Engenharia Biomédica ou Engenharia Química

Matrícula
15 Maio 2020
Mensagens
14
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
Bom dia, como aluna do 12ºano prestes a candidatar-me ao ensino superior estou com algumas dúvidas em relação a que curso escolher e a situação pandémica atual não tem ajudado nesta decisão. Gostava de saber de que se trata em geral a engenharia biomédica e a engenharia química (o que se faz nos cursos, saídas profissionais,...) e entre feup ou isep qual aconselham mais?
 

Pepper456

Membro Dux
Matrícula
29 Janeiro 2016
Mensagens
647
Curso
LEC
Instituição
ISEP
Bom dia, como aluna do 12ºano prestes a candidatar-me ao ensino superior estou com algumas dúvidas em relação a que curso escolher e a situação pandémica atual não tem ajudado nesta decisão. Gostava de saber de que se trata em geral a engenharia biomédica e a engenharia química (o que se faz nos cursos, saídas profissionais,...) e entre feup ou isep qual aconselham mais?
A feup nao tem biomédica (tem bioengenharia, nunca percebi o raio daquele curso, mas wtv), só o isep é que tem biomédica.
Prnt, entre feup e isep (eu sou de civil) isto é importante, uma é MI outra é 3+2. TU NÃO PRECISAS DE MESTRADO PARA EXERCER ENGENHARIA já há muito tempo, por isso uma vantagem para o isep, e tens mais flexibilidade (o MI é uma prisão).
Segundo, o ambiente, eu só recomendo a feup se fores uma pessoa muito armança e isso (a maior parte do pessoal lá tem o ego em cima, muita atenção, se não fores assim vais te dar lá muito mal, esta é a minha experiência, outra pessoa pode ter um testemunho totalmente diferente).
O isep tem um ambiente mais amigável e nós somos uma família lá basicamente.
 
  • Like
Reactions: patricia.silva15

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,009
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Prnt, entre feup e isep (eu sou de civil) isto é importante, uma é MI outra é 3+2. TU NÃO PRECISAS DE MESTRADO PARA EXERCER ENGENHARIA já há muito tempo, por isso uma vantagem para o isep, e tens mais flexibilidade (o MI é uma prisão).
O aluno no mestrado integrado pode sair ao fim dos 3 anos, e ir fazer o mestrado onde quiser, pelo que isto é nonsense.
 
Matrícula
7 Junho 2017
Mensagens
892
Curso
M. I. Engenharia Biomédica
Instituição
UNL | FCT
TU NÃO PRECISAS DE MESTRADO PARA EXERCER ENGENHARIA

"Engenharia" não se exerce propriamente como um médico exerce medicina, por exemplo. É verdade que ao fim da licenciatura podes pertencer à Ordem e ir para uma consultora. Cada um escolhe o seu percurso, mas um mestrado é sempre bastante útil caso queiras acabar numa área que exija mais especialização. Tal como foi supramencionado pelo @davis, ao fim dos 3 anos podes fazer o mestrado onde quiseres pelo que tampouco estarás restringida a uma instituição. Boa sorte, @patricia.silva15 , e não caias na desinformação que às vezes se lê por aí. Também queria dizer para não te assustares com o post que dizia mal do ambiente da FEUP, todos temos experiências diferentes e o user em questão não gostou de lá andar. Isso não quer dizer que tu não adores a instituição.
 

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,006
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Também queria dizer para não te assustares com o post que dizia mal do ambiente da FEUP, todos temos experiências diferentes e o user em questão não gostou de lá andar. Isso não quer dizer que tu não adores a instituição.

Ora nem mais, seja qual for a faculdade há sempre quem tenha boas experiências e quem tenha más.
 

ag26

Membro Veterano
Matrícula
4 Julho 2015
Mensagens
199
Curso
Bioengenharia
Instituição
FEUP/ICBAS
A feup nao tem biomédica (tem bioengenharia, nunca percebi o raio daquele curso, mas wtv), só o isep é que tem biomédica.
Prnt, entre feup e isep (eu sou de civil) isto é importante, uma é MI outra é 3+2. TU NÃO PRECISAS DE MESTRADO PARA EXERCER ENGENHARIA já há muito tempo, por isso uma vantagem para o isep, e tens mais flexibilidade (o MI é uma prisão).
Segundo, o ambiente, eu só recomendo a feup se fores uma pessoa muito armança e isso (a maior parte do pessoal lá tem o ego em cima, muita atenção, se não fores assim vais te dar lá muito mal, esta é a minha experiência, outra pessoa pode ter um testemunho totalmente diferente).
O isep tem um ambiente mais amigável e nós somos uma família lá basicamente.

