Diário do Estudante 2019/2020

 
Status
Não está aberto para novas mensagens.
Olá, esta é a minha primeira vez a escrever no Diário de um estudante e tenho de dizer que sou bastante medíocre! Estou no 11º ano em Ciências e Tecnologia e estou a odiar. Não culpo os professores, colegas e o meu horário de escola que o Diabo fez... No meu 10º ano tive média de 13, e eu merecia muito menos, foi tudo manipulado por mim! Eu só "lambia as botas" deles e ganhava pontos por isso. Inglês tive 19?? IMPOSSÍVEL. Português 14! E eu tive ao longo dos meus anos de escola quase negativa a português... Eu não sei o que quero ser "quando for grande", os meus pais não param de estar em cima de mim e quando não percebo uma matéria pensam logo que não estou a estudar ou estou na "sombra da bananeira". Não sei se o objetivo deste diário é desabafar mas fi-lo mesmo assim. :))
Acho que devias encarar as coisas de uma forma ligeiramente diferente. Não estou aqui para vos fazer um texto a dizer que são incríveis, mesmo que não se esforcem. Sou mais da opinião que a escala de notas não dita a mediocridade de uma pessoa. Há algo mais além disso. Ora, escreveste exactamente que não estás a gostar do curso. Já consideraste mudar de curso? Parece quase uma regressão quando estamos no secundário e percebemos que é preciso voltar para trás e parece-nos quase uma perda de tempo, ou parece que subitamente vamos ficar velhos demais para entrar na faculdade. Sobre isto já falei várias vezes, é completamente irrelevante entrar na faculdade com 18 anos ou não. Mesmo que não saibas o que queres prosseguir no futuro, parece-me quase certo que não estás a gostar de estudar o que estudas. A primeira coisa a fazer seria explicar isso aos teus pais. Não há nada mais frustrante do que estudares algo que não gostas. E não custa tentar, right?
Alunos que estão na Universidade/Faculdade, quais são as maiores diferenças que notaram da transição do secundário para o superior?
O nível de responsabilidade, essencialmente. Antes tinha sempre os profs a dizer-me o que fazer. O estudo torna-se muito mais independente, mas vejo isso como algo muito bom. Faz com que tenhas que fazer esse esforço, assim como decidir ir às aulas ou não. No final, sabe bem :3

As restantes mudanças que tive e que notei mais têm mais a ver com ter mudado de cidade e começar a estar com pessoas com que me identifico mais~
 
Oh? Eu nunca fui muito apegada à escola ou a alguma matéria. Como os meus pais não me deixavam eu dizia que gostava de biologia, eu gosto de ver e mexer, tenho um "estômago forte" mas não significa que quero fazer. Acho interessante mas nunca na minha vida seria médica ou veterinária, não só devido às notas mas também por eu não querer ter esse tipo de profissão. Eu fiz uns testes na psicóloga da escola e eu deveria ter ido para Economia, eu nunca fui boa a geografia e pensar em ter uma nova disciplina que pode ser (ou não) mais difícil que a matemática esquece... Eu queria experimentar ir para um curso profissional (tecnologia), sempre me interessei nessa área ou experimentar o curso de artes (já que eu gosto de desenhar), eles também não aprovariam pois a minha irmã que está na faculdade de Arqueologia desenha muito melhor que eu e ela não foi para artes. Claro que os meus pais não gostariam disso, logo é impossível isto acontecer já que eles é que assinam os papeis. Sem falar que eu sou a mais nova da turma, têm bastantes expectativas de se eu passar de ano sem chumbar eu vou para a faculdade com 17 anos.

Eu acho que devias ter essa conversa com os teus pais e ver se consegues ir para uma área que te cative mais, já tens ideias de algumas pelo menos. Quanto a isso da idade, era bom se os teus pais soubessem que isso não importa para nada, eu por acaso entrei com 17 anos, mas tenho inclusive um colega na casa dos 30 que decidiu agora vir tirar Farmácia.

Alunos que estão na Universidade/Faculdade, quais são as maiores diferenças que notaram da transição do secundário para o superior?

Injeção de matéria nas aulas, as pessoas ajudam-se mais, e tens mais liberdade para fazer o que quiseres porque são poucos os professores que vão ter paciência para andar em cima de ti e só isso já me dá outra vontade de fazer as coisas porque as faço por querer e não porque se não fizer vou levar na cabeça do professor xD (basicamente, mais responsabilidade neh).
 
