Diário do Estudante 2021/2022

Status
Não está aberto para novas mensagens.
Props para o dia em que te conheci no Metro de Lisboa sem estar à espera de tal 🤗
Sinto que devo responder com um "espera... conheceste-me?!". Mas também me lembro. Provavelmente foi o torcicolo. 🙃
 
  • Haha
Reactions: Teresa P.
Sinto que devo responder com um "espera... conheceste-me?!". Mas também me lembro. Provavelmente foi o torcicolo. 🙃
Não me queria alongar com filosofias do tipo: "quão profundamente conhecemos realmente alguém? Nunca o suficiente", portanto vou pura e simplesmente dizer que, na minha mente, continuas a ser tu quem me dá o torcicolo 😊
 
  • Like
Reactions: Teresa P.
Não me queria alongar com filosofias do tipo: "quão profundamente conhecemos realmente alguém? Nunca o suficiente", portanto vou pura e simplesmente dizer que, na minha mente, continuas a ser tu quem me dá o torcicolo 😊
Eu estava, na verdade, a tentar insinuar que já me tinha esquecido completamente dessa ocasião e/ou suprimido completamente as memórias, consoante a interpretação predilecta dos leitores, mas vou ter de aplaudir a alternativa filosófica.

De resto, se te dou torcicolo, é por teres de olhar tanto para baixo para me ver. 😉
 
  • Haha
Reactions: Teresa P.
Agora que tenho mais tempo, vou tentar chatear mais um pouco o pessoal de cá como antigamente, não é? @iamsuzym
Não é não.
Muito bem moço Pedro, por ter conseguido ótimos resultados!
Já eu só fiz uma cadeira e foi com 10 😬
Maaaaas, eu vou mudar de curso, então não é relevante ahah
Lá vou eu voltar a encontrar o meu amigo iave esta quinta no exame de matemática 🥰
 
  • Haha
Reactions: Pedro D. Jesus
Não sei quanto tempo depois faço o meu regresso ao diário e ,novamente, estou a tentar entrar no ensino superior. Mesmo que este diário já não tenha a atividade de antigamente, confesso uma certa nostalgia.

Exames feitos, correram bem.Há cerca de um ano decidi que engenharia biomédica não era o curso para mim (não me vou alongar muito porque poderia escrever um testamento) e decidi que iria tentar entrar em medicina. Agora é esperar pelo dia 19 e desfrutar das férias e esperar que os resultados me dêem alguma tranquilidade até ao final de setembro. Depois de 2 exames de biologia, 4 de fq e 2 de matemática (embora só 3 depois de acabar o secundário), com uma quase licenciatura e crise existencial pandémica pelo meio espero encerrar finalmente esta parte de exames e candidaturas ao ensino superior (achei que estava encerrado há 3 anos) e em setembro poder dizer que estarei a estudar medicina.

Mas por agora, o sol da Caparica espera por mim e depois destas últimas semanas preciso mesmo de desligar um bocado. Não é que com 20 anos quase a fazer 21 seja um velho, mas pus demasiada pressão em mim mesmo por causa disto, senti muito que este ano seria muito "medicina ou o caos" e ,em termos de tensão arterial, digamos que este ano letivo não foi muito saudável.

Desejo que quem esteja a ler isto tenha um bom fim-de-semana (para mim já começou 😂).
 
Olá a todos! Espero que esteja tudo bem 😁

Falta sair uma nota para a licenciatura estar concluída. Parece que está a demorar décadas (embora os prazos estejam a ser cumpridos, bem que a nota podia sair um bocadinho mais cedo..). Além disso, tive que levar nos últimos dias com todo o peso burocrático do ensino superior português em cima: se a nota que me falta sair (ou outras que já saíram, mas que os professores ainda não inseriram na página do sistema que calcula oficialmente a média e com base na qual a secretaria passa as certidões) não estiver até certa data na referida página, posso ficar impossibilitado de me candidatar a mestrado por algo que não posso de maneira nenhuma controlar. Portanto, apesar de antecipar a alegria da graduação, tenho esta situação da necessidade de ter as notas rapidamente na plataforma a induzir alguma ansiedade.

