Física e Química A - Dúvidas e apontamentos

TigasPraz

Membro
Matrícula
24 Julho 2018
Mensagens
63
Curso
Ciências e Tecnologias
Instituição
Secundário
Estou com dúvidas no 3.4, alguém me pode ajudar?
A resposta eu já sei que é a D, mas não sei porquê.

3.4 A corrente elétrica que atravessa a resistência de 4,5 ohm é:
(Dados anteriores: O amperímetro marca 200 mA e o gerador tem uma força eletromotriz de 4,5 V)

A. 0,150 A
B. 0,200 A
C. 0,300 A
D. 0,600 A

Este é o circuito:

20190103_223129.jpg

Obrigado
 
Última edição:

Pastel de Nata

Membro Veterano
Matrícula
28 Setembro 2018
Mensagens
271
Curso
CT
Estou com dúvidas no 3.4, alguém me pode ajudar?
A resposta eu já sei que é a D, mas não sei porquê.

3.4 A corrente elétrica que atravessa a resistência de 4,5 ohm é:
(Dados anteriores: O amperímetro marca 200 mA e o gerador tem uma força eletromotriz de 4,5 V)

A. 0,150 A
B. 0,200 A
C. 0,300 A
D. 0,600 A

Este é o circuito:

Ver anexo 6625

Obrigado
I(R=4,5ohm)=I(R=3,0ohm)+I(R=6,0ohm)
Se reparares bem, esse amperímetro mede a corrente elétrica que passa na resistência de 6,0ohm.
Então, U=RI <=> U=6,0x0,200=1,2V
Como U(R=3,0ohm)=U(R=6,0ohm), então U(R=3,0ohm)=1,2V
Então, I=U/R <=> I=3,0x1,2=0,400A
Logo, I(R=4,5ohm)=0,400+0,200=0,600A
 

bea_moniz123

Membro
Matrícula
9 Outubro 2018
Mensagens
48
Curso
Ciências e tecnologias
Instituição
EBSSRP
Boas!
Será que alguém me pode dizer se joule por segundo pode ser unidade de potência? Ou é obrigatoriamente o Watt?
 

Marco L.

marq muito físiq
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
10,401
Curso
[Engenharia] Física
Instituição
FCUP[/FEUP]
Boas!
Será que alguém me pode dizer se joule por segundo pode ser unidade de potência? Ou é obrigatoriamente o Watt?
Joule por segundo e Watt são a mesma coisa. Aliás, watt é o nome que se dá a J/s
 
  • Like
Reactions: bea_moniz123

Sofia122

Membro Veterano
Matrícula
31 Março 2018
Mensagens
139
Curso
Ciências e Tecnologias
Boa tarde , estou com uma dúvida no exercício 2 do Grupo VI que saiu no exame época especial de 2017.
Eu não percebo porque a resposta é a (A) e porque não poderia ser a (B). Se me pudessem esclarecer esta minha dúvida. Desde já obrigada.
Screenshot_2019-01-19-18-30-26.png
 

Pastel de Nata

Membro Veterano
Matrícula
28 Setembro 2018
Mensagens
271
Curso
CT
Olá, Sofia!

Eu tenho o livro do IAVE com todos os exames e nessa pergunta eles dizem que a solução é a (D)!
A corda oscila na vertical, pelo que os pontos P e Q não se movem segundo o eixo dos xx - opção (A) falsa.
Qualquer ponto da corda percorre, numa oscilação completa, uma distância que é o quádruplo da amplitude (4 x 2,0 cm = 8,0 cm) - opção (B) falsa.
A amplitude de oscilação é 2,0 cm - opção (C) falsa.
Todos os pontos da corda oscilam com a mesma frequência angular (w = 2pi . f), pois a frequência é a mesma para todos os pontos da corda. Logo, é a (D).

Espero ter ajudado!! :)
No exame está (A) como sendo a resposta correta.
Mensagem fundida automaticamente:

Boa tarde , estou com uma dúvida no exercício 2 do Grupo VI que saiu no exame época especial de 2017.
Eu não percebo porque a resposta é a (A) e porque não poderia ser a (B). Se me pudessem esclarecer esta minha dúvida. Desde já obrigada.
Ver anexo 6703
Consideramos t como instante 0. T=1/4. Logo o comprimento de onda é 3/4. Se depois vires no gráfico e andares 3/4 de um comprimento de onda, chegas à opção (A)
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Sofia122

Sofia122

Membro Veterano
Matrícula
31 Março 2018
Mensagens
139
Curso
Ciências e Tecnologias
Olá, Sofia!

