Fuga de Informação Exame de Português

 
A fidelidade do realizador ao texto começa nessas palavras, ditas por um narrador que, falando pela voz de Eça, não pretende ser o escritor...

Essa frase tem a ordem das palavras trocadas, assim dizendo.

Ficaria: A fidelidade do realizador ao texto começa nessas palavras, que ditas por um narrador falando pela voz de Eça, não pretende ser o escritor...

Restritiva
 
  • Like
Reactions: Andreia C.
Lamento, mas acho que estás errada. A diferença dos valores é mesmo a questão das virgulas ;)
Vai então dizer isso à minha explicadora e aos meus professores. E já agora responde à frase que deixei.
 
Restritiva. Mas repara que o "que" está antes da vírgula.

Exatamente! É restritiva, mas nas explicativas o que tem de estar depois da virgula! Ou seja, nao era explicativa de modo algum.
 
Eu cheguei ao 10º e ainda dizia Complemento circunstancial de lugar, por isso os modificadores para mim ainda é chinês autêntico, mesmo passado 3 anos, alguma alma caridosa me quer explicar os modificadores e complemento do nome?
Eu decorei que o complemento do nome é o que vem a seguir a um nome (por isso é que o complementa) e na maior parte das vezes é introduzido pelo "de". Por exemplo: os pedidos de ajuda foram atendidos.
O modificador restritivo é o que não leva vírgula e restringe o nome que modifica. Por exemplo: O caderno azul é meu.
O modificador apositivo é o que leva vírgulas. Por exemplo: O sonho, que faz parte de nós, é essencial.
Podes associa-los às orações adjetivas restritivas e explicativas, respetivamente.
 
  • Like
Reactions: _arilopes
Como é que se estuda gramática? Pode parecer uma pergunta parva, mas por onde têm vocês estudado? É que não me entra nada na cabeça por mais que tente.
 
Vai então dizer isso à minha explicadora e aos meus professores. E já agora responde à frase que deixei.
Prefiro que sejas tu a dizer quando lhe fores mostrar o exame para pedir recurso porque não concordas com a correção da gramática ;)
Em relação à tua frase, é restritiva, porque o "que" está antes da virgula o que nos permite concluir que está a restringir.
 
Eu decorei que o complemento do nome é o que vem a seguir a um nome (por isso é que o complementa) e na maior parte das vezes é introduzido pelo "de". Por exemplo: os pedidos de ajuda foram atendidos.
O modificador restritivo é o que não leva vírgula e restringe o nome que modifica. Por exemplo: O caderno azul é meu.
O modificador apositivo é o que leva vírgulas. Por exemplo: O sonho, que faz parte de nós, é essencial.
Podes associa-los às orações adjetivas restritivas e explicativas, respetivamente.

Obrigada!
 
Como é que se estuda gramática? Pode parecer uma pergunta parva, mas por onde têm vocês estudado? É que não me entra nada na cabeça por mais que tente.
Eu só estudei orações e funções sintáticas. É uma questão de tentares apanhar alguns truques. Os verbos copulativos indicam predicativo do sujeito, os transitivos-predicativos indicam predicativo do complemento direto... Coisas assim
 
Ok, vou só recapitular.
Porque isto das orações também é novo para mim. E disseram-me que, e eu nunca questionei isto, embora as explicativas (na maior parte, e devo dizer que até agora penso nunca vi uma) estejam entre vírgulas, não é isto que vai ditar algo. É um indicador.
A minha discordância foi e sempre será de que: se pode tirar a restritiva da frase, continuando ela a fazer o mesmo sentido. Não faz.
E lá está, as vírgulas têm de ter o que. E LordKelvin (não te consigo por em tag...) tens razão com aquela frase. Não foi o melhor exemplo.
É só porque eu já fui a testes e exame, vi as vírgulas e pronto, explicativa. Quando era restritiva.
Mas pronto, o que eu queria transparecer é que não se pode tirar as restritivas deixando a frase com o mesmo sentido.
--- Post atualizado ---
Prefiro que sejas tu a dizer quando lhe fores mostrar o exame para pedir recurso porque não concordas com a correção da gramática ;)
Em relação à tua frase, é restritiva, porque o "que" está antes da virgula o que nos permite concluir que está a restringir.
Nem nunca iria a recurso pela gramática...
A questão aqui é se, por alguma razão, te pedissem para explicar porque é que era explicativa dizias só que era por causa das vírgulas?
 