Um bom fim de semana a todos! Aproveitem todos para relaxar um pouco das rondas de exames.
 
Hoje é um dia especial - sou oficialmente mãe de um licenciado em matemática!🥳 Estava difícil de saber a última nota, mas lá acabou por chegar.

Sinto um orgulho imenso por ele ter superado mais esta etapa na sua vida. Foi por vezes complicado, principalmente no primeiro ano, mas acabou bastante bem. A média do curso não foi nada má, tendo em conta um começo um pouco atribulado. O mestrado está garantido e a inscrição paga. Agora é descontrair até ao próximo ano letivo.

Boas férias, para quem já está livre dos seus compromissos! As minhas só chegam em setembro...😒
 
Hoje é um dia especial - sou oficialmente mãe de um licenciado em matemática!🥳 Estava difícil de saber a última nota, mas lá acabou por chegar.

Sinto um orgulho imenso por ele ter superado mais esta etapa na sua vida. Foi por vezes complicado, principalmente no primeiro ano, mas acabou bastante bem. A média do curso não foi nada má, tendo em conta um começo um pouco atribulado. O mestrado está garantido e a inscrição paga. Agora é descontrair até ao próximo ano letivo.

Boas férias, para quem já está livre dos seus compromissos! As minhas só chegam em setembro...😒
Parabéns ao filhote! Parece que foi ontem que se estava a falar no primeiro ano de vários diaristas e agora já é quase tudo licenciado 😳🥳
 
Olá a todos! Espero que esteja tudo bem :))

Inscrevi-me no Uniarea no primeiro ano do secundário e entretanto - tão rapidamente - já estou a terminar o 1° ano da licenciatura. Na verdade, as minhas avaliações ainda não acabaram. O 2° semestre não tem sido propriamente fácil: cadeiras mais exigentes, calendário de testes/exames/trabalhos muito "apertado", professores pouco empáticos/dedicados... Enfim! Um misto de coisas.

Estaria a mentir se dissesse que não estou a gostar do curso. Estou realmente a gostar daquilo que aprendo (embora considere que há muita coisa a mudar e a melhorar na forma como o conhecimento é transmitido e avaliado no ensino superior) e não me vejo noutro curso nem noutra cidade. A época normal acabou no dia 1 de julho, contudo, já me mentalizei que vou a recurso a Teoria da Computação, ainda que não tenha recebido a nota. O exame correu extremamente mal porque tive exame de Física I dois dias antes e não deu para estudar tudo em condições... A menos que aconteça um milagre, não escapo mesmo ao recurso. Ainda assim, até estou minimamente satisfeito com as minhas notas às restantes cadeiras:
- Análise Matemática II: 17
- Programação: 16
- Arquitetura de Computadores: 16
- Física I: 14 (bruuuh... mas depois lembro-me que a taxa de reprovação é considerável e até nem fico muito descontente...)

Falta, portanto, a nota do exame final de Teoria da Computação (que vai ser uma humilhação '_'). Estou a depositar toda a minha esperança no recurso, mas por um lado estou com imenso medo porque nunca fui a nenhum e é a minha última oportunidade. Tenho mesmo medo de deixar esta cadeira para o próximo ano porque foi a que menos me interessou (muito por causa dos docentes...) e é demasiado entediante para mim. 😭

O que dizer mais? Bem... Este ano foi, talvez, o melhor de sempre. Tornei-me muito independente por ser estudante deslocado, conheci a fundo uma nova cidade e cruzei-me com muitas pessoas novas: fiz amizades mesmo muito fortes com algumas delas (aka coleguinhas da FLUP e FCUP da residência) e até já marcamos uma semaninha de férias todos juntos.

Só me vou embora do Porto no dia 31 de julho porque vou aproveitar até ao último dia a minha estadia na residência universitária. Se já me sinto nostálgico ao deixar o Porto por pouco mais de um mês, nem quero imaginar quando terminar o curso. :') Bem... Na verdade, não me vejo a sair daqui. Não consigo imaginar-me noutro sítio. Dificilmente sairei daqui.

