Flul- Artes e humanidades ou estudos portugueses

Inêzzz

Membro
Matrícula
24 Agosto 2020
Mensagens
19
Quero escolher um destes dois cursos, mas tenho dúvidas sobre qual o mais adequado para mim. Alguém tem uma opinião para me dar sobre?
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,466
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Quero escolher um destes dois cursos, mas tenho dúvidas sobre qual o mais adequado para mim. Alguém tem uma opinião para me dar sobre?
Olá, novamente! Aconselho vivamente a que consultes o plano de estudos de cada um destes cursos no site da FLUL. No fundo, são ambos dois cursos bastante flexíveis a nível de opções de cadeiras e acho que um bom ponto para diferenciares seria comparares o Tronco Comum de cada um destes cursos e escolheres aquele em que te revês mais!
 

Inêzzz

Membro
Matrícula
24 Agosto 2020
Mensagens
19
olá novamente! Ok vou fazer isso, é que são dois cursos realmente interessantes e flexíveis, e isso agrada-me muito. Obrigada pela atenção e pelos conselhos.
 

Diana Valença

Membro Veterano
Matrícula
9 Maio 2016
Mensagens
313
Curso
Ciências e Tecnologias
Ainda não entrei na faculdade, mas diria que depende um bocado do que queres seguir.
Os 120 ECTS que queres fazer em Artes e Humanidades podes fazer em Estudos Portugueses. Então como a Ariana disse olha para o tronco comum, o que gostas mais ou o que te convém para o futuro.
Em AH mesmo no tronco comum tens mais escolha que em EP, por outro lado AH é dos últimos cursos a escolher as opcionais ficando com as vagas que ninguém quis, para escolher opcionais acho que terias mais sorte em EP
 

Inêzzz

Membro
Matrícula
24 Agosto 2020
Mensagens
19
Eu acabo por estar um pouco mais inclinada para Artes e Humanidades pois não é tão focado em português como o de estudos portugueses é (claro é obvio) como AH é um pouco maia abrangente terá saídas profissionais maia vastas e isso interessa-me mais. Mas isso das vagas que ninguem quer não entendo porque funciona assim sinceramente
 

Diana Valença

Membro Veterano
Matrícula
9 Maio 2016
Mensagens
313
Curso
Ciências e Tecnologias
Eu acabo por estar um pouco mais inclinada para Artes e Humanidades pois não é tão focado em português como o de estudos portugueses é (claro é obvio) como AH é um pouco maia abrangente terá saídas profissionais maia vastas e isso interessa-me mais. Mas isso das vagas que ninguem quer não entendo porque funciona assim sinceramente
Pelo que sei antes toda a gente inscrevia-se ao mesmo tempo e para além de sobrecarregar o sistema acontecia de alunos de História, por exemplo, não se conseguirem inscrever em disciplinas obrigatórias porque outros alunos de Estudos Gerais ou AH "roubavam-nas". Assim começaram a dividir as inscrições por licenciaturas, ficando AH e EG para o fim porque em princípio tem mais opções
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,466
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Pelo que sei antes toda a gente inscrevia-se ao mesmo tempo e para além de sobrecarregar o sistema acontecia de alunos de História, por exemplo, não se conseguirem inscrever em disciplinas obrigatórias porque outros alunos de Estudos Gerais ou AH "roubavam-nas". Assim começaram a dividir as inscrições por licenciaturas, ficando AH e EG para o fim porque em princípio tem mais opções
Isso já não se verifica desde 2020, Diana. E penso que este ano vão voltar a adoptar o mesmo sistema: as inscrições são por ordem de número de aluno. Isto para alunos do 1º ano tem menos relevância porque para estes as inscrições decorreram todas ao mesmo tempo, porque, geralmente, o 1º ano está a fazer as cadeiras do Tronco Comum, pelo que conseguem relativamente bem fazer as disciplinas que precisam. Nos restantes anos, a inscrição foi pela ordem do número de aluno, isto porque os primeiros números correspondem aos alunos mais antigos (ou seja, mais provavelmente do 3º ano da licenciatura, por exemplo). Esses alunos devem ter prioridade, uma vez que estão no ano terminal e certamente que poderão ter disciplinas específicas para fazer para ingressarem no mestrado que pretendem. Os outros alunos terão menos prioridade, mas, seguindo esta lógica, eventualmente chegarão no 3º ano à dita "prioridade".

