Enfermagem

Olá Mara :D Bem, eu estou a acabar o 1º ano em enfermagem na ESEP. Tenho a dizer que terapia ocupacional e enfermagem são dois cursos totalmente díspares no que toca ao exercício da profissão, mas vou falar-te mais de Enfermagem que é o meu curso. É um curso que exige de ti é verdade mas que no futuro acredito que te irá recompensar por veres como a tua profissão ajuda imensa gente todos os dias e como todos os dias consegues melhorar a vida de alguém. Se tiveres curiosidade vê as cadeiras, são interessantes e embora não pareça, segundo os mais velhos, serviram bastante para o mercado de trabalho. Tens que saber que enfermagem não é só fazer pensos, é muito além disso. Cada vez mais somos profissionais com autonomia, ou seja, não nos limitados a fazer o que os médicos prescrevem. Enfermagem possibilita-se ser uma profissional multifacetada pois podes trabalhar e especializar em diversas áreas conforme te achares mais capaz. O diretor da ESEP disse em aula para darmos uma oportunidade à Enfermagem e ao fim deste primeiro ano posso dizer que não podia ter dado melhor oportunidade a este curso. Espero que te corra tudo bem, boa sorte :)
Ola rafaela :) estou a pensar seriamente seguir enfermagem na ESEP, podes me falar um pouco do ambiente que se vive na faculdade?as vantagens que tem a ESEP estar perto do IPO e do hospital do s.joao, se estas a gostar do curso e se é muito complicado arranjar material auxilar ao estudo. E o ambiente de praxes? Gostaste? É que ja ouvi dizer que as praxes na ESEP sao um bocado foda.
Agradeço se me poderes dar a tua opiniao a cerca dos assuntos que referi, e se tiveres mais alguma informaçao que aches pertinente estas a vontade, toda a ajuda é bem vinda ☺
 
Ola
Olá
Eu tenho uma dúvida, mesmo não tendo o exame de biologia positivo, é possível entrar no curso de enfermagem? Sei que em alguns cursos existe a opção do ano zero, mas acho que é apenas para alunos que não tenham concluído alguma disciplina do 12º ano, o que não é o meu caso. Eu tenho o 12º ano completo e tenho média para entrar, apenas o exame de biologia é que esta negativo....
Obrigada :)
Olá Cindy :) como o exame de biologia faz parte da prova de ingresso para Enfermagem em todos os politécnicos, não o podes ter negativo, tens que o ter acima de 9,5
 
  • Like
Reactions: Cindy Serafim
Ola rafaela :) estou a pensar seriamente seguir enfermagem na ESEP, podes me falar um pouco do ambiente que se vive na faculdade?as vantagens que tem a ESEP estar perto do IPO e do hospital do s.joao, se estas a gostar do curso e se é muito complicado arranjar material auxilar ao estudo. E o ambiente de praxes? Gostaste? É que ja ouvi dizer que as praxes na ESEP sao um bocado foda.
Agradeço se me poderes dar a tua opiniao a cerca dos assuntos que referi, e se tiveres mais alguma informaçao que aches pertinente estas a vontade, toda a ajuda é bem vinda ☺