Eu tenho o livro do IAVE com todos os exames e nessa pergunta eles dizem que a solução é a (D)!
A corda oscila na vertical, pelo que os pontos P e Q não se movem segundo o eixo dos xx - opção (A) falsa.
Qualquer ponto da corda percorre, numa oscilação completa, uma distância que é o quádruplo da amplitude (4 x 2,0 cm = 8,0 cm) - opção (B) falsa.
A amplitude de oscilação é 2,0 cm - opção (C) falsa.
Todos os pontos da corda oscilam com a mesma frequência angular (w = 2pi . f), pois a frequência é a mesma para todos os pontos da corda. Logo, é a (D).

Espero ter ajudado!! :)
Não era essa a pergunta mas obrigada á mesma . Eu também tenho o livro do IAVE mas lá não tinha a explicação para a que eu tinha dúvida.

No exame está (A) como sendo a resposta correta.
Mensagem fundida automaticamente:


Consideramos t como instante 0. T=1/4. Logo o comprimento de onda é 3/4. Se depois vires no gráfico e andares 3/4 de um comprimento de onda, chegas à opção (A)
Obrigada pela ajuda consegui superar a minha dúvida muito facilmente com a tua explicação. 🙂
 
  • Like
Reactions: Pastel de Nata

tigs

Membro Veterano
Matrícula
3 Agosto 2017
Mensagens
116
Boa Noite! Alguém me pode ajudar nestes 2 exercícios de Física de 12º sff ?
1548801236524.png
o resultado é 0,58
 

Marco L.

marq muito físiq
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
10,401
Curso
[Engenharia] Física
Instituição
FCUP[/FEUP]
Boa Noite! Alguém me pode ajudar nestes 2 exercícios de Física de 12º sff ?
Ver anexo 6809
o resultado é 0,58
(Na resolução deste exercício, todas as relações numéricas serão escritas nas unidades SI)
Boas! A primeira coisa que deves fazer em exercícios deste género é marcar as forças, de modo a descobrires a normal, que não é necessariamente igual (em módulo) ao peso.
plano.png
O bloco não se desloca no eixo dos yy, logo
\[ \vec{N} + \vec{P_y} = \vec{0} \\ \vec{N} = -\vec{P_y} \\ N\vec{e_y} = -(-mg\cos{(30º)}\vec{e_y}) \]
Ou seja, em termos de intensidade (módulo), que é o que nos importa para calcular a força de atrito:
\[ N = mg\cos{(30º)} \]
Daqui segue que
\[ |f_a| = \mu mg\cos{(30º)} = \mu \times 2\times 10\times \cos{(30º)} = 17.32\mu \]

Outro dado do enunciado diz-nos que a energia do bloco quando para no plano inclinado é 8J. Ora, essa é a energia do bloco quando atinge a altura máxima (e tem energia cinética nula). Então, podemos escrever:
\[ E_m = E_p = mgh = 8J \]
Como mg = 20 (N), tiramos que h = 0.4 m.
Outro dado importante no enunciado é a velocidade na base do plano, que vamos usar nas duas alíneas.
Analisado o enunciado, agora podemos resolver as duas alíneas:
a) No bloco, atua uma força dissipativa, a força de atrito, cuja intensidade já escrevemos acima em função do coeficiente de atrito cinético. Logo, a variação de energia mecânica do (sistema) bloco(+Terra) é
\[ \Delta E_m = W_{f_a} = |f_a| |\Delta x|\cos{(180º)} \]
(a força de atrito, neste caso, atua no sentido oposto ao deslocamento). Note-se que:
\[ \sin(30º) = \frac{h}{|\Delta x|} \\ \Delta x = \frac{h}{\sin(30º)} = 2h = 0.8m \]
Logo,
\[ W_{f_a} = 17.32\mu\times0.8\times \cos(180º) = -13,9\mu \]
Sabemos a energia mecânica inicial, que corresponde à energia cinética do bloco na base do plano.\[ Em_i = \frac{1}{2}mv^2 = 0.5\times2\times4^2 = 16J \]
A final é 8J, logo, a variação de energia mecânica é 8-16 = -8 J. Usando a equação acima, podemos escrever
\[ -13,9\mu = -8 \\ \mu = 0.58 \]

(desafio-te, agora que tens uma melhor rampa de lançamento, fazeres a alínea seguinte. se não conseguires, diz ;))
 

tigs

Membro Veterano
Matrícula
3 Agosto 2017
Mensagens
116
(Na resolução deste exercício, todas as relações numéricas serão escritas nas unidades SI)
Boas! A primeira coisa que deves fazer em exercícios deste género é marcar as forças, de modo a descobrires a normal, que não é necessariamente igual (em módulo) ao peso.
Ver anexo 6816
O bloco não se desloca no eixo dos yy, logo
\[ \vec{N} + \vec{P_y} = \vec{0} \\ \vec{N} = -\vec{P_y} \\ N\vec{e_y} = -(-mg\cos{(30º)}\vec{e_y}) \]
Ou seja, em termos de intensidade (módulo), que é o que nos importa para calcular a força de atrito:
\[ N = mg\cos{(30º)} \]
Daqui segue que
\[ |f_a| = \mu mg\cos{(30º)} = \mu \times 2\times 10\times \cos{(30º)} = 17.32\mu \]

