UMinho Engenharia de Polímeros - UMinho

franscisco55

Membro
Matrícula
21 Julho 2017
Mensagens
71
Olá Francisco. Sim, conheço bem MIEM. A opinião que tenho é boa. Vou fazer um apanhado sobre mecânica na UM:

Pontos favor:
- Curso mais recente do que na FEUP e no IST, com professores mais acessíveis e mais flexíveis;
- Boas instalações, as instalações na UM em Guimarães são recentes com uma nova biblioteca o que é uma grande mais-valia;
- Média de entrada mais baixa do que na FEUP ou no IST, apesar de não saber a tua média pode facilitar acesso, poderá ser mais fácil destacares-te na UM do que nas mais antigas em Lisboa e Porto.

Desvantagens:
- Cidade de Guimarães tem pouco espírito académico, é um meio social mais pequeno, quando comparado com Porto, Braga ou Lisboa;
- Poderá ter um pouco menos de prestígio do que na FEUP ou no IST.

Se tivesse média colocava a FEUP ou o IST nas minhas primeiras opções, se as questões do alojamento ou média não conseguisse ir para lá, colocava a UM a seguir. Mas o curso depende de ti e de como enfrentas o curso. Já tive casos em que gostaram do curso e outras pessoas que não se adaptaram tão bem. Tanto num curso como noutro, convém levar a matemática e a físico-química bem sabida do secundário e uma grande vontade de aprender e de trabalhar todos os dias durante 5 anos, mas há tempo para tudo, para as festas e para trabalhar quando tem de ser. Se tiveres mais questões, podes dizer.
Muito obrigado! Nem sabes como me tens ajudado. Devido a fatores económicos a UM será a universidade que vou ingressar. Só mais uma questão, o que faz um engenheiro de polímeros/ou mecânico no seu dia a dia dia no seu emprego?
 
Última edição:
  • Like
Reactions: António Gomes

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
240
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Muito obrigado! Nem sabes como me tens ajudado. Devido a fatores económicos a UM será a universidade que vou ingressar. Só mais uma questão, o que faz um engenheiro de polímeros/ou mecânico no seu dia a dia dia no seu emprego?
Olá Franciso. Eu quando tinha 18 anos, não sabia nada, mas mesmo nada, sobre engenharia nem tão pouco o que fazia um engenheiro no dia-a-dia, portanto sei bem o que é ter 18 anos e ter uma montanha de dúvidas e de expectativas.

Normalmente, digo normalmente porque existem muitos engenheiros mecânicos ou polímeros que trabalham a dar formação, a lecionar nas universidades e a fazer investigação, mas a maioria trabalha em fábricas. Existem fábricas bem geridas e fábricas que pararam no tempo. Dependendo do setor, podes trabalhar a desenvolver produtos, por exemplo, no software solidworks, a desenhar peças, ou máquinas e fazer o desenho técnico para ser fabricado. Depois podes trabalhar na produção, a controlar as máquinas e a definir se o produto está conforme o especificado, ou trabalhar na qualidade a implementar as normas que uma fábrica tem de cumprir em cada setor onde tem mercado. O trabalho depende da fábrica e do local onde trabalhas, mas se fores para uma boa empresa e a fazer um bom trabalho, eu diria que vale bem tirares o curso e tens boas condições.

Eu escolhia mecânica ou polímeros, pelas seguintes razões: 1) Tens boas bases a matemática e física? 2) És metódico e organizado? 3) Tens curiosidade em perceber como funcionam as máquinas, ou como são fabricados os produtos que nos rodeiam? 4) Tens boa ginástica mental e vontade de trabalhar todos os dias e até em aprender sozinho? 5) Gostas de computadores, excel e access principalmente, alguma programação e desenho técnico e assistido por computador (vê no youtube como é trabalhar com o solidworks, e vê se gostas ou te parece interessante)? 6) Sempre sonhaste em ser engenheiro?
Se a tua resposta a estas 6 questões for positiva, então estás no curso certo. :)
 
  • Like
Reactions: franscisco55

franscisco55

Membro
Matrícula
21 Julho 2017
Mensagens
71
Olá Franciso. Eu quando tinha 18 anos, não sabia nada, mas mesmo nada, sobre engenharia nem tão pouco o que fazia um engenheiro no dia-a-dia, portanto sei bem o que é ter 18 anos e ter uma montanha de dúvidas e de expectativas.