  • Like
Reactions: Bruno Rosendo
No início do semestre custou um pouco mais voltar à rotina e ao estudo, mas agora sinto-me mesmo com bastante tempo livre comparando com o 1º ano (ou então não me custa tanto estudar, não sei xD). Tenho tido tempo para ver séries, youtube, etc., é estranho. xD
Nem é uma questão de falta de tempo, por agora... Tenho duas equivalências e algumas práticas ainda não começaram, como microbiologia e anatomia clínica. No entanto, tenho me esforçado para ter a matéria em dia ou até adiantada para as cadeiras que ainda não começámos.. Simplesmente não vejo séries agora, porque me impeço de entrar nesse "vício"... Depois é sempre mais um episódio e entretanto já passaram horas xD E não vou pagar um serviço de streaming todos os meses para usar pouco, portanto corta-se logo o mal pela raiz e desativo a conta durante estes meses todos ahah
 
  • Haha
Reactions: Blasty
Nem é uma questão de falta de tempo, por agora... Tenho duas equivalências e algumas práticas ainda não começaram, como microbiologia e anatomia clínica. No entanto, tenho me esforçado para ter a matéria em dia ou até adiantada para as cadeiras que ainda não começámos.. Simplesmente não vejo séries agora, porque me impeço de entrar nesse "vício"... Depois é sempre mais um episódio e entretanto já passaram horas xD E não vou pagar um serviço de streaming todos os meses para usar pouco, portanto corta-se logo o mal pela raiz e desativo a conta durante estes meses todos ahah
Também tenho tido tudo em dia, exceto histologia e citogenética que são cocó e eu não gosto. 💩 Vai ser uma alegria quando me livrar de histologia e das 50000 genéticas. xD
Desconheço serviços de streaming pagos... 🥴😇
 
Olá, esta é a minha primeira vez a escrever no Diário de um estudante e tenho de dizer que sou bastante medíocre! Estou no 11º ano em Ciências e Tecnologia e estou a odiar. Não culpo os professores, colegas e o meu horário de escola que o Diabo fez... No meu 10º ano tive média de 13, e eu merecia muito menos, foi tudo manipulado por mim! Eu só "lambia as botas" deles e ganhava pontos por isso. Inglês tive 19?? IMPOSSÍVEL. Português 14! E eu tive ao longo dos meus anos de escola quase negativa a português... Eu não sei o que quero ser "quando for grande", os meus pais não param de estar em cima de mim e quando não percebo uma matéria pensam logo que não estou a estudar ou estou na "sombra da bananeira". Não sei se o objetivo deste diário é desabafar mas fi-lo mesmo assim. :))
Só quero dizer que acho que é preciso alguma fibra para se admitir que se é/ foi um "lambe botas" e, por esse motivo, tiro-te o chapéu. Em relação ao curso, volto a repetir a minha crença em como "aquilo que segues no Secundário não tem que ditar o que farás no Superior ou mesmo no teu futuro profissional". Não tem mal nenhum não saberes o que queres ser "quando fores grande", mas acho que deves dar o melhor de ti, verdadeiramente, para ultrapassares essas dificuldades que o curso te está a impor. Às vezes precisamos de algumas chapadas da vida para crescermos e olharmos para as coisas de forma diferente. Já experimentaste mudar o teu método de estudo? Ver study vlogs, dicas de estudo e aproveitamento do tempo?

Alunos que estão na Universidade/Faculdade, quais são as maiores diferenças que notaram da transição do secundário para o superior?
A maior diferença que senti foi exactamente este "dar-te asas" que (alguns) professores universitários te dão. Poderes pensar, pesquisar e projectar por ti mesmo as tuas ideias, que podem ser ou não iguais às do professor. E, neste ponto, claro que vai depender do curso, mas acho que há muito mais espaço para a criatividade no Ensino Supeior.
 
mas alguém só dorme pouco com a reduzida carga horária de 12º ano se assim "quiser" :p
Era exatamente isso que acontecia, além de insónias e so what. Daí estar a dizer que entendo o que dizes.
É estranho para mim ter menos tempo para poder dormir e mesmo assim dormir mais xD Neste momento tenho mais trabalho mas mais motivação, então também me sinto menos cansado
 
  • Fabulous
Reactions: Estudante96
Boa noite a todos. Tenho estado a acompanhar o Diário mas sem intervir 😅 decidi partilhar a frustração pela qual estou a passar com o 11.º ano. Crises existenciais, mental breakdowns e o choro durante as tentativas de estudo... E também: where did my social life go? Confesso que estou cheia de medo de descer a minha média e tirar maus resultados.
De qualquer forma, espero que tenham todos um excelente ano letivo, seja qual for a vossa situação!
 
