Engenharia Química vs Engenharia Biológica

LaraDaniela

Membro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
14
Olá. Por volta de uma semana começam as inscrições para o ensino superior. Estive a ver alguns cursos e chamaram me à atenção os cursos de eng. Química e eng. biológica. Pelo que vi, a engenharia química parece ser mais abrangente. Será que alguém que frequente um destes cursos (ou que saiba alguma coisa sobre eles) me pode esclarecer relativamente às diferenças entre os dois (relativamente aos cursos em si e às saídas profissionais)?
 
  • Like
Reactions: J_ml

Gabriel Costa

Membro Caloiro
Matrícula
22 Maio 2016
Mensagens
8
Curso
Engenharia Biológica
Instituição
Instituto Superior Técnico
Olá!! Eu não percebi muito bem se estás a falar destes cursos no técnico, mas eu posso responder-te, pois sou de Biológica no Técnico. Ambos os cursos são mestrados integrados. Na parte da licenciatura, Engª Química e Engª Biológica são basicamente o mesmo curso, só para teres uma ideia das 35 cadeiras que temos na licenciatura só 6 ou 7 são diferentes entre os dois cursos, isso pq um engenheiro biológico é basicamente um engenheiro químico aplicado a processos biológicos e isso implica saber conhecimentos de biologia celular e molecular, microbiologia, genetica etc. A parte do mestrado é completamente diferente tho. Como disse, no mestrado um aluno de engenharia quimica vai enverdar mais num caminho de síntese, reatores, dimensionamento, equipamentos, enfim, processos quimicos, enquanto os biologicos, apesar de tbm terem reatores e equipamentos, vão enveredar pelas biotecnologias, culturas celulares, processos biologicos, etc... Em relação as saídas profissionais, Engenharia Química tem mais emprego, uma vez que é uma profissão mais reconhecida (muitos ja ouviram falar de engenharia quimica, poucos conhecem engenharia biologica ou fazem ideia do que é), é só uma questão de nome, de saberem do que se trata. A verdade é que um Biológico consegue trabalhar na industria Química (os alunos de Química dizem que o contrário tbm é verdade, mas isso já nao sei). Engenharia Biológica é mais específico, no entanto, na lista de cursos com desemprego 0 que saiu recentemente, Biológica está lá. Pronto, não quero me extender muito, é basicamente isso, qualquer coisa só contactar :D
 
  • Love
Reactions: Ms. Angie

LaraDaniela

Membro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
14
Olá!! Eu não percebi muito bem se estás a falar destes cursos no técnico, mas eu posso responder-te, pois sou de Biológica no Técnico. Ambos os cursos são mestrados integrados. Na parte da licenciatura, Engª Química e Engª Biológica são basicamente o mesmo curso, só para teres uma ideia das 35 cadeiras que temos na licenciatura só 6 ou 7 são diferentes entre os dois cursos, isso pq um engenheiro biológico é basicamente um engenheiro químico aplicado a processos biológicos e isso implica saber conhecimentos de biologia celular e molecular, microbiologia, genetica etc. A parte do mestrado é completamente diferente tho. Como disse, no mestrado um aluno de engenharia quimica vai enverdar mais num caminho de síntese, reatores, dimensionamento, equipamentos, enfim, processos quimicos, enquanto os biologicos, apesar de tbm terem reatores e equipamentos, vão enveredar pelas biotecnologias, culturas celulares, processos biologicos, etc... Em relação as saídas profissionais, Engenharia Química tem mais emprego, uma vez que é uma profissão mais reconhecida (muitos ja ouviram falar de engenharia quimica, poucos conhecem engenharia biologica ou fazem ideia do que é), é só uma questão de nome, de saberem do que se trata. A verdade é que um Biológico consegue trabalhar na industria Química (os alunos de Química dizem que o contrário tbm é verdade, mas isso já nao sei). Engenharia Biológica é mais específico, no entanto, na lista de cursos com desemprego 0 que saiu recentemente, Biológica está lá. Pronto, não quero me extender muito, é basicamente isso, qualquer coisa só contactar :D
obrigada pela resposta. Pelo que percebi eng. química é mais abrangente que eng. biológica (corrijam-me se estiver errada) e sendo uma pessoa indecisa talvez pense que eng. química será mais apropriado visto que acabo por ter um leque mais variado de opções. Mas ao mesmo tempo, será que o facto de ser abrangente não será assim tão bom em termos de saídas, uma vez que não é tão especializado?
Em termos de trabalho propriamente dito, sabes me dizer o que é que um eng. químico ou biológico faz na fábrica?