Normalmente, digo normalmente porque existem muitos engenheiros mecânicos ou polímeros que trabalham a dar formação, a lecionar nas universidades e a fazer investigação, mas a maioria trabalha em fábricas. Existem fábricas bem geridas e fábricas que pararam no tempo. Dependendo do setor, podes trabalhar a desenvolver produtos, por exemplo, no software solidworks, a desenhar peças, ou máquinas e fazer o desenho técnico para ser fabricado. Depois podes trabalhar na produção, a controlar as máquinas e a definir se o produto está conforme o especificado, ou trabalhar na qualidade a implementar as normas que uma fábrica tem de cumprir em cada setor onde tem mercado. O trabalho depende da fábrica e do local onde trabalhas, mas se fores para uma boa empresa e a fazer um bom trabalho, eu diria que vale bem tirares o curso e tens boas condições.

Eu escolhia mecânica ou polímeros, pelas seguintes razões: 1) Tens boas bases a matemática e física? 2) És metódico e organizado? 3) Tens curiosidade em perceber como funcionam as máquinas, ou como são fabricados os produtos que nos rodeiam? 4) Tens boa ginástica mental e vontade de trabalhar todos os dias e até em aprender sozinho? 5) Gostas de computadores, excel e access principalmente, alguma programação e desenho técnico e assistido por computador (vê no youtube como é trabalhar com o solidworks, e vê se gostas ou te parece interessante)? 6) Sempre sonhaste em ser engenheiro?
Se a tua resposta a estas 6 questões for positiva, então estás no curso certo. :)
Obrigado pela resposta longa e pelas dicas!
Mensagem fundida automaticamente:

Obrigado pela resposta longa e pelas dicas!
Bem, desculpa por te estar a "chatear tanto" mas já que pareces ter um conhecimento dos cursos de engenharia, sabes dizer me alguma coisa sobre Engenharia Eletrônica Industrial na UM?
 
Última edição:
  • Like
Reactions: António Gomes

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
240
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Obrigado pela resposta longa e pelas dicas!
Mensagem fundida automaticamente:


Bem, desculpa por te estar a "chatear tanto" mas já que pareces ter um conhecimento dos cursos de engenharia, sabes dizer me alguma coisa sobre Engenharia Eletrônica Industrial na UM?
Conheço bem mecânica, EGI e materiais porque é da minha área, eletrónica não conheço tão bem. Mas deve ter bastante programação, e automação industrial e também computadores, o melhor é pedires a alguém que frequente o curso.
 

franscisco55

Membro
Matrícula
21 Julho 2017
Mensagens
71
Conheço bem mecânica, EGI e materiais porque é da minha área, eletrónica não conheço tão bem. Mas deve ter bastante programação, e automação industrial e também computadores, o melhor é pedires a alguém que frequente o curso.
Ok, obrigado na mesma pelo tempo dispensado.
 

franscisco55

Membro
Matrícula
21 Julho 2017
Mensagens
71
Pode-se dizer que Engenharia Mecânica engloba a Engenharia de Polímeros e a Engenharia de Materiais? Isto é, estes dois últimos são tipo uma especialização da Eng. Mecânica?
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
240
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Pode-se dizer que Engenharia Mecânica engloba a Engenharia de Polímeros e a Engenharia de Materiais? Isto é, estes dois últimos são tipo uma especialização da Eng. Mecânica?
Sim, os 2 são quase uma especialização de mecânica. Independentemente do que escolheres, vais sair engenheiro na mesma, e em termos de funções, concorrem os 3 para os mesmos trabalhos. Depois de entrares no que escolheres, fazes amigos e colegas de curso, vais aprendendo as matérias e ficas a gostar do curso, por isso é quase indiferente o que escolheres. Consulta os planos de estudo, e vê o que gostas mais.
 
  • Like
Reactions: franscisco55

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
240
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
A vossa universidade onde recorre sempre que precisa de usar a Microscopia Eletrónica de Varrimento SEM e ESEM?
Olá. Penso que o DEP e o IPC, não têm. Vou contactar um investigador meu amigo para tentar responder a esta pergunta.
Abraço.
Mensagem fundida automaticamente:

Olá. Subcontratamos no SEMAT (centro de caracterização de materiais).
SEM e ESEM: SEMAT
Contacto: Edith Avila (edith@dem.uminho.pt)
Abraço.
 
Última edição:

Erica2001

Membro Caloiro
Matrícula
14 Março 2019
Mensagens
1
Olá. Tenho um mestrado integrado em engenharia de polímeros (trabalho na área de moldes e de injeção de polímeros técnicos).

