Educação Básica

Rita Natércia

Membro Caloiro
Matrícula
15 Junho 2017
Mensagens
3
Oiiiiiiii!
Estou interessada em mudar de curso para Educação Básica, no entanto, estou com bastante receio pois já perdi uns bons anos no meu curso atual. Definitivamente não quero continuar onde estou, mas quero garantir que se mudar de curso é mesmo o que eu quero, por isso, se estão ou se já estiveram em Educação Básica agradecia que falassem um pouco do curso (Licenciatura e/ou mestrado).
Como é a carga horário, como são os estágios, os professores e o ambiente da escola, a dificuldade do curso em si, prespetivas de carreira quer em Portugal quer no Estrangeiro?
 

Jessica P. M.

Membro Dux
Matrícula
4 Janeiro 2017
Mensagens
1,028
Curso
Educação Básica
Instituição
ESEC
Oiiiiiiii!
Estou interessada em mudar de curso para Educação Básica, no entanto, estou com bastante receio pois já perdi uns bons anos no meu curso atual. Definitivamente não quero continuar onde estou, mas quero garantir que se mudar de curso é mesmo o que eu quero, por isso, se estão ou se já estiveram em Educação Básica agradecia que falassem um pouco do curso (Licenciatura e/ou mestrado).
Como é a carga horário, como são os estágios, os professores e o ambiente da escola, a dificuldade do curso em si, prespetivas de carreira quer em Portugal quer no Estrangeiro?
Olá Rita 😊
Só te poderei falar acerca daquilo que foi o meu percurso. Eu estudei EB no politécnico de Coimbra e o curso lá é composto por 5 estágios.
1.º - 1 semana em contexto pré-escolar
2.º - 1 semana em contexto de 1.º ciclo
3.º - 1 semana em contexto de 2.º ciclo
4.º - 8 dias em contexto não formal (bibliotecas, museus, observatórios)
5.º - todas as quintas-feiras durante 1 semestre num contexto à tua escolha (pré-escolar, 1.º ciclo ou 2.ºciclo).

Isto difere consoante o local onde estudas, sei que em algumas instituições só existe 1 ou 2 estágios.

Os professores e o ambiente da escola, novamente, depende de onde estudas, em Coimbra eles são bastante acessíveis, ajudando-te sempre que tens dúvidas. Quanto ao ambiente é bastante agradável, as praxes são bastante divertidas, o espírito académico de coimbra é bastante conhecido.

A dificuldade do curso não é muito elevada, mas prepara-te para teres uma montanha de trabalhos e um semestre bastante atarefado.

Quanto à carreira de educadora e de professora não anda muito bem em Portugal... No entanto há saídas no estrangeiro. Conheço o caso de duas raparigas que foram para a Alemanhã e estão lá a exercer a profissão de educadoras de infância.

Espero ter ajudado, qualquer dúvida pergunta. 😊
 

aluna_20

Membro Caloiro
Matrícula
20 Dezembro 2019
Mensagens
7
Só tive a literatura porque poesia não é comigo. 😂

Em educação física vais dar os temas de desportos coletivos, ginástica, percursos na natureza, jogos tradicionais, movimentos e equilibrios e perícia e manipulação. (espero não me estar a esquecer de nada)

Nesta cadeira vais ter aulas práticas, onde farás educação física, terás de fazer planos de aula (grupo), onde posteriormente terás de a realizar, terás uma prova escrita e uma oral e terás um trabalho final de grupo.
Obrigada! A prova oral é em grupo ou individual?
 

bry

Membro Caloiro
Matrícula
21 Janeiro 2020
Mensagens
1
Boas,

Resumidamente - sempre achei que queria ser Educadora e/ou Professora. Trabalhei em escolas e gostei sempre do que fazia... No entanto, à medida que avancei na licenciatura percebi que quero mais do que isto e gosto de fazer parte do "backstage" da Educação. De organizar, criar, formação de adultos, desenvolver projetos, entre outros. Não me vejo a dar aulas no 1º ciclo (2º ciclo até gosto, mas não me "completa") nem a ser educadora, principalmente depois de ter realizado já alguns estágios.

Estou no último ano da licenciatura, com uma média razoável e a minha pergunta é: que hipóteses existem? Sei que posso sempre ir fazer outra licenciatura, mas a nível de mestrados, para além dos mais comuns (Educação Pré-Escolar/1ºciclo/2º ciclo e respetivas variantes), existirá alguma hipótese de entrada noutros mestrados, vinda de uma licenciatura em Educação Básica?

Gostava de ouvir feedbacks, opiniões e testemunhos!

Obrigado!
 

