Engenharia mecânica FEUP ou UA

draifetee

Membro Caloiro
Matrícula
16 Junho 2018
Mensagens
4
Olá, o meu nome é Sérgio e sou aluno do 12º ano, sou de Aveiro (mais perto do Porto mas não deixa de ser Aveiro) e gostava de saber se a FEUP ainda retém aquele prestigio (nos olhos das empresas) que sempre teve ou se esse estigma já é menos presente (eu sei que as taxas de desemprego são praticamente iguais mas queria saber como diferem os salários e se essas pessoas estão empregadas na área). Porque apesar de ter média para entrar nas duas, não tenho muito dinheiro, e como Aveiro oferece as propinas a quem entra com média superior ou igual a 17.5 e escolhe Aveiro como primeira opção era bom poder aliviar esse fardo à minha mãe.
Também gostaria de saber, se fosse possível, algumas experiências que possam ter de ambas as universidades, e principalmente gostava de saber como é a vida de um aluno de engenharia mecânica em Aveiro (se têm algumas aulas de laboratório, o que fazem, etc).
Obrigado desde já pelas respostas!
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,039
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Já vem um bocado tarde, mas de um ex aluno da FEUP digo-te ninguem quer saber de onde vens (tenho exemplo de um tio meu que e engenheiro informático do ISEP e ganha mesmo muito bem, e um primo meu que e de engenharia de sistemas e está a estagiar na empresa do meu tio e também vem do ISEP e acho que não está a ganhar mal, para veres...)
Isto não é totalmente verdade. Estás a usar como exemplo a área da informática, que é atualmente um outsider na área das engenharias, onde a procura é muito maior que a oferta disponível. Isso não acontece em boa parte das engenharias. Continuam a existir empresas que só contratam alunos de determinadas faculdades, e isso acontece na área da mecânica.
Isso do prestígio e grande treta
Ter faculdades que estão colocadas entre as melhores nos rankings internacionais, e que são preferidas por vários empregadores, é treta, sim. 🙄
A FEUP/IST também e muito boa faculdade, mas acho mais para quem quer seguir investigação ou ser professor.
Considerando que a grande maioria das pessoas do IST/FEUP não vai nem para professor ou para investigador isto não faz muito sentido...
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
269
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Bons e maus profissionais há em todas as universidades, mas também é um facto que a % de maus profissionais na FEUP/IST é bastante menor do que em grande parte das restantes universidades, penso também que depende muito da pessoa em si. Puxando a brasa à minha universidade, um eng.º informático formado pela UM que tenha levado o curso a sério não fica nada atrás de um informático formado pelas mais antigas no Porto e na capital.
 