Alunos que estão na Universidade/Faculdade, quais são as maiores diferenças que notaram da transição do secundário para o superior?
Professores que não te tratam como cocó por estares em Artes. Mas os professores são de História da Arte so there may be a bias. Eu considero alunos de HA como alunos de Artes ok

Mas a sério, ter mais professores com atitudes profissionais é tão fixe. Já não há meia hora a falar do filho, não há meia hora a fazer exercícios da treta só para os profs irem ao face em vez disso há meia hora de stores a colocarem o projector a funcionar, AS AULAS SÃO TODAS OCUPADAS A DAR MATÉRIA, tipo UAUUUUUUUUUUUUUUU tudoshadenastoradePTainda

A QUANTIDADE DE LIVROS NA BIBLIOTECA. UM CORREDOR INTEIRO + SALA DE ESTUDO COM LIVROS DA AREA VERSUS AS 3 PRATELEIRAS COM LIVROS BÁSICOS NO SECUNDÁRIO

A diferença de aprender a realmente saber onde e como pesquisar fontes e fazer trabalhos onde temos de ler vários artigos / capítulos Versus dizer o que o manual adoptado diz (a menos que seja uma apresentação curta onde a prof peça uma obra / capítulo qualquer).

A forma como processo o que aprendo é super diferente. Antes era como pegar em várias peças e fazer o puzzle. Agora é como conhecer o processo do porquê uma peça ter aquela forma que não sabemos bem qual é e tentar perceber a sua relação com outras numa coisa que não é um puzzle. Ou ver vários nenúfares na superficie Vs mergulhar para saber como cada um cresce e se relaciona com o seu ambiente.

TER. SALAS. DE. ESTUDO. vs uma biblioteca onde as funcionárias não se calam

dunno, em termos académicos é mais isso, o ambiente é uma coisa mais subjectiva mas quanto a isso sinto finalmente que estou num lugar em que pertenço
 
Versus dizer o que o manual adoptado diz
Senti diferenças neste sentido, incluindo no que diz respeito a terminologias e formas de abordar as questões. Na faculdade, finalmente, deixam de existir pequenas exigências e detalhes de resolução irrelevantes que têm de ser de uma determinada forma porque, nos critérios de correção dos exames, vem estipulado que temos de referir o tal detalhe dispensável (assim de repente, vem à minha cabeça no exame de matématica ter de, no meio do desenvolvimento de uma expressão, explicitamente dizer que estava a recorrer a um limite notável numa determinada passagem quando, ao longo de todo o desenvolvimento, já tinha tido o trabalho de o escrever exatamente na forma de limite notável para poder fazer a passagem sem problemas... pequenas revoltas ahah x) ).
Na faculdade sinto que as preocupações se resumem ao essencial: utilizar raciocínios válidos (e claros) e recorrer a terminologias não ambíguas (e que não tenham alguma incorreção/incoerência). Garantidos estes requisitos, a única coisa que nos pedem é mesmo só uma: pensar um bocadinho. É um lugar bonito a universidade :p
 
Boa noite a todos. Tenho estado a acompanhar o Diário mas sem intervir 😅 decidi partilhar a frustração pela qual estou a passar com o 11.º ano. Crises existenciais, mental breakdowns e o choro durante as tentativas de estudo... E também: where did my social life go? Confesso que estou cheia de medo de descer a minha média e tirar maus resultados.
De qualquer forma, espero que tenham todos um excelente ano letivo, seja qual for a vossa situação!
Olá! Compreendo perfeitamente o que sentes, mas já pensaste que isso pode chegar a um nível contraproducente? Se já tens bons resultados e queres manter é continuares o esforço 😢 tenta equilibrar as coisas: não precisas sacrificar a tua vida social completamente para estudares, mais uma vez, isso pode chegar a ser contraproducente. Arranja um equilíbrio, sentir stress é comum mas há um certo controlo e limite. Estabelece alguns objectivos de estudo e quando sentes que estás a corresponder, dá a ti mesma um "reward": aproveita e vai sair um pouco 🤗🤗