Olá @patricia.silva15! Se quiseres saber que raio de curso é Bioengenharia e o lado bom de estudar na FEUP podes falar comigo pessoalmente :)
 
Matrícula
15 Maio 2020
Mensagens
14
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
"Engenharia" não se exerce propriamente como um médico exerce medicina, por exemplo. É verdade que ao fim da licenciatura podes pertencer à Ordem e ir para uma consultora. Cada um escolhe o seu percurso, mas um mestrado é sempre bastante útil caso queiras acabar numa área que exija mais especialização. Tal como foi supramencionado pelo @davis, ao fim dos 3 anos podes fazer o mestrado onde quiseres pelo que tampouco estarás restringida a uma instituição. Boa sorte, @patricia.silva15 , e não caias na desinformação que às vezes se lê por aí. Também queria dizer para não te assustares com o post que dizia mal do ambiente da FEUP, todos temos experiências diferentes e o user em questão não gostou de lá andar. Isso não quer dizer que tu não adores a instituição.
Obrigada :)
 

Rui Matias

Membro
Matrícula
20 Abril 2016
Mensagens
25
Curso
Engenharia Química
Instituição
FEUP
Bom dia, como aluna do 12ºano prestes a candidatar-me ao ensino superior estou com algumas dúvidas em relação a que curso escolher e a situação pandémica atual não tem ajudado nesta decisão. Gostava de saber de que se trata em geral a engenharia biomédica e a engenharia química (o que se faz nos cursos, saídas profissionais,...) e entre feup ou isep qual aconselham mais?

Há uns anos andava nestes foruns e havia muito essa dúvida... Pelo que percebi o geral é este:
1)faculdade é mais teórico e politécnico é mais prático. Acredito que aprendas mais facilmente com parte mais prática, agora se aprendes mais? Acho que não... Eu divido casa com um amigo que estuda no isep no mesmo curso que eu (sou da feup) e reparo que ele sai das aulas com mais facilidade do que eu. Agora, a diferença é que a ele ensinaram-lhe como se fazem contas de somar fazendo 1000 contas de somar. Na faculdade, ensinam-te teóricamente como somar e tu aprendes como fazer, como pensar e depois podes passar isso para multiplicações (exemplo muito parvo mas deve dar +/- para perceber). Não estou a dizer que é melhor ou pior... Provavelmente na empresa onde vais trabalhar 99% das contas que vais fazer são de somar, mas há aquele extra que faz a diferença entre ser banal ou ser bom.

2)sobre feup e isep em si. É assim, as turmas são grandes... Há malta muito fixe, há malta não tão fixe... É como tudo. Aposto que não te davas da tua escola inteira... Eu dou-me perfeitamente com os amigos dop meu companheiro de casa do isep e eles com os meus... Se calhar são eles que são as unicas pessoas "armadas" do ISEP ou o meu grupo é o único chill da FEUP... :D

3) Sobre o mestrado integrado. Eles agora vão ser obrigados por lei a acabar com os MI, portanto vão ser todos 3+2 anos. A diferença dos cursos, como estão é que as universidades (que oferecem MI) acham que não consegues ser engenheiro em 3 anos e precisas dos 5, então os 3 primeiros anos são de cadeiras mais gerais da tua engenharia e os ultimos dois mais específico no teu ramo ( já falo mais um bocadinho disso). Os politécnicos que só oferecem 3 acham que conseguem dar a formação necessária em 3 anos... Para veres qual achas melhor é bom pores-te no lugar do patrão... Qual contratarias se fosses tu a mandar?

4) Bio e Quimica que era a parte principal: Há um curso mesmo na feup só destinado à bioengenharia mas não sou o indicado para te falar dela. Quanto a E.Q, ao fim dos 3 primeiros anos podes escolher entre 3 ramos/mestrados (acho que até vão ser 4 mas não interessa muito): Processo e Produto (EQ pura e dura que é mais direcionada para a produção fabril e todo o processo que a fábrica faz da matéria prima ao produto); Energia e ambiente ( o nome é explicito o suficiente xD... Acho que é este que vão separar em -Energia- e -Ambiente-) e por último biotecnologia que é mais voltado para processos biológicos. Este ramo até é maioritariamente dado em conjunto com a malta de bioengenharia... Aliás, há uma ou cadeira dos primeiros 3 anos que também são partilhados. Deixo aqui um link e lá no meio está a descrição de todos: FEUP - Mestrado Integrado em Engenharia Química


Tentei ser o menos tendencioso possível mas nem sempre é fácil porque estes foram os critérios que usei para a minha escolha... O resto foi o que adquiri tanto a ser aluno da feup como a viver com um aluno do isep. Honestamente, ambas são muito bem cotadas por qualquer empresa. Uma vez um empregador numa feira disse-me uma frase interessante sobre este tema: "Precisas de saber o que queres mostrar... Que sabes resolver muito bem quase tudo e que consegues manter a empresa a trabahar ou que és capaz de mudar e melhorar a empresa".

