Direito: sim ou não? Onde?

Sofia2001

Membro Caloiro
Matrícula
2 Julho 2019
Mensagens
2
Olá a todos!

O meu nome é Sofia. Tenho 18 anos e estou prestes a candidatar-me à faculdade pela primeira vez, mas ainda não tenho certezas sobre o que fazer.

Vou contar-vos um pouco da minha história.
Em pequena queria ser médica a tempo inteiro, escritora e atriz nos tempos livres. A escrita entrou cedo na minha vida e no final do 9o ano já tinha ganho vários prémios na área. Mesmo assim, escolhi ir para ciências e tecnologias, já que era a área mais abrangente e não estava certa quanto ao que escolher. Foram 3 anos frustrantes. Não fiz muitos amigos e não gostei lá muito de matemática nem de grande parte da biologia ou física. Não digo que não goste de todo. Mas tenho um fascínio /aptidão muito maior para letras, português, filosofia, psicologia....
Assim, após muito ponderar, penso que me vou candidatar a direito (é a opção mais forte até à data), visto que me parece ter uma vertente linguística bastante forte e que existem vários mestrados ligados à licenciatura (que só por si não me fascina) que me interessam muito (relacionados com ação humanitária). A minha primeira parte da dúvida é: sendo eu uma pessoa criativa, será que me sairei bem num curso como direito? Faltar-me-ão muitas bases do secundário (história por exemplo)? Sendo que o meu objetivo é ingressar num mestrado virado para ajuda humanitária, haverá outra licenciatura mais adequada? Podem me dar feedback sobre o curso, alunos de Direito?
(Desculpem o ataque de perguntas)

Segunda parte.
Imaginemos que eventualmente me candidato a direito. Como não tenho exame de história nem filosofia restam-me três opções:

1. FDUC
2. FDUP
3. Católica de Lisboa (possivelmente terei 100% das propinas pagas no primeiro ano devido à minha média)

Já ouvi falar que em Coimbra o curso é super prestigiado mas muito teórico. Que no Porto não é muito bom. Católica Lisboa oiço falar bem mas penso que as propinas são demasiado altas: a minha ideia seria pedir transferência durante ou depois do primeiro ano para alguma faculdade pública em Lisboa (ouvi falar muito bem das duas).

O que me recomendariam das 3 opções acima? (Caso seja relevante, a minha média interna é 18.4)
Além disso, a minha preferência mesmo seria pela Clássica ou Nova de Lisboa....Como poderia pedir transferência?

Obrigada a todos desde já. Peço desculpa por tantas perguntas mas estou mesmo perdida. E boa sorte, esta é uma época sensível para todos nós :)
 

Ms. Angie

Membro Veterano
Matrícula
1 Abril 2016
Mensagens
403
Curso
Engenharia Química
Olá a todos!

O meu nome é Sofia. Tenho 18 anos e estou prestes a candidatar-me à faculdade pela primeira vez, mas ainda não tenho certezas sobre o que fazer.

Vou contar-vos um pouco da minha história.
Em pequena queria ser médica a tempo inteiro, escritora e atriz nos tempos livres. A escrita entrou cedo na minha vida e no final do 9o ano já tinha ganho vários prémios na área. Mesmo assim, escolhi ir para ciências e tecnologias, já que era a área mais abrangente e não estava certa quanto ao que escolher. Foram 3 anos frustrantes. Não fiz muitos amigos e não gostei lá muito de matemática nem de grande parte da biologia ou física. Não digo que não goste de todo. Mas tenho um fascínio /aptidão muito maior para letras, português, filosofia, psicologia....
Assim, após muito ponderar, penso que me vou candidatar a direito (é a opção mais forte até à data), visto que me parece ter uma vertente linguística bastante forte e que existem vários mestrados ligados à licenciatura (que só por si não me fascina) que me interessam muito (relacionados com ação humanitária). A minha primeira parte da dúvida é: sendo eu uma pessoa criativa, será que me sairei bem num curso como direito? Faltar-me-ão muitas bases do secundário (história por exemplo)? Sendo que o meu objetivo é ingressar num mestrado virado para ajuda humanitária, haverá outra licenciatura mais adequada? Podem me dar feedback sobre o curso, alunos de Direito?
(Desculpem o ataque de perguntas)

