E agora, que curso devo escolher!?

eu neste momento estou com 7 nas escolhas multiplas de bg, preciso de 2,5 nas de desenvolvimento. Por isso, não sei se vou conseguir


ok, vou ver isso. Mas isso não tem a ver com assistente social ou assim?
Espero que consigas, mas se não conseguires tens de estar preparada para uma segunda hipótese. Em Serviço Social é que és assistente social

Tirei isto de um site de uma faculdade:

Educação Social
  • Mediador comunitário, trabalhando como agente de desenvolvimento local e comunitário e de promoção cultural
  • Mediador em processos de intervenção familiar e socioeducativa
  • Gestor de serviços educativos ou de recursos socioeducativos (escolas, bibliotecas, museus, fundações e autarquias)
  • Animador e gestor sociocultural
  • Educador de tempo livre e de lazer
  • Formador de pessoas adultas e de idosos
  • Educador em organizações de acolhimento e inserção social
  • Gestor de redes sociais (numa ótica de equipas multiprofissionais)
  • Especialista na mobilização de dispositivos de acompanhamento social personalizado
-Apoio psicossocial a populações em risco e vulneráveis;
-Apoio psicossocial geral, apoio especializado na 3ª idade e em cooperações para o desenvolvimento;
-Apoio psicossocial em situações de educação formal e não formal (inseridos em autarquias, estabelecimentos prisionais, centros de desintoxicação, bairros sociais, escolas, serviços centrais e regionais do ministério da educação, ATLs, centros de apoio à 3ª idade, serviços de apoio a grupo juvenis em risco e minorias, hospitais e centros de saúde).

Serviço Social
-Autarquias (Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia): Habitação; Ação social escolar; participação ativa nos núcleos locais de inserção (Rendimento social de inserção) e na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em perigo);
-Educação (Ensino regular (básico, secundário, superior) e especial);
-Justiça e Reinserção Social (Centros Educativos (jovens delinquentes); Estabelecimentos Prisionais; Instituto de Reinserção Social;  Emprego e Formação profissional (Centro de Formação Profissional/Emprego; Empresas de Inserção; entre outros);
-Misericórdias; Associações de Desenvolvimento Social e Comunitários; Instituições Particulares de Solidariedade Social;
-Segurança Social (Centros de Segurança Social (Rendimento Social de Inserção) Centro de Acolhimento Temporário; Lares de Infância e Juventude); Emergência Social (Vitimas de Violência doméstica, Sem abrigo, entre outros) e Equipas Multidisciplinares de Apoio aos Tribunais (EMAT);
-Saúde (Hospitais, Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar, Unidade de Cuidados Continuados; Centro de Respostas Integradas (toxicodependência);
-Investigação (Ensino Superior)

Gerontologia Social
  • Organizações sociais ou privadas de prestação de serviços e cuidados diretos à população idosa
  • Autarquias locais e serviços públicos de Segurança Social
  • Organismos sociais ou privados na área da educação, do lazer e turismo sénior
  • Estruturas de saúde públicas ou privadas
  • Formador no domínio do envelhecimento
Animação Sociocultural
-Contextos de intervenção social – Centros de serviço social e equipamentos sociais da administração central e local, centros cívicos e comunitários ligados a diversas instituições como as misericórdias, associações ou fundações.
-Contextos de intervenção cultural – Casas e centros de promoção e divulgação cultural, museus, serviços educativos e de mediação artística e cultural, ludotecas e bibliotecas; equipamentos culturais da administração central e local.
-Contextos de intervenção educacional –Universidades seniores, ateliers de tempos livres, escolas, serviços de apoio e promoção à inserção na vida ativa e qualificação das populações.
 