  • Like
Reactions: davis and draifetee

draifetee

Membro Caloiro
Matrícula
16 Junho 2018
Mensagens
4
Devo, em principio, ir para a UA, é um mestrado integrado, pelo que ando a pesquisar e daquilo que me contam as instalações são ótimas e vi umas reportagens sobre a Bosch lá ir contratar todo o tipo de engenheiros.
Também estou a considerar fazer 3 anos em Aveiro e depois candidatar-me ao Porto, mas não sei se isso seria possível...
Também queria saber como seria o primeiro salário de um engenheiro, já li várias coisas, desde serem todos corridos a 800/1000 euros até notícias a falar em salários de 2000/3000 (não como primeiro emprego mas no geral). A progressão de carreira é assim mesmo ou nem por isso?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,039
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
E só a minha opiniao calma, claro que querem saber, mas passados uns anos de trabalho, ninguém quer saber, o que interessa e a experiência, mas nunca vi uma proposta de emprego que pedia só alunos de certas faculdades...
Isso faz-se na triagem dos candidatos.
Só uma pergunta, acham que os empregadores ligam para a média final de licenciatura, também gostava de saber...
Em Portugal? Sim, embora esteja a mudar. Conheço empresas que só contratam alunos em engenharia com médias de pelo menos 14 (não informática, claro...). Lá fora, em vários mercados, é menos comum, e em vários nem te pedem a média.
Bons e maus profissionais há em todas as universidades, mas também é um facto que a % de maus profissionais na FEUP/IST é bastante menor do que em grande parte das restantes universidades, penso também que depende muito da pessoa em si. Puxando a brasa à minha universidade, um eng.º informático formado pela UM que tenha levado o curso a sério não fica nada atrás de um informático formado pelas mais antigas no Porto e na capital.
Nem ponho isso em causa. Mas em áreas de engenharia mais lotadas, em que se uma empresa abre uma vaga relativamente bem remunerada concorrem facilmente +100 pessoas, a triagem inicial ainda passa muito por 1) faculdade de origem e 2) média de curso. Isto em Portugal.
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
269
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Nem ponho isso em causa. Mas em áreas de engenharia mais lotadas, em que se uma empresa abre uma vaga relativamente bem remunerada concorrem facilmente +100 pessoas, a triagem inicial ainda passa muito por 1) faculdade de origem e 2) média de curso. Isto em Portugal.
É como te disse Davis, um curso que tenha uma determinada média, e outro com uma média 5 valores mais baixa, isto nota-se no nível médio dos diplomados, nota-se e não é pouco. Em ambos os casos existem bons e maus profissionais, só que quando contratas um eng.º a % de ele dar certo e "pegar de estaca" é muito maior numa do que na outra.
100 pessoas a concorrer para uma vaga não tenho experiência nisso, pois a área onde estou é muito pequena e específica e não há assim tantas pessoas a concorrer. Agora uma empresa onde para uma vaga concorrem 100 pessoas, é porque pede apenas licenciado em eng.ª e não especifica qual o curso (aceitam todas), porque acredito, que por exemplo na área onde estudaste, se apenas pedirem o teu curso, não concorrem assim tantas pessoas, penso eu...
 
  • Like
Reactions: draifetee and davis

Wraak

Membro Dux
Matrícula
5 Dezembro 2015
Mensagens
882
Curso
Engenharia Informática e de Computadores
Instituição
IST
Boas,
Já vem um bocado tarde, mas de um ex aluno da FEUP digo-te ninguem quer saber de onde vens (tenho exemplo de um tio meu que e engenheiro informático do ISEP e ganha mesmo muito bem, e um primo meu que e de engenharia de sistemas e está a estagiar na empresa do meu tio e também vem do ISEP e acho que não está a ganhar mal, para veres...)
Entrei este ano na FEUP e apesar do ano ter começado bem e ter tido muito boas notas, não me adaptei ao andamento de lá e a carrada de trabalhos que tive (tu nem deves imaginar o meu estado mental depois deste ano) aliado ao curso ser muito teorico, por isso estou com as minhas malas prontas para partir para o ISEP, aliado também ao querer fazer mestrado noutra área um pouco diferente do meu curso (lá o curso e 3 anos)
Whatever, vai para a UA, já estive lá (PMATE) e as instalações são muito boas, e a faculdade e muito boa ate e a cidade bem bonita (podes ir sempre dar uma saltada a barra kkkk) e ficas mais perto de casa, assim não tens de fazer viagens de comboio Aveiro-General Torres e daí metro até ao IPO, isso demoraria para aí 50 minutos, mesmo com aqueles rápidos, acho um bocado marcador fazer isso todos os dias. Isso do prestígio e grande treta, mas só uma pergunta, engenharia mecânica aí e MI ou só licenciatura? A FEUP/IST também e muito boa faculdade, mas acho mais para quem quer seguir investigação ou ser professor. Digo-te se quiseres trabalhar o mais rápido possível escolhe uma licenciatura e fazes em 3 anos e acabou-se.
Epa, não... a faculdade de onde vens faz toda a diferença. Não sei de onde vem esta tua experiência mas consultoras como Deloitte, Accenture, ... preferem contratar Engenheiros Biológicos do Técnico do que Informáticos de certos institutos para fazer trabalho de informática.