e já agr, estava a falar em biológica no minho e química em coimbra

Obrigada
 
Última edição:

Gabriel Costa

Membro Caloiro
Matrícula
22 Maio 2016
Mensagens
8
Curso
Engenharia Biológica
Instituição
Instituto Superior Técnico
obrigada pela resposta. Pelo que percebi eng. química é mais abrangente que eng. biológica (corrijam-me se estiver errada) e sendo uma pessoa indecisa talvez pense que eng. química será mais apropriado visto que acabo por ter um leque mais variado de opções. Mas ao mesmo tempo, será que o facto de ser abrangente não será assim tão bom em termos de saídas, uma vez que não é tão especializado?
Em termos de trabalho propriamente dito, sabes me dizer o que é que um eng. químico ou biológico faz na fábrica?

e já agr, estava a falar em biológica no minho e química em coimbra

Obrigada
Bem, ambas as engenharias são suficientemente abrangentes para o mercado de trabalho, como disse, as profissões são virtualmente as mesmas, a diferença é que um é mais direcionado a processos biológicos (que envolvam seres vivos e compostos produzidos por estes) e outro para processos químicos... Tanto Química como Biológica tem uma ótima taxa de empregabilidade, portanto penso que deves seguir a engenharia que mais te agrada no sentido daquilo em que se foca, se gostas de Microbiologia, Bioquímica, Biologia Molecular, Biológica será mais adequado, caso contrário, Química. As saídas deste curso não se cingem somente a trabalhos em fábricas, e mesmo quando falamos em fábricas existe um leque muito variado de tipos de indústria em que estes profissionais podem trabalhar. Essencialmente, um Eng. Biológico/Químico numa fábrica pode trabalhar em diversos setores como por exemplo no regulamento nos processos de produção, na análise da qualidade dos produtos, na análise económica do processo, na melhoria de processos selecionando os melhores substratos, as melhores condições etc. Mas tbm poderá trabalhar na parte da investigação que leva a descoberta de tais processos. Portanto é muito variado. Em relação a sua indecisão, acho que não precisas te preocupar muito com o nome do curso, uma vez que se trata de cursos praticamente iguais. Hoje em dia, não importa tanto às empresas se fizeste Engenharia Química ou Engenharia Biológica, interessa-lhes mais o que fizeste ao longo do curso, as atividades extras em que participaste, as competências adquiridas e depois o nome do curso.
 

LaraDaniela

Membro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
14
Bem, ambas as engenharias são suficientemente abrangentes para o mercado de trabalho, como disse, as profissões são virtualmente as mesmas, a diferença é que um é mais direcionado a processos biológicos (que envolvam seres vivos e compostos produzidos por estes) e outro para processos químicos... Tanto Química como Biológica tem uma ótima taxa de empregabilidade, portanto penso que deves seguir a engenharia que mais te agrada no sentido daquilo em que se foca, se gostas de Microbiologia, Bioquímica, Biologia Molecular, Biológica será mais adequado, caso contrário, Química. As saídas deste curso não se cingem somente a trabalhos em fábricas, e mesmo quando falamos em fábricas existe um leque muito variado de tipos de indústria em que estes profissionais podem trabalhar. Essencialmente, um Eng. Biológico/Químico numa fábrica pode trabalhar em diversos setores como por exemplo no regulamento nos processos de produção, na análise da qualidade dos produtos, na análise económica do processo, na melhoria de processos selecionando os melhores substratos, as melhores condições etc. Mas tbm poderá trabalhar na parte da investigação que leva a descoberta de tais processos. Portanto é muito variado. Em relação a sua indecisão, acho que não precisas te preocupar muito com o nome do curso, uma vez que se trata de cursos praticamente iguais. Hoje em dia, não importa tanto às empresas se fizeste Engenharia Química ou Engenharia Biológica, interessa-lhes mais o que fizeste ao longo do curso, as atividades extras em que participaste, as competências adquiridas e depois o nome do curso.
obrigada pelo esclarecimento. Embora tenham ambas boa empregabilidade agora, achas que vai ser igual daqui a 5 anos? E em ambas as áreas?
 

