Diário do Estudante 2021/2022

André!

Membro Veterano
Matrícula
4 Março 2021
Mensagens
320
Curso
Eng. Informática
Instituição
Faculdade da Vida
C++:
template <size_t count, class T, class First, class ... Rest>
constexpr auto why_not(T && obj, First && f, Rest && ... r)
{
    if constexpr (count == 42)
    {
        return the_answer(std::forward<T>(obj)) + to_everything();
    }
    else if constexpr (std::is_convertible_v<T, First> || std::is_convertible_v<First, T>)
    {
        return foo(std::forward<T>(obj), std::forward<First>(f)) + bar(std::forward<Rest>(r)...);
    }
    else
    {
        return why_not<count + 1, T, Rest...>(std::forward<T>(obj), std::forward<Rest>(r)...);
    }
}
Não sei o que fazem the_answer, to_everything, foo e bar, mas não me interessa agora. Ainda bem que não temos de fazer em C++14 com especializações e pôr tudo dentro de estruturas por causa da especialização parcial e sei lá mais o quê... 🙄

Mas, enfim, dependendo das tuas preferências, antes lidar com código complexo do que com código simplesmente confuso, o que aparece na maior parte das vezes no contexto mais académico/científico porque se escreve o código sobretudo para funcionar minimamente bem para o que se pretende na altura e não necessariamente para servir para o futuro... 🤐
O código dele não é confuso, no entanto, ódeio a maneira como ele formata as coisas é quase tudo pegado, do género:
Código:
if(condição) {
   bbla bla lba
} else {
bla bla lba
}

Coisas deste género, mas com no meio de ciclos e outra carrada de coisas XD

Eu gosto mais de separar para ter uma melhor leitura ahahah
Código:
if(condição)
{
   bbla bla lba
}
else
{
   bla bla lba
}
Mas secalhar era porque estava habituado a usar C# no VS e ele utiliza este tipo de formatação 🤔
 

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,351
Curso
Ciência Política
O código dele não é confuso, no entanto, ódeio a maneira como ele formata as coisas é quase tudo pegado, do género:
Código:
if(condição) {
   bbla bla lba
} else {
bla bla lba
}

Coisas deste género, mas com no meio de ciclos e outra carrada de coisas XD

Eu gosto mais de separar para ter uma melhor leitura ahahah
Código:
if(condição)
{
   bbla bla lba
}
else
{
   bla bla lba
}
Mas secalhar era porque estava habituado a usar C# no VS e ele utiliza este tipo de formatação 🤔
Fico sempre curioso se o mano da foto és tu hmm
 

André!

Membro Veterano
Matrícula
4 Março 2021
Mensagens
320
Curso
Eng. Informática
Instituição
Faculdade da Vida
Fico sempre curioso se o mano da foto és tu hmm
Achas, não tenho assim tanta pinta 🤔
É um youtuber brasileiro, pseudo-cantor (Greg Ferreira)

1637236263492.png

🙄

Já agora, a minha assinatura é letra de uma das músicas dele 🤣
 
  • Love
Reactions: voidlessmind

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,351
Curso
Ciência Política

NemoExNihilo

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
5 Agosto 2015
Mensagens
11,878
Curso
Contestação Aplicada
Instituição
Toda e Qualquer Injustiça
O código dele não é confuso, no entanto, ódeio a maneira como ele formata as coisas é quase tudo pegado, do género:
Código:
if(condição) {
   bbla bla lba
} else {
bla bla lba
}

Coisas deste género, mas com no meio de ciclos e outra carrada de coisas XD

Eu gosto mais de separar para ter uma melhor leitura ahahah
Código:
if(condição)
{
   bbla bla lba
}
else
{
   bla bla lba
}
Mas secalhar era porque estava habituado a usar C# no VS e ele utiliza este tipo de formatação 🤔
Ah, a velha história de K&R versus GNU (ou uma das quaisquer milhentas variantes parecidas). Estou no mesmo lado da barricada que tu.