--------------------------
E visto que falaram em horários de sono.
Eu fui um péssimo exemplar durante o meu secundário. Primeiro, porque no 10º ano era preguiçosa e não tinha hábitos de estudo regulares. Acabava por estudar tudo na véspera e depois queixava-me porque ficava 3-6h seguidas a estudar :'> Terminei o ano a pensar que tinha claramente que mudar, mas ao mesmo tempo tinha os resultados que me satisfaziam e acabei por piorar no 11º ano. Esse ano foi um bocado louco porque o grupo de teatro fez duas décadas, então foi o ano em que fizemos mais produções. Eu tinha demasiadas responsabilidades: fazia teatro, fazia parte do cinema também e ainda participei no parlamento dos jovens. Resultado: chegava a casa ao final do dia super cansada. Em vez de estudar, dormia e acabava por ter novamente aqueles hábitos de estudo péssimos. Piorou a situação porque os meus horários de sono trocaram todos - eu dormia um bocado das 19 até mais ou menos às 0h. Não jantava, não tinha fome, perdi peso e só tinha tempo para o teatro e para estudar das 0h até ao meu teste no dia seguinte que era tipo às 8h. não façam isso por favor
No 12º ano melhorei porque percebi que além de estar muito magra e de me sentir mal, eu tinha que me esforçar para ser produtiva :< and I did it, agora já não me custa nada estudar e trabalhar, nem que seja só um bocadinho, todos os dias :3
 
Desconheço serviços de streaming pagos... 🥴😇

Nunca vi tal coisa 😇

Mas a sério, ter mais professores com atitudes profissionais é tão fixe. Já não há meia hora a falar do filho, não há meia hora a fazer exercícios da treta só

Não há meia hora a falar do filho mas há 2 horas a falar da importância de votar, religião, PAN, se concordávamos ou não com a criação de um sistema de saúde para os animais entre outras coisas numa aula em que se devia falar apenas sobre o sistema nacional de saúde.

Aulas teóricas de Introdução à Farmácia be like 😂
 
  • Like
Reactions: crebellum
MUITO ocupado
Para vocês que acham que faculdade é só festas, "MUITO ocupado" é na verdade a melhor definição lmao

Acho que nem vos falei das coisas. Entrei para o Núcleo de Relações Internacionais da minha faculdade e agora sou coordenador de marketing :D E agora faço também parte do departamento de marketing do Grupo Universitário de Debates e Opiniões.
Fui ontem a uma entrevista para a Academia Política Apartidária e estou ainda à espera da resposta da Sociedade de Debates da UP :D

Isto é o que acontece quando o vosso cérebro precisa de estar 100% ocupado para vocês terem uma saúde mental minimamente estável :D
 
E visto que falaram em horários de sono.
Eu fui um péssimo exemplar durante o meu secundário. Primeiro, porque no 10º ano era preguiçosa e não tinha hábitos de estudo regulares. Acabava por estudar tudo na véspera e depois queixava-me porque ficava 3-6h seguidas a estudar :'> Terminei o ano a pensar que tinha claramente que mudar, mas ao mesmo tempo tinha os resultados que me satisfaziam e acabei por piorar no 11º ano. Esse ano foi um bocado louco porque o grupo de teatro fez duas décadas, então foi o ano em que fizemos mais produções. Eu tinha demasiadas responsabilidades: fazia teatro, fazia parte do cinema também e ainda participei no parlamento dos jovens. Resultado: chegava a casa ao final do dia super cansada. Em vez de estudar, dormia e acabava por ter novamente aqueles hábitos de estudo péssimos. Piorou a situação porque os meus horários de sono trocaram todos - eu dormia um bocado das 19 até mais ou menos às 0h. Não jantava, não tinha fome, perdi peso e só tinha tempo para o teatro e para estudar das 0h até ao meu teste no dia seguinte que era tipo às 8h. não façam isso por favor
No 12º ano melhorei porque percebi que além de estar muito magra e de me sentir mal, eu tinha que me esforçar para ser produtiva :< and I did it, agora já não me custa nada estudar e trabalhar, nem que seja só um bocadinho, todos os dias :3
Uma verdadeira história de superação. Fiquei comovido 😢
Fiquei comovido (🤣) porque eu estudo melhor à noite, não sei porquê, mas há algo que me faz ser especialmente produtivo nessa altura desde há muito tempo. O problema é que isso é incompatível com as aulas, então ando numa luta diária em que, como ao fim de semana acabo por me deitar tarde para, pelo menos nesses dias, aproveitar esse horário de estudo que gosto, ando pelo menos metade da semana ainda a acertar um bocado os meus horários, pois levanto-me cedo para ir às aulas... Tenho, aos poucos, corrigido isso, e também tenho verificado que sou produtivo durante o dia, mas quando desenvolvemos gosto por um certo horário, pelo menos eu, sou um bocado resistente à mudança x) Mas acho que até ao final do semestre vou acabar por ter um horário decente e, mesmo ao fim de semana, ter esse horário para que a semana não seja sujeita a alguma privação do sono ahah É importante e mais saudável um horário diurno :p Devo referir que não estudo durante parte da noite ao fim de semana por uma questão de estudar à última da hora, é mesmo uma questão de preferência 😅
 
