Discussões político-sócio-económicas

Em quem votarás nas eleições legislativas 2022?

  • PS - Partido Socialista

    Votes: 8 16.7%
  • PPD/PSD - Partido Social Democrata

    Votes: 5 10.4%
  • PCP-PEV - Coligação Democrática Unitária

    Votes: 7 14.6%
  • BE - Bloco de Esquerda

    Votes: 6 12.5%
  • CDS-PP - Partido Popular

    Votes: 0 0.0%
  • PAN - Pessoas–Animais–Natureza

    Votes: 2 4.2%
  • IL - Iniciativa Liberal

    Votes: 10 20.8%
  • NC - Nós, Cidadãos!

    Votes: 0 0.0%
  • PCTP/MRPP - Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses

    Votes: 0 0.0%
  • PTP - Partido Trabalhista Português

    Votes: 0 0.0%
  • E - Ergue-te (ex-PNR - Partido Nacional Renovador)

    Votes: 0 0.0%
  • PDR - Partido Democrático Republicano

    Votes: 0 0.0%
  • MPT - Partido da Terra

    Votes: 0 0.0%
  • PURP - Partido Unido dos Reformados e Pensionistas

    Votes: 0 0.0%
  • L - LIVRE

    Votes: 3 6.3%
  • MAS - Movimento Alternativa Socialista

    Votes: 0 0.0%
  • PPM - Partido Popular Monárquico

    Votes: 1 2.1%
  • JPP - Juntos pelo Povo

    Votes: 0 0.0%
  • A - Aliança

    Votes: 0 0.0%
  • CH - Chega

    Votes: 6 12.5%
  • R.I.R. - Reagir Incluir Reciclar

    Votes: 0 0.0%
  • VP - Volt Portugal

    Votes: 0 0.0%

  • Total voters
    48

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
Eu prefiro que a criança não seja violada e nem sequer se tenha de preocupar com o assunto. É a nós, adultos, que cabe combater a violação e a pedofilia, não é às crianças. Elas tem direito a ser inocentes, livres, e felizes.

Agora como podemos combater a pedofilia? Em primeiro lugar, se não houverem 85% de pessoas condenadas por abuso sexual de menores que não chegam a pisar cadeias em Portugal, mas for um crime grave que tenha penas de prisão muito elevadas, certamente que o crime diminuirá porque, por um lado, quem o faça não voltará a repetir e, os outros, pensarão 2x antes de o fazer, porque é diferente levar 3 anos de pena suspensa ou 15 anos de prisão efetiva. Depois disso, ainda sou defensor da Lei de Megan, que tem o objetivo de, não só às autoridades, mas também à população, exercer um controlo efetivo e ter o direito a saber se um pedófilo está ou não na sua área de residência e agir em conformidade para proteger o seu bem mais precioso: a criança.

Mas como sabes que isso aconteceu se não preparas a criança para o mínimo de como transmitir informação?? Achas que as crianças sabem o que são toques inapropriados? As crianças são extremamente vulneráveis porque dependem de outros para tudo, inclusive cuidar da sua higiene básica.
Não é mau dizer a uma criança: olha, se alguém te tocar em lugar X ou Y tu dizes-me. Isso é alertar a criança para uma potencial situação, mas sem ter de explicar muito. Não retiras inocência, liberdade nem felicidade.
E isto não são coisas que eu tiro da parte final do meu trato gastrointestinal. São estudos realizados.
 

Júlio Ribeiro

UniTinder Matchmaker Assistant
Especialista
Economia & Mudanças de Curso
Matrícula
5 Agosto 2016
Mensagens
9,275
Curso
Mestrado em Finanças
Instituição
FEP
Essa definição, cuja fonte desconheço, refere-se principalmente ao caso da educação sexual na adolescência, como podes ler. Eu estou a falar de educação sexual em idades mais jovens que isso. A esse caso essa definição não se aplica.



Isso não tem a ver com o tema de que falamos, que é a educação sexual. Vamos tentar não misturar as coisas.

Como falas de educação sexual sem expôr a criança a conteúdos inadequados à sua idade?

Quanto ao resto, tens razão, mas estou-me a querer referir à hipersexualização da sociedade que existe hoje e que temos de a combater.
 

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
" Educação sexual é o ensino sobre a anatomia, a psicologia e aspectos comportamentais relacionados à reprodução humana. Costuma ter, como principal público alvo, os adolescentes, visando à construção de uma vida sexual saudável e a prevenir problemas como a gravidez indesejada, as doenças sexualmente transmissíveis, abuso sexual. "A discussão acerca da sexualidade no contexto da educação envolve a prática de projetos abrangentes que visam oferecer espaços para reflexões emancipatórias relacionadas aos fenômenos afetivos e sexuais. Do caráter informativo até a problematização da sexualidade e do gênero, a educação sexual é disciplina em evidência na contemporaneidade por sua necessidade histórica, política, social e humana".". Esta é a definição de educação sexual, se a conseguires abordar sem falares propriamente na questão, é difícil, acho.

