individualmente, ou seja, cada um fica com a sua parte e os problemas de alguém não são os problemas do grupo.
Olá, Mariana! Espero que estejas um pouco melhor desde que escreveste a tua mensagem. Vim só mesmo acrescentar aos bons conselhos que já te deram que talvez seja boa ideia falares com os teus colegas. Não sei se já os confrontaste sobre como te sentias em relação ao grupo, mas quando estiveres a trabalhar com eles e te sentires mal, aborda directamente o problema e diz-lhes que não estás a dizer por maldade, mas que o que te dizem faz-te sentir mal contigo própria e com eles. Conversa com eles sobre o que achas e que sentes que não há entreajuda; sei que é um passo difícil - o de colocares-te numa posição vulnerável porque vais estar a ser sincera com sentimentos teus pessoais, mas acho que é a melhor maneira de lidar com esse tipo de pessoas - se forem compreensivos, vão perceber como te sentes. Sei que é um risco e que por vezes vemos o pior das pessoas, mas acho que vale a pena tentares abordar a questão. Boa sorte e alguma coisa que precises, dispõe 🥰