Depois de receber a nota do exame de recurso, conto passar aqui mais vezes e darei mais detalhes sobre o meu primeiro ano. Por enquanto, ainda me encontro demasiado ansioso, nervoso, stressado e atarefado.

Parabéns a todos os que estão a terminar uma fase (e a entrar noutra). Boa sorte! 🍀
 
Inscrevi-me no Uniarea no primeiro ano do secundário
Same por aqui, e agora já só falta saber a nota do exame de Mat A e ingressar no Ensino Superior.

Esta passagem rápida do tempo pode ser culpa minha, to be honest. Sinto que estar sempre tão ansioso pelo que vai acontecer no futuro me faça perder ligeiramente o presente, quase como se fosse um personagem passivo na minha própria vida. Acho engraçado (porém, um bocado deprimente) imaginar-me como um Sim a realizar tarefas e ao mesmo tempo como a pessoa que o está a controlar hahahaha, de modo a poder alcançar os meus determinados objetivos (cough, cough, Medicina; sim, não poderia ser mais básico 😅). Só de pensar que o meu primeiro post no fórum foi só mais um num mar de pessoas preocupadas com as próprias médias. De novo, nada original, Miguel 😅.

Entretanto, duvido que essa sensação anormal relativa ao tempo passe: é muito provável que, caso entre no curso que quero, a minha mente automaticamente me atribua outra missão a cumprir, e para ser honesto, apesar de irritante, acho essa necessidade de ter um propósito completamente normal, pelo menos para mim.

Enfim, chega de deep thoughts, estamos de férias. Aproveitem-nas! 🤩

Ps.: já não vinha ao Diário à tanto tempo... Saudades! 🥲
 
Hoje é um dia especial - sou oficialmente mãe de um licenciado em matemática!🥳 Estava difícil de saber a última nota, mas lá acabou por chegar.

Sinto um orgulho imenso por ele ter superado mais esta etapa na sua vida. Foi por vezes complicado, principalmente no primeiro ano, mas acabou bastante bem. A média do curso não foi nada má, tendo em conta um começo um pouco atribulado. O mestrado está garantido e a inscrição paga. Agora é descontrair até ao próximo ano letivo.

Boas férias, para quem já está livre dos seus compromissos! As minhas só chegam em setembro...😒
Parabéns ao filho, e, devo dizê-lo, também à mãe!

Não sendo a experiência particular generalizável, creio que os mestrados, não sendo necessariamente mais fáceis do que as licenciaturas, são, por vezes, menos dolorosos, o que já não é mau. Que o sucesso tido até agora se continue a verificar!

- Física I: 14 (bruuuh... mas depois lembro-me que a taxa de reprovação é considerável e até nem fico muito descontente...)
Para a primeira Física num curso de Física também não estaria assim tão inconcebivelmente mau...
 
  • Love
Reactions: Teresa P.
Inscrevi-me no Uniarea no primeiro ano do secundário e entretanto
Inscrevi-me no Uniarea no meu 11º ano e fez recentemente 5 anos. Acho que poucas coisas me fazem sentir velha e esta é sem dúvida uma delas 🥴
 
Já não escrevo nada aqui há muito tempo haha
Bom, este ano letivo foi de muitas indecisões sobre que mestrado ia fazer para o ano, e após muita ponderação candidatei-me ao mestrado em Engenharia e Gestão da Inovação e Empreendedorismo, uma mudança um bocado drástica de área, mas é o que preciso e acho que pode ser uma oportunidade interessante para me abrir as portas para carreiras na área da gestão e não apenas numa fábrica a ser Engenheiro 😅

Em termos académicos acho que até correu bem, especialmente estes dois últimos períodos, deu para subir um bocado depois do desastre do 2° Período, e se tudo correr bem acabo a licenciatura com média de 17 🔥
Amanhã tenho a apresentação do meu projeto integrador de 1° ciclo (aka projeto final de licenciatura) e acho que tem capacidade para correr tudo bem, basta eles depois serem simpáticos na discussão 🥲
 