nphamtom

Membro
Matrícula
13 Julho 2017
Mensagens
18
obrigada pelo esclarecimento. Embora tenham ambas boa empregabilidade agora, achas que vai ser igual daqui a 5 anos? E em ambas as áreas?
Olá se á coisa que te posso garantir é que vai haver sempre necessidade de Eng.Química/Biológica pois têm determinados empregos que mais nenhuma outra engenharia ou ciência consiga fazer como por exemplo a produção de coca cola entre muitos outros casos. Com isto quero dizer tudo que envolver a mistura de quimicos ou até mesmo microorganimos á escala industrial só um(a) Eng.Química/Biológica é o que podem fazer.
 
Última edição:

LaraDaniela

Membro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
14
Bem, ambas as engenharias são suficientemente abrangentes para o mercado de trabalho, como disse, as profissões são virtualmente as mesmas, a diferença é que um é mais direcionado a processos biológicos (que envolvam seres vivos e compostos produzidos por estes) e outro para processos químicos... Tanto Química como Biológica tem uma ótima taxa de empregabilidade, portanto penso que deves seguir a engenharia que mais te agrada no sentido daquilo em que se foca, se gostas de Microbiologia, Bioquímica, Biologia Molecular, Biológica será mais adequado, caso contrário, Química. As saídas deste curso não se cingem somente a trabalhos em fábricas, e mesmo quando falamos em fábricas existe um leque muito variado de tipos de indústria em que estes profissionais podem trabalhar. Essencialmente, um Eng. Biológico/Químico numa fábrica pode trabalhar em diversos setores como por exemplo no regulamento nos processos de produção, na análise da qualidade dos produtos, na análise económica do processo, na melhoria de processos selecionando os melhores substratos, as melhores condições etc. Mas tbm poderá trabalhar na parte da investigação que leva a descoberta de tais processos. Portanto é muito variado. Em relação a sua indecisão, acho que não precisas te preocupar muito com o nome do curso, uma vez que se trata de cursos praticamente iguais. Hoje em dia, não importa tanto às empresas se fizeste Engenharia Química ou Engenharia Biológica, interessa-lhes mais o que fizeste ao longo do curso, as atividades extras em que participaste, as competências adquiridas e depois o nome do curso.
Agradeço desde já o esclarecimento. Comparando os planos de estudo entre engenharia química em coimbra e engenharia biológica no minho, eu penso que gosto mais da biológica visto que me parece ter mais biologia. Apesar de "Hoje em dia, não importa tanto às empresas se fizeste Engenharia Química ou Engenharia Biológica, interessa-lhes mais o que fizeste ao longo do curso, as atividades extras em que participaste, as competências adquiridas e depois o nome do curso." eu ainda tenho receio de escolher a engenharia biológica visto que eng. química é mais reconhecida.
E em termos de dificuldade, o que achas dos cursos?
 

Gabriel Costa

Membro Caloiro
Matrícula
22 Maio 2016
Mensagens
8
Curso
Engenharia Biológica
Instituição
Instituto Superior Técnico
Em relação a dificuldade, não te consigo esclarecer muito, porque isso varia de faculdade pra faculdade. Novamente, a ideia que posso dar é em relação ao Técnico. Ambos os cursos são bastante trabalhosos, primeiramente por serem engenharias vais ter de lidar com bastante matemática além de cadeiras de ciências básicas que poderão não ser muito interessantes para ti. Além disso, o curso tem muitas aulas de laboratório o que pode ser desgastante e trabalhoso relativamente a relatórios e projetos, etc. Resumindo e concluindo, não é extremamente difícil, mas é bastante trabalhoso e consegue consumir muito tempo... É fazível