ESEL ou IPS Enfermagem

Marianaacms04

Membro Caloiro
Matrícula
13 Janeiro 2024
Mensagens
4
Tenho licenciatura numa área relacionada a ciências da terra, um pouco por falta de encaminhamento no secundário ou medo de não ser capaz de ter sucesso noutras áreas por pressão de outros. Sempre quis entrar na área de saúde e gostava muito de tirar enfermagem. Seria apenas no próximo ano letivo, mas queria saber já tudo o possível sobre o processo, vagas, se tenho de fazer exames ou provas, etc.

Vi nos sites de várias universidades mas não consegui perceber como funciona o acesso para pessoas já com licenciatura noutra área, mas com menos de 23 anos. Será que alguém me podia esclarecer?
Obrigada!
 
Olá! Não sei muito bem a resposta à tua pergunta, mas só queria dizer que estou no mesmo “barco” que tu! Tirei a licenciatura numa área de ciências da terra e ainda tirei um mestrado, mas depois apercebi-me que aquilo não me estava a fazer nada feliz.
Tendo vindo de humanidades, ainda estou com algum receio de não me conseguir adaptar.
Eu vou tentar entrar pelo titulares de curso superior e tento falar com os serviços académicos de cada instituição.
 
Olá! Não sei muito bem a resposta à tua pergunta, mas só queria dizer que estou no mesmo “barco” que tu! Tirei a licenciatura numa área de ciências da terra e ainda tirei um mestrado, mas depois apercebi-me que aquilo não me estava a fazer nada feliz.
Tendo vindo de humanidades, ainda estou com algum receio de não me conseguir adaptar.
Eu vou tentar entrar pelo titulares de curso superior e tento falar com os serviços académicos de cada instituição.
É sempre bom saber que há outras pessoas na mesma situação que nós, mete medo mudar o nosso percurso assim. Eu também estava quase a ir para mestrado, mas apercebi-me que estava a ficar cada vez mais desmotivada com as minhas opções. Eu ainda andei a experimentar ciências no secundário mas acabei por sair para línguas por causa da matemática. Agora até tenho matemática no curso e não me deu problemas nenhuns... Mas na altura, ao pensar que as minhas escolhas eram definitivas, é sempre mais difícil decidir.
Mas acho que com um grande esforço conseguimos alcançar bons resultados, se for realmente aquilo que queremos, até porque muitas vezes o difícil é ganhar coragem para fazer estas decisões.
Eu também queria tentar entrar pelo titulares de curso superior. Como ainda tenho 21 não posso ir pelo sub23, mas estava na dúvida se podia tentar entrar das duas maneiras, pelo concurso normal com exames do secundário e pelo concurso especial. Mandei e-mails às instituições mas ainda não obtive resposta.
 
É sempre bom saber que há outras pessoas na mesma situação que nós, mete medo mudar o nosso percurso assim. Eu também estava quase a ir para mestrado, mas apercebi-me que estava a ficar cada vez mais desmotivada com as minhas opções. Eu ainda andei a experimentar ciências no secundário mas acabei por sair para línguas por causa da matemática. Agora até tenho matemática no curso e não me deu problemas nenhuns... Mas na altura, ao pensar que as minhas escolhas eram definitivas, é sempre mais difícil decidir.
Mas acho que com um grande esforço conseguimos alcançar bons resultados, se for realmente aquilo que queremos, até porque muitas vezes o difícil é ganhar coragem para fazer estas decisões.
Eu também queria tentar entrar pelo titulares de curso superior. Como ainda tenho 21 não posso ir pelo sub23, mas estava na dúvida se podia tentar entrar das duas maneiras, pelo concurso normal com exames do secundário e pelo concurso especial. Mandei e-mails às instituições mas ainda não obtive resposta.
Eu já andava a pensar mudar na licenciatura, mas com o COVID, fiquei com a percepção errada de gostar ou não do meu curso, em grande parte por já não ter de acordar cedo, não ter de me dar com pessoas que tornavam a experiência universitária mais difícil… e iludi-me ao pensar que me ia habituar ao mestrado, sempre com o pensamento de “não gosto agora, mas posso vir a gostar”. O futuro veio e estava mais desmotivada e triste do que nunca.
Por acaso, não tentei ciências, mas a “matemática” que tive no curso, até me saí muito bem, por isso estou com esperança que com trabalho e dedicação, eu chegue lá.
Eu posso tentar os dois regimes, mas não tinha a maior vontade do mundo de tentar pelo sub23 (supostamente, não podes ter um curso superior, mas depende da instituição).
Eu tenho 23, mas talvez a tua melhor opção, já que só tens 21, seja a dos exames(?). Tens mais chances, acho eu.
 
