Direito: Devo seguir este curso?

Anampereirinha

Membro Caloiro
Matrícula
1 Junho 2020
Mensagens
4
Olá a todos! Se alguém pudesse gostava imenso que me dessem uma opinião.
Eu estou no secundário, no curso de ciências e tecnologias, no entanto não me vejo minimamente nesta área... Eu sempre fui uma pessoa muito ligada às artes, adoro música e estudo num conservatório mas não me vejo a seguir esta área. Quando entrei no secundário apaixonei me totalmente por filosofia. Adoro mesmo esta disciplina ao ponto de ficar mesmo triste quando deixei de ter. Acredito que seja pelo carácter argumentativo, pelo facto de poder comparar várias perspectivas etc... A minha professora de filosofia chegou me a aconselhar a pesquisar sobre direito porque disse que tinha uma ótima capacidade argumentativa e achava que ia adorar este curso. Para além disso também me interesso muito por debates politicos etc... Resumidamente adoro debater temas e argumentar.
Pensei portanto em candidatar-me em direito. Mas o meu medo é que o curso não seja o que estou à espera. Tal como disse adoro filosofia e entraria neste curso se não fosse o facto de acabar por ser professora no secundário, o que não me interessa de todo.
Então a minha questão é... Podem me dar opiniões sobre o curso? Acham que realmente é um curso para quem goste de argumentação e debates, ou é muito mais teórico e vou ter uma enorme desilusão? Há algum curso que me recomendem devido ao que falei sobre mim, sem ser direito?
Um profundo obrigada a quem responder!
 

pancakes

Membro Veterano
Matrícula
26 Julho 2017
Mensagens
176
Curso
Direito
Instituição
FDUC
Olá a todos! Se alguém pudesse gostava imenso que me dessem uma opinião.
Eu estou no secundário, no curso de ciências e tecnologias, no entanto não me vejo minimamente nesta área... Eu sempre fui uma pessoa muito ligada às artes, adoro música e estudo num conservatório mas não me vejo a seguir esta área. Quando entrei no secundário apaixonei me totalmente por filosofia. Adoro mesmo esta disciplina ao ponto de ficar mesmo triste quando deixei de ter. Acredito que seja pelo carácter argumentativo, pelo facto de poder comparar várias perspectivas etc... A minha professora de filosofia chegou me a aconselhar a pesquisar sobre direito porque disse que tinha uma ótima capacidade argumentativa e achava que ia adorar este curso. Para além disso também me interesso muito por debates politicos etc... Resumidamente adoro debater temas e argumentar.
Pensei portanto em candidatar-me em direito. Mas o meu medo é que o curso não seja o que estou à espera. Tal como disse adoro filosofia e entraria neste curso se não fosse o facto de acabar por ser professora no secundário, o que não me interessa de todo.
Então a minha questão é... Podem me dar opiniões sobre o curso? Acham que realmente é um curso para quem goste de argumentação e debates, ou é muito mais teórico e vou ter uma enorme desilusão? Há algum curso que me recomendem devido ao que falei sobre mim, sem ser direito?
Um profundo obrigada a quem responder!
Olá!
A minha história é muito semelhante à tua: frequentei ciências e tecnologias dois anos e não me identifiquei com o curso, apaixonei-me pela disciplina de filosofia e também fiquei imensamente triste quando a deixei de ter, equacionei seguir filosofia no ensino superior mas desisti da ideia, uma vez que não tem grandes saídas e, então, decidi que vou para direito.
Tal como tu, também tenho uma boa capacidade argumentativa, quer na escrita, quer na oralidade, e óbivo que essa é uma valência importante no curso de direito. Porém, também já tive esse teu medo e vou-te dizer o que me ajudou a decidir. A partir do momento em que comecei a ''filosofar'' na minha mente sobre o que é que é o direito tudo fez mais sentido. O direito é aquilo que organiza o ser humano na sociedade, é toda a ética e leis pelas quais nos regemos, se pensares um bocadinho nisso consegues ver uma grande ligação entre filosofia e direito. Claro que são áreas de estudo muito distintas, mas o curso de direito abre-te portas para imensas saídas profissionais, o que também é uma mais valia. Para além disso, podes, mais tarde, tirar à mesma uma licenciatura em filosofia, nada te impede disso. E podes, também, por direito um dia ter uma profissão que te permita refletir e pensar sobre algumas das questoes que a filosofia te faz pensar, tens, até, a área da filosofia do direito :)
Não te posso dizer muito mais para além disto, pois também estou no 12º ano. Mas espero que te tenha ajudado minimamente, uma vez que entendo perfeitamente a tua situação
 