Olá Maria :D Se estás a pensar seriamente nisso estás a pensar muito bem. O ambiente na faculdade na minha opinião é muito bom, quer entre alunos quer entre alunos e professores. Quanto aos materiais auxiliares é fácil de arranjar quer seja por colegas mais velhos quer seja pelos livros imensos que tens na biblioteca da ESEP. Ela tem mais que uma sala de estudo/trabalhos de grupo que para quem gosta de silêncio ajuda bastante. Tens também várias salas de computadores onde podes fazer os trabalhos quer em tempo de aulas quer fora. QUanto ao curso ser complicado é relativo de pessoa para pessoa. No que me diz respeito acho que é um curso médio, ou seja, nem muito fácil nem muito difícil. É um curso que acho que exige uma entrega de ti, quero dizer que se não for mesmo aquilo que queres desmotivas como vi em colegas do meu ano. Embora o primeiro ano não seja o mais atrativo acho que é interessante e é uma forma de te preparar para os próximos anos. Quanto à vida académica na ESEP tens a praxe e o GAEP (Grupo Académico de Enfermagem do Porto), são distintos na forma de proporcionar a vida académica. Acho que deves experimentar os dois e escolher por ti, mas se tiveres curiosidade sobre o GAEP mandas mp e eu explico-te pois é a realidade que conheço melhor. Acho que é importante saberes também que tens a facilidade em comunicar com os professores das cadeiras. No meu caso e nos que conheço, os professores são muito acessíveis no que toca a tirar-te dúvidas e aconselhar-te sobre o que precisares.
Falando da minha experiência na ESEP tenho a dizer-te que foi um grande ano para mim Guardo imensas memórias deste primeiro ao e sem dúvida é o MEU curso, é mesmo o que quero fazer. Mesmo sendo um ano praticamente teórico aprendes bastante e com o decorrer do tempo apercebes-te do quão importante vão ser esses aprendizados no futuro, quer no eestágio quer quando formos enfermeiros.
Não sei se ficaste esclarecida, se quiseres fazer mais alguma pergunta estás à vontade :) ah e caso vás mesmo para a GGRANDE ESEP vemo-nos por lá :D
 
Obrigado, respostas como está ajudam muito, mais do que possas pensar! O meu principal receio a cerca de fisioterapia é mesmo o emprego. Porque pelo que se houve falar está muito saturado. E vê-se também pelo baixo número de vagas que que têm havido. Em Lisboa têm havido cerca de 50 vagas anuais. O que também me dificuldade a entrada porque faz aumentar muito a média... Tirando isso é algo que também acho bastante interessante.


Obrigado pela ajuda. Eu estou mesmo entre as duas áreas. Só que em Lisboa existem todos os anos 300 vagas para enfermagem e apenas 50 para fisioterapia (deves imaginar a média de fiosterapia). Estou por isso mais inclinado para enfermagem, mas para ser sincero, mesmo tirando isso acabo por puxar mais para enfermagem.


Acho que não te deves guiar pelo número de vagas ou pela média. Se acabares por escolher Fisioterapia, escolhes por exemplo Fisio em primeiro lugar e depois Enfermagem - se não entrares não entraste, mas ao menos tentaste.
Quanto à questão de estar saturado, sim, é algo que se houve falar, mas há pouquíssimos cursos hoje em dia que não estão saturados. Tens que estar preparado para a possibilidade de, a início, ficares empregado num sítio ou numa especialidade que não gostas muito (porque, enfim, não arranjas melhor na altura) ou para ir para o estrangeiro. Mas se deres sempre o teu melhor e te esforçares e causares boa impressão nos estágios, com certeza facilita o processo :) Na minha escola pelo menos sei que há muita gente que consegue ter emprego em sítios onde foram estagiar (tens estágio todos os anos) porque fizeram um trabalho muito bom lá, desde questões técnicas a comportamento profissional, etc.
 
Olá, estou numa situação de dilema entre o curso de enfermagem e o de medicina.

Acabei agora o meu 11'ano, com uma média alta (18,6), e sempre pensei que Medicina era o certo para mim.

Mas confesso que Medicina "assusta-me". Oferece-me bastantes dúvidas e acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve".

Estou consciente do quão semelhantes os cursos são e interesso-me bastante por FQ e Biologia, portanto em relação a isso não tenho qualquer dúvida. Hesito mais ao pensar que "não vou aguentar" medicina...

Gostaria de saber se alguém sentiu esta indecisão, como lidou com a situação e como foi a experiência no curso que escolheu...

(Se fosse estudar Medicina, tentaria entrar para a FMUP. Se fosse estudar Enfermagem, tentaria entrar para a ESEP.)

Obs. Também sei que ainda é cedo para andar a pensar nisto, mas queria desde já ler o que possam dizer sobre isto e conhecer realidade de ambos os cursos.