Alguma dúvida podes avisar, tanto da feup como do isep ( que falo com o meu colega de casa e tenho a certeza que ele adorava ajudar-te). Se quiseres saber mais sobre bioengenharia na feup posso dar-te o contacto ou assim de alguém de lá.
 
  • Like
Reactions: InessCostaa
Matrícula
15 Maio 2020
Mensagens
14
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
Há uns anos andava nestes foruns e havia muito essa dúvida... Pelo que percebi o geral é este:
1)faculdade é mais teórico e politécnico é mais prático. Acredito que aprendas mais facilmente com parte mais prática, agora se aprendes mais? Acho que não... Eu divido casa com um amigo que estuda no isep no mesmo curso que eu (sou da feup) e reparo que ele sai das aulas com mais facilidade do que eu. Agora, a diferença é que a ele ensinaram-lhe como se fazem contas de somar fazendo 1000 contas de somar. Na faculdade, ensinam-te teóricamente como somar e tu aprendes como fazer, como pensar e depois podes passar isso para multiplicações (exemplo muito parvo mas deve dar +/- para perceber). Não estou a dizer que é melhor ou pior... Provavelmente na empresa onde vais trabalhar 99% das contas que vais fazer são de somar, mas há aquele extra que faz a diferença entre ser banal ou ser bom.

2)sobre feup e isep em si. É assim, as turmas são grandes... Há malta muito fixe, há malta não tão fixe... É como tudo. Aposto que não te davas da tua escola inteira... Eu dou-me perfeitamente com os amigos dop meu companheiro de casa do isep e eles com os meus... Se calhar são eles que são as unicas pessoas "armadas" do ISEP ou o meu grupo é o único chill da FEUP... :D

3) Sobre o mestrado integrado. Eles agora vão ser obrigados por lei a acabar com os MI, portanto vão ser todos 3+2 anos. A diferença dos cursos, como estão é que as universidades (que oferecem MI) acham que não consegues ser engenheiro em 3 anos e precisas dos 5, então os 3 primeiros anos são de cadeiras mais gerais da tua engenharia e os ultimos dois mais específico no teu ramo ( já falo mais um bocadinho disso). Os politécnicos que só oferecem 3 acham que conseguem dar a formação necessária em 3 anos... Para veres qual achas melhor é bom pores-te no lugar do patrão... Qual contratarias se fosses tu a mandar?

4) Bio e Quimica que era a parte principal: Há um curso mesmo na feup só destinado à bioengenharia mas não sou o indicado para te falar dela. Quanto a E.Q, ao fim dos 3 primeiros anos podes escolher entre 3 ramos/mestrados (acho que até vão ser 4 mas não interessa muito): Processo e Produto (EQ pura e dura que é mais direcionada para a produção fabril e todo o processo que a fábrica faz da matéria prima ao produto); Energia e ambiente ( o nome é explicito o suficiente xD... Acho que é este que vão separar em -Energia- e -Ambiente-) e por último biotecnologia que é mais voltado para processos biológicos. Este ramo até é maioritariamente dado em conjunto com a malta de bioengenharia... Aliás, há uma ou cadeira dos primeiros 3 anos que também são partilhados. Deixo aqui um link e lá no meio está a descrição de todos: FEUP - Mestrado Integrado em Engenharia Química


Tentei ser o menos tendencioso possível mas nem sempre é fácil porque estes foram os critérios que usei para a minha escolha... O resto foi o que adquiri tanto a ser aluno da feup como a viver com um aluno do isep. Honestamente, ambas são muito bem cotadas por qualquer empresa. Uma vez um empregador numa feira disse-me uma frase interessante sobre este tema: "Precisas de saber o que queres mostrar... Que sabes resolver muito bem quase tudo e que consegues manter a empresa a trabahar ou que és capaz de mudar e melhorar a empresa".

