Ensino secundário ciências e tecnologias

AnaBeatrizNicolau

Membro Caloiro
Matrícula
2 Junho 2023
Mensagens
1
Boa noite, gostava de saber a opinião dos alunos que frequentam ciências e tecnologias? O que estão a achar do curso? As dificuldades que estão a encontrar? Aconselham estudar regularmente? Entre outras coisas que achem importante mencionar, eu sou do 9° ano e quero seguir ciências e tecnologias, porque depois do secundário tenciono ir para medicina veterinária, mas acredito que não seja fácil obter uma média de 17 valores.
 
Boa noite, gostava de saber a opinião dos alunos que frequentam ciências e tecnologias? O que estão a achar do curso? As dificuldades que estão a encontrar? Aconselham estudar regularmente? Entre outras coisas que achem importante mencionar, eu sou do 9° ano e quero seguir ciências e tecnologias, porque depois do secundário tenciono ir para medicina veterinária, mas acredito que não seja fácil obter uma média de 17 valores.
Oi! Não estou em CT, mas falo um pouco do Secundário, estando eu no 12.º ano em LH. Sobre o secundário em si, a dificuldade aumenta bastante relativamente ao 9.º ano. Não é impossível tirar 17, mas requer organização e foco. Se conseguires logo no 10.º organizares maioritariamente as coisas e ires estudando com frequência (até para logo organizares as coisas para os exames), vais ter a vida facilitada, recomendo reveres as matérias em casa à medida que vais dando isso na escola, para não acumular - às vezes basta refazeres algum exercício da aula ou leres uma página, é escusado fazeres livros e livros de resumos, revê as coisas num esquema ou exercício; faz do teu jeitinho!
Sobre as disciplinas, não te posso falar muito da experiência por ter tido algumas outras diferentes e que se relacionam com as gerais, mas deixo as minhas considerações:
— > Educação física - depende muito da escola e do professor, mas é basicamente o mesmo, participa, faz as aulas e falta apenas com justificação; se fores realizando as aulas e demonstrares empenho, só te faltará o critério de se fizeste bem ou não, mas muitas das vezes nem é sequer relevante.
— > Português - esta disciplina muda muito, porque se centra na história da literatura, e há muitas situações de interdisciplinaridade com História, mas visto que não tens História, é muito difícil para mim falar de português sem mencionar a disciplina de História. O fundamental nesta disciplina é saberes os tópicos gerais das obras e treinares em casa com muitos exercícios, quantos mais e diversos forem, melhor, tanto na Educação Literária, como na Gramática e na Escrita. Na gramática, não decores, tenta fazer exercícios e fichas onde treinas e vais fixando, porque se apenas decorares para um teste, terás de o fazer sempre, inclusive para o exame, o que não recomendo.
— > Língua Estrangeira - nada de mais que possa dizer aqui, tanto podes escolher uma língua que já tenhas tido, ou uma nova. A diferença é que a dificuldade de continuar com uma que já tenhas é superior, tens de estudar muito e de treinar muito - o que não se aplica bem aqui, pois é de formação geral. Se escolheres uma nova, será mais simples, mas de novo, terás de treinar em casa porque é uma língua que nunca mexeste. Aqui recomendo a escolheres inglês ou a língua de continuação, desde que a saibas dominar bem!
— > Filosofia - é a disciplina que se calhar nem sabes o que se aborda. E não, não vão falar da vida. Vão falar sobre os diferentes problemas filosóficos e analisar diferentes respostas para os mesmos, diferentes perspetivas. Acho interessante, e sinceramente não acho nada difícil, até porque acabei com 20. Mas cuidado, é necessário estudo e treino, até porque como estás em CT, é importante a componente que se treina em Português (e que nós de LH treinamos a História) - é necessário saberes explicar bem e defender uma opinião sólida daquilo que se pretende. Pelo que sei, numa das matérias iniciais da lógica, é semelhante à Matemática A, e assim até sais a ganhar.
— > disciplina trienal específica - para ti, Matemática A. Não a tenho, mas o que recomendo é treinar bastante na disciplina trienal específica, seja essa, seja História A, seja Desenho A. São todas muito difíceis e de grande desenvolvimento, requerem muita atenção - principalmente no 12.º ano.
— > disciplinas bienais específicas - outras que nos vão roubar imenso tempo e atenção, principalmente no 10.º ano e no 11.º ano, até devido aos exames do 11.º. São provavelmente as mais difíceis, mas também provavelmente as mais interessantes, até porque são as específicas do nosso curso. Tenta participar e envolver-te na imensa matéria que dás, bem como relacionar-te bem com o professores, porque cada uma destas disciplinas ocupa 7 horas semanais de muita dor e sofrimento! Mas se te deres bem com o professor, tudo dá certo e estas horas passam a correr.