  • Like
Reactions: Anampereirinha

Anampereirinha

Membro Caloiro
Matrícula
1 Junho 2020
Mensagens
4
Olá!
A minha história é muito semelhante à tua: frequentei ciências e tecnologias dois anos e não me identifiquei com o curso, apaixonei-me pela disciplina de filosofia e também fiquei imensamente triste quando a deixei de ter, equacionei seguir filosofia no ensino superior mas desisti da ideia, uma vez que não tem grandes saídas e, então, decidi que vou para direito.
Tal como tu, também tenho uma boa capacidade argumentativa, quer na escrita, quer na oralidade, e óbivo que essa é uma valência importante no curso de direito. Porém, também já tive esse teu medo e vou-te dizer o que me ajudou a decidir. A partir do momento em que comecei a ''filosofar'' na minha mente sobre o que é que é o direito tudo fez mais sentido. O direito é aquilo que organiza o ser humano na sociedade, é toda a ética e leis pelas quais nos regemos, se pensares um bocadinho nisso consegues ver uma grande ligação entre filosofia e direito. Claro que são áreas de estudo muito distintas, mas o curso de direito abre-te portas para imensas saídas profissionais, o que também é uma mais valia. Para além disso, podes, mais tarde, tirar à mesma uma licenciatura em filosofia, nada te impede disso. E podes, também, por direito um dia ter uma profissão que te permita refletir e pensar sobre algumas das questoes que a filosofia te faz pensar, tens, até, a área da filosofia do direito :)
Não te posso dizer muito mais para além disto, pois também estou no 12º ano. Mas espero que te tenha ajudado minimamente, uma vez que entendo perfeitamente a tua situação
Muito obrigada ajudaste-me imenso sem dúvida! :)
 
  • Like
Reactions: pancakes

André Miguel

Membro Caloiro
Matrícula
25 Junho 2017
Mensagens
2
Curso
Direito
Também me encontrei numa situação relativamente semelhante, eu estive em Ciências e Tecnologias e mudei-me, depois, para Ciências Socioeconómicas, e acabei por escolher o Direito no fim do meu 12.º ano (estou agora no 2.º ano jurídico).
A primeira nota que devo deixar sobre o curso é que é um curso intensivo, diz-se difícil mas realmente ele é intenso. São 4 anos (eram 5 antes de Bolonha) em que vais ter muitas cadeiras que são todas diferentes mas todas se tocam intimamente, pode até ocorrer que tenhas cadeiras em que vais dar matéria que só vais perceber depois de ter uma outra cadeira, e isto acontece essencialmente em todas as Universidades devido à dificuldade que houve em «enfiar» 5 anos em 4.
Em segundo, é um curso que também se liga à filosofia, todas as vertentes do Direito têm uma componente teórica e uma prática, e vais ter que saber argumentar e tomar posições (e os professores adoram isso!). Desde discussões que existem quanto a como se deve interpretar algum artigo, ou qualificar certas figuras jurídicas. E, se gostas tanto da filosofia, podes sempre aventurar-te no campo da Filosofia do Direito, Teoria do Direito, Teoria do Estado, entre muitos outros campos e campinhos da Filosofia do Direito. Se há frase que se vai gravar na tua mente é «aqui a doutrina diverge», por haverem tantas concepções e formas de olhar para determinada matéria.
Ligado às saídas profissionais, a advocacia, em especial a advocacia contenciosa (a que se faz nos tribunais), tem muito que se saber argumentar, a magistratura, quer como procuradora quer como juiz é preciso saber argumentar, e claro a docência e investigação universitária; estas devem ser as quatro saídas profissionais em que mais se terá que argumentar e debater.
Se te ligares só e apenas à filosofia, ao debate e à argumentação, não te aconselharia Direito só unicamente por te interessares nessas áreas, mas aconselho-te a partir daí e explorares áreas como a economia, a história, a política, a sociologia, as situações do dia-a-dia, as preocupações que a sociedade tem, entre tantas outras matérias que tocam nesta área.
Qualquer que seja a conclusão que tenhas, certamente encontrarás uma «casa» para ti!
 