Penso que o sistema irá manter-se assim (e ainda bem, na minha opinião, porque assim não faz a seriação de cursos que não era muito justa). Portanto, o meu conselho é:
1) Alunos do 1º ano, façam as disciplinas obrigatórias/Tronco Comum/NUCO
2) Alunos do 2º ano/quando forem para o 2º - Não esperem exactamente conseguirem fazer aqui logo tudo o que querem, portanto, organizem várias alternativas. Abram, no entanto, o(s) major(s)/minor(s) que queiram fazer. Se querem fazer um major/minor, recomendo que se tentem inscrever ao máximo de cadeiras que consigam (mas que sejam as cadeiras que vos agradam mais!), para no 3º ano terem prioridade de fazer as restantes cadeiras que faltem para completar o major (pro tip: não esperem acabar um major/minor no mesmo ano, é comum não conseguirem vaga no 2º ano e mais vale fazer as disciplinas que vos agradam mais e depois chegam ao 3º ano e dizem 'então, mas tenho 8 cadeiras do major feitas e 2 do minor, só me faltam 2 cadeiras e 3, por isso, preciso mesmo inscrever-me nestas, ou não completo o major/minor).
3) Alunos do 3º ano, seguindo as dicas anteriores, no 3º ano é fecharem os vossos Majors/Minors com as disciplinas que faltam e em princípio é o ano em que vão conseguir vagas mais facilmente. Caso não consigam, nunca hesitem em contactar os SA, porque o processo de inscrições (no modelo actual), tem uma linha de apoio às inscrições e é para lá que devem ligar quando têm problemas com as vagas.
 
  • Like
Reactions: Paulo Inácio

Diana Valença

Membro Veterano
Matrícula
9 Maio 2016
Mensagens
313
Curso
Ciências e Tecnologias
Isso já não se verifica desde 2020, Diana. E penso que este ano vão voltar a adoptar o mesmo sistema: as inscrições são por ordem de número de aluno. Isto para alunos do 1º ano tem menos relevância porque para estes as inscrições decorreram todas ao mesmo tempo, porque, geralmente, o 1º ano está a fazer as cadeiras do Tronco Comum, pelo que conseguem relativamente bem fazer as disciplinas que precisam. Nos restantes anos, a inscrição foi pela ordem do número de aluno, isto porque os primeiros números correspondem aos alunos mais antigos (ou seja, mais provavelmente do 3º ano da licenciatura, por exemplo). Esses alunos devem ter prioridade, uma vez que estão no ano terminal e certamente que poderão ter disciplinas específicas para fazer para ingressarem no mestrado que pretendem. Os outros alunos terão menos prioridade, mas, seguindo esta lógica, eventualmente chegarão no 3º ano à dita "prioridade".