  • Like
Reactions: catarina.fonseca16
Espero que consigas, mas se não conseguires tens de estar preparada para uma segunda hipótese. Em Serviço Social é que és assistente social

Tirei isto de um site de uma faculdade:

Educação Social
  • Mediador comunitário, trabalhando como agente de desenvolvimento local e comunitário e de promoção cultural
  • Mediador em processos de intervenção familiar e socioeducativa
  • Gestor de serviços educativos ou de recursos socioeducativos (escolas, bibliotecas, museus, fundações e autarquias)
  • Animador e gestor sociocultural
  • Educador de tempo livre e de lazer
  • Formador de pessoas adultas e de idosos
  • Educador em organizações de acolhimento e inserção social
  • Gestor de redes sociais (numa ótica de equipas multiprofissionais)
  • Especialista na mobilização de dispositivos de acompanhamento social personalizado
-Apoio psicossocial a populações em risco e vulneráveis;
-Apoio psicossocial geral, apoio especializado na 3ª idade e em cooperações para o desenvolvimento;
-Apoio psicossocial em situações de educação formal e não formal (inseridos em autarquias, estabelecimentos prisionais, centros de desintoxicação, bairros sociais, escolas, serviços centrais e regionais do ministério da educação, ATLs, centros de apoio à 3ª idade, serviços de apoio a grupo juvenis em risco e minorias, hospitais e centros de saúde).

Serviço Social
-Autarquias (Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia): Habitação; Ação social escolar; participação ativa nos núcleos locais de inserção (Rendimento social de inserção) e na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em perigo);
-Educação (Ensino regular (básico, secundário, superior) e especial);
-Justiça e Reinserção Social (Centros Educativos (jovens delinquentes); Estabelecimentos Prisionais; Instituto de Reinserção Social;  Emprego e Formação profissional (Centro de Formação Profissional/Emprego; Empresas de Inserção; entre outros);
-Misericórdias; Associações de Desenvolvimento Social e Comunitários; Instituições Particulares de Solidariedade Social;
-Segurança Social (Centros de Segurança Social (Rendimento Social de Inserção) Centro de Acolhimento Temporário; Lares de Infância e Juventude); Emergência Social (Vitimas de Violência doméstica, Sem abrigo, entre outros) e Equipas Multidisciplinares de Apoio aos Tribunais (EMAT);
-Saúde (Hospitais, Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar, Unidade de Cuidados Continuados; Centro de Respostas Integradas (toxicodependência);
-Investigação (Ensino Superior)

Gerontologia Social
  • Organizações sociais ou privadas de prestação de serviços e cuidados diretos à população idosa
  • Autarquias locais e serviços públicos de Segurança Social
  • Organismos sociais ou privados na área da educação, do lazer e turismo sénior
  • Estruturas de saúde públicas ou privadas
  • Formador no domínio do envelhecimento
Animação Sociocultural
-Contextos de intervenção social – Centros de serviço social e equipamentos sociais da administração central e local, centros cívicos e comunitários ligados a diversas instituições como as misericórdias, associações ou fundações.
-Contextos de intervenção cultural – Casas e centros de promoção e divulgação cultural, museus, serviços educativos e de mediação artística e cultural, ludotecas e bibliotecas; equipamentos culturais da administração central e local.
-Contextos de intervenção educacional –Universidades seniores, ateliers de tempos livres, escolas, serviços de apoio e promoção à inserção na vida ativa e qualificação das populações.
obrigada! vou ver isso melhor.
Mas a minha cabeça está tão focada em enfermagem que parece que mais nada me agrada

Ah o erro que todos cometemos... Voltar atrás xD
Pode ser que neste tenhas melhor nota e tenta não stressar com o tempo. Ganhas mais em deixares 1 ou 2 por fazer do que fazeres à pressa tudo e não teres pontuação quase nenhuma


Vais conseguir tem calma :)
vamos ver, não acredito muito :/
mas obrigada
 
obrigada! vou ver isso melhor.
Mas a minha cabeça está tão focada em enfermagem que parece que mais nada me agrada


vamos ver, não acredito muito :/
mas obrigada
Positiva rapariga :) Tu de qualquer das maneiras para a primeira fase podes te candidatar, por isso mediante a tua nota agora na segunda fase já vais saber se podes ter hipótese na segunda fase de ir ou não para Enfermagem.
Independentemente de ires na segunda fase para enfermagem, tenta outro curso já na primeira fase, matricula-te e faz isso tudo para garantires a tua vaga :) porque depois no ano seguinte de certeza que consegues mudar de curso para enfermagem :)
 