Olá! Meu nome é Mariana, sou brasileira e esta é a minha primeira vez escrevendo no diário. Cheguei a Lisboa a cerca de 3 meses, mas já havia vindo cá ano passado e fiquei por cá por 3 meses. Vim aqui em busca de uma melhor educação superior na área das artes. Sou apaixonada pelo Brasil, mas estou a gostar muito de Portugal e estou muito feliz de ter vindo cá.
No entanto, fiz os exames nacionais este ano de HCA e Desenho, e como completei o secundário no Brasil, não estava habituada aos exames daqui e estava muito nervosa. A minha sorte foi que consegui ter uma excelente preparação com a minha professora de desenho do Brasil e com um explicador de hca daqui, e penso que devo ter tirado pelo menos 110 em ambos os exames.
Porém, o que me preocupa é que as médias para os cursos que mais quero, nomeadamente os da FBAUL, rondam os 17/18 e minha média do secundário ficou em 15, então preciso mesmo ter tirado boa nota em pelo menos algum desses exames.
Para o exame de desenho, eu estava tão nervosa que dormi apenas 2 horas na noite anterior, e acho que isso pode ter me prejudicado um pouco, mas estava a ver os critérios e acho que devo ter tirado no mínimo 130.
Anyways, espero que estejam todos bem e que tenham corrido bem os exames a todos
Post automatically merged:

Olá! Meu nome é Mariana, sou brasileira e esta é a minha primeira vez escrevendo no diário. Cheguei a Lisboa a cerca de 3 meses, mas já havia vindo cá ano passado e fiquei por cá por 3 meses. Vim aqui em busca de uma melhor educação superior na área das artes. Sou apaixonada pelo Brasil, mas estou a gostar muito de Portugal e estou muito feliz de ter vindo cá.
No entanto, fiz os exames nacionais este ano de HCA e Desenho, e como completei o secundário no Brasil, não estava habituada aos exames daqui e estava muito nervosa. A minha sorte foi que consegui ter uma excelente preparação com a minha professora de desenho do Brasil e com um explicador de hca daqui, e penso que devo ter tirado pelo menos 110 em ambos os exames.
Porém, o que me preocupa é que as médias para os cursos que mais quero, nomeadamente os da FBAUL, rondam os 17/18 e minha média do secundário ficou em 15, então preciso mesmo ter tirado boa nota em pelo menos algum desses exames.
Para o exame de desenho, eu estava tão nervosa que dormi apenas 2 horas na noite anterior, e acho que isso pode ter me prejudicado um pouco, mas estava a ver os critérios e acho que devo ter tirado no mínimo 130.
Anyways, espero que estejam todos bem e que tenham corrido bem os exames a todos
also, esqueci de dizer que o Uniarea me ajudou um bocado a ter uma maior familiaridade com exames e também a ter com quem conversar sobre eles
 
Boas malta!

As notícias por que tanto aguardei chegaram: estou licenciado em Direito com 16 valores. Objetivo plenamente atingido, depois de muito e árduo trabalho. 👨‍🎓

Peço desculpa por não usar o tópico de agradecimentos para esta mensagem, mas acho que faz mais sentido fazê-lo aqui por tudo o que este tópico significa. O Uniarea foi extremamente importante para a minha vida em geral. Quando cheguei aqui em 2016 (num tópico sobre stress que foi engraçado reencontrar 😂) não pensei que fosse descobrir pessoas com objetivos, problemas e características tão semelhantes - e tão distintas - das minhas. O secundário foi um período de tempo particularmente desafiante, e aqui encontrei muitas pessoas que posso sem qualquer dúvida chamar de verdadeiros companheiros de percurso. Nunca esquecerei a "fornada" que encontrei nos meus primeiros tempos por cá. Aqueles três anos foram muito melhores com todos vós, e sem o Uniarea nem sei bem como teriam sido.

Tenho a certeza que o Uniarea é e continuará a ser a grande comunidade de estudantes em Portugal. Tenho a certeza absoluta que continuará a mudar a vida de muitas pessoas para melhor. A minha foi uma delas! Não podia, por isso, deixar de partilhar o momento de alegria que vivo com todos vós.

