Diário do Estudante 2017/2018

 
Status
Não está aberto para novas mensagens.
Pessoal da Uniarea que conheça pessoalmente devem ser ao todo umas 3 ou 4 (users), mas se não contarmos com pessoal da turma, acho que a única que conheço pessoalmente e que fala aqui no diário é mesmo a @Lazuli :sweatsmile::sweatsmile:
Vais ser a responsável por, no próximo ano lectivo, partilhares aqui todas as peripécias da escola que vou perder :tearsofjoy:

De resto a pessoa que com que já estive mais vezes daqui foi o @Alfa :tongueout: (1º UniMeet oficial + feira do livro + 1º UniQueerMeet) seguido da Alexandra S. (2 primeiros)
 
Vais ser a responsável por, no próximo ano lectivo, partilhares aqui todas as peripécias da escola que vou perder :tearsofjoy:
Eu conto tudo, seja por aqui, seja pelos insólitos ahahah :tearsofjoy::tearsofjoy::tearsofjoy::tearsofjoy: Ainda mais se tiver mais um ano de Brian
 
Se te calhar a minha prof de pt este ano vai ser tão giro :smilingimp:
Que sejam uma das duas storas que deram este ano o 11º, tal como a minha stora me disse :') Amén
Btw, lembrei-me que acho que tenho uma amiga que teve pt de 10º com ela, este ano
 
E ela teve algum insólito?
Acho que me tinha dito que não gostava muito ao início e assim... Qualquer coisa ao insólita, acho que tinha a ver com uma ida a um apoio dela... Quando ela e mais um colega foram os únicos, mas não me recordo de mais nada...
Ah e acho que ela tinha ideia de fazer um livro e enviou à stora uns textos... A stora por acaso gostou e falou do q tinha sentido num dos textos e da situação em que se encontrou por isso e tal... Era sobre a perda de alguém, o texto, já agora
 
Ah e acho que ela tinha ideia de fazer um livro e enviou à stora uns textos... A stora por acaso gostou e falou do q tinha sentido num dos textos e da situação em que se encontrou por isso e tal... Era sobre a perda de alguém, o texto, já agora
Sim, a tal professora passou o meu 11º ano completamente depressiva por causa da doença e eventual morte da mãe. Tivemos relativamente poucas aulas, das que tivemos a professora dizia que só ia para se distrair e algumas dessas resumiam-se nela a falar mal de hospitais. Eu tinha gostado da professora esse ano, até a achava uma querida mas no 12º comecei a sentir que nos tornámos bodes expiatórios onde deitava todas as frustrações (especialmente os de Artes porque temos sempre notas mais baixas, enfim).
De inicio pensámos que poderia ter sido dos problemas por que passou mas em conversa com alunos que a tiveram em anos anteriores parece que foi sempre assim. Na ultima aula pediu-nos desculpa por qualquer coisa. Tenho colegas que devem de estar a repetir a disciplina para o ano, vamos ver se realmente melhorou alguma coisa.
 
  • Like
Reactions: ~tahani~
Sim, a tal professora passou o meu 11º ano completamente depressiva por causa da doença e eventual morte da mãe. Tivemos relativamente poucas aulas, das que tivemos a professora dizia que só ia para se distrair e algumas dessas resumiam-se nela a falar mal de hospitais. Eu tinha gostado da professora esse ano, até a achava uma querida mas no 12º comecei a sentir que nos tornámos bodes expiatórios onde deitava todas as frustrações (especialmente os de Artes porque temos sempre notas mais baixas, enfim).
De inicio pensámos que poderia ter sido dos problemas por que passou mas em conversa com alunos que a tiveram em anos anteriores parece que foi sempre assim. Na ultima aula pediu-nos desculpa por qualquer coisa. Tenho colegas que devem de estar a repetir a disciplina para o ano, vamos ver se realmente melhorou alguma coisa.
Pois, era disso. A stora acho que falou com ela sobre a situação e prontos... Btw, vou-lhe perguntar à amiga sobre a cena do livro...

Ew... Pois... Olha, não sei, mas do que me disseram, de 12º português, seria a minha stora e uma outra que estava com alguns de 10º e 11º, portanto não sei se a tua stora dará 12º ou não também... Vamos lá ver... Mas também não me apetecia ter no último ano uma stora que não tive, mas acho que digo isso porque se calhar não me quero separar da stora deste ano ahaha

Quando fui entregar a inscrição para a segunda fase, ela apareceu e foi me cumprimentar. Perguntou-me dos resultados e foi tão querida comigo, eu só queria chorar ;u;
 
:flushed:
Gracias!!! Inglês é tranquilo, só não fiz mais cedo o exame porque não sabia quando eram as provas orais e como tinha que escolher entre fazer primeiro o de Economia A e o de Inglês... O podre é que a prova oral é numa escola a 1h de distância da minha casa. Makes no sense.
As orais não podem ser realizadas pelos professores da vossa própria escola. Soluções aplicadas:
- Grupo de escolas 1: vamos fazer dezenas de alunos deslocarem-se entre escolas para fazerem as orais com professores que não conhecem.
- Grupo de escolas 2: vamos manter os alunos nas suas escolas, e pedir aos professores das escolas vizinhas para irem lá fazer as orais aos alunos.

Acho que todos percebemos qual é a solução mais lógica...

Como é o primeiro ano que acontecem, pelo que percebi, não houve orientações de como é que as escolas tinham de fazer, e cada um fez à sua maneira.

Há quanto tempo eu não via esse avatar. Appy <3
its-been-84-years-gif-5.gif


Bem-vindo! :p
 
Quero GoT de volta DEPRESSA :cry:
Vejam Westworld. É da HBO também e é uma série muito boa mesmo, o final da segunda temporada foi excelente. É uma série cheia de plot twists e hidden meanings, não é para todos mas essa é que é a sua piada.
 
  • Like
Reactions: Alfa and Blasty
Vejam Westworld. É da HBO também e é uma série muito boa mesmo, o final da segunda temporada foi excelente. É uma série cheia de plot twists e hidden meanings, não é para todos mas essa é que é a sua piada.
Acho que já tinha ouvido falar dessa série. Fui ver agora uma sinopse e fiquei interessado, talvez comece a assistir em breve :smile:
 
Acho que já tinha ouvido falar dessa série. Fui ver agora e fiquei interessado, talvez comece a assistir em breve :smile:
É uma série com um grande carácter filosófico, muito pesada mas que vale a pena. Cada temporada tem uma premissa que é basicamente o objetivo final e têm significados muito profundos que podemos não entender à primeira mas com algum esforço chegamos lá. A premissa da primeira temporada foi o labirinto e agora desta segunda foi a porta. Podia-te dizer o que cada uma significa mas não te quero dar spoilers ;) Vale mesmo a pena ver!
E a série é uma mistura de um spaghetti western com uma ficção científica o que lhe dá um carácter altamente sofisticado e tem excelentes cenas de ação. Pode não ser tão boa como GOT mas anda lá perto com certeza.
 
  • Like
Reactions: Blasty
Status
Não está aberto para novas mensagens.