Ainda devo realçar o meu conselho de não te focares só numa opção, porque muitas das vezes focamo-nos numa e depois não é essa que vamos (no meu caso, ainda nem sei o que seguir e só tenho 2 meses restantes), até porque na candidatura temos de colocar cerca de 6 opções. Abre a mente para novas opções e pesquisa muito sobre o que te interessa.

E após leres o que mando aqui, não quero que stresses! Não vale a pena!! Eu lembro-me bem de quando estava nessa passagem em pleno Covid, o que aumentou a minha ânsia de ir para o 10.º e de conhecer o Secundário, mas calma que vai dar tudo certo e vais ter o tempo devido para te adaptares. Descansa nestas férias e aproveita. Não comeces logo com o turbo no início do 10.º, que ele vai ser preciso para muitas alturas do Secundário!
Espero ter ajudado e bom futuro!!!
 
Boa noite, gostava de saber a opinião dos alunos que frequentam ciências e tecnologias? O que estão a achar do curso? As dificuldades que estão a encontrar? Aconselham estudar regularmente? Entre outras coisas que achem importante mencionar, eu sou do 9° ano e quero seguir ciências e tecnologias, porque depois do secundário tenciono ir para medicina veterinária, mas acredito que não seja fácil obter uma média de 17 valores.
Alo! Aluna de Ciências aqui! Estou agora a terminar o 12°. No 10° escolhi FQ A e BG, por isso não te poderei dar conselhos sobre GD.
Respondendo então às tuas perguntitas.
Eu adoro o curso de ciências e tecnologias porque, honestamente, é o único com o qual me identifico e dos poucos que têm saídas que me interessem. É muito interessante para os apaixonados na área, mas tem as suas falhas. Vou dizer te A MINHA OPINIÃO, mas tenho a certeza que muitos discordarão de mim.
1- Matemática: Na minha opinião a matemática no curso de ciências está mal formulada e com planos de aprendizagem desatualizados. Aprendemos coisas que as nossas calculadoras fazem em questão de segundos, e aprendemos muito sobre a matemática que nos leva à área das engenharias, mas pouco de todas as outras (saúde e etcs)
2- Português: Esta é bastante controvérsia. Para mim, o português DA FORMA COMO É DADO, é kinda inútil. É muita literatura para pouca gramática, pouca interpretação de artigos e textos cientificos (ou os considerados não literários no geral), pouca escrita. Este problema é transversal a todos os cursos, mas acredito que em humanidades até faça algum sentido ser assim.
Estas falhas não devem ser um impeditivo para ires para o curso, atenção. Se desejas uma carreira na área das ciências, este é o curso que te fornecerá as bases que necessitas. Apesar de ser muito interdisciplinar (teres Fisica, quimica, matematica, biologia, geologia, e as outras iguais a todos) vai te dar as iniciações aqueles temas e consegues perceber aquilo que gostas mais e menos.
Btw, sou da área de biologia e pretendo um curso de saúde, por isso as respostas podem se basear nisso ligeiramente.
Falando de dificuldade. Isto é algo que varia MUITO de aluno para aluno. depende das bases que ja tenhas, do teu esforco claro, do teu ambiente, da motivacão, entre outros.
Mas, de um modo geral, nao se pode dizer que CT é um curso fácil. Mas não é impossível nem nada que se pareça. O 10° ano pode ser difícil por causa da adaptação. Pode ser aquele periodo onde as tuas notas descem, e perdes te no que está a acontecer, mas nao ha motivo para stress, porque é perfeitamente normal. O importante é começar a estudar desde o início e tentar não acumular demasiada matéria. Depois que te adaptas, não piora muito, é uma questão de manter o ritmo e saber que tipo de estudo é eficiente para ti.
Na minha opinião o 12° é o mais fácil dos 3, sem dúvida alguma. Já tás habituado ao secundário, tens menos disciplinas (e a dificuldade nao aumenta nada de especial), a carga horária é baixinha, e no geral estamos todos mais calmos.
não te vou dar muitas dicas de estudo porque, pelo que percebi, precisas mais de ouvir as experiências de outros.
Estudar regularmente é um must, though. A matéria, na grande maioria das vezes, é de entendimento simples, mas o ritmo é maior do que o do básico, então terás de saber mais coisas num espaço de tempo menos, daí ser importante um estudo ativo e regular para evitar aquele stress 2 dias antes do teste onde tens 3 capítulos para rever e nem motivação tens.
Estudo regular nao tem de ser estudar 5h por dia. Pode ser 2, 1, meia hora. Tudo depende de ti e dos teus objetivos, e de quão a vontade estas com a matéria.
Em relação a médias, a coisa tão temida do secundário.
A verdade é… relaxa. Isto parece aqueles conselhos horríveis onde a pessoa nao sabe do que fala, mas é verdade.
Pode ser um pouco assustador ter um objetivo fixo e receber 1/2 testes e perceber que não o estamos a cumprir. Mas, quanto mais avançares no secundário, vais perceber que 1 teste mau nao vai matar nem tirar alguem da faculdade (em 99.9999% dos casos).
É bom que já tenhas um objetivo em mente para que te possas motivar com essa ideia do teu futuro.
Expondo me um pouco. Terminarei o secundário com uma média de 17.5, mais ou menos. Não podemos nunca dizer que é fácil, porque é tirar nos mérito do nosso esforço. Não é fácil. Requer trabalho, e não só 2 dias antes do teste, e contentar se com uma nota mediana. Entendamos, ter uma nota mediana numa regular basis não é mau, mas não é o objetivo de todos. Acho que principalmente no 10 nao deves te preocupar tanto com numeros e apenas dares o teu melhor para saberes as bases que te serão importantes no 11 e adiante. De resto, aproveita a vida no melhor equilibrio que conseguires, e nao te esquecas de sair com amigos, jogar, veres series, o que quiseres. Mesmo os alunos de media de 19 e 20 têm vida.
Por fim, nao desanimes, e pensa que tens capacidades de ser tudo o que imaginas e que um dia mau nao te define, mas sim a sucessao de todos os dias.
Boa sorte nesta nova etapa e qualquer coisa pergunta!
 