Já agora, a minha questão com a hipersexualização começa nos anúncios publicitários, passa pelas séries e novelas que passam na televisão/Internet (vejam a mais recente polémica da Netflix, algo que acho absolutamente inaceitável). Está muito além, e consiste na própria sociedade que construímos. Até se pode chegar aos brinquedos de criança e às bonecas.
Já falámos sobre isto.
(se bem que todos os pontos que fiz, foram prontamente ignorados - os que contavam -, mas recomendo que releias e, se quiseres, refutes)
 
  • Like
Reactions: Karl and pdrjs

Super Tux

Membro Veterano
Matrícula
3 Maio 2018
Mensagens
306
Curso
Gestão
Instituição
Nova SBE
Educação sexual não é o mesmo que ensinar sobre sexo.
Só para dizer que a minha educação sexual começou no 1º ou 2º ano porque os rapazes e as raparigas pediam uns aos outros para se despirem... e no entanto cheguei ao 6º ano sem nunca ter tido uma aula de educação sexual promovida pelo estado...que muitas vezes estas aulas são dadas por professores muito conservadores
 

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
Como falas de educação sexual sem expôr a criança a conteúdos inadequados à sua idade?

Respondo-te o que a Andreia te respondeu: já falámos sobre isto. Eu tenho pouca vontade de repetir os argumentos e explicações das pessoas que já discutiram isto contigo; se não lhes deste atenção na altura, tenho pouca fé que me dês atenção agora.

O que posso dizer é:

Educação sexual não é o mesmo que ensinar sobre sexo.

Enquanto não perceberes o que isto quer dizer, vamos andar em círculos a repetir a mesma conversa. Recomendo que leias a documentação disponível sobre a componente de educação sexual da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento para perceberes melhor o que o programa prevê em cada ciclo de ensino. Depois podemos voltar a ter esta conversa, baseada em factos concretos.
 

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
Respondo-te o que a Andreia te respondeu: já falámos sobre isto. Eu tenho pouca vontade de repetir os argumentos e explicações das pessoas que já discutiram isto contigo; se não lhes deste atenção na altura, tenho pouca fé que me dês atenção agora.

O que posso dizer é:

Educação sexual não é o mesmo que só ensinar sobre sexo.

Enquanto não perceberes o que isto quer dizer, vamos andar em círculos a repetir a mesma conversa. Recomendo que leias a documentação disponível sobre a componente de educação sexual da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento para perceberes melhor o que o programa prevê em cada ciclo de ensino. Depois podemos voltar a ter esta conversa, baseada em factos concretos.
Fiz só uma correção.
 
  • Like
Reactions: João SuperAzevedo

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
Fiz só uma correção.

Não acho que fosse necessário, penso que isso estava incluído no sentido da frase, por isso é que usei o "não é o mesmo". Não é o mesmo porque inclui mais que isso.

Mas isto é uma questão linguística. Obrigado na mesma!
 

Yoda98

Membro
Matrícula
5 Agosto 2020
Mensagens
35
É simples de resolver a questão: coloquem a disciplina (ou seja lá o que for) opcional.

Os pais querem os filhos a aprender isso? Autorizam
Os pais não querem os filhos a aprender isso? Não autorizam.

Simples.
 
  • Like
Reactions: tempus

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
É simples de resolver a questão: coloquem a disciplina (ou seja lá o que for) opcional.

Os pais querem os filhos a aprender isso? Autorizam
Os pais não querem os filhos a aprender isso? Não autorizam.

Simples.

Seria uma boa solução se todas as famílias tivessem competências para fornecer aos filhos os conhecimentos necessários sobre estes temas. Não têm. E as pessoas não vivem em isolamento. A educação sexual é também uma questão de saúde pública.
 

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
É simples de resolver a questão: coloquem a disciplina (ou seja lá o que for) opcional.

Os pais querem os filhos a aprender isso? Autorizam
Os pais não querem os filhos a aprender isso? Não autorizam.

Simples.
Não.
Não é uma questão de querer. Ninguém diz: eu não quero o meu filho a aprender Português porque não concordo com o plano. Ninguém diz: eu não quero o meu filho a aprender Biologia porque não concordo com a teoria da Evolução.
Isso não é uma solução, é perpetuar que não se compreendam as coisas.
Post automatically merged:

Seria uma boa solução se todas as famílias tivessem competências para fornecer aos filhos os conhecimentos necessários sobre estes temas. Não têm. E as pessoas não vivem em isolamento. A educação sexual é também uma questão de saúde pública.
This too.
 

Yoda98

Membro
Matrícula
5 Agosto 2020
Mensagens
35
Seria uma boa solução se todas as famílias tivessem competências para fornecer aos filhos os conhecimentos necessários sobre estes temas. Não têm. E as pessoas não vivem em isolamento. A educação sexual é também uma questão de saúde pública.

Então estás-me a dizer que o Estado é que tem a competência de decidir? Isso não é fascismo por definição?...
 