Outro dado do enunciado diz-nos que a energia do bloco quando para no plano inclinado é 8J. Ora, essa é a energia do bloco quando atinge a altura máxima (e tem energia cinética nula). Então, podemos escrever:
\[ E_m = E_p = mgh = 8J \]
Como mg = 20 (N), tiramos que h = 0.4 m.
Outro dado importante no enunciado é a velocidade na base do plano, que vamos usar nas duas alíneas.
Analisado o enunciado, agora podemos resolver as duas alíneas:
a) No bloco, atua uma força dissipativa, a força de atrito, cuja intensidade já escrevemos acima em função do coeficiente de atrito cinético. Logo, a variação de energia mecânica do (sistema) bloco(+Terra) é
\[ \Delta E_m = W_{f_a} = |f_a| |\Delta x|\cos{(180º)} \]
(a força de atrito, neste caso, atua no sentido oposto ao deslocamento). Note-se que:
\[ \sin(30º) = \frac{h}{|\Delta x|} \\ \Delta x = \frac{h}{\sin(30º)} = 2h = 0.8m \]
Logo,
\[ W_{f_a} = 17.32\mu\times0.8\times \cos(180º) = -13,9\mu \]
Sabemos a energia mecânica inicial, que corresponde à energia cinética do bloco na base do plano.\[ Em_i = \frac{1}{2}mv^2 = 0.5\times2\times4^2 = 16J \]
A final é 8J, logo, a variação de energia mecânica é 8-16 = -8 J. Usando a equação acima, podemos escrever
\[ -13,9\mu = -8 \\ \mu = 0.58 \]

(desafio-te, agora que tens uma melhor rampa de lançamento, fazeres a alínea seguinte. se não conseguires, diz ;))
Muito obrigado!:grin:, consegui fazer a alinea seguinte! Mas a que resolves-te, percebi por essa forma da variação da energia mecanica, mas tb tentei fazendo \[ \triangle Ec\;=\;W_{Fr} \] e não consegui :| . Pq eq não dá por essa forma?
 

Marco L.

marq muito físiq
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
10,401
Curso
[Engenharia] Física
Instituição
FCUP[/FEUP]
Muito obrigado!:grin:, consegui fazer a alinea seguinte! Mas a que resolves-te, percebi por essa forma da variação da energia mecanica, mas tb tentei fazendo \[ \triangle Ec\;=\;W_{Fr} \] e não consegui :| . Pq eq não dá por essa forma?
Fr tem em conta o Peso, mas o peso é uma força conservativa, não conta para variação de energia mecânica. Só há uma força não conservativa a atuar, que é o atrito. A variação de energia mecânica é igual ao trabalho da resultante das forças não conservativas, e não do trabalho da resultante de todas as forças.
 
  • Like
Reactions: Blasty

tigs

Membro Veterano
Matrícula
3 Agosto 2017
Mensagens
116
Fr tem em conta o Peso, mas o peso é uma força conservativa, não conta para variação de energia mecânica. Só há uma força não conservativa a atuar, que é o atrito. A variação de energia mecânica é igual ao trabalho da resultante das forças não conservativas, e não do trabalho da resultante de todas as forças.
Expressei-me mal :sweatsmile:, tava a falar porque não funciona utilizando o teorema da energia cinetica?
 

Marco L.

marq muito físiq
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
10,401
Curso
[Engenharia] Física
Instituição
FCUP[/FEUP]
Expressei-me mal :sweatsmile:, tava a falar porque não funciona utilizando o teorema da energia cinetica?
ah, vi mal a fórmula xD Bem, deve funcionar, mas tens de considerar o peso na tua fórmula
 

Beabb3

Membro
Matrícula
6 Janeiro 2018
Mensagens
46
Curso
Ciências e Tecnologias 11ano
Olá alguém me pode ajudar . Qual a relação da entalpia dos produtos da reação com a dos reagentes?
 

raquel19

Membro Caloiro
Matrícula
21 Novembro 2018
Mensagens
1
Boa tarde. Gostaria de saber se alguém me consegue disponibilizar, em formato pdf, o manual "Jogo de Partículas 12ºano", visto que vou ter teste de processos químicos analíticos e necessitava de apoio para o estudo dos polímeros. Obrigada :))