Alo! Aluna de Ciências aqui! Estou agora a terminar o 12°. No 10° escolhi FQ A e BG, por isso não te poderei dar conselhos sobre GD.
Respondendo então às tuas perguntitas.
Eu adoro o curso de ciências e tecnologias porque, honestamente, é o único com o qual me identifico e dos poucos que têm saídas que me interessem. É muito interessante para os apaixonados na área, mas tem as suas falhas. Vou dizer te A MINHA OPINIÃO, mas tenho a certeza que muitos discordarão de mim.
1- Matemática: Na minha opinião a matemática no curso de ciências está mal formulada e com planos de aprendizagem desatualizados. Aprendemos coisas que as nossas calculadoras fazem em questão de segundos, e aprendemos muito sobre a matemática que nos leva à área das engenharias, mas pouco de todas as outras (saúde e etcs)
2- Português: Esta é bastante controvérsia. Para mim, o português DA FORMA COMO É DADO, é kinda inútil. É muita literatura para pouca gramática, pouca interpretação de artigos e textos cientificos (ou os considerados não literários no geral), pouca escrita. Este problema é transversal a todos os cursos, mas acredito que em humanidades até faça algum sentido ser assim.
Estas falhas não devem ser um impeditivo para ires para o curso, atenção. Se desejas uma carreira na área das ciências, este é o curso que te fornecerá as bases que necessitas. Apesar de ser muito interdisciplinar (teres Fisica, quimica, matematica, biologia, geologia, e as outras iguais a todos) vai te dar as iniciações aqueles temas e consegues perceber aquilo que gostas mais e menos.
Btw, sou da área de biologia e pretendo um curso de saúde, por isso as respostas podem se basear nisso ligeiramente.
Falando de dificuldade. Isto é algo que varia MUITO de aluno para aluno. depende das bases que ja tenhas, do teu esforco claro, do teu ambiente, da motivacão, entre outros.
Mas, de um modo geral, nao se pode dizer que CT é um curso fácil. Mas não é impossível nem nada que se pareça. O 10° ano pode ser difícil por causa da adaptação. Pode ser aquele periodo onde as tuas notas descem, e perdes te no que está a acontecer, mas nao ha motivo para stress, porque é perfeitamente normal. O importante é começar a estudar desde o início e tentar não acumular demasiada matéria. Depois que te adaptas, não piora muito, é uma questão de manter o ritmo e saber que tipo de estudo é eficiente para ti.
Na minha opinião o 12° é o mais fácil dos 3, sem dúvida alguma. Já tás habituado ao secundário, tens menos disciplinas (e a dificuldade nao aumenta nada de especial), a carga horária é baixinha, e no geral estamos todos mais calmos.
não te vou dar muitas dicas de estudo porque, pelo que percebi, precisas mais de ouvir as experiências de outros.
Estudar regularmente é um must, though. A matéria, na grande maioria das vezes, é de entendimento simples, mas o ritmo é maior do que o do básico, então terás de saber mais coisas num espaço de tempo menos, daí ser importante um estudo ativo e regular para evitar aquele stress 2 dias antes do teste onde tens 3 capítulos para rever e nem motivação tens.
Estudo regular nao tem de ser estudar 5h por dia. Pode ser 2, 1, meia hora. Tudo depende de ti e dos teus objetivos, e de quão a vontade estas com a matéria.
Em relação a médias, a coisa tão temida do secundário.
A verdade é… relaxa. Isto parece aqueles conselhos horríveis onde a pessoa nao sabe do que fala, mas é verdade.
Pode ser um pouco assustador ter um objetivo fixo e receber 1/2 testes e perceber que não o estamos a cumprir. Mas, quanto mais avançares no secundário, vais perceber que 1 teste mau nao vai matar nem tirar alguem da faculdade (em 99.9999% dos casos).
É bom que já tenhas um objetivo em mente para que te possas motivar com essa ideia do teu futuro.
Expondo me um pouco. Terminarei o secundário com uma média de 17.5, mais ou menos. Não podemos nunca dizer que é fácil, porque é tirar nos mérito do nosso esforço. Não é fácil. Requer trabalho, e não só 2 dias antes do teste, e contentar se com uma nota mediana. Entendamos, ter uma nota mediana numa regular basis não é mau, mas não é o objetivo de todos. Acho que principalmente no 10 nao deves te preocupar tanto com numeros e apenas dares o teu melhor para saberes as bases que te serão importantes no 11 e adiante. De resto, aproveita a vida no melhor equilibrio que conseguires, e nao te esquecas de sair com amigos, jogar, veres series, o que quiseres. Mesmo os alunos de media de 19 e 20 têm vida.
Por fim, nao desanimes, e pensa que tens capacidades de ser tudo o que imaginas e que um dia mau nao te define, mas sim a sucessao de todos os dias.
Boa sorte nesta nova etapa e qualquer coisa pergunta!
Alô, boa tarde eu vi pela conversa que és aluna de ct e queria perguntar se sabes responder à pergunta que vou fazer, que me veio a fazer confusão nesses últimos dias, pois não sei se posso ou não. Eu estou no 10 ano de ciências e tecnologias e vou reprovar a fq, queria saber se para o ano em vez de repetir fq de 10 poderia trocar para geometria descritiva de 10 e transitar as restantes disciplinas para o 11 ano. Obrigado
 