Positiva rapariga :) Tu de qualquer das maneiras para a primeira fase podes te candidatar, por isso mediante a tua nota agora na segunda fase já vais saber se podes ter hipótese na segunda fase de ir ou não para Enfermagem.
Independentemente de ires na segunda fase para enfermagem, tenta outro curso já na primeira fase, matricula-te e faz isso tudo para garantires a tua vaga :) porque depois no ano seguinte de certeza que consegues mudar de curso para enfermagem :)
Sim, e exatamente isso que estou a pensar. Se tiver o exame de bg feito na segunda fase já está tudo tranquilo. O problema é se não tiver.. porque não tenho outra opção
 
  • Like
Reactions: ph+
Olá,
estou interessada no curso de engenharia agropecuária em Coimbra, no entanto não sou grande aluna a matemática e como se trata de uma engenharia tenho receio de não conseguir.
alguém tem informações sobre este curso?
 
Boa noite. Estou com uma indecisão gigante entre cursos que em nada se relacionam: Saúde e Turismo. Tendo sido aluna de Ciências e Tecnologias, o bichinho da área da Saúde esteve sempre cá. However, o que eu queria mesmo era Medicina e, não tendo média, considero que Nutrição e Fisioterapia são os que se ajustam mais ao meu caráter. No entanto também existe o bichinho do Turismo e da Gestão, o que me deixa a pensar se não deveria apostar em Gestão Turística ou Direção e Gestão Hoteleira. Alguém pode contribuir com a opinião (mais relevante, claro, se estiverem nas áreas mencionadas)? Obrigada! :smiley:
 
Boa noite. Estou com uma indecisão gigante entre cursos que em nada se relacionam: Saúde e Turismo. Tendo sido aluna de Ciências e Tecnologias, o bichinho da área da Saúde esteve sempre cá. However, o que eu queria mesmo era Medicina e, não tendo média, considero que Nutrição e Fisioterapia são os que se ajustam mais ao meu caráter. No entanto também existe o bichinho do Turismo e da Gestão, o que me deixa a pensar se não deveria apostar em Gestão Turística ou Direção e Gestão Hoteleira. Alguém pode contribuir com a opinião (mais relevante, claro, se estiverem nas áreas mencionadas)? Obrigada! :smiley:

Boa noite Patrícia! Não estou em nenhuma das áreas que te despoletam interesse, pelo que não posso contribuir com nenhum tipo de insight relativo às mesmas. No entanto, posso tentar ajudar-te a refletir sobre aquilo que te vês a fazer e sobre aquilo para que achas que tens vocação. Acho que, primeiro de tudo, deves ver o plano de estudos de ambos os cursos entre os quais estás indecisa no site das respetivas instituições que te interessam. Isso é importante porque às vezes gostamos de nos imaginar a fazer x e y mas ao ver o plano de estudos percebemos que não nos identificamos minimamente com aquilo que vamos estudar. Gostar daquilo que se estuda é meio caminho andado para o sucesso académico (além disso, acaba por ser frustrante ter de estudar e pagar para estudar algo com o qual não nos identificamos). Depois, creio ser igualmente relevante veres as saídas profissionais de ambos os cursos (bem como a questão salarial, afinal, frequentar o ensino superior é, acima de tudo, um investimento em nos mesmos) e qual é que tem menor taxa de desemprego a nível nacional. Após teres feito as duas coisas acima mencionadas deves ter em conta as saídas profissionais e tentar perceber o que é que te soa mais apelativo, o que é que achas que te faria sentir mais realizada a nível pessoal. Para estares a ponderar Nutrição e Fisioterapia posso deduzir que és alguém que gosta de ajudar as outras pessoas, algo que também podes fazer através do Turismo e da gestão mas a um nível completamente diferente.
O que te escrevi tem o intuito de te ajudar na tua decisão, mas no final do dia isso é algo que te cabe única e exclusivamente a ti. A isso acrescento que é completamente normal que te sintas ansiosa e quiçá um tanto temerosa com a possibilidade de "errar" a escolha à primeira. Lembra-te, contudo, que os erros não são algo necessariamente mau! Aprendemos com eles e passamos a conhecer-nos melhor a nós mesmos. De qualquer modo, para os evitar é importante que ponderes e reflitas bem naquilo que efetivamente te importa.
 