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
Então estás-me a dizer que o Estado é que tem a competência de decidir? Isso não é fascismo por definição?...
Não, porque o Estado trabalha com a opinião de experts. Eu sou Enfermeira, posso ensinar aos meus futuros filhos sobre alguns assuntos, mas não percebo muito de História. Não seria viável. Ninguém sabe tudo.
 
  • Like
Reactions: Karl and pdrjs

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
Então estás-me a dizer que o Estado é que tem a competeência de decidir? Isso não é fascismo por definição?...

É fascismo ser o Estado a encarregar-se de decidir o que se dá em Matemática (por exemplo), com o apoio de especialistas na área?

Não.

Então não entendo onde está o fascismo de fazer o mesmo com a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento.
 

Teresa P.

👑 Membro Honorário
Apoiante Uniarea
Matrícula
14 Agosto 2019
Mensagens
305
Curso
Serviço Social
A Educação Sexual, como qualquer outro assunto, pode ser realizada junto de crianças muito pequenas desde que adequada à faixa etária. Quanto mais velhos forem, mais elaborada e completa será a informação transmitida. Lembro-me que o meu filho teve noções muito básicas sobre reprodução humana quando tinha 4 anos de idade, no ensino pré-escolar. A informação foi transmitida de forma muito apropriada, apenas para esclarecer dúvidas muito comuns naquela idade como "de onde vêm os bebés".

Concordo com o Alfa quando afirma que a educação sexual é uma questão de saúde pública e deve ser garantida pelo Estado, pelas escolas. É assim há muitos anos e lamento que na altura em que eu era estudante não tenha sido tão valorizada - já se fazia, mas era muito incipiente.

Não se trata de uma vertente religiosa que pode e deve ser facultativa, como a Educação Moral e Religiosa, em que as convicções de cada um não interferem na vida em sociedade. A educação sexual é determinante para abordagem de questões relevantes como a propagação de DST's, planeamento familiar e desmistificação de ideias preconcebidas dos jovens sobre a sexualidade que se afiguram incorretas e podem induzir em práticas desajustadas, com consequências nefastas não só a nível individual como social.
 

Edgar H

Mod Decretos
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
1 Outubro 2018
Mensagens
7,930
Acho que não existe nenhuma corda com capacidade elástica para esticar tanto como isto...
Apenas podemos perceber a ironia, porque o Estado foi fascista e incluiu FQ no plano de estudos do básico.
As máscaras reduzem o oxigénio no sangue e são uma maneira do Estado o poupar🤫.
 

Yoda98

Membro
Matrícula
5 Agosto 2020
Mensagens
35
Se for opcional todas as pessoas devem ficar satisfeitas pois são livres para decidir.
Forçar pessoas a fazer algo sem o seu consentimento e vontade é uma medida autoritária, por definição.
 

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
Se for opcional todas as pessoas devem ficar satisfeitas pois são livres para decidir.
Forçar pessoas a fazer algo sem o seu consentimento é uma medida autoritária, por definição.

Então o código da estrada é, por definição, autoritário? E a escolaridade obrigatória? Se eu quiser matar uma pessoa, posso dizer que o Estado mauzão é autoritário por me prender? Estou a tentar perceber até onde é que essa bola de neve desliza.
 

Andreia C.

Membro Catedrático
Especialista
Enfermagem & Biologia
Matrícula
12 Outubro 2016
Mensagens
6,025
Curso
Enfermagem - Oficialmente Enfermeira? Diz que sim.
A Educação Sexual, como qualquer outro assunto, pode ser realizada junto de crianças muito pequenas desde que adequada à faixa etária. Quanto mais velhos forem, mais elaborada e completa será a informação transmitida. Lembro-me que o meu filho teve noções muito básicas sobre reprodução humana quando tinha 4 anos de idade, no ensino pré-escolar. A informação foi transmitida de forma muito apropriada, apenas para esclarecer dúvidas muito comuns naquela idade como "de onde vêm os bebés".

Concordo com o Alfa quando afirma que a educação sexual é uma questão de saúde pública e deve ser garantida pelo Estado, pelas escolas. É assim há muitos anos e lamento que na altura em que eu era estudante não tenha sido tão valorizada - já se fazia, mas era muito incipiente.

Não se trata de uma vertente religiosa que pode e deve ser facultativa, como a Educação Moral e Religiosa, em que as convicções de cada um não interferem na vida em sociedade. A educação sexual é determinante para abordagem de questões relevantes como a propagação de DST's, planeamento familiar e desmistificação de ideias preconcebidas dos jovens sobre a sexualidade que se afiguram incorretas e podem induzir em práticas desajustadas, com consequências nefastas não só a nível individual como social.
Só para dizer que adoro a Teresa P.
 

Marco L.

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
11,140
Curso
Ex-Física | MEFT
Instituição
Ex-FCUP | IST
Então o código da estrada é, por definição, autoritário? E a escolaridade obrigatória? Se eu quiser matar uma pessoa, posso dizer que o Estado mauzão é autoritário por me prender? Estou a tentar perceber até onde é que essa bola de neve desliza.
Claro. Se matares alguém, deves ter a liberdade de decidir se vais preso ou não.