Alô, boa tarde eu vi pela conversa que és aluna de ct e queria perguntar se sabes responder à pergunta que vou fazer, que me veio a fazer confusão nesses últimos dias, pois não sei se posso ou não. Eu estou no 10 ano de ciências e tecnologias e vou reprovar a fq, queria saber se para o ano em vez de repetir fq de 10 poderia trocar para geometria descritiva de 10 e transitar as restantes disciplinas para o 11 ano. Obrigado
ola! Bom, confesso que não te poderei dar uma resposta garantida, pelo que te aconselho a procurares um profissional na tua escola que te possa responder a isso com certezas. No entanto, acredito que isso seja possivel trocando de turma (que tenha geometria descritiva). Pelo que sei, podes passar a todas as disciplinas que completaste e fazes GD, mas na maioria das vezes apenas fazes essa no ano, uma vez que é difícil conciliar os horários de uma disciplina de 10° ano com as disciplinas restantes de 11°. Tendo isto em conta. Poderias ficar este próximo ano a fazer GD e mais as que quiseres de 10° ano como melhoria.
Ex: Tens 11 a PT e 13 a BG, e queres melhorar.
Pelo que sei DA MINHA ESCOLA, podes te inscrever numa turma de 10 ano e fazer GD, e PT e BG de novo, podendo melhorar a nota.
Espero ter ajudado :) e boa sorte na tua jornada!
 
