IST Engenharia Mecânica - IST

mariaodias

Membro Caloiro
Matrícula
22 Agosto 2015
Mensagens
5
Boa noite. Concorri para Engenharia Mecânica para o Técnico de Lisboa. Qual o portátil e calculadora mais adequados para esse curso nessa universidade? Obrigada
 
Matrícula
18 Agosto 2015
Mensagens
21
Curso
Engenharia Química
Instituição
Instituto Superior Técnico
Boas Mário. Antes de mais parabéns pela coragem de escolher o Técnico :).
Começar pelo portátil: não é preciso uma máquina monstruosamente avançada. Desde que corra MATLAB acho que tas safo (e mesmo que não corra o que não falta no Técnico são computadores que o correm, à tua disposição)

Quanto à calculadora: vais precisar de uma gráfica, de uma científica (as do secundário servem muito bem) e de uma que nos chamamos "calculadora de merceeiro" que basicamente só faz as operações básicas e a raiz quadrada (compras essa nos chineses ou assim).
Porquê isto tudo? Porque tens cadeiras que te permitem usar apenas um destes tipos. E vais ter cadeiras cheias de cálculos que não podes usar nenhuma, é tudo de cabeça (Álgebra é uma delas).
 
  • Like
Reactions: Armdco
Matrícula
30 Maio 2018
Mensagens
26
Gostaria que alguém que já tenha frequentado este curso ( preferencialmente no ist) me desse uma ideia de como são as cadeiras do 1º ano em termos de dificuldade , carga de trabalho , se diferem muito em relação á matemática do 12º ano em termos do passo a que é dada a matéria e dificuldade dos conteúdos em si. Acharam a transição muito dramática da física e matematica do secundário para a universidade ou os professores fazem esta transição mais suavemente? Os professores preparam os alunos bem para o teste ou poem coisas completamente diferentes do dado na aula (pelo que vi de testes do ist em cálculo I os testes não me parecem assim muito por além mas depois vejo gente a dizer que o esperado na universidade é tirar ali um 10-12, mas também vejo outros que dizem alunos maus ficam bons na universidade e vice-versa , portanto não sei se tiram estes resultados por culpa do professor(dificuldade do teste, más aulas, etc.) ou por falta de preparação para o mesmo).

Eu acho os conteúdos interessantes, mas estou com sérias dúvidas quanto á dificuldade porque do pouco que vi em termos de matéria não me parecia assim muito muito dificil mas vejo que muitos alunos tem dificuldade e portanto queria uma segunda opinião para ver se me está a escapar alguma coisa.
 

Rogério Pedro

Membro Veterano
Matrícula
2 Fevereiro 2018
Mensagens
302
Curso
Procrastination PhD
Instituição
ADIV AD EDADISREVINU
Hey, eu gostava de por Engenharia Mecânica em primeiro lugar, mas fico receoso por conta de algo que acabei observando nas últimas visitas ao instituto. Na última vez, ao ver todos os carros, que provavelmente terão sido feitos por núcleos de mecânica, comecei a excluir um pouco o curso. Eu não sinto nenhuma atração por carros, apenas os considero úteis. Reconheço que Eng. Mecânica não seja um curso feito só a pensar em carros, mas fiquei alarmado dada centralização que pude observar ao visitar a exposição dos 9 ou 10 carros do IST (nem sei a quantidade).
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,009
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @Rogério Pedro
Hey, eu gostava de por Engenharia Mecânica em primeiro lugar, mas fico receoso por conta de algo que acabei observando nas últimas visitas ao instituto. Na última vez, ao ver todos os carros, que provavelmente terão sido feitos por núcleos de mecânica, comecei a excluir um pouco o curso. Eu não sinto nenhuma atração por carros, apenas os considero úteis. Reconheço que Eng. Mecânica não seja um curso feito só a pensar em carros, mas fiquei alarmado dada centralização que pude observar ao visitar a exposição dos 9 ou 10 carros do IST (nem sei a quantidade).
Mecânica é muito mais do que carros. :sweatsmile: Aliás, a maior parte quando acabar não vai certamente trabalhar com carros. O departamento de mecânica costuma usar os carros da Fórmula Student porque acabam por ser um bom chamariz (e é um dos núcleos com mais provas dadas no IST).
 