Segunda parte.
Imaginemos que eventualmente me candidato a direito. Como não tenho exame de história nem filosofia restam-me três opções:

1. FDUC
2. FDUP
3. Católica de Lisboa (possivelmente terei 100% das propinas pagas no primeiro ano devido à minha média)

Já ouvi falar que em Coimbra o curso é super prestigiado mas muito teórico. Que no Porto não é muito bom. Católica Lisboa oiço falar bem mas penso que as propinas são demasiado altas: a minha ideia seria pedir transferência durante ou depois do primeiro ano para alguma faculdade pública em Lisboa (ouvi falar muito bem das duas).

O que me recomendariam das 3 opções acima? (Caso seja relevante, a minha média interna é 18.4)
Além disso, a minha preferência mesmo seria pela Clássica ou Nova de Lisboa....Como poderia pedir transferência?

Obrigada a todos desde já. Peço desculpa por tantas perguntas mas estou mesmo perdida. E boa sorte, esta é uma época sensível para todos nós :)

Olá. Olha, eu conheço um rapaz que andou eu ciências e tecnologias e foi pra direito na FDUP e safou-se bué bem no primeiro ano. Acabas por aprender/rever tudo na faculdade por isso não te preocupes com o facto de não teres tido História. Quanto às faculdades de direito, não tenho muitos conhecimentos mas acho que a FDUP não é assim tão má. FDUC acho que não é grande coisa, aliás acho que a Universidade de Coimbra em si não é grande coisa. Muito teórica e antiquada. Quanto às privadas, essa estratégia de pagar as propinas só funciona no 1º ano depois acho que tens que ter grande média na faculdade pra continuar a ter propinas pagas ou pra pedir transferência pra uma pública. Não duvido das tuas capacidades mas ter e manter uma boa média na faculdade é obra! Eu acho que excluía a de Coimbra. A Católica só por razões económicas. Provavelmente optava pela FDUP mas não consideraste a UMinho? Acho que o curso de Direito lá até é inovador!
 
  • Like
Reactions: Sérgio Miguel

Sofia2001

Membro Caloiro
Matrícula
2 Julho 2019
Mensagens
2
Olá. Olha, eu conheço um rapaz que andou eu ciências e tecnologias e foi pra direito na FDUP e safou-se bué bem no primeiro ano. Acabas por aprender/rever tudo na faculdade por isso não te preocupes com o facto de não teres tido História. Quanto às faculdades de direito, não tenho muitos conhecimentos mas acho que a FDUP não é assim tão má. FDUC acho que não é grande coisa, aliás acho que a Universidade de Coimbra em si não é grande coisa. Muito teórica e antiquada. Quanto às privadas, essa estratégia de pagar as propinas só funciona no 1º ano depois acho que tens que ter grande média na faculdade pra continuar a ter propinas pagas ou pra pedir transferência pra uma pública. Não duvido das tuas capacidades mas ter e manter uma boa média na faculdade é obra! Eu acho que excluía a de Coimbra. A Católica só por razões económicas. Provavelmente optava pela FDUP mas não consideraste a UMinho? Acho que o curso de Direito lá até é inovador!


Obrigada pela resposta!!!
Sinceramente isso deixa-me mais descansada. Esse teu amigo gostou do ambiente académico no Porto? E do curso em si? É que honestamente eu olho para as disciplinas e, embora não saiba bem em que consistem, o nome nem me apela assim muito (e acho que tirar um curso de que não se gosta deve ser péssimo). Mas lá está, já passei dias e dias no site do DGES e não encontro nada que me chame.

Na UMinho, a sério? Meio que tinha excluído mas só porque nunca ninguém me falou dela. Qual é a ideia que tens de lá?
 