Ariana_

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
5,729
Curso
Estudos Artísticos
Instituição
FLUL
Boas,

Resumidamente - sempre achei que queria ser Educadora e/ou Professora. Trabalhei em escolas e gostei sempre do que fazia... No entanto, à medida que avancei na licenciatura percebi que quero mais do que isto e gosto de fazer parte do "backstage" da Educação. De organizar, criar, formação de adultos, desenvolver projetos, entre outros. Não me vejo a dar aulas no 1º ciclo (2º ciclo até gosto, mas não me "completa") nem a ser educadora, principalmente depois de ter realizado já alguns estágios.

Estou no último ano da licenciatura, com uma média razoável e a minha pergunta é: que hipóteses existem? Sei que posso sempre ir fazer outra licenciatura, mas a nível de mestrados, para além dos mais comuns (Educação Pré-Escolar/1ºciclo/2º ciclo e respetivas variantes), existirá alguma hipótese de entrada noutros mestrados, vinda de uma licenciatura em Educação Básica?

Gostava de ouvir feedbacks, opiniões e testemunhos!

Obrigado!
Hello,

Sim, há hipótese de entrares noutros mestrados diferentes daqueles que, à partida, são os mais procurados no teu curso. Já experimentaste pesquisar sobre os mestrados em Educação Social ou em Ciências da Educação? Parece-me que podem ser do teu interesse!
 
  • Like
Reactions: Jessica P. M.

maggiewishes

Membro Caloiro
Matrícula
29 Maio 2019
Mensagens
3
Cresci numa grande família e desde sempre que adoro crianças, tendo sido EB uma opção de carreira ao longo da minha vida. No entanto, decidi estudar artes no secundário (em cerâmica) e os meus amigos sempre me incentivaram a seguir esse percurso, tendo em conta que achavam que estaria a perder se não o fizesse. Já à uns bons anos que ando a tentar decidir o que fazer e tive um percurso de estudos meio alternativo, no sentido em que tive a oportunidade de experimentar muitas coisas (estudos portugueses, artes plásticas). Ao mesmo tempo ganhei uma curiosidade ainda maior do que já tinha (a minha segunda opção de secundário era fotografia) na área audiovisual.

Resumidamente, eu estou indecisa se vou para educação básica (e já pesquisei sobre o curso várias vezes e identifico-me) ou se continuo no ramo das artes. Tenho uma média alta então não teria problema em entrar em qualquer uma das opções. Mas pelo menos se seguisse educação eu sinto que como pessoa instável que sou de andar sempre de um lado para o outro indecisa, ia, de certa forma, ficar num terreno mais estável/contínuo de trabalho. Mas sei que a vida de educador não é fácil e recebem um tostão do que realmente deviam receber. E depois tenho o receio de me arrepender de não dar continuação ao meu trabalho artístico (sem ser só como um hobbie). Enfim, opiniões? Quaisquer palavras são bem vindas :)
 
Última edição:

Ariana_

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
5,729
Curso
Estudos Artísticos
Instituição
FLUL
Cresci numa grande família e desde sempre que adoro crianças, tendo sido EB uma opção de carreira ao longo da minha vida. No entanto, decidi estudar artes no secundário (em cerâmica) e os meus amigos sempre me incentivaram a seguir esse percurso, tendo em conta que achavam que estaria a perder se não o fizesse. Já à uns bons anos que ando a tentar decidir o que fazer e tive um percurso de estudos meio alternativo, no sentido em que tive a oportunidade de experimentar muitas coisas (estudos portugueses, artes plásticas). Ao mesmo tempo ganhei uma curiosidade ainda maior do que já tinha (a minha segunda opção de secundário era fotografia) na área audiovisual.

Resumidamente, eu estou indecisa se vou para educação básica (e já pesquisei sobre o curso várias vezes e identifico-me) ou se continuo no ramo das artes. Tenho uma média alta então não teria problema em entrar em qualquer uma das opções. Mas pelo menos se seguisse educação eu sinto que como pessoa instável que sou de andar sempre de um lado para o outro indecisa, ia, de certa forma, ficar num terreno mais estável/contínuo de trabalho. Mas sei que a vida de educador não é fácil e recebem um tostão do que realmente deviam receber. E depois tenho o receio de me arrepender de não dar continuação ao meu trabalho artístico (sem ser só como um hobbie). Enfim, opiniões? Quaisquer palavras são bem vindas :)
Não prosseguires o ramo das artes no ensino superior não invalida necessariamente que possas vir a ser artista plástica, ainda que a formação seja importante. Acho que a pergunta essencial que te deves colocar é mesmo o que é tens mais interesse overall; se gostarias mais de estudar EB, força nisso. Parece-me que não estás a escudar as incertezas quanto ao mercado das artes com o curso de EB e, se estás mesmo interessada nessa via, não vejo porque não ir. Quem sabe, quando acabares o mestrado em EB, podes optar por um 2º mestrado ou licenciatura mais virada para as artes. Também tens a via alternativa de fazeres formação em artes e tirares mestrado em ensino de artes visuais, mas creio que isso já te distancia mais para o 2º/3º ciclo.

Boa sorte!