ola! Bom, confesso que não te poderei dar uma resposta garantida, pelo que te aconselho a procurares um profissional na tua escola que te possa responder a isso com certezas. No entanto, acredito que isso seja possivel trocando de turma (que tenha geometria descritiva). Pelo que sei, podes passar a todas as disciplinas que completaste e fazes GD, mas na maioria das vezes apenas fazes essa no ano, uma vez que é difícil conciliar os horários de uma disciplina de 10° ano com as disciplinas restantes de 11°. Tendo isto em conta. Poderias ficar este próximo ano a fazer GD e mais as que quiseres de 10° ano como melhoria.
Ex: Tens 11 a PT e 13 a BG, e queres melhorar.
Pelo que sei DA MINHA ESCOLA, podes te inscrever numa turma de 10 ano e fazer GD, e PT e BG de novo, podendo melhorar a nota.
Espero ter ajudado :) e boa sorte na tua jornada!
Ok, muito obrigado pela resposta, mas só mais uma pergunta, desculpa estar a incomodar... Se quiser repetir física e química de 10, poderei transitar nas próximas disciplinas de 11?
Post automatically merged:

Ok, muito obrigado pela resposta, mas só mais uma pergunta, desculpa estar a incomodar... Se quiser repetir física e química de 10, poderei transitar nas próximas disciplinas de 11?
Ou a última hipótese seria ir como aluno externo e depois fazer o exame de 11 e por me em uma explicação e focar me para ter mais de 9,5
 
Ok, muito obrigado pela resposta, mas só mais uma pergunta, desculpa estar a incomodar... Se quiser repetir física e química de 10, poderei transitar nas próximas disciplinas de 11?
Post automatically merged:


Ou a última hipótese seria ir como aluno externo e depois fazer o exame de 11 e por me em uma explicação e focar me para ter mais de 9,5
Sem stress! Estamos aqui para nos ajudar uns aos outros. Acredito que, no caso de repetires FQ, seja a mesma coisa. A minha escola, por exemplo, coloca os alunos chumbados numa turma de 11° e os alunos sao “obrigados” a irem a exames como externos. É mau, eu sei, mas é a nossa realidade. É uma decisão tua qual das duas seria mais vantajosa. Muitos gostam de ir a exame porque têm a chance de não terem de ficar mais um ano na escola, mas requer esforco porque muitos caem no desleixo e na preguica. Mas é definitivamente possivel e realista!
 
Sem stress! Estamos aqui para nos ajudar uns aos outros. Acredito que, no caso de repetires FQ, seja a mesma coisa. A minha escola, por exemplo, coloca os alunos chumbados numa turma de 11° e os alunos sao “obrigados” a irem a exames como externos. É mau, eu sei, mas é a nossa realidade. É uma decisão tua qual das duas seria mais vantajosa. Muitos gostam de ir a exame porque têm a chance de não terem de ficar mais um ano na escola, mas requer esforco porque muitos caem no desleixo e na preguica. Mas é definitivamente possivel e realista!
Ok entendi, muito obrigado pela paciência de estar a responder, é que eu fui me informar à secretaria da minha escola e eles diziam que podia passar de ano e fazer a disciplina que chumbei caso houvesse compatibilidade. na minha escola eles são bem de boa com isso dos horários serem compatíveis, só que depois houve gente que dizia outras coisas e foram me bagunçando ainda mais a cabeça. Mas se não houver compatibilidade com geometria, irei como externo e ao menos continuarei na mesma turma e começo a ir para uma explicação e empenhar-me, porque sinceramente não me apetece nada perder um ano. Obrigadoooo
 
Ok entendi, muito obrigado pela paciência de estar a responder, é que eu fui me informar à secretaria da minha escola e eles diziam que podia passar de ano e fazer a disciplina que chumbei caso houvesse compatibilidade. na minha escola eles são bem de boa com isso dos horários serem compatíveis, só que depois houve gente que dizia outras coisas e foram me bagunçando ainda mais a cabeça. Mas se não houver compatibilidade com geometria, irei como externo e ao menos continuarei na mesma turma e começo a ir para uma explicação e empenhar-me, porque sinceramente não me apetece nada perder um ano. Obrigadoooo
sempre às ordens! Qualquer coisa, pergunta!
 
aprendemos muito sobre a matemática que nos leva à área das engenharias, mas pouco de todas as outras (saúde e etcs)

Da minha experiência e sendo finalista numa área da saúde (farmácia), a única coisa que não dei propriamente no secundário foi estatística, e isso o curso fez questão de suplementar bem, o resto da matemática fora isso limita-se a seguir fórmulas ou coisas simples como regras de 3 simples ou equações de 1º grau. Não sei se esta realidade se aplica a outros cursos da área da saúde, porém no meu caso posso dizer que não havia nada que matemática do secundário podia fazer por mim tendo em conta que o que é dado já é overkill para o que preciso.