Ms. Angie

Membro Veterano
Matrícula
1 Abril 2016
Mensagens
403
Curso
Engenharia Química
Sinceramente isso deixa-me mais descansada. Esse teu amigo gostou do ambiente académico no Porto? E do curso em si?

Eu ultimamente não tenho falado muito com ele mas pelo que vejo das redes sociais e assim ele parece estar a gostar e anda muito envolvido em atividades da faculdade. Isso é muito importante!! Quanto ao curso propriamente dito, vão haver sempre cadeiras mais aborrecidas e outras mais cativantes, isso é assim em todos os cursos. Seja como for, essas cadeiras vão estar sempre direta ou indiretamente ligadas ao Direito! Para teres uma ideia mais concreta das cadeiras acho que devias falar com alguém mesmo do curso ou da faculdade. Podes sempre aderir àquele grupo no facebook Caloiros 2018/2019 e colocar lá as tuas questões. Há sempre gente a responder (e gente que gosta de gozar ahaha) ou então tenta encontrar alguém aqui no Uniarea em Direito na FDUP. Falas com essa pessoa por mensagem privada e colocas todas as tuas dúvidas. Eu também passei as férias a chatear gente aleatória mas foi assim que tive a certeza que escolhi o curso certo.
Quanto a direito na UMinho: eu já fui a várias atividades/dias abertos na UMinho e a ideia que tenho é que é uma universidade com planos de estudos não tão clássicos mas mais atualizados/inovadores e saem de lá bons profissionais. Que eu me lembre agora, não conheço nenhum amigo em Direito na UMinho mas vou-te enviar o site da Escola de Direito da UM:


Dá uma vista de olhos pelo site, pelo plano de estudos e testemunhos de pessoas que são sem dúvida o mais importante!
 

tiagopaiva

Membro Dux
Especialista
Direito & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
552
Curso
Direito
Instituição
FDUC
Obrigada pela resposta!!!
Sinceramente isso deixa-me mais descansada. Esse teu amigo gostou do ambiente académico no Porto? E do curso em si? É que honestamente eu olho para as disciplinas e, embora não saiba bem em que consistem, o nome nem me apela assim muito (e acho que tirar um curso de que não se gosta deve ser péssimo). Mas lá está, já passei dias e dias no site do DGES e não encontro nada que me chame.

Na UMinho, a sério? Meio que tinha excluído mas só porque nunca ninguém me falou dela. Qual é a ideia que tens de lá?
A Fduc não é antiquada, tem um ensino mais exigente e teórico mas grande parte dos grandes juristas nacionais vêm de Coimbra pelo que acho que é uma excelente opção.
 
  • Like
Reactions: Maria João Fonseca

_ac0nitum_

Membro Veterano
Matrícula
7 Julho 2017
Mensagens
312
Curso
Direito
Instituição
Universidade de Coimbra
Obrigada pela resposta!!!
Sinceramente isso deixa-me mais descansada. Esse teu amigo gostou do ambiente académico no Porto? E do curso em si? É que honestamente eu olho para as disciplinas e, embora não saiba bem em que consistem, o nome nem me apela assim muito (e acho que tirar um curso de que não se gosta deve ser péssimo). Mas lá está, já passei dias e dias no site do DGES e não encontro nada que me chame.

Na UMinho, a sério? Meio que tinha excluído mas só porque nunca ninguém me falou dela. Qual é a ideia que tens de lá?

