Help, preciso da vossa opinião

meninadomar

Membro Caloiro
Matrícula
23 Maio 2020
Mensagens
4
Olá,

Venho por este meio ver se alguém me pode dar uma "ajudinha", como dito num dos meus outros tópicos sou estudante no estrangeiro. E obtive a equivalência aos meus estudos estrangeiros com a média final de 13. Será que vou conseguir entrar en ciências da nutrição (o meu maior sonho) ? Ou há algum curso em saúde onde possa entrar com essa média ?

Obrigada
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,484
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Olá,

Venho por este meio ver se alguém me pode dar uma "ajudinha", como dito num dos meus outros tópicos sou estudante no estrangeiro. E obtive a equivalência aos meus estudos estrangeiros com a média final de 13. Será que vou conseguir entrar en ciências da nutrição (o meu maior sonho) ? Ou há algum curso em saúde onde possa entrar com essa média ?

Obrigada
Diria que depende da(s) tuas provas de ingresso (exames nacionais) e se vais concorrer pelo contingente geral ou pelo dos emigrantes. De qualquer das formas, estarias dentro da média da UTAD, se as tuas provas de ingresso andarem nos mesmos valores que a tua média (seria bom se fosse um bocadinho acima, 14-15 nos exames). Para as outras faculdades públicas, a tua nota de candidatura teria de estar entre os 15-16, pelo que terias de ter provas de ingresso mais próximos do 18 para cima. Tudo dependerá dos resultados que os alunos tenham nos exames, mas diria que vale a pena concorreres pelo menos à UTAD (no final do 1º ano, poderás tentar fazer mudança de instituição para outra e talvez entres). Quanto a outros cursos, sugiro que procures aqui: Acesso ao Ensino Superior 2020 - Índices de Cursos (por área de estudos e curso)
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Diria que depende da(s) tuas provas de ingresso (exames nacionais) e se vais concorrer pelo contingente geral ou pelo dos emigrantes. De qualquer das formas, estarias dentro da média da UTAD, se as tuas provas de ingresso andarem nos mesmos valores que a tua média (seria bom se fosse um bocadinho acima, 14-15 nos exames). Para as outras faculdades públicas, a tua nota de candidatura teria de estar entre os 15-16, pelo que terias de ter provas de ingresso mais próximos do 18 para cima. Tudo dependerá dos resultados que os alunos tenham nos exames, mas diria que vale a pena concorreres pelo menos à UTAD (no final do 1º ano, poderás tentar fazer mudança de instituição para outra e talvez entres). Quanto a outros cursos, sugiro que procures aqui: Acesso ao Ensino Superior 2020 - Índices de Cursos (por área de estudos e curso)
Peço desculpa pela intromissão no tópico mas também precisava de uma opinião. Vou-me candidatar a Ciências da Nutrição na UTAD e também no Instituto Politécnico de Leiria. A UTAD cativa-me por ser Universidade e não um Politécnico (não desmerecendo, mas infelizmente penso que a Universidade continua a ter mais prestígio para as entidades patronais, corrijam-me se estiver errada). Por outro lado preferia Leiria pela localização geográfica (mais perto de casa). O curso em Leiria é Dietética e Nutrição na escola superior de Saúde. O da UTAD é Ciências da Nutrição na escola superior de ciências da vida e do ambiente.
Preciso de uma opinião, se alguém me puder dizer em termos de formação académica, qual seria a melhor escolha.
Obrigado 🙂
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Peço desculpa pela intromissão no tópico mas também precisava de uma opinião. Vou-me candidatar a Ciências da Nutrição na UTAD e também no Instituto Politécnico de Leiria. A UTAD cativa-me por ser Universidade e não um Politécnico (não desmerecendo, mas infelizmente penso que a Universidade continua a ter mais prestígio para as entidades patronais, corrijam-me se estiver errada). Por outro lado preferia Leiria pela localização geográfica (mais perto de casa). O curso em Leiria é Dietética e Nutrição na escola superior de Saúde. O da UTAD é Ciências da Nutrição na escola superior de ciências da vida e do ambiente.
Preciso de uma opinião, se alguém me puder dizer em termos de formação académica, qual seria a melhor escolha.
Obrigado 🙂

Escolhe o que te fizer gastar menos dinheiro durante os estudos. No final a faculdade não vai ditar nada no teu percurso profissional.
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Escolhe o que te fizer gastar menos dinheiro durante os estudos. No final a faculdade não vai ditar nada no teu percurso profissional.
Em termos de dinheiro é a mesma coisa, pois ficarei a residir na área onde serei colocada. A minha dúvida é qual será a melhor escolha a nível académico.
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Em termos de dinheiro é a mesma coisa, pois ficarei a residir na área onde serei colocada. A minha dúvida é qual será a melhor escolha a nível académico.

Nem eu nem ninguém te vai saber dizer isso. Não vai ser a faculdade a ditar isso. Mas sim cunhas, "amigos" e dinheiro. Tens licenciados de Dietética e Nutrição do IP de Leiria que estão bem. E doutorados da fcnaup (com licenciatura, mestrado e doutoramento) que estão a ponderar tirar outra licenciatura. Nunca ninguém te vai perguntar de que faculdade vieste.
 