Eu acho que acima de tudo tens de fazer aquilo que gostas, seja o que for. E vejo que este é o teu problema "não sabes bem o que gostas" contudo, há uma solução! As variadas faculdades oferecem oportunidades para que tu evidencies um pouco o que é o curso, por ex. a FMUL tem dias dedicados ao E. Secundário, outras têm actividades para tempos de férias! Talvez se viveres um pouco a profissão gostes mais.
Eu estou em medicina e ainda hoje medicina assusta-me ahahahahhah
Mas a ideia chave é : Faz o que TU gostas
 
Olá Maria :D Se estás a pensar seriamente nisso estás a pensar muito bem. O ambiente na faculdade na minha opinião é muito bom, quer entre alunos quer entre alunos e professores. Quanto aos materiais auxiliares é fácil de arranjar quer seja por colegas mais velhos quer seja pelos livros imensos que tens na biblioteca da ESEP. Ela tem mais que uma sala de estudo/trabalhos de grupo que para quem gosta de silêncio ajuda bastante. Tens também várias salas de computadores onde podes fazer os trabalhos quer em tempo de aulas quer fora. QUanto ao curso ser complicado é relativo de pessoa para pessoa. No que me diz respeito acho que é um curso médio, ou seja, nem muito fácil nem muito difícil. É um curso que acho que exige uma entrega de ti, quero dizer que se não for mesmo aquilo que queres desmotivas como vi em colegas do meu ano. Embora o primeiro ano não seja o mais atrativo acho que é interessante e é uma forma de te preparar para os próximos anos. Quanto à vida académica na ESEP tens a praxe e o GAEP (Grupo Académico de Enfermagem do Porto), são distintos na forma de proporcionar a vida académica. Acho que deves experimentar os dois e escolher por ti, mas se tiveres curiosidade sobre o GAEP mandas mp e eu explico-te pois é a realidade que conheço melhor. Acho que é importante saberes também que tens a facilidade em comunicar com os professores das cadeiras. No meu caso e nos que conheço, os professores são muito acessíveis no que toca a tirar-te dúvidas e aconselhar-te sobre o que precisares.
Falando da minha experiência na ESEP tenho a dizer-te que foi um grande ano para mim Guardo imensas memórias deste primeiro ao e sem dúvida é o MEU curso, é mesmo o que quero fazer. Mesmo sendo um ano praticamente teórico aprendes bastante e com o decorrer do tempo apercebes-te do quão importante vão ser esses aprendizados no futuro, quer no eestágio quer quando formos enfermeiros.
Não sei se ficaste esclarecida, se quiseres fazer mais alguma pergunta estás à vontade :) ah e caso vás mesmo para a GGRANDE ESEP vemo-nos por lá :D

Muito obrigado pela informaçao Rafaela ;)
Olha se nao te importares deixa-me aqui o teu nome do face ou do insta para te poder mandar mp.
E sim estou mesmo decidida quanto a enfermagem na ESEP, resta saber se consigo entrar. :D
 
Muito obrigado pela informaçao Rafaela ;)
Olha se nao te importares deixa-me aqui o teu nome do face ou do insta para te poder mandar mp.
E sim estou mesmo decidida quanto a enfermagem na ESEP, resta saber se consigo entrar. :D
Maandei-te por mp aqui, mas se quiseres podes ir ao face e pôr este mail rafaela.b.1996@hotmail.com e aparece o fb :)
 
  • Like
Reactions: Maria Soraia
Olá, estou numa situação de dilema entre o curso de enfermagem e o de medicina.

Acabei agora o meu 11'ano, com uma média alta (18,6), e sempre pensei que Medicina era o certo para mim.

Mas confesso que Medicina "assusta-me". Oferece-me bastantes dúvidas e acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve".

Estou consciente do quão semelhantes os cursos são e interesso-me bastante por FQ e Biologia, portanto em relação a isso não tenho qualquer dúvida. Hesito mais ao pensar que "não vou aguentar" medicina...

Gostaria de saber se alguém sentiu esta indecisão, como lidou com a situação e como foi a experiência no curso que escolheu...

(Se fosse estudar Medicina, tentaria entrar para a FMUP. Se fosse estudar Enfermagem, tentaria entrar para a ESEP.)

Obs. Também sei que ainda é cedo para andar a pensar nisto, mas queria desde já ler o que possam dizer sobre isto e conhecer realidade de ambos os cursos.