É só passares um semestre no Técnico para veres o quão presente estão lá as empresas como Novabase (que pagou ali uns belos 100k só para pertencer à rede de parceiros do Técnico e ter acesso a alunos), Deloitte, Accenture, Navigator, McKinsey, ... literalmente dezenas de empresas gastam milhares de Euros só para poder ter um "cheirinho" de alunos do Técnico. Podem ver os preços das empresas para a SINFO (a maior conferência de tecnologia do Técnico/Portugal) aqui: SINFO. Checa depois as empresas que participam e podes ver que eles por ano fecham negócios na ordem de algumas dezenas de milhares de Euros (isto num só evento enquanto no Técnico há dezenas).

Nem a FEUP nem o IST são faculdades para quem quer "investigação ou ser professor", são faculdades para quem quer aprender engenharia. Não são cursos técnicos onde aprendes "se acontecer X fazes Y" porque quando aparecer Z ficas à rasca. As universidades devem ensinar aos alunos a resolver o alfabeto todo e não só problemas em ambientes controlados. É estares a aprender teoria e as coisas começarem a fazer sentido à tua volta "Aaah, então é por isso que isto acontece". Conversa incrivelmente estranha e típica de alunos do Técnico é estarmos a discutir física, matemática ou, no meu caso informática, em coisas quotidianas.

Sinceramente @Pepper456, acho que esta é uma mentalidade tóxica para se passar a alunos que estão a sair do secundário: "faz só a licenciatura e despacha-te com isso", "não importa onde entras, é tudo o mesmo", ... estes são provavelmente dos anos que mais marcam a vida de um estudante e a mentalidade que desenvolves é algo que te persegue para a tua vida inteira, por isso é importante ter desafios e, até, talvez, o ocasional mental breakdown que o pessoal de universidades conhece (sejam da FEUP, IST, UA, ...). Tirando toda a conversa de empregos e prestígio, há uma componente de desenvolvimento pessoal que é inegável e que deve ser estimulada ao máximo.

@draifetee posto tudo isto, se te faz muita diferença a nível financeiro, vai para a UA ou tenta pensar em forma de ajudar a pagar as propinas, eu trabalhei durante quase um ano (principalmente verão e fins-de-semana durante o semestre) e dependendo do lugar podes pagar as tuas propinas a trabalhar 2 meses no verão. O Técnico tem dezenas de bolsas para alunos (tipo monitorar salas e isso) que dão algum dinheiro por mês, podes ver se há cenas semelhantes na FEUP. A UA tem projetos giros nas áreas de Engenharia e de certeza que se fores para a UA vais ter uma boa experiência, podes complementar o teu currículo com estágios, projetos extracurriculares (no Técnico há imensos para mecânica, devem haver também na UA), etc.
 
Última edição:

Ms. Angie

Membro Veterano
Matrícula
1 Abril 2016
Mensagens
351
Curso
Engenharia Química
Instituição
FEUP
Oi gente. Eu acabei o 1º ano de Engenharia Química na FEUP. Ainda não sei as notas das cadeiras todas mas devo acabar com uma média a rondar os 13 valores. Tenho a consciência de que não me esforcei muito por isso é que as minhas notas não foram incrivelmente boas. Muita gente me diz que a média importa, outros dizem que não mas assim não consigo ter a certeza se posso continuar a fazer as coisas a este ritmo ou se pro ano tenho que me focar mais.
Quanto a arranjar emprego, acham que a média importa?
O meu curso é mestrado integrado mas acho que vão acabar (ainda não percebi bem). Seja como for, já ouvi dizer que para se concorrer a mestrados na FEUP é preciso ter no mínimo média de 14. Como eu já são aluna da FEUP, essa regra também me abrange ou é só pra pessoal de fora?