Bom dia. Estou um pouco indeciso nas escolhas para a minha candidatura. Para já, tenho: Engenharia Biomédica e Biotecnologia Medicinal como escolhas. Podem me ajudar a ver cursos parecidos a esses (ligados + à biologia) no Porto ou dar a vossa opinião sobre os quais devo colocar em primeiro lugar?

Obrigado

Por agora tenho:
1 - Biotecnologia Medicinal (o que eu queria mesmo)
2 - Ciências Biomédicas Laboratoriais
3 - Biologia
 
Boa noite,
Eu tenho uma dúvida! Eu posso candidatar-me e depois de conhecer os resultados não me inscrever no curso que me foi atribuido?
Gostaria de saber se isto é possível ou se sofro alguma penalização ou algo do género.
Obrigado!!
 
Falta um dia para o prazo de candidaturas acabar, e ainda não sei bem que percurso escolher. Sempre gostei muito de matemática e física, e gostava de no futuro conseguir aplicar este tipo de conhecimentos à medicina, nomeadamente o desenvolvimento de dispositivos médicos, instrumentação biomédica e biónica.

Têm-me dito, no entanto, que não devia ir para um curso demasiadamente focalizado, então pensei em engenharia eletrotécnica e computadores, ou engenharia mecânica, por serem áreas mais abrangentes, não sei porém se me levam depois aos meus objetivos. Gostava de obter, a sua opinião acerca deste assunto.

Sendo de Viseu, também gostava de perguntar se há muita diferença entre engenharia biomédica (IST) e bioengenharia (FEUP), uma vez que física e matemática são minhas disciplinas de eleição, e engenharia biomédica no IST parece-me dar mais ênfase a essas áreas, no entanto a minha preferência regional seria sempre o Porto.
 
Falta um dia para o prazo de candidaturas acabar, e ainda não sei bem que percurso escolher. Sempre gostei muito de matemática e física, e gostava de no futuro conseguir aplicar este tipo de conhecimentos à medicina, nomeadamente o desenvolvimento de dispositivos médicos, instrumentação biomédica e biónica.

Têm-me dito, no entanto, que não devia ir para um curso demasiadamente focalizado, então pensei em engenharia eletrotécnica e computadores, ou engenharia mecânica, por serem áreas mais abrangentes, não sei porém se me levam depois aos meus objetivos. Gostava de obter, a sua opinião acerca deste assunto.

Sendo de Viseu, também gostava de perguntar se há muita diferença entre engenharia biomédica (IST) e bioengenharia (FEUP), uma vez que física e matemática são minhas disciplinas de eleição, e engenharia biomédica no IST parece-me dar mais ênfase a essas áreas, no entanto a minha preferência regional seria sempre o Porto.
Podes também tirar licenciatura em física e depois mestrado em física médica.
 
Olá @Cygram
Eu tenho uma dúvida! Eu posso candidatar-me e depois de conhecer os resultados não me inscrever no curso que me foi atribuido?
Gostaria de saber se isto é possível ou se sofro alguma penalização ou algo do género.
Podes, não há qualquer penalização.
 
  • Like
Reactions: Cygram
Boa tarde,
Se alguém puder ajudar, tenho o meu filho que queria seguir Fisioterapia só que a média é baixa devido à prova de ingresso...
Outra solução que ele gosta é seguir na área do Desporto…
Média 126.8 para área de Saúde
Média 128.4 para área de Desporto
Falta colocar o contingente porque vive na Madeira (não sei que valor acresce)

Nisto tudo acresce a situação que só pode se candidatar na 2ª fase.

Ele está numa indefinição que agora não sabe que curso escolher e Universidade para que possa entrar no ensino superior...