Alguma dúvida podes avisar, tanto da feup como do isep ( que falo com o meu colega de casa e tenho a certeza que ele adorava ajudar-te). Se quiseres saber mais sobre bioengenharia na feup posso dar-te o contacto ou assim de alguém de lá.
Olá! desde já muito obrigada por todos os tópicos esclarecidos! Já que és de eng química da FEUP, será que me podias falar um pouco mais do curso? é que tenho pesquisado bastante mas sinto que ainda não sei o que quero saber
 

Rui Matias

Membro
Matrícula
20 Abril 2016
Mensagens
25
Curso
Engenharia Química
Instituição
FEUP
Olá! desde já muito obrigada por todos os tópicos esclarecidos! Já que és de eng química da FEUP, será que me podias falar um pouco mais do curso? é que tenho pesquisado bastante mas sinto que ainda não sei o que quero saber

Bem, vou tentar ser curto que se não o texto fica ainda maior que o outro xD.
EQ é muito conhecida como uma "engenharia de banda larga" porque se faz de tudo um pouco. "A Engenharia Química tem uma vasta aplicação, sendo mesmo considerada uma “engenharia universal” devido à combinação de várias áreas. Desde a biologia, física, química, matemática, informática, etc. ". Se fores ver o plano curricular, nos primeiros 3 anos temos cadeiras de química orgânica, química geral, física (mecânica e eletromagnetismo), estatística, biologia, desenho técnico, matemática, matemática, físicas disfarçadas, matemática e mais físicas disfarçadas. O obejtivo é darem-te ferramentas para poderes fazer muitas coisas.
O objetivo principal é trabalhares numa fábrica e seres capaz de entender o processo que essa fábrica usa, as máquinas por onde as coisas passam, porque é que usa aquela temperatura, aquela pressão, aqueles reagentes, etc e, se puderes, mudar o processo de algum modo para sair mais barato à empresa. Por exemplo, imagina que queres produzir X a partir de Y que passa por duas máquinas a 800ºC. Se arranjares um processo que só use uma máquina a 200ºC poupaste dinheiro à empresa. Há quem fique responsável por controlo dos processos e fica a ver se as máquinas estão a trabalhar como deve ser, à temperatura que queres, à pressão que queres e alteram o processo conforme seja melhor ou pior na altura. Mas isto é o ramo da EQ pura e dura e corresponde ao ramo de mestrado de "Processo e Produto".
Tudo vai depender do ramo que queres seguir e o que queres fazer. Mesmo deste ramo que te falei agora, podes trabalhar numa refinaria de petróleo, numa farmacêutica, numa fábrica alimentar, etc. Basicamente, onde quer que haja produção é sítio para ti :P
Este é, pelo menos o ramo que mais conheço porque é o que quero mas há outros 2/3 (agora vão dividir um por isso não sei bem como vai funcionar): Tens ainda Energia e Ambiente (vão dividir em energia + ambiente ) e biotecnologia
Biotecnologia é mais virados para processos biológicos e se quiseres trabalhar com isso é o indicado.
Energia e Ambiente é mais voltado para o tratamento de resíduos ou processos energéticos da empresa.
Mas é como te disse, tu com o curso podes fazer milhares de coisas. Tenho um amigo que acabou o curso que está a fazer investigação na faculdade, outro está também a fazer investigação mas numa empresa, outro trabalha mais com o marketing (ainda gostava de saber como foi lá parar xD) e outro está como project management (está a liderar uma equipa dentro da empresa e a falar com clientes, fornecedores, etc). Como vez, a versatilidade que o curso de te dá permite-te escolher o que queres fazer.
Vou-te dar o meu exemplo. Quando estava a candidatar-me, estava indeciso entre Gestão e EQ mas acabei por escolher EQ porque sabia que quando acabasse o curso podia fazer o trabalho de gestor ( há muita gente a ir para esses cargos) e como gestor nunca faria o trabalho de engenheiro.
Sorry pelo tamanho outra vez mas muito mais podia ter sido dito. Mais alguma coisa ou algo que não tenha explicado bem avisa
 
