Diário do Estudante 2019/2020

 
Status
Não está aberto para novas mensagens.
Random: Eu tenho que me culpar também porque nesse sentido também sou muito "shallow" mas gostava que beleza não fosse tão prevalente na nossa sociedade... Mas infelizmente é. E sinceramente, quem diz que não se importa com isso está a mentir porque tod a gente se importa, e não com a dos outros, pelo menos com a sua.
Sameeee, mas infelizmente já está tão entranhado na nossa sociedade que é inevitável
 
  • Like
Reactions: voidlessmind
@davis vi um gémeo teu no pavilhão de civil? Or?
 
Same ! E por acaso acho que a uniarea me ensinou muito nesse sentido porque aqui não conheço a pessoa pessoalmente e muitas vezes nem sei o seu nome e como tal não há julgamento pela beleza de tipo nenhum . Mesmo que inconsciente !
Ao ler isto, na minha cabeça surgiu uma questão: achar alguém bonito/não bonito poderia influenciar o "julgamento" que fazias da pessoa em que sentido ao certo? xD #AquelasPerguntasInteressantes ahah
Honestamente, o aspeto físico é, na esmagadora maioria dos casos, a inevitável primeira impressão, a não ser que realmente não possuas visão x), mas isso, para mim, cai ao fim de 3 segundos, quando, pela conversa, tento perceber o tipo de humor e, se possível, a visão que a pessoa tem da vida e do facto de todos caminharmos lentamente no sentido da degradação e da terceira idade.
 
Ao ler isto, na minha cabeça surgiu uma questão: achar alguém bonito/não bonito poderia influenciar o "julgamento" que fazias da pessoa em que sentido ao certo? xD #AquelasPerguntasInteressantes ahah
Honestamente, o aspeto físico é, na esmagadora maioria dos casos, a inevitável primeira impressão, a não ser que realmente não possuas visão x), mas isso, para mim, cai ao fim de 3 segundos, quando, pela conversa, tento perceber o tipo de humor e, se possível, a visão que a pessoa tem da vida e do facto de todos caminharmos lentamente no sentido da degradação e da terceira idade.
Pessoalmente, adoro a ideia de neste fórum desconhecer muitas caras. Torna muito mais engraçado quando as pessoas decidem encontrar-se e descobrirem quem está por trás destes avatars. E não necessariamente pelo aspecto físico, porque as pessoas antes de se encontrarem, muitas vezes, já viram fotos ou wtv, mas o que acho mesmo cativante é saber pouco sobre as pessoas e de repente vejo-as ao vivo e reparo num monte de coisas preciosas e fico com a impressão se gosto de passar tempo com as pessoas ou não.

devia elaborar uma lista para contabilizar quantas pessoas daqui conheci em 1 ano ._.
 
Não consegui resistir à minha curiosidade e fui fazer uma contagem. Fez pouco mais de um ano depois de conhecer a primeira pessoa vinda do Uniarea :B hoje, é ela a minha melhor amiga @Jéssica Pinto 🤓 ainda me lembro de combinar as coisas com ela no dia das matrículas e de me sentir nervosa pra xuxu :')

Fui contabilizar e no espaço de 1 ano, conheci pessoalmente...
24 pessoas. Estava à espera de um número próximo ao 20, mas talvez não me tenha dado conta de serem tantos que conhecem a minha irl fronha. Uns mais próximos que outros, não deixo de querer expressar o meu obrigada por terem coexistido brevemente no mesmo espaço que eu.

Aos mais próximos, o meu enorme abraço por estarem sempre dispostos a aturarem-me. Talvez tenha tornado isto meio que num hobby meu, mas não deixo de reforçar que há pessoas super preciosas nestes números 🤗🤗

Que tal expandirmos esta lista, nos próximos anos? 🌝
 
Ao ler isto, na minha cabeça surgiu uma questão: achar alguém bonito/não bonito poderia influenciar o "julgamento" que fazias da pessoa em que sentido ao certo? xD #AquelasPerguntasInteressantes ahah
Honestamente, o aspeto físico é, na esmagadora maioria dos casos, a inevitável primeira impressão, a não ser que realmente não possuas visão x), mas isso, para mim, cai ao fim de 3 segundos, quando, pela conversa, tento perceber o tipo de humor e, se possível, a visão que a pessoa tem da vida e do facto de todos caminharmos lentamente no sentido da degradação e da terceira idade.
Imagina a maneira como a pessoa se veste ou comporta faz nos logo tirar conclusões mesmo antes de a conhecer . Era mais nesse sentido. Claro que quando começas a conhecer a pessoa nada disso importa mas inicialmente tiramos sempre primeiras impressões.
 