Olá Sofia! Primeiramente, espero que os teus exames te tenham corrido bem e que tenhas atingido a média interna que tinhas por objetivo, sei que é deves estar veemente ansiosa mas é normal que te sintas assim posto estares na génese de uma grande mudança de paradigma! Acho que o fundamental na escolha da faculdade em que tencionas ingressar não é tanto o alegado prestígio que cada um afirma que a sua faculdade possui ou deixa de possuir, mas sim em coisas mais concretas que importam verdadeiramente para ti: como o plano de estudos, proximidade de casa, despesas com alojamento de cada cidade, deslocações, ambiente académico, comunidade académico, método de ensino, reconhecimento no mundo profissional. Porque se formos pelo prestígio e pelo diz que disse não chegamos a lado nenhum, porque, falando, por exemplo, na UMinho, tanto tens aqui pessoas a dizer que é uma faculdade ótima e muito acessível como tens a experiência de uma amiga minha do secundário que pediu transferência da UMinho para a Fduc porque, passo a citar "na UMinho os professores são muito acessíveis é verdade, mas acho que há um certo facilitismo, tanto que as notas são muito mais elevadas do que em qualquer outra faculdade de Direito, sentia-me num prolongamento do ensino secundário quando via os meus colegas a reclamar com os professores pelas notas que lhes tinham sido atribuídas e a fazer as típicas comparações com as notas do colega para fundamentar." Também alegou que a UMinho não era tão reconhecida a nível profissional nessa área precisamente por isso. Como é óbvio, as faculdades de Direito mais recentes ainda não têm tanto reconhecimento quanto aquele que poderão vir a ter daqui a alguns anos, daí que haja tanta gente a afirmar que Coimbra e Lisboa são as que mais prestígio possuem e as mais reconhecidas a nível nacional e internacional na área do Direito. Claro está que, no mundo profissional, as entidades empregadoras têm plena noção do esforço e dedicação que um aluno tem de exercer de modo a se formar com um 13 ou um 14 de média geral final nestas faculdades. Eu sei que te parece baixo porque estás habituada, certamente, a uma boa média. Eu acabei o meu 12º ano com média de 19 e acabei o ensino secundário com média de 17,3. Tive 18,4 (se a memória não me falha) no exame nacional de História A e mesmo assim, ao chegar à faculdade deparei-me com uma realidade totalmente diferente. A escala é totalmente diferente, mas também não vale o mesmo. E as entidades empregadoras têm plena noção disso, de que para chegar a um 13 na FDUC ou na FDUL um aluno tem de ter todo um método diferente do que teria de ter para chegar a um 13 na FDUP ou na UMinho. E com isto não estou a denegrir estas últimas, são realidades diferentes. A Nova, apesar de recente, tem ficado conhecida pela inovação no ensino, algo que lhe tem atribuído prestígio. Outro motivo pelo qual costumam dizer que a FDUC e a FDUL têm todo esse prestígio deve-se à doutrina, a FDUP e a UMinho estudam a doutrina de Coimbra, ou seja, são faculdades sem doutrina própria. Teres a oportunidade de aprender diretamente da fonte, é, como deves calcular, diferente do que seria aprender através de terceiros. A FDUL também tem doutrina própria e isso é reconhecido.
Podem dizer que a fduc é antiquada no seu método de ensino e no modo como há um certo afastamento entre o docente e o discente, mas também temos de compreender que é uma preparação para a nossa vida profissional, aos 18 anos, teoricamente, já somos jovens-adultos. Ou seríamos há umas gerações atrás (confesso que com os meus 20 e 3 meses ainda não me sinto adulta ou jovem-adulta ahahaha :D ). Também te podem dizer que é excessivamente teórica, mas é necessário termos em atenção 2 fatores relevantes: 1) o jurista é o mediador entre o mundo abstrato do Direito e a realidade concreta, para exercer o seu papel convenientemente tem de conhecer bem a teoria, para só depois poder exercer a prática. 2) O primeiro ano é muito teórico, sim, mas depois, vai começando a ficar cada vez mais prático a partir do segundo ano (estando o segundo ano parcialmente incluso). Não podes mergulhar logo na prática, seria incoerente. E mesmo assim tens tanto aulas teóricas como práticas logo no primeiro ano. Sendo que nas práticas aprendes a resolver casos práticos e a aplicar aquilo que aprendes na teoria. Claro que, no plano de estudos em si, não há nenhuma cadeira dedicada a debates e a simulações e tudo aquilo que vês nos filmes americanos. Mas também tens de convir que o nosso ordenamento jurídico, bem como o nosso sistema jurídico, são bastante diferentes do ordenamento jurídico e do sistema jurídico americano. Daí que a maneira como é lecionado seja, de igual modo, diferente. Se quiseres posso entrar em detalhe, mas é algo que, regra geral aprendes em Direito Constitucional I (ou é o II, já não me recordo bem em que semestre é que aprendi). Mas, para suprir a necessidade de algo mais prático e de simulações, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, o nosso Núcleo de Estudantes de Direito (NED/AAC) costuma organizar os chamados Moot Court.
Na Fduc tens ainda a vantagem de poder organizar o teu horário dado que, no que concerne as aulas práticas, podes escolher a quais vais e com que professor vais. É um conceito interessante que te permite não ter necessariamente de perder matéria caso haja um dia em que não possas ir. As únicas que são fixas são as teóricas, posto serem lecionadas pelos regentes (como é óbvio só há um regente por cadeira e costumam ser pessoas de algum relevo no mundo jurídico, pelo que não têm assim tanto tempo quanto aquele que seria desejável para poder despender ao disponibilizar vários horários :) ). E o facto de não haver aulas obrigatórias, algo que tanto pode ser encarado como vantagem ou desvantagem. Grande parte das avaliações são feitas por exame final, mas, dependendo da turma a que pertenças (a distribuição é feita por ordem alfabética) costumas ter direito a 2 ou 1 frequência por semestre, o que faz com que, no teu primeiro ano, tenhas 3 ou 4 exames finais. O número de frequências vai mudando consoante o ano em que estás, mas não costuma ultrapassar as 2 frequências por semestre.
Mas isto já pode ser encarado como estar a tentar puxar a brasa à minha sardinha ahahha, comecei a divagar e tudo. Enfim.