Criei este tópico para responder a futuros alunos, alunos de outras engenharias que não dominam complemente esta área, alunos que se tenham candidatado a este curso, alunos que estejam a frequentar o MIEPOL na UMinho, ou mesmo a engenheiros de polímeros que queiram partilhar experiências sobre esta área tecnológica. Posso responder às seguintes questões (exemplos típicos de perguntas):
- O que é o MIEPOL? O que faz um engenheiro de polímeros? E porque não candidatar-me a engenharia de polímeros no Minho?
- Tem saída este mestrado integrado? Consegue-se emprego com facilidade?
- Sou aluno e pretendo mais informações sobre alguma área da engenharia de polímeros ou numa disciplina em concreto, ou mesmo em trabalhos finais ou de tese.
- Candidatei-me a este mestrado integrado e quero saber testemunhos de um ex-aluno, pois não conheço este curso a 100%.
- Sou aluno de outra engenharia ou curso e tenho de resolver alguma questão relacionada com os plásticos, num projeto da universidade ou mesmo no meu trabalho profissional em que lido com polímeros mas não tenho muito conhecimento sobre estes materiais. Eu posso ajudar.

A importância desta área tecnológica é muito grande, praticamente tudo o que é produzido em Portugal é para exportar, Portugal é um dos lideres mundiais em fabrico de moldes para injeção de plástico e apresenta a melhor relação preço/qualidade em todo o mundo.

Todas as multinacionais em Portugal contratam eng.ºs de polímeros, os eng.ºs de polímeros trabalham um pouco por todo o mundo, só para citar alguns exemplos, são diretores de desenvolvimento na Malásia, na Holanda, na Alemanha, na Catalunha, em Londres, em Detroit, na América do Sul, e diretores fabris em países como a Itália, só para citar alguns exemplos.

Posso dar o meu testemunho e responder às vossas questões.
Olá! Eu ando no 12.º ano e tenho tido muitas dúvidas em relação ao curso que vou seguir na universidade. Sou uma aluna razoável e até com boas notas a matemática, física e química e biologia apesar de não ser nenhum génio e das notas que tenho tenham vindo com muito esforço. A minha primeira opção era Engenharia Química, mas estive a ver algumas opiniões e dizem que o curso é baseado em muita matemática, mas muito mais complexa e não muito acessível e isso deixa me um pouco com o pé atrás.
Depois ouvi falar do curso de Engenharia de Polímeros o que me levantou muito interesse, contudo ando a ler algumas respostas suas e vejo que é necessário dominar o desenho e isso é algo que eu não domino mesmo. É mesmo importante ter uma grande base em termos de desenho? Eu acho que a parte da computação e software , é mesmo a física, seriam mais acessíveis do que desenho, pois para mim é mais talento e “ter jeito para”. Gostaria mesmo de saber se desenho é mesmo uma componente essencial e necessária para ter alto sucesso no curso! Obrigada
 
  • Like
Reactions: António Gomes

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
240
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Olá! Eu ando no 12.º ano e tenho tido muitas dúvidas em relação ao curso que vou seguir na universidade. Sou uma aluna razoável e até com boas notas a matemática, física e química e biologia apesar de não ser nenhum génio e das notas que tenho tenham vindo com muito esforço. A minha primeira opção era Engenharia Química, mas estive a ver algumas opiniões e dizem que o curso é baseado em muita matemática, mas muito mais complexa e não muito acessível e isso deixa me um pouco com o pé atrás.
Depois ouvi falar do curso de Engenharia de Polímeros o que me levantou muito interesse, contudo ando a ler algumas respostas suas e vejo que é necessário dominar o desenho e isso é algo que eu não domino mesmo. É mesmo importante ter uma grande base em termos de desenho? Eu acho que a parte da computação e software , é mesmo a física, seriam mais acessíveis do que desenho, pois para mim é mais talento e “ter jeito para”. Gostaria mesmo de saber se desenho é mesmo uma componente essencial e necessária para ter alto sucesso no curso! Obrigada
Olá. O curso que tirei é uma eng.ª e a não ser informática, terás sempre desenho em quase todas. Mas não é um desenho artístico como em artes, é um desenho técnico normalizado que segue normas internacionais, eu nunca tive desenho antes da universidade e fiz a disciplina sem grandes dificuldades. Hoje em dia, os softwares de desenho por computador como Solidworks e afins, fazem praticamente tudo, mas tens de saber as regras, mas vais ter desenho em quase todas as eng.ªs.

Vai à FNAC e compra o livro do Simões Morais de desenho técnico, custa 12 ou 13€ e consegues fazer o livro todo numa semana, se fizeres esse livro tiras um 18 ou 19 a desenho, facilmente aprendes sozinha o desenho (normalmente a pior nota a desenho é 15, e há muitos 18's). Se entrares no meu curso, o desenho vai estar sempre presente, mas depois de interiorizares a matéria torna-se simples e muito interessante. Existem disciplinas muito mais trabalhosas do que desenho, mas se gostares do curso e souberes bem o que queres, tudo se torna mais simples.
Não achei o meu curso difícil, tem 3 ou 4 disciplinas difíceis mas o resto é relativamente acessível. Boa sorte na tua escolha.
 

Tópicos Semelhantes