  • Like
Reactions: Rogério Pedro

Wraak

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
5 Dezembro 2015
Mensagens
1,506
Curso
Computer Science
Hey, eu gostava de por Engenharia Mecânica em primeiro lugar, mas fico receoso por conta de algo que acabei observando nas últimas visitas ao instituto. Na última vez, ao ver todos os carros, que provavelmente terão sido feitos por núcleos de mecânica, comecei a excluir um pouco o curso. Eu não sinto nenhuma atração por carros, apenas os considero úteis. Reconheço que Eng. Mecânica não seja um curso feito só a pensar em carros, mas fiquei alarmado dada centralização que pude observar ao visitar a exposição dos 9 ou 10 carros do IST (nem sei a quantidade).
Heya,

Engenharia Mecânica tem provavelmente cerca de 800 ou mais alunos. Se é o curso que gostas, não vejo o motivo para excluires essa opção só porque uma pequena percentagem desses alunos gosta de carros... No Técnico imensas pessoas têm atividades extracurriculares e estes carros efetivamente vão a competições e ganham imensos prémios, por isso é que têm visibilidade. De qualquer forma, há imensas atividades para alunos (inclusive de Mecânica que não têm nada a ver com carros, como o MecanIST).

Durante todo o ano o átrio recebe provavelmente dezenas de exposições, não há, de todo, uma centralização do Técnico (ou de Mecânica) em carros...
 
  • Like
Reactions: Rogério Pedro

Francisco Aveiro

Membro Veterano
Matrícula
14 Maio 2015
Mensagens
187
Curso
Engenharia Aeroespacial
Instituição
Instituto Superior Técnico
Hey, eu gostava de por Engenharia Mecânica em primeiro lugar, mas fico receoso por conta de algo que acabei observando nas últimas visitas ao instituto. Na última vez, ao ver todos os carros, que provavelmente terão sido feitos por núcleos de mecânica, comecei a excluir um pouco o curso. Eu não sinto nenhuma atração por carros, apenas os considero úteis. Reconheço que Eng. Mecânica não seja um curso feito só a pensar em carros, mas fiquei alarmado dada centralização que pude observar ao visitar a exposição dos 9 ou 10 carros do IST (nem sei a quantidade).

Os carros que viste, provavelmente da FST, são feitos por pessoas dos vários cursos do IST. Não está directamente relacionado com Eng. Mecânica.
Post automatically merged:

Gostaria que alguém que já tenha frequentado este curso ( preferencialmente no ist) me desse uma ideia de como são as cadeiras do 1º ano em termos de dificuldade , carga de trabalho , se diferem muito em relação á matemática do 12º ano em termos do passo a que é dada a matéria e dificuldade dos conteúdos em si. Acharam a transição muito dramática da física e matematica do secundário para a universidade ou os professores fazem esta transição mais suavemente? Os professores preparam os alunos bem para o teste ou poem coisas completamente diferentes do dado na aula (pelo que vi de testes do ist em cálculo I os testes não me parecem assim muito por além mas depois vejo gente a dizer que o esperado na universidade é tirar ali um 10-12, mas também vejo outros que dizem alunos maus ficam bons na universidade e vice-versa , portanto não sei se tiram estes resultados por culpa do professor(dificuldade do teste, más aulas, etc.) ou por falta de preparação para o mesmo).

Eu acho os conteúdos interessantes, mas estou com sérias dúvidas quanto á dificuldade porque do pouco que vi em termos de matéria não me parecia assim muito muito dificil mas vejo que muitos alunos tem dificuldade e portanto queria uma segunda opinião para ver se me está a escapar alguma coisa.

Olá, eu estou em Aero, mas o 1º ano é muito similar a Mecânica. A resposta à primeira pergunta é sim, difere muito em relação a todo o secundário. A carga de trabalho é muito mais elevada do que o 12º, mas não é algo impossível de se fazer. A transição pode ser complicada, mas não é algo de outro mundo. Depende muito também de pessoa para pessoa. Sinceramente, os professores no 1º ano estão um bocado, e desculpem a expressão, a cagar para ti. Mas sim, tipicamente o que sai no teste é o que é dado nas aulas. Isso dos alunos maus ficam bons e vice-versa, caga nisso também. Tudo depende do quanto te empenhas. Se tiveres questões mais específicas, fica à vontade para perguntar-me.
 
Última edição:

MisterWolv

Membro Caloiro
Matrícula
24 Julho 2018
Mensagens
4
Tenho 18 anos e sempre pretendi ir para engenharia mecânica por gostar de carros e de desporto automóvel. No entanto tenho vindo a perceber que este curso está direcionado para máquinas e indústrias que não estão relacionados com o ramo automóvel, aquele que pretendo, visto que não há nenhum mestrado automóvel neste curso.
Será que com engenharia mecânica consigo ter saídas profissionais relacionadas com carros?
 