Matrícula
15 Maio 2020
Mensagens
14
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
Bem, vou tentar ser curto que se não o texto fica ainda maior que o outro xD.
EQ é muito conhecida como uma "engenharia de banda larga" porque se faz de tudo um pouco. "A Engenharia Química tem uma vasta aplicação, sendo mesmo considerada uma “engenharia universal” devido à combinação de várias áreas. Desde a biologia, física, química, matemática, informática, etc. ". Se fores ver o plano curricular, nos primeiros 3 anos temos cadeiras de química orgânica, química geral, física (mecânica e eletromagnetismo), estatística, biologia, desenho técnico, matemática, matemática, físicas disfarçadas, matemática e mais físicas disfarçadas. O obejtivo é darem-te ferramentas para poderes fazer muitas coisas.
O objetivo principal é trabalhares numa fábrica e seres capaz de entender o processo que essa fábrica usa, as máquinas por onde as coisas passam, porque é que usa aquela temperatura, aquela pressão, aqueles reagentes, etc e, se puderes, mudar o processo de algum modo para sair mais barato à empresa. Por exemplo, imagina que queres produzir X a partir de Y que passa por duas máquinas a 800ºC. Se arranjares um processo que só use uma máquina a 200ºC poupaste dinheiro à empresa. Há quem fique responsável por controlo dos processos e fica a ver se as máquinas estão a trabalhar como deve ser, à temperatura que queres, à pressão que queres e alteram o processo conforme seja melhor ou pior na altura. Mas isto é o ramo da EQ pura e dura e corresponde ao ramo de mestrado de "Processo e Produto".
Tudo vai depender do ramo que queres seguir e o que queres fazer. Mesmo deste ramo que te falei agora, podes trabalhar numa refinaria de petróleo, numa farmacêutica, numa fábrica alimentar, etc. Basicamente, onde quer que haja produção é sítio para ti :P
Este é, pelo menos o ramo que mais conheço porque é o que quero mas há outros 2/3 (agora vão dividir um por isso não sei bem como vai funcionar): Tens ainda Energia e Ambiente (vão dividir em energia + ambiente ) e biotecnologia
Biotecnologia é mais virados para processos biológicos e se quiseres trabalhar com isso é o indicado.
Energia e Ambiente é mais voltado para o tratamento de resíduos ou processos energéticos da empresa.
Mas é como te disse, tu com o curso podes fazer milhares de coisas. Tenho um amigo que acabou o curso que está a fazer investigação na faculdade, outro está também a fazer investigação mas numa empresa, outro trabalha mais com o marketing (ainda gostava de saber como foi lá parar xD) e outro está como project management (está a liderar uma equipa dentro da empresa e a falar com clientes, fornecedores, etc). Como vez, a versatilidade que o curso de te dá permite-te escolher o que queres fazer.
Vou-te dar o meu exemplo. Quando estava a candidatar-me, estava indeciso entre Gestão e EQ mas acabei por escolher EQ porque sabia que quando acabasse o curso podia fazer o trabalho de gestor ( há muita gente a ir para esses cargos) e como gestor nunca faria o trabalho de engenheiro.
Sorry pelo tamanho outra vez mas muito mais podia ter sido dito. Mais alguma coisa ou algo que não tenha explicado bem avisa
Muito obrigada mais uma vez!! Foi uma enorme ajuda :)
 

LetíciaPedrosa

Membro Caloiro
Matrícula
4 Julho 2020
Mensagens
7
Curso
Biotecnologia
Olá!! 🙂
Acabei a minha licenciatura em Biotecnologia e pretendo ingressar num mestrado.
Os mestrados que me suscitam mais interesse são Engenharia Farmacêutica e Qualidade Alimentar e Saúde, na faculdade de farmácia da universidade de Lisboa.
Para tomar uma decisão e escolher qual o curso que melhor me preenche, precisava de obter algum feeedback por parte de quem já frequentou estes mestrados.
Se alguém me poder ajudar e me conseguir falar um pouquinho do curso, a nível de ensino, cadeiras, empregabilidade, etc, seria ótimo.
Obrigado!
 

MariaF13

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2019
Mensagens
5
Olá, terminei este ano o 1º ano de Engenharia Quimica na universidade de coimbra. No entanto quando me candidatei a minha 1ª opção era engenharia biomédica. Estou indecisa de continuo o curso ou se tento novamente entrar em eng biomedica. Gostava de saber se é possível com engenharia quimíca trabalhar na area da biotecnologia ou se poderia tirar algum mestrado que fosse mais virado para essa área. Sendo que ainda nao tenho a certeza se é msm esta a area que quero trabalhar tenho receio de me candidatar a eng biomedica e acabar por ser algo q afinal não goste tanto e penso que eng quimica tem uma maior variedade de áreas em q possa trabalhar e acho q a empregabilidade também é alta.
Também pensei em continuar com engenharia quimíca mas fazer um mestrado em biotecnologias, sendo que em coimbra não é uma das opções de especialização do curso. (existe biossistemas mas penso que n seja a msm coisa?), seria possível? seria engenheira na msm?
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Lavalise