Solicito algumas dicas credíveis...
Agradeço a vossa atenção :wink:
 
  • Like
Reactions: ph+
Boa tarde,
Se alguém puder ajudar, tenho o meu filho que queria seguir Fisioterapia só que a média é baixa devido à prova de ingresso...
Outra solução que ele gosta é seguir na área do Desporto…
Média 126.8 para área de Saúde
Média 128.4 para área de Desporto
Falta colocar o contingente porque vive na Madeira (não sei que valor acresce)

Nisto tudo acresce a situação que só pode se candidatar na 2ª fase.

Ele está numa indefinição que agora não sabe que curso escolher e Universidade para que possa entrar no ensino superior...

Solicito algumas dicas credíveis...
Agradeço a vossa atenção :wink:

Ele já pensou em terapia ocupacional ou reabilitação psicomotora ? Não é fisioterapia, mas penso que está relacionado.

De qualquer das formas, para desporto com essas médias ele entre na segunda fase, provavelmente não em lisboa, porto ou coimbra... mas se for mais para o interior do pais entre com certeza.
O seu filho realizou os pré requesitos de desporto? É que se tivesse realizado podia tentar entrar ai na Madeira :)
 
  • Like
Reactions: Antonio S. Abreu
Boa noite Patrícia! Não estou em nenhuma das áreas que te despoletam interesse, pelo que não posso contribuir com nenhum tipo de insight relativo às mesmas. No entanto, posso tentar ajudar-te a refletir sobre aquilo que te vês a fazer e sobre aquilo para que achas que tens vocação. Acho que, primeiro de tudo, deves ver o plano de estudos de ambos os cursos entre os quais estás indecisa no site das respetivas instituições que te interessam. Isso é importante porque às vezes gostamos de nos imaginar a fazer x e y mas ao ver o plano de estudos percebemos que não nos identificamos minimamente com aquilo que vamos estudar. Gostar daquilo que se estuda é meio caminho andado para o sucesso académico (além disso, acaba por ser frustrante ter de estudar e pagar para estudar algo com o qual não nos identificamos). Depois, creio ser igualmente relevante veres as saídas profissionais de ambos os cursos (bem como a questão salarial, afinal, frequentar o ensino superior é, acima de tudo, um investimento em nos mesmos) e qual é que tem menor taxa de desemprego a nível nacional. Após teres feito as duas coisas acima mencionadas deves ter em conta as saídas profissionais e tentar perceber o que é que te soa mais apelativo, o que é que achas que te faria sentir mais realizada a nível pessoal. Para estares a ponderar Nutrição e Fisioterapia posso deduzir que és alguém que gosta de ajudar as outras pessoas, algo que também podes fazer através do Turismo e da gestão mas a um nível completamente diferente.
O que te escrevi tem o intuito de te ajudar na tua decisão, mas no final do dia isso é algo que te cabe única e exclusivamente a ti. A isso acrescento que é completamente normal que te sintas ansiosa e quiçá um tanto temerosa com a possibilidade de "errar" a escolha à primeira. Lembra-te, contudo, que os erros não são algo necessariamente mau! Aprendemos com eles e passamos a conhecer-nos melhor a nós mesmos. De qualquer modo, para os evitar é importante que ponderes e reflitas bem naquilo que efetivamente te importa.
Muito obrigada pela resposta!
 
  • Like
Reactions: _ac0nitum_
Bom dia! Eu não sei bem como escrever uma introdução, por isso vou direita ao assunto.

Acabei o 11º ano em Ciências e Tecnologias e ainda não sei o que quero ser. Eu sou boa a matemática, mas sinceramente não me agrada trabalhar em algo que envolva cálculos muito complicados frequentemente. (não tenho nenhum problema com matemática, mas...) Os únicos cursos pelo qual senti algum interesse foram medicina veterinária e engenharia do ambiente, mas ambos parecem ter uma baixíssima empregabilidade e não ouvi muitas opiniões sobre o segundo. Também gosto de desenhar.

Eu não procurei por todos os cursos disponíveis, por isso agradecia que me dessem sugestões e opiniões sobre os cursos que mencionei.