Por tudo isto e tudo o mais, obrigado comunidade ❤️
 
já me mentalizei que vou a recurso a Teoria da Computação, ainda que não tenha recebido a nota.
Errei (felizmente). 😅 Passei e terminei a UC com 13, que apesar de não ser uma grande nota, até me deixa satisfeito tendo em conta o pouco que consegui estudar e o pouco interesse que tinha nesta cadeira... Vou a melhoria ver se consigo fazer melhor, mas pelo menos vou descansado porque já passei a tudo. Se melhorar, ótimo. Caso contrário, é dinheiro perdido (mas podia ser pior).

Acabei o primeiro ano com média de 16,03. Não acho nada mau! Por um lado, quando entrei na faculdade, estava com expectativas muito mais baixas relativamente à media que obteria, porém, agora que estou "por dentro", gostaria de conseguir ainda mais: apesar de ser difícil, já não olho para isso como se tratasse de uma ambição platónica (como acontecia no início do primeiro semestre).
 
Errei (felizmente). 😅 Passei e terminei a UC com 13, que apesar de não ser uma grande nota, até me deixa satisfeito tendo em conta o pouco que consegui estudar e o pouco interesse que tinha nesta cadeira... Vou a melhoria ver se consigo fazer melhor, mas pelo menos vou descansado porque já passei a tudo. Se melhorar, ótimo. Caso contrário, é dinheiro perdido (mas podia ser pior).

Acabei o primeiro ano com média de 16,03. Não acho nada mau! Por um lado, quando entrei na faculdade, estava com expectativas muito mais baixas relativamente à media que obteria, porém, agora que estou "por dentro", gostaria de conseguir ainda mais: apesar de ser difícil, já não olho para isso como se tratasse de uma ambição platónica (como acontecia no início do primeiro semestre).
Parabéns mesmo!

Vais ver que vais subir a média depois de te acostumares ao estilo da universidade.

Engraçado, as "melhorias" quando andava em EI na UMinho, a pior nota é que contava hahaha, ou seja, ninguém queria "melhorar" (além de que acima de 18 exigia defesa oral da nota). Agora percebo porque o curso tinha uma média de 5 anos para terminar.
 
  • Like
Reactions: Teresa P.
Parabéns mesmo!

Vais ver que vais subir a média depois de te acostumares ao estilo da universidade.

Engraçado, as "melhorias" quando andava em EI na UMinho, a pior nota é que contava hahaha, ou seja, ninguém queria "melhorar" (além de que acima de 18 exigia defesa oral da nota). Agora percebo porque o curso tinha uma média de 5 anos para terminar.
Na FEUP, a defesa oral só existe em algumas cadeiras e costuma ser acima de 18, também (se bem que Física antes era se tivéssemos uma nota acima de 14). Apesar disso, acho que este ano eles só o estão a fazer em casos muito particulares (dezanoves e vintes) porque o número de alunos aumentou muito este ano e não há tempo para eles fazerem avaliação oral de toda a gente que tira mais de 18 (que apesar de não ser uma percentagem muito significativa, ainda é - em número - considerável e eles não querem ter trabalho ahah).

Relativamente às melhorias, eu sou demasiado preguiçoso... Chego ao fim do semestre esgotado e não me apetece fazer mais nada. Há muitas UCs que eu podia ter melhorado, mas por preguiça decidi não o fazer. De qualquer forma, não me sinto arrependido. Terminei com uma média boa (penso eu) e não é como se fosse algo determinante. É a primeira melhoria a que vou: não estou muito confiante de que consiga subir, porque tenho demasiado ódio por esta UC, mas veremos ahah...
 
a pior nota é que contava

...

...

...

É possível sequer ter reacção?

Sinto-me um ovo. (Porque estou chocado.)

(se bem que Física antes era se tivéssemos uma nota acima de 14)
Porque eles assumiam que, se se tivesse mais de 14, quase de certeza tinha havido marosca, porque eles faziam os testes de modo a que fosse praticamente impossível para um comum mortal ter mais do que isso?

Vindo de gente que dá Física, não posso dizer que esteja muito surpreendido... 🙄
 
Status
Não está aberto para novas mensagens.