MariaF13

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2019
Mensagens
5
Olá, terminei este ano o 1º ano de Engenharia Quimica na universidade de coimbra. No entanto quando me candidatei a minha 1ª opção era engenharia biomédica. Estou indecisa de continuo o curso ou se tento novamente entrar em eng biomedica. Gostava de saber se é possível com engenharia quimíca trabalhar na area da biotecnologia ou se poderia tirar algum mestrado que fosse mais virado para essa área. Sendo que ainda nao tenho a certeza se é msm esta a area que quero trabalhar tenho receio de me candidatar a eng biomedica e acabar por ser algo q afinal não goste tanto e penso que eng quimica tem uma maior variedade de áreas em q possa trabalhar e acho q a empregabilidade também é alta.
Também pensei em continuar com engenharia quimíca mas fazer um mestrado em biotecnologias, sendo que em coimbra não é uma das opções de especialização do curso. (existe biossistemas mas penso que n seja a msm coisa?), seria possível? seria engenheira na msm?
 

Mymelo

Membro Dux
Matrícula
21 Novembro 2017
Mensagens
878
Curso
Engenharia Química
Instituição
IST
Olá, terminei este ano o 1º ano de Engenharia Quimica na universidade de coimbra. No entanto quando me candidatei a minha 1ª opção era engenharia biomédica. Estou indecisa de continuo o curso ou se tento novamente entrar em eng biomedica. Gostava de saber se é possível com engenharia quimíca trabalhar na area da biotecnologia ou se poderia tirar algum mestrado que fosse mais virado para essa área. Sendo que ainda nao tenho a certeza se é msm esta a area que quero trabalhar tenho receio de me candidatar a eng biomedica e acabar por ser algo q afinal não goste tanto e penso que eng quimica tem uma maior variedade de áreas em q possa trabalhar e acho q a empregabilidade também é alta.
Também pensei em continuar com engenharia quimíca mas fazer um mestrado em biotecnologias, sendo que em coimbra não é uma das opções de especialização do curso. (existe biossistemas mas penso que n seja a msm coisa?), seria possível? seria engenheira na msm?
Olá, eu também sou do curso de Engenharia Química, mas no IST e conheço um pouco da área da biotecnologia, portanto talvez consiga ajudar-te.

A Biotecnologia é importante em várias áreas como a Indústria Alimentar, Farmacêutica e Ambiental que, como deves saber, são áreas de atuação da Engenharia Química, aliás em cursos de Engenharia Química até há uma certa formação em Biotecnologia, mas mais voltada para o lado industrial (que deve ser a especialização em Biossistemas que aparece no teu plano curricular). Em cursos de Biotecnologia é comum encontrar-se cadeiras da área da Engenharia Química exatamente devido a esta vertente industrial da Biotecnologia. Se quisesses trabalhar numa vertente mais industrial da Biotecnologia eu diria que é possível através do curso de Engenharia Química e com essa espcialização.
No entanto, se o que procuras é uma vertente mais laboratorial e de investigação na área da biotecnologia, então diria que Engenharia Química não é uma boa ideia.

Em relação a Engenharia Biomédica não te consigo ajudar muito visto que não conheço assim muita coisa do curso, só sei que junta as ciências da saúde e a física e pode-se trabalhar em áreas como imagiologia, biossinais, engenharia de tecidos e dispositivos médicos. Se alguma destas coisas te desperta interesse então seria uma hipótese a considerar, mas de biotecnologia não tem muito.

Em relação à hipótese de fazeres um mestrado em Biotecnologia, é possível e no IST há um mestrado em Biotecnologia onde te podes focar em áreas como: engenharia de células e tecidos, microbiologia celular e molecular, bioinformática, genómica funcional, ambiente e indústrias da área da biologia. Este mestrado, segundo o site to IST aqui diz que aceita alunos das áreas de Biologia, Química, Engenharia e Bioquímica, portanto diria que talvez seja possível ingressares num mestrado na área da Biotecnologia caso queiras.
Caso tirasses um mestrado em Biotecnologia não serias Engenheira, uma vez que não tens um mestrado na área da Engenharia.
 

MariaF13

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2019
Mensagens
5
Olá, eu também sou do curso de Engenharia Química, mas no IST e conheço um pouco da área da biotecnologia, portanto talvez consiga ajudar-te.