  • Like
Reactions: _arilopes
A minha discordância foi e sempre será de que: se pode tirar a restritiva da frase, continuando ela a fazer o mesmo sentido. Não faz.
Sim, concordamos plenamente nesse aspeto!
Agora, o facto de estar entre vírgulas implica já a veiculação de uma informação adicional, acessória. Quando lemos algo entre vírgulas, damos até a entoação como se fosse um extra que estivéssemos a dizer. Por outro lado, ao ler uma oração com valor restritivo, está tão intimimamente ligada à frase em si, que nós a lemos sem fazer pausa antes ou depois. Não me recordo de já ter visto uma oração com valor restritivo entre vírgulas.
 
  • Like
Reactions: Andreia C.
Ok, vou só recapitular.
Porque isto das orações também é novo para mim. E disseram-me que, e eu nunca questionei isto, embora as explicativas (na maior parte, e devo dizer que até agora penso nunca vi uma) estejam entre vírgulas, não é isto que vai ditar algo. É um indicador.
A minha discordância foi e sempre será de que: se pode tirar a restritiva da frase, continuando ela a fazer o mesmo sentido. Não faz.
E lá está, as vírgulas têm de ter o que. E LordKelvin (não te consigo por em tag...) tens razão com aquela frase. Não foi o melhor exemplo.
É só porque eu já fui a testes e exame, vi as vírgulas e pronto, explicativa. Quando era restritiva.
Mas pronto, o que eu queria transparecer é que não se pode tirar as restritivas deixando a frase com o mesmo sentido.
--- Post atualizado ---

Nem nunca iria a recurso pela gramática...
A questão aqui é se, por alguma razão, te pedissem para explicar porque é que era explicativa dizias só que era por causa das vírgulas?

Tudo em cima de ti por causa disto, no final conta é se têm certo ou não, se pensam de uma maneira façam dessa maneira se sempre resultou para vocês.

E não se esqueçam que alguns 'que' não são o que parecem ser!
 
  • Like
Reactions: Andreia C.
Ok, vou só recapitular.
Porque isto das orações também é novo para mim. E disseram-me que, e eu nunca questionei isto, embora as explicativas (na maior parte, e devo dizer que até agora penso nunca vi uma) estejam entre vírgulas, não é isto que vai ditar algo. É um indicador.
A minha discordância foi e sempre será de que: se pode tirar a restritiva da frase, continuando ela a fazer o mesmo sentido. Não faz.
E lá está, as vírgulas têm de ter o que. E LordKelvin (não te consigo por em tag...) tens razão com aquela frase. Não foi o melhor exemplo.
É só porque eu já fui a testes e exame, vi as vírgulas e pronto, explicativa. Quando era restritiva.
Mas pronto, o que eu queria transparecer é que não se pode tirar as restritivas deixando a frase com o mesmo sentido.
--- Post atualizado ---

Nem nunca iria a recurso pela gramática...
A questão aqui é se, por alguma razão, te pedissem para explicar porque é que era explicativa dizias só que era por causa das vírgulas?
Não só, mas também diria que sintaticamente representa um modificador e como tal pode ser retirado da frase :)
 
Sim, concordamos plenamente nesse aspeto!
Agora, o facto de estar entre vírgulas implica já a veiculação de uma informação adicional, acessória. Quando lemos algo entre vírgulas, damos até a entoação como se fosse um extra que estivéssemos a dizer. Por outro lado, ao ler uma oração com valor restritivo, está tão intimimamente ligada à frase em si, que nós a lemos com fazer pausa antes ou depois. Não me recordo de já ter visto uma oração com valor restritivo entre vírgulas.