Eu já andava a pensar mudar na licenciatura, mas com o COVID, fiquei com a percepção errada de gostar ou não do meu curso, em grande parte por já não ter de acordar cedo, não ter de me dar com pessoas que tornavam a experiência universitária mais difícil… e iludi-me ao pensar que me ia habituar ao mestrado, sempre com o pensamento de “não gosto agora, mas posso vir a gostar”. O futuro veio e estava mais desmotivada e triste do que nunca.
Por acaso, não tentei ciências, mas a “matemática” que tive no curso, até me saí muito bem, por isso estou com esperança que com trabalho e dedicação, eu chegue lá.
Eu posso tentar os dois regimes, mas não tinha a maior vontade do mundo de tentar pelo sub23 (supostamente, não podes ter um curso superior, mas depende da instituição).
Eu tenho 23, mas talvez a tua melhor opção, já que só tens 21, seja a dos exames(?). Tens mais chances, acho eu.
Que curso tiraste e qual gostavas de tirar? Eu tive na mesma situação, não tive grande encaminhamento na escola, escolhi o curso por influência de um dos meus professores e por não ter a certeza de que área gostava, já que gostava de várias coisas diferentes. Também entrei na altura do COVID e logo no primeiro semestre chorei à minha mãe porque não sabia se estava ou não a gostar daquilo. Até parei durante um semestre inteiro e tive de andar lá um ano extra. Até tive boas notas mas a desmotivação era grande e até o mínimo de estudo era um suplício.
Eu vou começar a estudar para o exame de biologia e geologia para ver se consigo ter mais chances de entrar, até porque a minha única opção é mesmo a pública.
 
Que curso tiraste e qual gostavas de tirar? Eu tive na mesma situação, não tive grande encaminhamento na escola, escolhi o curso por influência de um dos meus professores e por não ter a certeza de que área gostava, já que gostava de várias coisas diferentes. Também entrei na altura do COVID e logo no primeiro semestre chorei à minha mãe porque não sabia se estava ou não a gostar daquilo. Até parei durante um semestre inteiro e tive de andar lá um ano extra. Até tive boas notas mas a desmotivação era grande e até o mínimo de estudo era um suplício.
Eu vou começar a estudar para o exame de biologia e geologia para ver se consigo ter mais chances de entrar, até porque a minha única opção é mesmo a pública.
Post automatically merged:

Eu tirei Geografia e tu??
Estava a pensar entre enfermagem e psicologia.
Na escola, eu tive 0 de encaminhamento! Não ajudaram em nada e só desmotivavam, tanto para escolher o curso do secundário, como para a faculdade.
As minhas notas durante o covid aumentaram, então senti-me “melhor” com o curso, mas durante o 1º ano chorei bastante.
Chego ao mestrado e acontece-me a mesma coisa, aliado à falta de apoio e desentendimento que tive com a minha orientadora.
Vai-te correr bem!!! Tenho a certeza!
 
Post automatically merged:

Eu tirei Geografia e tu??
Estava a pensar entre enfermagem e psicologia.
Na escola, eu tive 0 de encaminhamento! Não ajudaram em nada e só desmotivavam, tanto para escolher o curso do secundário, como para a faculdade.
As minhas notas durante o covid aumentaram, então senti-me “melhor” com o curso, mas durante o 1º ano chorei bastante.
Chego ao mestrado e acontece-me a mesma coisa, aliado à falta de apoio e desentendimento que tive com a minha orientadora.
Vai-te correr bem!!! Tenho a certeza!
Estava com um pressentimento que também tinhas tirado geografia ahah. Tirei geografia com na vertente de geografia física no IGOT.
Às vezes mesmo que um aluno se safe e tenhas boas notas, é muito importante encaminhá-lo, porque nessas idades em que somos obrigados a fazer escolhas nem sempre temos 100% de certeza do que queremos.

Eu gostei muito do curso e não deixo de gostar da área, mas gostava muito de ter saído logo quando quis. Obrigada pelo apoio e espero que também te corra bem!
 
Estava com um pressentimento que também tinhas tirado geografia ahah. Tirei geografia com na vertente de geografia física no IGOT.
Às vezes mesmo que um aluno se safe e tenhas boas notas, é muito importante encaminhá-lo, porque nessas idades em que somos obrigados a fazer escolhas nem sempre temos 100% de certeza do que queremos.

Eu gostei muito do curso e não deixo de gostar da área, mas gostava muito de ter saído logo quando quis. Obrigada pelo apoio e espero que também te corra bem!
Olha, não podia ser mais igual! 😂😂 geografia na vertente física! 😂😂 manda-me mensagem privada (se der) com o teu número e assim podemos falar mais ☺️☺️
Exato e também somos muito novos para fazer uma escolha tão importante.

É igual! Gostei muito do curso, achei os professores incríveis (uns mais que outros), mas também devia ter saído mais cedo. Mesmo nessa parte, devia haver mais esclarecimentos de como podemos mudar, porque todo o processo é um bocado confuso.
Temos que nos apoiar uns aos outros ❤️