A Biotecnologia é importante em várias áreas como a Indústria Alimentar, Farmacêutica e Ambiental que, como deves saber, são áreas de atuação da Engenharia Química, aliás em cursos de Engenharia Química até há uma certa formação em Biotecnologia, mas mais voltada para o lado industrial (que deve ser a especialização em Biossistemas que aparece no teu plano curricular). Em cursos de Biotecnologia é comum encontrar-se cadeiras da área da Engenharia Química exatamente devido a esta vertente industrial da Biotecnologia. Se quisesses trabalhar numa vertente mais industrial da Biotecnologia eu diria que é possível através do curso de Engenharia Química e com essa espcialização.
No entanto, se o que procuras é uma vertente mais laboratorial e de investigação na área da biotecnologia, então diria que Engenharia Química não é uma boa ideia.

Em relação a Engenharia Biomédica não te consigo ajudar muito visto que não conheço assim muita coisa do curso, só sei que junta as ciências da saúde e a física e pode-se trabalhar em áreas como imagiologia, biossinais, engenharia de tecidos e dispositivos médicos. Se alguma destas coisas te desperta interesse então seria uma hipótese a considerar, mas de biotecnologia não tem muito.

Em relação à hipótese de fazeres um mestrado em Biotecnologia, é possível e no IST há um mestrado em Biotecnologia onde te podes focar em áreas como: engenharia de células e tecidos, microbiologia celular e molecular, bioinformática, genómica funcional, ambiente e indústrias da área da biologia. Este mestrado, segundo o site to IST aqui diz que aceita alunos das áreas de Biologia, Química, Engenharia e Bioquímica, portanto diria que talvez seja possível ingressares num mestrado na área da Biotecnologia caso queiras.
Caso tirasses um mestrado em Biotecnologia não serias Engenheira, uma vez que não tens um mestrado na área da Engenharia.

De facto acho que estaria mais interessada numa vertente de laboratorio em vez de industrial. Estive a pesquisar e encontrei um mestrado em engenharia biomédica no porto e também tive conhecimento de uma rapariga que estava em engenharia biológica no técnico e quando chegou a parte do mestrado mudou para engenharia biomédica (mestrado). Seria então uma possibilidade fazer o mestrado em engenharia biomédica continuando agora em engenharia quimica? seria assim possível trabalhar numa área mais de sáude e com a vertente laboratorial, sendo engenheira na msm
 
Última edição:

Mymelo

Membro Dux
Matrícula
21 Novembro 2017
Mensagens
878
Curso
Engenharia Química
Instituição
IST
De facto acho que estaria mais interessada numa vertente de laboratorio em vez de industrial. Estive a pesquisar e encontrei um mestrado em engenharia biomédica no porto e também tive conhecimento de uma rapariga que estava em engenharia biológica no técnico e quando chegou a parte do mestrado mudou para engenharia biomédica (mestrado). Seria então uma possibilidade fazer o mestrado em engenharia biomédica continuando agora em engenharia quimica? seria assim possível trabalhar numa área mais de sáude e com a vertente laboratorial, sendo engenheira na msm

Por acaso, também considero optar pelo mestrado em Engenharia Biomédica no final da Licenciatura. Do que sei, no IST é possível fazer tal mudança dada a natureza do concurso a Mestrado no IST onde se ponderam a afinidade entre a licenciatura e mestrado, média de final de curso e instituição onde se fez a licenciatura com as respetivas percentagens 40%, 30% e 30%. Dada a proximidade entre Engenharia Biológica e Engenharia Química eu diria que é possível tal transição ser feita. No entanto, não sei como é que funciona o concurso a Mestrado na instituição onde viste esse mestrado, portanto não te consigo dar garantias, mas suponho que seja possível.

Tenta mandar um email ao coordenador do Mestrado e pergunta se aceitam alunos que venham de Engenharia Química da tua instituição.

E sim, tendo uma licenciatura em Engenharia Química e mestrado em Engenharia Biomédica serias engenheira, porque tinhas licenciatura e mestrado em Engenharia.
 

MariaF13

Membro Caloiro
Matrícula
21 Outubro 2019
Mensagens
5
Por acaso, também considero optar pelo mestrado em Engenharia Biomédica no final da Licenciatura. Do que sei, no IST é possível fazer tal mudança dada a natureza do concurso a Mestrado no IST onde se ponderam a afinidade entre a licenciatura e mestrado, média de final de curso e instituição onde se fez a licenciatura com as respetivas percentagens 40%, 30% e 30%. Dada a proximidade entre Engenharia Biológica e Engenharia Química eu diria que é possível tal transição ser feita. No entanto, não sei como é que funciona o concurso a Mestrado na instituição onde viste esse mestrado, portanto não te consigo dar garantias, mas suponho que seja possível.