Francico Farinha

Membro Caloiro
Matrícula
15 Julho 2018
Mensagens
1
Tenho 18 anos e sempre pretendi ir para engenharia mecânica por gostar de carros e de desporto automóvel. No entanto tenho vindo a perceber que este curso está direcionado para máquinas e indústrias que não estão relacionados com o ramo automóvel, aquele que pretendo, visto que não há nenhum mestrado automóvel neste curso.
Será que com engenharia mecânica consigo ter saídas profissionais relacionadas com carros?
Olá,
Sim consegues. De facto há um percurso pelo curso de Eng. Mecânica que passa por máquinas e indústrias, mas não és, de todo, obrigado a seguir esse percurso.
Se gostares da parte mecânica dos carros, o curso certamente que te abre grandes portas para entrar no mundo automovel, relembrando que o curso vai muito para além de motores e carros.
 
  • Like
Reactions: MisterWolv

MisterWolv

Membro Caloiro
Matrícula
24 Julho 2018
Mensagens
4
Olá,
Sim consegues. De facto há um percurso pelo curso de Eng. Mecânica que passa por máquinas e indústrias, mas não és, de todo, obrigado a seguir esse percurso.
Se gostares da parte mecânica dos carros, o curso certamente que te abre grandes portas para entrar no mundo automovel, relembrando que o curso vai muito para além de motores e carros.
Obrigado pela resposta. Já agora outra dúvida. Visto que não há nenhum o mestrado relacionado diretamente com carros faria sentido concluir o mestrado integrado e depois tirar outro mestrado ou uma pós - graduação fora do país? Gostava muito de tirar em Milão ou no uk engenharia automovel ou motorsport engineering...
 

Fórum Mecânica - IST

Membro Caloiro
Matrícula
24 Julho 2018
Mensagens
2
Obrigado pela resposta. Já agora outra dúvida. Visto que não há nenhum o mestrado relacionado diretamente com carros faria sentido concluir o mestrado integrado e depois tirar outro mestrado ou uma pós - graduação fora do país? Gostava muito de tirar em Milão ou no uk engenharia automovel ou motorsport engineering...
É verdade que não há nenhum ramo de mestrado totalmente relacionado com carros, e sim, fazer um mestrado fora ou mesmo um segundo mestrado é uma possibilidade mas na minha opinião não devias pensar muito nisso já, acho que vais perceber melhor o que queres durante o curso, porque o mundo automovel é enorme, e apesar de nenhum dos ramos de mestrado ser sobre carros, em qualquer um deles (sistemas, produção e energias) vais encontrar conhecimentos que são aplicaveis ao mundo automovel.
Já agora, se o teu sonho é carros, o tecnico tem uma equipa da FST bastante boa, devias pesquisar sobre isso.
 
  • Like
Reactions: MisterWolv

Fórum Mecânica - IST

Membro Caloiro
Matrícula
24 Julho 2018
Mensagens
2
Gostaria que alguém que já tenha frequentado este curso ( preferencialmente no ist) me desse uma ideia de como são as cadeiras do 1º ano em termos de dificuldade , carga de trabalho , se diferem muito em relação á matemática do 12º ano em termos do passo a que é dada a matéria e dificuldade dos conteúdos em si. Acharam a transição muito dramática da física e matematica do secundário para a universidade ou os professores fazem esta transição mais suavemente? Os professores preparam os alunos bem para o teste ou poem coisas completamente diferentes do dado na aula (pelo que vi de testes do ist em cálculo I os testes não me parecem assim muito por além mas depois vejo gente a dizer que o esperado na universidade é tirar ali um 10-12, mas também vejo outros que dizem alunos maus ficam bons na universidade e vice-versa , portanto não sei se tiram estes resultados por culpa do professor(dificuldade do teste, más aulas, etc.) ou por falta de preparação para o mesmo).

Eu acho os conteúdos interessantes, mas estou com sérias dúvidas quanto á dificuldade porque do pouco que vi em termos de matéria não me parecia assim muito muito dificil mas vejo que muitos alunos tem dificuldade e portanto queria uma segunda opinião para ver se me está a escapar alguma coisa.

Olá,

Como já muitos te disseram, costuma-se sentir um grande choque quando se entra na faculdade. O método de ensino é diferente, nem todos os professores se encontram muitos presentes ou disponíveis para os alunos e muitos se queixam da dificuldade das cadeiras. No entanto, tudo depende dos professores que apanhares e, especialmente, de ti. Para alguns, é fácil entrar no ritmo das cadeiras e adaptar-se ao melhor método de estudo para os mesmos. Para outros, a adaptação pode ser diferente.
Falaste que muitos esperam notas de 10-12 valores, mas também existe quem acabe as cadeiras com mais de 16 valores, tudo depende da pessoa.
Tendo em conta a dificuldade das cadeiras de primeiro ano, penso que a maior diferença é o aumento de carga horária pois irás ter projetos longos e trabalhosos, algo a que não estamos habituados do secundário.
Mas se as cadeiras que tens são apelativas para ti, ajudam-te a ter motivação e a trabalhar.