Olá! Compreendo perfeitamente o que sentes, mas já pensaste que isso pode chegar a um nível contraproducente? Se já tens bons resultados e queres manter é continuares o esforço 😢 tenta equilibrar as coisas: não precisas sacrificar a tua vida social completamente para estudares, mais uma vez, isso pode chegar a ser contraproducente. Arranja um equilíbrio, sentir stress é comum mas há um certo controlo e limite. Estabelece alguns objectivos de estudo e quando sentes que estás a corresponder, dá a ti mesma um "reward": aproveita e vai sair um pouco 🤗🤗

--------------------------
E visto que falaram em horários de sono.
Eu fui um péssimo exemplar durante o meu secundário. Primeiro, porque no 10º ano era preguiçosa e não tinha hábitos de estudo regulares. Acabava por estudar tudo na véspera e depois queixava-me porque ficava 3-6h seguidas a estudar :'> Terminei o ano a pensar que tinha claramente que mudar, mas ao mesmo tempo tinha os resultados que me satisfaziam e acabei por piorar no 11º ano. Esse ano foi um bocado louco porque o grupo de teatro fez duas décadas, então foi o ano em que fizemos mais produções. Eu tinha demasiadas responsabilidades: fazia teatro, fazia parte do cinema também e ainda participei no parlamento dos jovens. Resultado: chegava a casa ao final do dia super cansada. Em vez de estudar, dormia e acabava por ter novamente aqueles hábitos de estudo péssimos. Piorou a situação porque os meus horários de sono trocaram todos - eu dormia um bocado das 19 até mais ou menos às 0h. Não jantava, não tinha fome, perdi peso e só tinha tempo para o teatro e para estudar das 0h até ao meu teste no dia seguinte que era tipo às 8h. não façam isso por favor
No 12º ano melhorei porque percebi que além de estar muito magra e de me sentir mal, eu tinha que me esforçar para ser produtiva :< and I did it, agora já não me custa nada estudar e trabalhar, nem que seja só um bocadinho, todos os dias :3
Desde já, agradeço-te imenso pelas tuas palavras, estava a precisar <33 e de facto, tens toda a razão. O ano passado encontrava-me num burnout constante mesmo por causa disso.
O teu testemunho motivou-me definitivamente, porque preciso mesmo de conseguir estudar de forma mais consistente durante a semana, e não esporadicamente uma maratona de 6h. Tenho andado a culpar o jetlag das férias de verão mas já estamos em outubro, por isso...

Gostava muito de, tal como tu, estar mais envolvida em projetos, mas sinto que já tenho demasiado com que lidar e nem ainda sei como o fazer, quanto mais...
 
