Engenharia biomédica alguém?

MaraM_

Membro Caloiro
Matrícula
26 Agosto 2023
Mensagens
7
Aloo, sou uma aluna do 11.º ano e cada vez mais penso no curso a seguir quando terminar o secundário. Tenho feito imensas pesquisas e dou-me por mim interessada no curso de engenharia biomédica no ist, gostaria de saber se alguém que frequenta o mesmo teria disponibilidade para entrar em contacto comigo e partilhar as suas experiências!
 

MaraM_

Membro Caloiro
Matrícula
26 Agosto 2023
Mensagens
7
Olá, estou no segundo ano do curso se tiveres dúvidas!
Heyy obrigada pela disponibilidade! Vou fazer uma lista para facilitar.
1 - Então primeiro de tudo tens gostado?
2 - A componente física/matemática é muito superior à da biologia certo? O que me consegues dizer acerca da sua dificuldade?
3 - Tem sido fácil gerir todas as cadeiras (que me parecem ser) tão diversificadas?
4 - No momento encontro-me precisamente entre este curso e medicina, tens colegas que passaram pelo mesmo? E se sim consegues me dizer que fator os ajudou a decidir ou mesmo se optar por engenharia biomédica os deixou realizados?
5 - O que tencionas fazer com este curso quando terminares a Licenciatura (ou mesmo posteriormente Mestrado) tendo em conta a (baixa) empregabilidade aqui em Portugal?
6 - Consideras ser um curso considerado "prestigiado" tanto em Portugal como nos restantes países da Europa?
Por enquanto é isto!
 

Kanuca

Membro
Matrícula
14 Outubro 2020
Mensagens
17
Heyy obrigada pela disponibilidade! Vou fazer uma lista para facilitar.
1 - Então primeiro de tudo tens gostado?
2 - A componente física/matemática é muito superior à da biologia certo? O que me consegues dizer acerca da sua dificuldade?
3 - Tem sido fácil gerir todas as cadeiras (que me parecem ser) tão diversificadas?
4 - No momento encontro-me precisamente entre este curso e medicina, tens colegas que passaram pelo mesmo? E se sim consegues me dizer que fator os ajudou a decidir ou mesmo se optar por engenharia biomédica os deixou realizados?
5 - O que tencionas fazer com este curso quando terminares a Licenciatura (ou mesmo posteriormente Mestrado) tendo em conta a (baixa) empregabilidade aqui em Portugal?
6 - Consideras ser um curso considerado "prestigiado" tanto em Portugal como nos restantes países da Europa?
Por enquanto é isto!

1- O primeiro ano é bastante geral, de forma a conseguires ter mais bases de engenharia, e como tal é dificil saberes com certeza se é mesmo daquele curso que gostas ao ínicio. Mas sim, passado um ano e meio posso dizer que tenho gostado bastante e que as minhas expectativas estão a ser superadas!
2- Não se posso dizer que a diferança seja assim tão grande, mas sim tens mais matemática e física. Tens 3 cálculos e álgebra linear a nível de matemática e 2 cadeiras específicas de física. Depois existem cadeiras de química e sim biologia. Como disse antes é um curso bastante geral. As cadeiras específicas sáo em teoria, praticamente todas, a nível da biologia, mas depois todas têm a sua componente de engenharia, incluindo também matemática e física. São poucas as cadeiras cujo o conteúdo seja especificamente "biológico". Também é importante referir que o curso tem uma alta componente de programação, algo que muitas vezes não é dito e que depois dos semestres serem reduzidos a períodos tornou-se mais complicado de perceber devido ao pouco tempo disponível. Relativamente à dificuldade, é algo que varia muito com as cadeiras com os professores. Os cálculos por exemplo, acho que vão ficando menos dificeis. Para mim, as piores cadeiras são as da FMUL, tanto pela dificuldade dos conteúdos, como pela carga. As cadeiras mais de biologia são geralmente de 3 créditos e tirando uma coisa ou outra não são muito complicadas, têm é muita coisa para decorar.
3- Gerir o tempo e as cadeiras, que sim, são bastante diversificadas, é a coisa mais difícil que vais ter de fazer no curso, havendo até, por vezes, a necessidade de sacrificares umas em função das outras. Vamos entrar agora em época de exames e gerir toda a matéria que vai atrasando inevitavelmente ao longo do semestre é bastante complicado. Não quero com isto dizer que é uma má escolha de todo, até porque é algo que acontece em praticamente em todos os cursos, mas o técnico tem o "problema" de ter uma maior carga na altura dos exames, por serem menos distribuídos.
4- Há bastante gente no curso que entrou como segunda opção depois de não conseguir entrar em medicina. Apesar dos nomes enganarem um pouco, os cursos são bastante diferentes. Algumas pessoas ficaram e outras voltaram a concorrer. Essa escolha tem muito a ver com escolhas e gostos pesssoais, não com nenhum aspeto que um ou outro curso possua, pelo menos na minha opinião. Se o teu objetivo é o contacto com os pacientes, a opção certa é medicina. Se te interessas mais pelo desenvolvimento por trás da medicina, o desenvolvimento das ferramentas utilizadas pelos médicos, então estás melhor em engenharia. Enquanto um se baseia no tratamento o outro baseia-se no caminho para encontrar o tratamento e a única forma de escolheres entre eles é ver qual dessas opções te dá um futuro mais realizado.
5- Apesar de possível, é um pouco complicado exercer esta profissão sem um mestrado e como tal depois da licenciatura pretendo prosseguir os estudos. Depois disso não tenho bem a certeza. Sim, infelizmente a empregabilidade em Portugal é bastante baixa, como tal é possível que a emigração tenha de entrar nos meus planos futuros se quiser continuar na área, mas também não é uma certeza. É possível ficar cá, simplesmente é um pouco complicado.
6- A engenharia biomédica é com certeza uma área em crescimento. A cada minuto o interesse cientifico aumenta e cada vez se investe mais neste tipo de investigação. Por isso sim, mesmo que de momento não se fale desta área como a mais prestigiada, esta já o é e só tem tendência para aumentar ao longo dos anos.

Se não respondi da melhor forma a alguma das tuas questões ou se tiveres mais perguntas para fazer estás à vontade!