Tenta mandar um email ao coordenador do Mestrado e pergunta se aceitam alunos que venham de Engenharia Química da tua instituição.

E sim, tendo uma licenciatura em Engenharia Química e mestrado em Engenharia Biomédica serias engenheira, porque tinhas licenciatura e mestrado em Engenharia.

Muito Obrigada pela ajuda 😊
 

RitaBarros

Membro Caloiro
Matrícula
28 Abril 2021
Mensagens
2
Olá a todas/os.
Gostaria de saber em que consiste o curso de engenharia biomédica, principalmente que profissão se pode exercer no final do curso. O que faz exatamente um engenheiro biomédico? (Diz-se assim? Só agora li sobre o curso, acho que nunca conheci nenhum).
Não me revejo em trabalhar "para sempre" num laboratório, nem em investigação.
Também ponderei ciências biomedicas laboratoriais mas por causa da perspetiva de futuro (trabalho em laboratorios) acho que não é boa escolha para mim.
Por outro lado, há a engenharia quimica. Eu gosto de quimica e de matemática. Mas também não sei bem que profissão poderia ter no futuro. Trabalhar numa empresa de produtos quimicos ou de tintas é opção para quem segue EQ?
Quando falo em engenharias os meus pais e conhecidos "empurram-me" para engenharia informática que é o que está a dar melhor, dizem eles e eu nem é por não me ver a trabalhar nisso, a questão é que nunca fui muito dada a computadores e assim, só mesmo numa de fazer trabalhos e jogar, por isso acho que não ia conseguir acompanhar. Todos os que conheço que foram ou querem ir para informatica, são aqueles que desde sempre fizeram "tudo" nos computadores, eles falam nomes e termos que eu não percebo nada. Podia começar do zero no curso ou é arriscado?
Desculpem o testamento e sei que a decisão é minha, mas ouvir opiniões de pessoas de fora e de pessoas que possam estar nessas areas era muito bom para me ajudar.
Obrigada.
 

JoannaSF

Membro
Matrícula
19 Agosto 2020
Mensagens
30
Curso
Bioengenharia
Instituição
FEUP/ ICBAS
Olá, vou tentar dar uma ajuda mas agradeço se alguém quiser complementar e corrigir a minha informação :):

O que faz exatamente um engenheiro biomédico?

Um engenheiro biomédico, a meu entender, está apto para desenvolver equipamento hospitalar, sistemas de diagnóstico, próteses, projetos na área da bioinformática, engenharia de tecidos, entre outros. Basicamente, eu penso que um engenheiro biomédico aplica os princípios da engenharia, física, programação, eletrotecnia, etc à biomedicina, para aplicações médicas mas não só (por exemplo, se pensares em dispositivos do teu dia a dia que usam a tua impressão digital, medem a tua frequência cardíaca e envolvem outros sinais fisiológicos, o engenheiro biomédico terá feito parte da equipa de profissionais de várias áreas que desenvolveu esse produto).

Não me revejo em trabalhar "para sempre" num laboratório, nem em investigação.

Sim, eu diria que engenharia biomédica está muito ligada a investigação. Mas não é apenas em investigação de laboratório, mas também uma investigação mais aplicada, pois para desenvolver um novo equipamento ou produto, é necessária investigação, mas não vais para um laboratório tentar criar um equipamento :) (eu pelo menos associava investigação apenas a laboratório e a "descobrir coisas", mas também podes criar coisas, fora do laboratório e do meio académico). Também há algumas saídas fora da investigação, como por exemplo manutenção de equipamento hospitalar.

Trabalhar numa empresa de produtos quimicos ou de tintas é opção para quem segue EQ?

Eu não sou da área, mas sim, diria que essas são saídas de engenharia química. Engenharia química é muito ligada à indústria.

Podia começar do zero no curso ou é arriscado?

Again, não sou da área, mas diria que definitivamente sim. Se fazes trabalhos e jogas diria que tens um mínimo de literacia digital. Essa literacia pode ser desenvolvida ao longo do curso. É um curso que tem muita física, matemática e programação, não é sobre atalhos de teclado (mas dão jeito hehehe). Eu tive e tenho aulas de programação e é algo que podes começar do zero, quanto às outras precisas das bases do secundário como seria de esperar. Segundo me disseram, há pessoas que até se dão bastante bem com computadores mas depois não são boas em programação, e por isso não se dão muito bem no curso. Por isso, em suma, acho que podes começar do zero, mas claro que só te recomendo isso se gostares e não por pressões externas ;).

Espero ter ajudado e espero não ter dado informações erradas, se sim alguém me corrija please :^)