Uma verdadeira história de superação. Fiquei comovido 😢
Fiquei comovido (🤣) porque eu estudo melhor à noite, não sei porquê, mas há algo que me faz ser especialmente produtivo nessa altura desde há muito tempo. O problema é que isso é incompatível com as aulas, então ando numa luta diária em que, como ao fim de semana acabo por me deitar tarde para, pelo menos nesses dias, aproveitar esse horário de estudo que gosto, ando pelo menos metade da semana ainda a acertar um bocado os meus horários, pois levanto-me cedo para ir às aulas... Tenho, aos poucos, corrigido isso, e também tenho verificado que sou produtivo durante o dia, mas quando desenvolvemos gosto por um certo horário, pelo menos eu, sou um bocado resistente à mudança x) Mas acho que até ao final do semestre vou acabar por ter um horário decente e, mesmo ao fim de semana, ter esse horário para que a semana não seja sujeita a alguma privação do sono ahah É importante e mais saudável um horário diurno :p Devo referir que não estudo durante parte da noite ao fim de semana por uma questão de estudar à última da hora, é mesmo uma questão de preferência 😅
Sim, entendo perfeitamente. Eu não desgosto de estudar à noite, até porque está tudo super silencioso e parece ideal para focar-me. No 2º semestre do ano que passou acordei às 3h propositadamente para estudar umas horas no silêncio antes de uma frequência e resultou bastante bem porque era o foco que precisava. Ainda assim, só faço isso muito ocasionalmente e tenho tentado manter os horários diurnos como deve ser. De vez em quando acordo a horas meio estranhas da madrugada, mas é mais porque me deixei dormir enquanto falava com alguém e acordo do nada a pensar "hm tenho que responder à pessoa x" :V

🌝 Estudante comovido 🌝
Desde já, agradeço-te imenso pelas tuas palavras, estava a precisar <33 e de facto, tens toda a razão. O ano passado encontrava-me num burnout constante mesmo por causa disso.
O teu testemunho motivou-me definitivamente, porque preciso mesmo de conseguir estudar de forma mais consistente durante a semana, e não esporadicamente uma maratona de 6h. Tenho andado a culpar o jetlag das férias de verão mas já estamos em outubro, por isso...

Gostava muito de, tal como tu, estar mais envolvida em projetos, mas sinto que já tenho demasiado com que lidar e nem ainda sei como o fazer, quanto mais...
Oh não é preciso agradeceres nada :B é tudo uma questão de esforço e persistência e isso só tu podes fazer 🤗🤗
 
Sinceramente, ando assim nos últimos dias. Tive mini teste ontem de cálculo, tenho mini teste de programação + laboratórios na segunda e teste de Álgebra na quarta (das 19 às 20:30). Com o estudo todo mais o tempo que gasto em transportes (1 hora a ir e 1 hora a voltar (às vezes 1 hora e meia, porque a Mafrense não tem autocarros suficientes para a quantidade de pessoas que têm o passe, mas isto é todo outro tópico)) durmo entre 4:30 a 6 horas por dia.

Já só quero que chegue quarta-feira depois do teste para finalmente dormir
 
Última edição:
#pdralfa já votou! 🌈

(Não, não foi no PAN.)
Não me lembro porquê ou como mas tinha isto citado. De qualquer forma, boa desculpa para dizer: #Pdralfa

E visto que falaram em horários de sono.
Há dias só consegui adormecer depois das 8 horas porque nessa hora tínhamos de enviar uma inscrição por email para ir um dia a Tomar e quando há coisas pelas quais estou mesmo feliz no dia a seguir tenho muita dificuldade a dormir... (a @LeonorRodrigues15 que confirme o nº de vezes em que nos encontrámos em que eu estava a cair para o lado porque não adormeci).
Anyway, isto fez com que dormisse umas 3 horas, senti-me incrivelmente fraca o dia todo até porque dias do mês e estava a alimentar-me mal (diga-se: muita fome + ansiedade de ir à cozinha + deixar a comida rápida acabar + não estar em condições de ir às compras) e no dia a seguir não consegui ir a uma palestra que queria mesmo ir ver na faculdade porque a inscrição desregulou-me o sono e era isso e depois não me lembrar por ter a cabeça em água e ficar pior ou... dormir mais umas horas. Não conseguir dormir é chato porque nem é a questão de ficar cansada, é a de nos impedir de conseguir fazer as coisas ou não as aproveitar bem :')
Ya eu ainda tenho cenas para resolver mas prontos let's not worry with that now PORQUE AMANHÃ É O CORTEJO DA LATADA YALL
 
  • Fabulous
Reactions: Ariana_ and Alfa
Status
Não está aberto para novas mensagens.