Continuando o meu raciocínio principal, acho que, na escolha da faculdade, te deves basear nos tais elementos que referi, plano de estudos, proximidade de casa, custos de deslocação e arrendamento (um dos motivos pelos quais não fui para a FDUP ou para a FDUL prendeu-se sobretudo com os preços absurdos das rendas e com a distância de casa), vida académica (se isso tiver valor para ti - quando fiz a minha escolha não tinha, mas não me arrependi de a ter feito, Coimbra é a cidade dos estudantes por algum motivo).

E não te esqueças, estás na faculdade para estudar e tirar o teu curso da melhor forma possível, sim, mas também deves aproveitar minimamente os verdes anos, vivemos todos os dias mas só temos uma morte. Temos de saber viver ( e com isto não quero que sejas o protótipo de Enfant Savage da lírica romântica, boémia, etc, mas sim que saibas balancear as tuas escolhas de modo a aproveitares um pouco enquanto simultaneamente cumpres com as tuas obrigações).

Espero que a minha intervenção não tenha sido desrespeitosa para ninguém ou despropositada, mas achei por bem, que houvesse aqui uma perspetiva Coimbrã sobre o assunto, que não foi neutra, longe disso, é difícil esconder o sentimento pela Alma Mater, mas que te encoraja a que sejas tu a escolher o teu caminho com base naquilo que consideras mais importante.
Dito isto, desejo-te a continuação de um bom dia. Caso precises de alguma coisa ou tenhas mais alguma dúvida não hesites em enviar-me mensagem, que terei todo o gosto em ajudar, assim como me ajudaram. Ainda estou em época de exames pelo que as respostas podem demorar um bocadinho, mas nada de excessivo, creio :P

Carolina
 
Matrícula
2 Julho 2019
Mensagens
12
Curso
Direito
Instituição
FDUC e Universidade Católica
Olá, bem como estudante da FDUC posso dizer que sim o curso é muito teórico e exigente mas no meu entender a melhor opção. Se quiseres tirar algumas dúvidas estou completamente disponível 😊
 
  • Like
Reactions: dougmedrado

Inês Gonçalves Elias

Membro Caloiro
Matrícula
21 Julho 2019
Mensagens
3
Curso
Direito
Instituição
FDUCP
Olá a todos!