Isto não quer dizer que não concorde com o teu ponto, só achei por bem partilhar um outro ponto de vista :P
 
Da minha experiência e sendo finalista numa área da saúde (farmácia), a única coisa que não dei propriamente no secundário foi estatística, e isso o curso fez questão de suplementar bem, o resto da matemática fora isso limita-se a seguir fórmulas ou coisas simples como regras de 3 simples ou equações de 1º grau. Não sei se esta realidade se aplica a outros cursos da área da saúde, porém no meu caso posso dizer que não havia nada que matemática do secundário podia fazer por mim tendo em conta que o que é dado já é overkill para o que preciso.

Isto não quer dizer que não concorde com o teu ponto, só achei por bem partilhar um outro ponto de vista :P
adoro ver a experiencia de alunos e como variam. ja me disseram que a matematica na maioria dos cursos de saude é relativamente simples, por isso é que me doi ter de dar aquelas matérias chatas que não usarei (e odeio :( )
 
muito sobre a matemática que nos leva à área das engenharias, mas pouco de todas as outras (saúde e etcs)
Que matemática é esta exclusiva à área da saúde que referes e que não é ensinada? Pelo contrário, a área da Saúde costuma é ter pouca Matemática. A Matemática de Secundário proporciona bases importantes para quem pretende prosseguir para cursos do Ensino Superior que envolvam Matemática. Os conceitos leccionados não são exclusivos à Engenharia, sendo utilizados noutras áreas científicas. Sirva de exemplo a Economia. Também há o facto de a disciplina de Matemática desenvolver o raciocínio do aluno.
Na minha opinião a matemática no curso de ciências está mal formulada e com planos de aprendizagem desatualizados.
Com isto concordo. De quem foi a ideia de ensinar números complexos mas não estatística?
 
Que matemática é esta exclusiva à área da saúde que referes e que não é ensinada? Pelo contrário, a área da Saúde costuma é ter pouca Matemática. A Matemática de Secundário proporciona bases importantes para quem pretende prosseguir para cursos do Ensino Superior que envolvam Matemática. Os conceitos leccionados não são exclusivos à Engenharia, sendo utilizados noutras áreas científicas. Sirva de exemplo a Economia. Também há o facto de a disciplina de Matemática desenvolver o raciocínio do aluno.

Com isto concordo. De quem foi a ideia de ensinar números complexos mas não estatística?
Pela tua resposta apercebi-me que me expressei mal. Não quis dizer que os cursos de saúde utilizem muita matemática, mas sim que quem vai para saúde, por exemplo, tem de ouvir muita matéria que não lhe será útil (números complexos).
Também referi isto porque, pelo que ouvi, o plano de aprendizagens de matemática vai ser alterado (ou iria), incluindo matérias como estatística novamente, agora também nas aprendizagens essenciais acredito (e espero), mas também outros conteúdos que envolvam outras tecnologias que não só as calculadoras.
Quando li estes artigos fiquei bastante surpreendida porque isto é, na minha opinião, um avanço. Mas na internet e na escola o que mais se vê são professores descontentes com esta alteração.
Tens alguma opinião sobre?
Aqui está o artigo em causa.
 
Boa noite, gostava de saber a opinião dos alunos que frequentam ciências e tecnologias? O que estão a achar do curso? As dificuldades que estão a encontrar? Aconselham estudar regularmente? Entre outras coisas que achem importante mencionar, eu sou do 9° ano e quero seguir ciências e tecnologias, porque depois do secundário tenciono ir para medicina veterinária, mas acredito que não seja fácil obter uma média de 17 valores.
Olá estou no 10° ano em ciências e tecnologias, sinceramente é uma mudança MT grande do 9 para o 10, mas se tu estudar regulamente e aprestar atenção nas aulas já te salvas, não é fácil conseguir uma média de 17 valores mt pelo contrário, mas se te dedicares um bocado consegues, uma dica é que quando entrar no 10° não se desespere com as notas do primeiro período porque geralmente e pra todos são más, então se tirares notas baixas no começo não fique triste nem nada como eu sempre digo no primeiro período o importante é não tirar nega, e outro tente estudar um bocado todo dia, porque é MT matéria e tudo é dado de uma vez só então sempre de uma revisada na meteria dada no dia, e quando chegares perto do teste já vais saber um bocado. É basicamente isso, boa sorte.