Olá Alexandra, antes demais tenho que te felicitar pela excelente média que tens, agora é só preciso mantê-la no ano seguinte, que acredito que consigas :D
Relativamente ao teu dilema, o meu conselho é conheceres em que consiste realmente medicina e enfermagem, porque apesar destas duas áreas trabalharem constantemente em equipa e de uma forma ou de outra dependerem uma da outra, estas têm funções bastante distintas. Uma coisa é ser médico, outra completamente diferente, é ser enfermeiro.
O médico, de uma forma geral, prescreve a medicação, enquanto um enfermeiro cuida da pessoa de uma maneira holística (vê a pessoa como um todo). Obviamente que isto é de uma forma muito geral e obviamente que um médico não prescreve somente a medicação, o que com isto quero dizer é que a medicina é mais direcionada para tratar do problema que a pessoa tem enquanto que um enfermeiro tem como objetivo cuidar da pessoa em si, prestar-lhe os melhores cuidados possíveis para que esta se sinta bem num todo.
Quando me dizes "acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve"." não percebo se o dizes em relação ao curso ou na profissão em si... Obviamente que essa afirmação me deixa bastante frustrada, sendo eu uma aluna de enfermagem, sei bem que tanto no curso como na profissão ser Enfermeiro com "E" maiúsculo é tudo menos "leve". Contudo, o que te posso dizer, novamente, é que são profissões distintas e sendo tão distintas o curso também o é, tens somente algumas disciplinas semelhantes como por exemplo anatomia, mas de resto medicina está direcionado para uma coisa e enfermagem para outra.

Muito boa sorte para a tua escolha, mas não fiques alarmada porque ainda tens um aninho (que desde já te digo que passa a correr) para decidires aquilo que queres para a tua vida e alguma dúvida que tenhas é só dispores. :)

Outro conselho: Segue aquilo que achas que te irá fazer mais feliz e que te irá realizar enquanto pessoa.
 
  • Like
Reactions: Regina and Alexa
Olá Alexandra, antes demais tenho que te felicitar pela excelente média que tens, agora é só preciso mantê-la no ano seguinte, que acredito que consigas :D
Relativamente ao teu dilema, o meu conselho é conheceres em que consiste realmente medicina e enfermagem, porque apesar destas duas áreas trabalharem constantemente em equipa e de uma forma ou de outra dependerem uma da outra, estas têm funções bastante distintas. Uma coisa é ser médico, outra completamente diferente, é ser enfermeiro.
O médico, de uma forma geral, prescreve a medicação, enquanto um enfermeiro cuida da pessoa de uma maneira holística (vê a pessoa como um todo). Obviamente que isto é de uma forma muito geral e obviamente que um médico não prescreve somente a medicação, o que com isto quero dizer é que a medicina é mais direcionada para tratar do problema que a pessoa tem enquanto que um enfermeiro tem como objetivo cuidar da pessoa em si, prestar-lhe os melhores cuidados possíveis para que esta se sinta bem num todo.
Quando me dizes "acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve"." não percebo se o dizes em relação ao curso ou na profissão em si... Obviamente que essa afirmação me deixa bastante frustrada, sendo eu uma aluna de enfermagem, sei bem que tanto no curso como na profissão ser Enfermeiro com "E" maiúsculo é tudo menos "leve". Contudo, o que te posso dizer, novamente, é que são profissões distintas e sendo tão distintas o curso também o é, tens somente algumas disciplinas semelhantes como por exemplo anatomia, mas de resto medicina está direcionado para uma coisa e enfermagem para outra.

Muito boa sorte para a tua escolha, mas não fiques alarmada porque ainda tens um aninho (que desde já te digo que passa a correr) para decidires aquilo que queres para a tua vida e alguma dúvida que tenhas é só dispores. :)

Outro conselho: Segue aquilo que achas que te irá fazer mais feliz e que te irá realizar enquanto pessoa.