Penso que o sistema irá manter-se assim (e ainda bem, na minha opinião, porque assim não faz a seriação de cursos que não era muito justa). Portanto, o meu conselho é:
1) Alunos do 1º ano, façam as disciplinas obrigatórias/Tronco Comum/NUCO
2) Alunos do 2º ano/quando forem para o 2º - Não esperem exactamente conseguirem fazer aqui logo tudo o que querem, portanto, organizem várias alternativas. Abram, no entanto, o(s) major(s)/minor(s) que queiram fazer. Se querem fazer um major/minor, recomendo que se tentem inscrever ao máximo de cadeiras que consigam (mas que sejam as cadeiras que vos agradam mais!), para no 3º ano terem prioridade de fazer as restantes cadeiras que faltem para completar o major (pro tip: não esperem acabar um major/minor no mesmo ano, é comum não conseguirem vaga no 2º ano e mais vale fazer as disciplinas que vos agradam mais e depois chegam ao 3º ano e dizem 'então, mas tenho 8 cadeiras do major feitas e 2 do minor, só me faltam 2 cadeiras e 3, por isso, preciso mesmo inscrever-me nestas, ou não completo o major/minor).
3) Alunos do 3º ano, seguindo as dicas anteriores, no 3º ano é fecharem os vossos Majors/Minors com as disciplinas que faltam e em princípio é o ano em que vão conseguir vagas mais facilmente. Caso não consigam, nunca hesitem em contactar os SA, porque o processo de inscrições (no modelo actual), tem uma linha de apoio às inscrições e é para lá que devem ligar quando têm problemas com as vagas.
Eu sei que já não é assim, a Inêzzz disse que não entendia porque era assim a ordem de vagas e eu expliquei.
Isso já não se verifica desde 2020, Diana. E penso que este ano vão voltar a adoptar o mesmo sistema: as inscrições são por ordem de número de aluno. Isto para alunos do 1º ano tem menos relevância porque para estes as inscrições decorreram todas ao mesmo tempo, porque, geralmente, o 1º ano está a fazer as cadeiras do Tronco Comum, pelo que conseguem relativamente bem fazer as disciplinas que precisam. Nos restantes anos, a inscrição foi pela ordem do número de aluno, isto porque os primeiros números correspondem aos alunos mais antigos (ou seja, mais provavelmente do 3º ano da licenciatura, por exemplo). Esses alunos devem ter prioridade, uma vez que estão no ano terminal e certamente que poderão ter disciplinas específicas para fazer para ingressarem no mestrado que pretendem. Os outros alunos terão menos prioridade, mas, seguindo esta lógica, eventualmente chegarão no 3º ano à dita "prioridade".

Penso que o sistema irá manter-se assim (e ainda bem, na minha opinião, porque assim não faz a seriação de cursos que não era muito justa). Portanto, o meu conselho é:
1) Alunos do 1º ano, façam as disciplinas obrigatórias/Tronco Comum/NUCO
2) Alunos do 2º ano/quando forem para o 2º - Não esperem exactamente conseguirem fazer aqui logo tudo o que querem, portanto, organizem várias alternativas. Abram, no entanto, o(s) major(s)/minor(s) que queiram fazer. Se querem fazer um major/minor, recomendo que se tentem inscrever ao máximo de cadeiras que consigam (mas que sejam as cadeiras que vos agradam mais!), para no 3º ano terem prioridade de fazer as restantes cadeiras que faltem para completar o major (pro tip: não esperem acabar um major/minor no mesmo ano, é comum não conseguirem vaga no 2º ano e mais vale fazer as disciplinas que vos agradam mais e depois chegam ao 3º ano e dizem 'então, mas tenho 8 cadeiras do major feitas e 2 do minor, só me faltam 2 cadeiras e 3, por isso, preciso mesmo inscrever-me nestas, ou não completo o major/minor).
3) Alunos do 3º ano, seguindo as dicas anteriores, no 3º ano é fecharem os vossos Majors/Minors com as disciplinas que faltam e em princípio é o ano em que vão conseguir vagas mais facilmente. Caso não consigam, nunca hesitem em contactar os SA, porque o processo de inscrições (no modelo actual), tem uma linha de apoio às inscrições e é para lá que devem ligar quando têm problemas com as vagas.
Por acaso tinha ideia que ainda era por licenciatura, no caso do 1º ano, que era do que estava a falar. Eu lembro-me de ter visto o ano passado os de EG e AH a reclamar de terem ficado para o fim
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,466
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Eu sei que já não é assim, a Inêzzz disse que não entendia porque era assim a ordem de vagas e eu expliquei.

Por acaso tinha ideia que ainda era por licenciatura, no caso do 1º ano, que era do que estava a falar. Eu lembro-me de ter visto o ano passado os de EG e AH a reclamar de terem ficado para o fim
Os do 1º ano tinham datas em específico, sim, mas os colegas que se queixaram de "vagas" foi porque estavam a escolher opcionais e não as cadeiras do TC. Também houve outros problemas que não teve a ver com o fim ou o início (por exemplo, TP's de Japonês/Alemão/Italiano em que os profs pediram especificamente para não terem mais que X alunos), com a rapidez com que as vagas se vão embora, essas vagas já estavam praticamente preenchidas a priori (sobretudo, pelos alunos dos outros anos).
 
  • Like
Reactions: Diana Valença