Não consegui resistir à minha curiosidade e fui fazer uma contagem. Fez pouco mais de um ano depois de conhecer a primeira pessoa vinda do Uniarea :B hoje, é ela a minha melhor amiga @Jéssica Pinto 🤓 ainda me lembro de combinar as coisas com ela no dia das matrículas e de me sentir nervosa pra xuxu :')

Fui contabilizar e no espaço de 1 ano, conheci pessoalmente...
24 pessoas. Estava à espera de um número próximo ao 20, mas talvez não me tenha dado conta de serem tantos que conhecem a minha irl fronha. Uns mais próximos que outros, não deixo de querer expressar o meu obrigada por terem coexistido brevemente no mesmo espaço que eu.

Aos mais próximos, o meu enorme abraço por estarem sempre dispostos a aturarem-me. Talvez tenha tornado isto meio que num hobby meu, mas não deixo de reforçar que há pessoas super preciosas nestes números 🤗🤗

Que tal expandirmos esta lista, nos próximos anos? 🌝
Lembro-me de estar na entrada principal e ver-te ao longe. And here we are, um ano depois.
 
Ao ler isto, na minha cabeça surgiu uma questão: achar alguém bonito/não bonito poderia influenciar o "julgamento" que fazias da pessoa em que sentido ao certo? xD #AquelasPerguntasInteressantes ahah
Honestamente, o aspeto físico é, na esmagadora maioria dos casos, a inevitável primeira impressão, a não ser que realmente não possuas visão x), mas isso, para mim, cai ao fim de 3 segundos, quando, pela conversa, tento perceber o tipo de humor e, se possível, a visão que a pessoa tem da vida e do facto de todos caminharmos lentamente no sentido da degradação e da terceira idade.

Pode influenciar realmente no sentido de "será que falo ou será que não falo"... É realmente estranho as associações que o nosso cérebro faz com caras mas por exemplo, pode haver um rapaz que seja super nice com toda a gente mas que prontos cai mais para o lado de "fisicamente feio" e no entanto ninguém lhe dá a oportunidade sequer de se conhecerem. Por outro lado, temos um rapaz que é super atraente que toda a gente fala mas que acaba por ser rude ou mau com os outros. Vou invocar aqui o meu espírito de viciado em crime mas tipo, maior parte dos serial killers assim mais prolíficos eram considerados atraentes e charmosos. Agora usando um exemplo meu, eu sei que fisicamente eu sou feio tipo não há contestação nisso e também sei de casos em que certas pessoas não falaram comigo porque pensavam que eu era um "drogado". Isto confirma-se pelo facto de um monte d vezes terem me pedido isqueiro, cigarros e se eu queria "fumar com eles" enquanto que eu sou uma pessoa super tímida 😂 É triste?É... Mas também é inevitável, especialmente numa sociedade em que vivemos em que beleza vale muito mais que talento ou personalidade.
 
Parece que sim. 😅

Thanks, that sounds hard but i'll try. 😌 E, para a próxima podes dizer olá.
Eu tava no 1º andar por isso não ia criar grande chinfrim xD
May we meet again
 
  • Like
Reactions: davis
Pode influenciar realmente no sentido de "será que falo ou será que não falo"... É realmente estranho as associações que o nosso cérebro faz com caras mas por exemplo, pode haver um rapaz que seja super nice com toda a gente mas que prontos cai mais para o lado de "fisicamente feio" e no entanto ninguém lhe dá a oportunidade sequer de se conhecerem. Por outro lado, temos um rapaz que é super atraente que toda a gente fala mas que acaba por ser rude ou mau com os outros.
Acho que não concordo muito com isso, pessoas antipáticas, independentemente do resto que nem me interessa, têm um lado do meu coração reservado para elas: o lado de fora x)
 
Acho que não concordo muito com isso, pessoas antipáticas, independentemente do resto que nem me interessa, têm um lado do meu coração reservado para elas: o lado de fora x)

O pior é que às vezes só descobres passado algum tempo xD
 
Status
Não está aberto para novas mensagens.