  • Like
Reactions: Anampereirinha

Anampereirinha

Membro Caloiro
Matrícula
1 Junho 2020
Mensagens
4
Também me encontrei numa situação relativamente semelhante, eu estive em Ciências e Tecnologias e mudei-me, depois, para Ciências Socioeconómicas, e acabei por escolher o Direito no fim do meu 12.º ano (estou agora no 2.º ano jurídico).
A primeira nota que devo deixar sobre o curso é que é um curso intensivo, diz-se difícil mas realmente ele é intenso. São 4 anos (eram 5 antes de Bolonha) em que vais ter muitas cadeiras que são todas diferentes mas todas se tocam intimamente, pode até ocorrer que tenhas cadeiras em que vais dar matéria que só vais perceber depois de ter uma outra cadeira, e isto acontece essencialmente em todas as Universidades devido à dificuldade que houve em «enfiar» 5 anos em 4.
Em segundo, é um curso que também se liga à filosofia, todas as vertentes do Direito têm uma componente teórica e uma prática, e vais ter que saber argumentar e tomar posições (e os professores adoram isso!). Desde discussões que existem quanto a como se deve interpretar algum artigo, ou qualificar certas figuras jurídicas. E, se gostas tanto da filosofia, podes sempre aventurar-te no campo da Filosofia do Direito, Teoria do Direito, Teoria do Estado, entre muitos outros campos e campinhos da Filosofia do Direito. Se há frase que se vai gravar na tua mente é «aqui a doutrina diverge», por haverem tantas concepções e formas de olhar para determinada matéria.
Ligado às saídas profissionais, a advocacia, em especial a advocacia contenciosa (a que se faz nos tribunais), tem muito que se saber argumentar, a magistratura, quer como procuradora quer como juiz é preciso saber argumentar, e claro a docência e investigação universitária; estas devem ser as quatro saídas profissionais em que mais se terá que argumentar e debater.
Se te ligares só e apenas à filosofia, ao debate e à argumentação, não te aconselharia Direito só unicamente por te interessares nessas áreas, mas aconselho-te a partir daí e explorares áreas como a economia, a história, a política, a sociologia, as situações do dia-a-dia, as preocupações que a sociedade tem, entre tantas outras matérias que tocam nesta área.
Qualquer que seja a conclusão que tenhas, certamente encontrarás uma «casa» para ti!
Muito obrigada pela opinião!!! É muito importante para mim :)
 

tiagopaiva

Membro Dux
Especialista
Direito & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
552
Curso
Direito
Instituição
FDUC
Olá a todos! Se alguém pudesse gostava imenso que me dessem uma opinião.
Eu estou no secundário, no curso de ciências e tecnologias, no entanto não me vejo minimamente nesta área... Eu sempre fui uma pessoa muito ligada às artes, adoro música e estudo num conservatório mas não me vejo a seguir esta área. Quando entrei no secundário apaixonei me totalmente por filosofia. Adoro mesmo esta disciplina ao ponto de ficar mesmo triste quando deixei de ter. Acredito que seja pelo carácter argumentativo, pelo facto de poder comparar várias perspectivas etc... A minha professora de filosofia chegou me a aconselhar a pesquisar sobre direito porque disse que tinha uma ótima capacidade argumentativa e achava que ia adorar este curso. Para além disso também me interesso muito por debates politicos etc... Resumidamente adoro debater temas e argumentar.
Pensei portanto em candidatar-me em direito. Mas o meu medo é que o curso não seja o que estou à espera. Tal como disse adoro filosofia e entraria neste curso se não fosse o facto de acabar por ser professora no secundário, o que não me interessa de todo.
Então a minha questão é... Podem me dar opiniões sobre o curso? Acham que realmente é um curso para quem goste de argumentação e debates, ou é muito mais teórico e vou ter uma enorme desilusão? Há algum curso que me recomendem devido ao que falei sobre mim, sem ser direito?
Um profundo obrigada a quem responder!
Subscrevo o que já foi dito aqui. Também eu estava no curso de ciências e tecnologias, estive numa engenharia durante um ano mas rapidamente percebi que tinha que mudar de área. Na altura não percebia grande coisa do que era o direito mas interessava-me bastante por assuntos da vida real pelo que me pareceu a decisão acertada e foi a melhor escolha que fiz. A coisa boa do curso de direito é que como é um curso que junta muitas áreas do saber, dá para escolhermos a que gostamos mais para nos especializar no futuro. A área das jurídico-filosóficas é de facto uma área muito interessante apesar que é bem possível que vás mudando as tuas preferências ao longo do curso, é isso que acontece com a maioria das pessoas. E acho que ter uma boa capacidade argumentativa e o facto de te interessares por debates políticos é a melhor "hint" que possas ter de que vais gostar do curso :)
 

Anampereirinha

Membro Caloiro
Matrícula
1 Junho 2020
Mensagens
4
Subscrevo o que já foi dito aqui. Também eu estava no curso de ciências e tecnologias, estive numa engenharia durante um ano mas rapidamente percebi que tinha que mudar de área. Na altura não percebia grande coisa do que era o direito mas interessava-me bastante por assuntos da vida real pelo que me pareceu a decisão acertada e foi a melhor escolha que fiz. A coisa boa do curso de direito é que como é um curso que junta muitas áreas do saber, dá para escolhermos a que gostamos mais para nos especializar no futuro. A área das jurídico-filosóficas é de facto uma área muito interessante apesar que é bem possível que vás mudando as tuas preferências ao longo do curso, é isso que acontece com a maioria das pessoas. E acho que ter uma boa capacidade argumentativa e o facto de te interessares por debates políticos é a melhor "hint" que possas ter de que vais gostar do curso :)
Obrigada!!!