O meu nome é Sofia. Tenho 18 anos e estou prestes a candidatar-me à faculdade pela primeira vez, mas ainda não tenho certezas sobre o que fazer.

Vou contar-vos um pouco da minha história.
Em pequena queria ser médica a tempo inteiro, escritora e atriz nos tempos livres. A escrita entrou cedo na minha vida e no final do 9o ano já tinha ganho vários prémios na área. Mesmo assim, escolhi ir para ciências e tecnologias, já que era a área mais abrangente e não estava certa quanto ao que escolher. Foram 3 anos frustrantes. Não fiz muitos amigos e não gostei lá muito de matemática nem de grande parte da biologia ou física. Não digo que não goste de todo. Mas tenho um fascínio /aptidão muito maior para letras, português, filosofia, psicologia....
Assim, após muito ponderar, penso que me vou candidatar a direito (é a opção mais forte até à data), visto que me parece ter uma vertente linguística bastante forte e que existem vários mestrados ligados à licenciatura (que só por si não me fascina) que me interessam muito (relacionados com ação humanitária). A minha primeira parte da dúvida é: sendo eu uma pessoa criativa, será que me sairei bem num curso como direito? Faltar-me-ão muitas bases do secundário (história por exemplo)? Sendo que o meu objetivo é ingressar num mestrado virado para ajuda humanitária, haverá outra licenciatura mais adequada? Podem me dar feedback sobre o curso, alunos de Direito?
(Desculpem o ataque de perguntas)

Segunda parte.
Imaginemos que eventualmente me candidato a direito. Como não tenho exame de história nem filosofia restam-me três opções:

1. FDUC
2. FDUP
3. Católica de Lisboa (possivelmente terei 100% das propinas pagas no primeiro ano devido à minha média)

Já ouvi falar que em Coimbra o curso é super prestigiado mas muito teórico. Que no Porto não é muito bom. Católica Lisboa oiço falar bem mas penso que as propinas são demasiado altas: a minha ideia seria pedir transferência durante ou depois do primeiro ano para alguma faculdade pública em Lisboa (ouvi falar muito bem das duas).

O que me recomendariam das 3 opções acima? (Caso seja relevante, a minha média interna é 18.4)
Além disso, a minha preferência mesmo seria pela Clássica ou Nova de Lisboa....Como poderia pedir transferência?

Obrigada a todos desde já. Peço desculpa por tantas perguntas mas estou mesmo perdida. E boa sorte, esta é uma época sensível para todos nós :)
Estive exatamente na mesma situação que tu há um ano atrás! Acabei por escolher a Católica, com a minha bolsinha de 100% e foi de longe a melhor decisão da minha vida. Se queres entrar a pensar na transferência, não o faças, primeiro porque consegues aguentar a bolsa, nem que seja outro tipo de percentagens, segundo porque é muito difícil teres equivalências! Estarias a desperdiçar um ano da tua vida...
Post automatically merged:

Estive exatamente na mesma situação que tu há um ano atrás! Acabei por escolher a Católica, com a minha bolsinha de 100% e foi de longe a melhor decisão da minha vida. Se queres entrar a pensar na transferência, não o faças, primeiro porque consegues aguentar a bolsa, nem que seja outro tipo de percentagens, segundo porque é muito difícil teres equivalências! Estarias a desperdiçar um ano da tua vida...
E na Católica o que pagas a mais recebes em 99% de empregabilidade e tens sempre um gabinete de carreiras desde o primeiro ano a meter-te em contacto com o mundo de trabalho! Há programas de estágios de verão da faculdade em sociedades de renome, clínicas legais, podes fazer o TLC, que não sei se mais alguma faculdade oferece...
 