Suponho que também seja um pouco uma questão geracional, visto que em tempos mais remotos "o espaço de ecrã" podia não ser tanto e as capacidades dos editores de texto também um bocadinho menos poderosas (nomeadamente havendo aqueles infames editores linha a linha), pelo que podias correr o risco de inserir, por exemplo, uma função entre a condição (ou um for ou coisa do género) e o que entendias que deveria ser o resto do bloco, isto é,

C++:
if(condition)
    really_nasty_bug();
{
    should_only_be_done_conditionally();
}

O que seria equivalente a:
C++:
if(condition)
{
    really_nasty_bug();
}
should_only_be_done_conditionally();

Imagino que seja sobretudo essa a justificação para um estilo tão abstruso e pouco legível... 🙄
 

André!

Membro Veterano
Matrícula
4 Março 2021
Mensagens
320
Curso
Eng. Informática
Instituição
Faculdade da Vida

NemoExNihilo

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
5 Agosto 2015
Mensagens
11,878
Curso
Contestação Aplicada
Instituição
Toda e Qualquer Injustiça
Se isto acontecesse ia dar muita raia ahahahah
Não sei, eu acho essa maneira (sem erros de indentação 🤣) muito mais apelativa e perceptiva xD
Não sei se é uma maneira mais perceptiva, uma vez que nunca aferi o seu nível de consciência para perceber se a formatação do código era capaz de perceber alguma coisa, mas é garantido que, para mim, é mais perceptível...
1623919682982.png
 
  • Haha
Reactions: André!

Tiago89

Membro Dux
Matrícula
15 Novembro 2015
Mensagens
1,023
Deixem-me só fazer um desabafo: tentei subscrever um seguro de saúde há duas semanas via online, acontece que num questionário médico que fui obrigado a fazer não ocultei que já estive internado 3 dias devido a um pneumotórax há 15 anos. Não cheguei a ser operado, fiz apenas drenagem torácica, mas devido a isso a subscrição ficou suspensa e disseram-me que enviariam uma carta a saber se poderia subscrever o seguro ou não, já recebi a carta e tive que responder a umas questões que um médico me fez (se tinha tido a doença de novo, qual era o motivo do pneumotórax, etc), tive que escrever diretamente na carta e enviá-la num envelope RSF (envelope esses fornecido por eles). Portanto as seguradoras de saúde querem vender os seus serviços a pessoas saudáveis (se bem que eu sou saudável, tive este problema a dois meses de fazer 17 anos e nunca mais tive nada do género).
 

Alexandra S.

Potterhead Mod 🧙‍♀️
Equipa Uniarea
Moderador
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
4,285
Deixem-me só fazer um desabafo: tentei subscrever um seguro de saúde há duas semanas via online, acontece que num questionário médico que fui obrigado a fazer não ocultei que já estive internado 3 dias devido a um pneumotórax há 15 anos. Não cheguei a ser operado, fiz apenas drenagem torácica, mas devido a isso a subscrição ficou suspensa e disseram-me que enviariam uma carta a saber se poderia subscrever o seguro ou não, já recebi a carta e tive que responder a umas questões que um médico me fez (se tinha tido a doença de novo, qual era o motivo do pneumotórax, etc), tive que escrever diretamente na carta e enviá-la num envelope RSF (envelope esses fornecido por eles). Portanto as seguradoras de saúde querem vender os seus serviços a pessoas saudáveis (se bem que eu sou saudável, tive este problema a dois meses de fazer 17 anos e nunca mais tive nada do género).
Da experiência que tenho tido, eles são muito exigentes com os tipos de doença que cobrem e a finalidade dos procedimentos para as mesmas. Dependendo do tipo de doença que possas ter, eles podem cobrir mais ou menos valor do pagamento. Para te dar um exemplo em concreto, há 5 anos tive uma doença pulmonar grave (tuberculose) que me afetou muito um dos pulmões. Como tal, para além da medicação (que é gratuita e fornecida pelo Estado) tive que fazer fisioterapia. Como era fisioterapia respiratória, o seguro só cobria 15 sessões, mas se fosse fisioterapia a outra parte qualquer do corpo, eles já cobriam 30 sessões.
Portanto, sim, quanto menos doenças tiveres, mais o seguro fica a ganhar contigo.
 