Sim, só tem vírgulas se estiverem depois do que. E foi um lapso da minha parte. Construí mal a frase. Mas lá está, se fosse para justificar, e ainda bem que não é, dizer "ah, está entre vírgulas" não é suficiente. Temos de dizer que pode ser removida da frase sem que esta perca o sentido original.
--- Post atualizado ---
Tudo em cima de ti por causa disto, no final conta é se têm certo ou não, se pensam de uma maneira façam dessa maneira se sempre resultou para vocês.

E não se esqueçam que alguns 'que' não são o que parecem ser!

É uma discussão, tal como todas as outras. Eu aprendi disto, vocês aprenderam disto. É só o que é preciso (aliás, é o que é preciso em todas as formas de ensino...). Mas exato, desde que consigam chegar lá e acertar, ainda bem.

Para além disso, se alguém quiser um truque para as concessivas (eu tive alguns problemas em distingui-las das consecutivas, também tenho.
 
Para além disso, se alguém quiser um truque para as concessivas (eu tive alguns problemas em distingui-las das consecutivas, também tenho.

Eu costumo substituir por 'embora' para ver se é concessiva, mas estou interessada em saber como fazes!
 
Sim, só tem vírgulas se estiverem depois do que. E foi um lapso da minha parte. Construí mal a frase. Mas lá está, se fosse para justificar, e ainda bem que não é, dizer "ah, está entre vírgulas" não é suficiente. Temos de dizer que pode ser removida da frase sem que esta perca o sentido original.
Sim, concordo!
 
  • Like
Reactions: Andreia C.
Para ser explicativa o "que" tem de estar logo depois de uma virgula? Ou podem estar 1 ou 2 palavras entre o "que" e a virgula que ela continua a ser explicativa? Nao sei se este exemplo serve:
Eça de Queiros, o homem que escreveu os Maias, nasceu no seculo xix
(se e verdade ou nao, nao sei. Mas a oraçao, e explicativa ou restritiva?
 
Eu costumo substituir por 'embora' para ver se é concessiva, mas estou interessada em saber como fazes!

Eu baralho os marcadores porque as orações têm os nomes demasiado parecidos xD
Concessivas: 51%/49% : Embora a oração subordinada negue a subordinante, a subordinante tem sempre um peso maior. (e isto foi uma oração concessiva lol).
Ou seja (e a minha explicadora deu-me isto e nunca mais me esqueci) Mesmo que te esforces, nunca vais entrar em Medicina. A subordinante tem muito mais peso a nível de informação do que a subordinada.
--- Post atualizado ---
Que caralho interessa a gramática neste momento. Completo off topic, é suposto falarmos da fuga e ha mais probabilidade de ser um rumor do uma verdadeira leak
Bem vindo ao fórum, onde se fala de tudo, em todo o lado... Já se disse tudo o que havia a dizer sobre a "leak" pode ser verdade, mentira. Se não gostas, tens muitos outros tópicos no fórum onde podes encontrar "off topics" ou então podes criar o teu e não o deixar sair do tópico....
--- Post atualizado ---
Para ser explicativa o "que" tem de estar logo depois de uma virgula? Ou podem estar 1 ou 2 palavras entre o "que" e a virgula que ela continua a ser explicativa? Nao sei se este exemplo serve:
Eça de Queiros, o homem que escreveu os Maias, nasceu no seculo xix
(se e verdade ou nao, nao sei. Mas a oraçao, e explicativa ou restritiva?
Essa frase é boa... Eu diria nem uma nem outra mas posso estar redondamente enganada... Eu diria completiva...
 
Que caralho interessa a gramática neste momento. Completo off topic, é suposto falarmos da fuga e ha mais probabilidade de ser um rumor do uma verdadeira leak
Estás mal muda-te! Já mts falaram da fuga e deram opiniões se agr mudaram o assunto e estão a esclarecer duvidas não tens nada haver, queres procura outro site onde falem só do que queres.