Lara Faria Santos

Membro Caloiro
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
10
Olá, devo admitir que estou muito inclinada para direito, no entanto tenho bastantes questões (todos temos não é verdade?). Sou de Braga, mas estou decidida a ficar no Porto e de lá não queria nada sair 😅
Já vi alguns fóruns e aconselhavam vivamente a Católica (no Porto também certo?) e a FDUP. E gostava que alguém tivesse a paciência para não só me dizer qual das duas universidades seria melhor para o meu currículo, como também responder a algumas questões posteriores.
Tenho média para ambas, mas estava a pensar concorrer à bolsa de estudos da Católica (Porto) caso contrário não tenho possibilidade para pagar as propinas da privada.
Alguém? 😁
 

TMJ

Membro
Matrícula
16 Agosto 2016
Mensagens
19
Olá a todos!

O meu nome é Sofia. Tenho 18 anos e estou prestes a candidatar-me à faculdade pela primeira vez, mas ainda não tenho certezas sobre o que fazer.

Vou contar-vos um pouco da minha história.
Em pequena queria ser médica a tempo inteiro, escritora e atriz nos tempos livres. A escrita entrou cedo na minha vida e no final do 9o ano já tinha ganho vários prémios na área. Mesmo assim, escolhi ir para ciências e tecnologias, já que era a área mais abrangente e não estava certa quanto ao que escolher. Foram 3 anos frustrantes. Não fiz muitos amigos e não gostei lá muito de matemática nem de grande parte da biologia ou física. Não digo que não goste de todo. Mas tenho um fascínio /aptidão muito maior para letras, português, filosofia, psicologia....
Assim, após muito ponderar, penso que me vou candidatar a direito (é a opção mais forte até à data), visto que me parece ter uma vertente linguística bastante forte e que existem vários mestrados ligados à licenciatura (que só por si não me fascina) que me interessam muito (relacionados com ação humanitária). A minha primeira parte da dúvida é: sendo eu uma pessoa criativa, será que me sairei bem num curso como direito? Faltar-me-ão muitas bases do secundário (história por exemplo)? Sendo que o meu objetivo é ingressar num mestrado virado para ajuda humanitária, haverá outra licenciatura mais adequada? Podem me dar feedback sobre o curso, alunos de Direito?
(Desculpem o ataque de perguntas)

Segunda parte.
Imaginemos que eventualmente me candidato a direito. Como não tenho exame de história nem filosofia restam-me três opções:

1. FDUC
2. FDUP
3. Católica de Lisboa (possivelmente terei 100% das propinas pagas no primeiro ano devido à minha média)

Já ouvi falar que em Coimbra o curso é super prestigiado mas muito teórico. Que no Porto não é muito bom. Católica Lisboa oiço falar bem mas penso que as propinas são demasiado altas: a minha ideia seria pedir transferência durante ou depois do primeiro ano para alguma faculdade pública em Lisboa (ouvi falar muito bem das duas).

O que me recomendariam das 3 opções acima? (Caso seja relevante, a minha média interna é 18.4)
Além disso, a minha preferência mesmo seria pela Clássica ou Nova de Lisboa....Como poderia pedir transferência?

Obrigada a todos desde já. Peço desculpa por tantas perguntas mas estou mesmo perdida. E boa sorte, esta é uma época sensível para todos nós :)

Na NOVA também podes entrar com Matemática A a partir deste ano... E é a melhor faculdade de Direito, pelo menos de Lisboa!
 
  • Like
Reactions: Artur_

Inês Costa1333

Membro Caloiro
Matrícula
16 Maio 2018
Mensagens
9
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Olá, devo admitir que estou muito inclinada para direito, no entanto tenho bastantes questões (todos temos não é verdade?). Sou de Braga, mas estou decidida a ficar no Porto e de lá não queria nada sair 😅
Já vi alguns fóruns e aconselhavam vivamente a Católica (no Porto também certo?) e a FDUP. E gostava que alguém tivesse a paciência para não só me dizer qual das duas universidades seria melhor para o meu currículo, como também responder a algumas questões posteriores.
Tenho média para ambas, mas estava a pensar concorrer à bolsa de estudos da Católica (Porto) caso contrário não tenho possibilidade para pagar as propinas da privada.
Alguém? 😁
Olá Lara. Eu sobre a Católica não te posso dizer muito, mas ando na FDUP. Por isso, se tiveres alguma dúvida está à vontade :)