Isso foi um pouco falacioso xD e puxado para a enfermagem xD
 
  • Like
Reactions: Alexa
Olá Alexandra, antes demais tenho que te felicitar pela excelente média que tens, agora é só preciso mantê-la no ano seguinte, que acredito que consigas :D
Relativamente ao teu dilema, o meu conselho é conheceres em que consiste realmente medicina e enfermagem, porque apesar destas duas áreas trabalharem constantemente em equipa e de uma forma ou de outra dependerem uma da outra, estas têm funções bastante distintas. Uma coisa é ser médico, outra completamente diferente, é ser enfermeiro.
O médico, de uma forma geral, prescreve a medicação, enquanto um enfermeiro cuida da pessoa de uma maneira holística (vê a pessoa como um todo). Obviamente que isto é de uma forma muito geral e obviamente que um médico não prescreve somente a medicação, o que com isto quero dizer é que a medicina é mais direcionada para tratar do problema que a pessoa tem enquanto que um enfermeiro tem como objetivo cuidar da pessoa em si, prestar-lhe os melhores cuidados possíveis para que esta se sinta bem num todo.
Quando me dizes "acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve"." não percebo se o dizes em relação ao curso ou na profissão em si... Obviamente que essa afirmação me deixa bastante frustrada, sendo eu uma aluna de enfermagem, sei bem que tanto no curso como na profissão ser Enfermeiro com "E" maiúsculo é tudo menos "leve". Contudo, o que te posso dizer, novamente, é que são profissões distintas e sendo tão distintas o curso também o é, tens somente algumas disciplinas semelhantes como por exemplo anatomia, mas de resto medicina está direcionado para uma coisa e enfermagem para outra.

Muito boa sorte para a tua escolha, mas não fiques alarmada porque ainda tens um aninho (que desde já te digo que passa a correr) para decidires aquilo que queres para a tua vida e alguma dúvida que tenhas é só dispores. :)

Outro conselho: Segue aquilo que achas que te irá fazer mais feliz e que te irá realizar enquanto pessoa.
Uma coisa é certa tem de ver aquilo que gosta, o que realiza a mim não é o mesmo que ao outro!
 
  • Like
Reactions: Alexa
Isso foi um pouco falacioso xD e puxado para a enfermagem xD
Acho que não, em momento algum disse para a Alexandra escolher enfermagem ou medicina, o que lhe disse foi para conhecer ambas as áreas e só assim iria conseguir escolher o melhor para ela. :) mas claro, se sou de enfermagem é normal que fale mais de enfermagem e que conheça melhor do que se trata enfermagem do que medicina. Mas de todo que não era a minha intenção ser "puxado para a enfermagem"
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Alexa
Acho que não, em momento algum disse para a Alexandra escolher enfermagem ou medicina, o que lhe disse foi para conhecer ambas as áreas e só assim iria conseguir escolher o melhor para ela. :) mas claro, se sou de enfermagem é normal que fale mais de enfermagem e que conheça melhor do que se trata enfermagem do que medicina. Mas de todo que era a minha intenção ser "puxado para a enfermagem"
Sim, eu percebi xD
 
Uma coisa é certa tem de ver aquilo que gosta, o que realiza a mim não é o mesmo que ao outro!
Não podia estar mais de acordo contigo e foi isso que disse à Alexandra na última frase "Outro conselho: Segue aquilo que achas que te irá fazer mais feliz e que te irá realizar enquanto pessoa."
 
  • Like
Reactions: Peter
O médico, de uma forma geral, prescreve a medicação, enquanto um enfermeiro cuida da pessoa de uma maneira holística (vê a pessoa como um todo).
E o que é isso de maneira holística? É que já vi múltiplas vezes essa expressão e nunca percebi muito bem o que querem dizer...
E "o médico prescreve medicação" parece-me também uma descrição demasiado simplista..........
 
E o que é isso de maneira holística? É que já vi múltiplas vezes essa expressão e nunca percebi muito bem o que querem dizer...
E "o médico prescreve medicação" parece-me também uma descrição demasiado simplista..........
Olá Fresh off Mars :) Quanto à "expressão" que coloquei, acerca da forma como o enfermeiro cuida da pessoa, de uma forma simples de explicar: a visão holística é olhar para a pessoa como um todo, não simplesmente para uma pessoa com um braço partido ou como um cancro terminal, é ver para além disso, cuidar não só daquele braço ou daquele tumor mas sim da pessoa no seu geral, prestar-lhe cuidados de enfermagem face às suas necessidades. É olhar para a pessoa como um todo e não por partes.
Relativamente ao médico prescrever medicação, na frase logo a seguir escrevi com: "Obviamente que isto é de uma forma muito geral e obviamente que um médico não prescreve somente a medicação, o que com isto quero dizer é que a medicina é mais direcionada para tratar do problema que a pessoa". Espero ter-me feito entender.
 