  • Like
Reactions: Teresa P.

NemoExNihilo

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
5 Agosto 2015
Mensagens
11,878
Curso
Contestação Aplicada
Instituição
Toda e Qualquer Injustiça
Deixem-me só fazer um desabafo: tentei subscrever um seguro de saúde há duas semanas via online, acontece que num questionário médico que fui obrigado a fazer não ocultei que já estive internado 3 dias devido a um pneumotórax há 15 anos. Não cheguei a ser operado, fiz apenas drenagem torácica, mas devido a isso a subscrição ficou suspensa e disseram-me que enviariam uma carta a saber se poderia subscrever o seguro ou não, já recebi a carta e tive que responder a umas questões que um médico me fez (se tinha tido a doença de novo, qual era o motivo do pneumotórax, etc), tive que escrever diretamente na carta e enviá-la num envelope RSF (envelope esses fornecido por eles). Portanto as seguradoras de saúde querem vender os seus serviços a pessoas saudáveis (se bem que eu sou saudável, tive este problema a dois meses de fazer 17 anos e nunca mais tive nada do género).
Da experiência que tenho tido, eles são muito exigentes com os tipos de doença que cobrem e a finalidade dos procedimentos para as mesmas. Dependendo do tipo de doença que possas ter, eles podem cobrir mais ou menos valor do pagamento. Para te dar um exemplo em concreto, há 5 anos tive uma doença pulmonar grave (tuberculose) que me afetou muito um dos pulmões. Como tal, para além da medicação (que é gratuita e fornecida pelo Estado) tive que fazer fisioterapia. Como era fisioterapia respiratória, o seguro só cobria 15 sessões, mas se fosse fisioterapia a outra parte qualquer do corpo, eles já cobriam 30 sessões.
Portanto, sim, quanto menos doenças tiveres, mais o seguro fica a ganhar contigo.
Felizmente, nunca tive grande necessidade de me envolver com seguros até agora, mas não posso deixar de questionar até que ponto poderemos acreditar que instituições cujo modelo de negócio assenta, no fundo, em pagar o mínimo possível aos beneficiários estarão interessadas em fazer o melhor possível por nós, ou ser, de algum modo, compreensivas ou sequer justas. 🙄
 
  • Like
Reactions: Teresa P.

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,351
Curso
Ciência Política
Amanhã tenho o teste de Análise de Dados e juro que estou a fritar 🙃
Post automatically merged:

OBS: Deram-nos testes para praticar sem soluções :D
 
Última edição:

Pedro D. Jesus

O Revoltado
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
1,113
Curso
Matemática
Instituição
UMa
Amanhã tenho o teste de Análise de Dados e juro que estou a fritar 🙃
Eu tenho de Paradigmas da Programação.
OBS: Deram-nos testes para praticar sem soluções :D
Os docentes nem nos dão testes para praticar frequências, temos que nos aguentar com as fichas que eles têm lá ( que não é grande coisa ) e uma mão cheia de alguns exercícios ligeiramente diferentes mostrados nas aulas teóricas... única coisa que tenho a fazer é rever a matéria praticamente...
 

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,351
Curso
Ciência Política
Eu tenho de Paradigmas da Programação.

Os docentes nem nos dão testes para praticar frequências, temos que nos aguentar com as fichas que eles têm lá ( que não é grande coisa ) e uma mão cheia de alguns exercícios ligeiramente diferentes mostrados nas aulas teóricas... única coisa que tenho a fazer é rever a matéria praticamente...
Same... meteram alguns testes e exames de 2015 e 2016 e só isso... sem soluções, sem nada, yah, se eu não sei vou adivinhar. Se fossemos todos ter 20 na porra do teste nem precisávamos de estudar.
 

Raulmendes

Membro Veterano
Matrícula
4 Fevereiro 2021
Mensagens
157
Vocês andam a ter exames para praticar ? Eu dei matéria nova na ultima aula antes da frequência 🤡 aquilo foi encher até à última.