Eu acho que acima de tudo tens de fazer aquilo que gostas, seja o que for. E vejo que este é o teu problema "não sabes bem o que gostas" contudo, há uma solução! As variadas faculdades oferecem oportunidades para que tu evidencies um pouco o que é o curso, por ex. a FMUL tem dias dedicados ao E. Secundário, outras têm actividades para tempos de férias! Talvez se viveres um pouco a profissão gostes mais.
Eu estou em medicina e ainda hoje medicina assusta-me ahahahahhah
Mas a ideia chave é : Faz o que TU gostas

Olá Alexandra, antes demais tenho que te felicitar pela excelente média que tens, agora é só preciso mantê-la no ano seguinte, que acredito que consigas :D
Relativamente ao teu dilema, o meu conselho é conheceres em que consiste realmente medicina e enfermagem, porque apesar destas duas áreas trabalharem constantemente em equipa e de uma forma ou de outra dependerem uma da outra, estas têm funções bastante distintas. Uma coisa é ser médico, outra completamente diferente, é ser enfermeiro.
O médico, de uma forma geral, prescreve a medicação, enquanto um enfermeiro cuida da pessoa de uma maneira holística (vê a pessoa como um todo). Obviamente que isto é de uma forma muito geral e obviamente que um médico não prescreve somente a medicação, o que com isto quero dizer é que a medicina é mais direcionada para tratar do problema que a pessoa tem enquanto que um enfermeiro tem como objetivo cuidar da pessoa em si, prestar-lhe os melhores cuidados possíveis para que esta se sinta bem num todo.
Quando me dizes "acabo por repensar e achar enfermagem um tanto mais "leve"." não percebo se o dizes em relação ao curso ou na profissão em si... Obviamente que essa afirmação me deixa bastante frustrada, sendo eu uma aluna de enfermagem, sei bem que tanto no curso como na profissão ser Enfermeiro com "E" maiúsculo é tudo menos "leve". Contudo, o que te posso dizer, novamente, é que são profissões distintas e sendo tão distintas o curso também o é, tens somente algumas disciplinas semelhantes como por exemplo anatomia, mas de resto medicina está direcionado para uma coisa e enfermagem para outra.

Muito boa sorte para a tua escolha, mas não fiques alarmada porque ainda tens um aninho (que desde já te digo que passa a correr) para decidires aquilo que queres para a tua vida e alguma dúvida que tenhas é só dispores. :)

Outro conselho: Segue aquilo que achas que te irá fazer mais feliz e que te irá realizar enquanto pessoa.

Obrigada pelas respostas (e disponibilidade)!
Gosto bastante de ler as opiniões e experiências de cada pessoa e oferecem muita informação de facto!!

Vou sobretudo procurar seguir o vosso conselho em comum e descobrir qual dos cursos é "para mim", e algo que eu goste definitivamente.
Mais uma vez, obrigada :D
 
Obrigada pelas respostas (e disponibilidade)!
Gosto bastante de ler as opiniões e experiências de cada pessoa e oferecem muita informação de facto!!

Vou sobretudo procurar seguir o vosso conselho em comum e descobrir qual dos cursos é "para mim", e algo que eu goste definitivamente.
Mais uma vez, obrigada :D
Visita faculdades, isso ajuda muito
 
  • Like
Reactions: Alexa
Olá ...
Eu gostava de saber de opiniões sobre as universidade do Algarve e de Évora..... Queria saber qual me aconselham e as principais diferenças dessas duas universidades.
Obrigada :)
 
Tenho uma questão, sendo que enfermagem é um curso politécnico, quais são as diferenças entre enfermagem no ensino politécnico e enfermagem no ensino universitário? Ou não há diferenças sem ser "o nome"? Obrigada :)