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,011
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Nem eu nem ninguém te vai saber dizer isso. Não vai ser a faculdade a ditar isso. Mas sim cunhas, "amigos" e dinheiro. Tens licenciados de Dietética e Nutrição do IP de Leiria que estão bem. E doutorados da fcnaup (com licenciatura, mestrado e doutoramento) que estão a ponderar tirar outra licenciatura. Nunca ninguém te vai perguntar de que faculdade vieste.

Fiquei com a sensação que a questão a cima não era a nível de prestígio e sim qualidade de ensino.
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Nem eu nem ninguém te vai saber dizer isso. Não vai ser a faculdade a ditar isso. Mas sim cunhas, "amigos" e dinheiro. Tens licenciados de Dietética e Nutrição do IP de Leiria que estão bem. E doutorados da fcnaup (com licenciatura, mestrado e doutoramento) que estão a ponderar tirar outra licenciatura. Nunca ninguém te vai perguntar de que faculdade vieste.
Com todo o respeito, penso como tu. No entanto muitas entidades patronais perguntam sim e aliás isso virá sempre mencionado no CV. Conheço casos que dão prioridade a quem vem de universidades (triste, mas é verdade). Preferência? Prefiro o instituto politécnico de Leiria muito sinceramente, mas estou a ponderar todas as opiniões.
Post automatically merged:

Fiquei com a sensação que a questão a cima não era a nível de prestígio e sim qualidade de ensino.
Fiquei com a sensação que a questão a cima não era a nível de prestígio e sim qualidade de ensino.
Sim, também.
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Fiquei com a sensação que a questão a cima não era a nível de prestígio e sim qualidade de ensino.

Em termos de "qualidade de ensino" (que também é muito relativo), os estudantes estão muito contentes com as novas licenciaturas de Lisboa. Cursos novos, logo professores muito atenciosos e preocupados. Em termos de plano curricular, também têm dos mais actualizados. As médias ainda são um pouco altas, mas a UTAD também tem uma licenciatura nova, por isso acredito que o espírito seja o mesmo (apesar de os nomes não serem tão conhecidos na área).
Post automatically merged:

Com todo o respeito, penso como tu. No entanto muitas entidades patronais perguntam sim e aliás isso virá sempre mencionado no CV. Conheço casos que dão prioridade a quem vem de universidades (triste, mas é verdade). Preferência? Prefiro o instituto politécnico de Leiria muito sinceramente, mas estou a ponderar todas as opiniões.
Post automatically merged:



Sim, também.

Isso já não existe. Aconteceu antes da convergência (antes havia diferença entre Nutricionista e Dietista). Agora é tudo igual. Mesmo para concursos públicos só a média entra para as fórmulas de cálculo.
Eu fui licenciado e mestre na FCNAUP. Muitas dessas histórias eram e são contadas para valorizar e prestigiar algo que já não existe. No mercado do trabalho eu até tive de tirar o meu mestrado do currículo, porque ter muitas qualificações pode indicar que sejas mau vendedor (sim, porque em nutrição, muitos postos de trabalho criados vão no sentido de vender coisas).
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Em termos de "qualidade de ensino" (que também é muito relativo), os estudantes estão muito contentes com as novas licenciaturas de Lisboa. Cursos novos, logo professores muito atenciosos e preocupados. Em termos de plano curricular, também têm dos mais actualizados. As médias ainda são um pouco altas, mas a UTAD também tem uma licenciatura nova, por isso acredito que o espírito seja o mesmo (apesar de os nomes não serem tão conhecidos na área).
Post automatically merged:



Isso já não existe. Aconteceu antes da convergência (antes havia diferença entre Nutricionista e Dietista). Agora é tudo igual. Mesmo para concursos públicos só a média entra para as fórmulas de cálculo.
Eu fui licenciado e mestre na FCNAUP. Muitas dessas histórias eram e são contadas para valorizar e prestigiar algo que já não existe. No mercado do trabalho eu até tive de tirar o meu mestrado do currículo, porque ter muitas qualificações pode indicar que sejas mau vendedor (sim, porque em nutrição, muitos postos de trabalho criados vão no sentido de vender coisas).
Muito obrigado pelo feedback 🙂 No entanto ser Nutricionista permite-te trabalhar em várias áreas e vendas é uma área que não me interessa de todo. Se não conseguir colocação como nutricionista prefiro trabalhar em indústrias alimentares.
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Muito obrigado pelo feedback 🙂 No entanto ser Nutricionista permite-te trabalhar em várias áreas e vendas é uma área que não me interessa de todo. Se não conseguir colocação como nutricionista prefiro trabalhar em indústrias alimentares.

Isso é algo que decides no final de tudo ... mas vai-te preparando porque a realidade não é a mais favorável ...
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Isso é algo que decides no final de tudo ... mas vai-te preparando porque a realidade não é a mais favorável ...
Tenho noção de que as coisas não são fáceis mas prefiro tirar um curso que gosto do que outro que não goste tanto só por ter mais empregabilidade. As vendas a que te referes são aplicadas onde? Clínicas, farmácias?
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Tenho noção de que as coisas não são fáceis mas prefiro tirar um curso que gosto do que outro que não goste tanto só por ter mais empregabilidade. As vendas a que te referes são aplicadas onde? Clínicas, farmácias?

Quase tudo: dietas pré-feitas, farmácias, ginásios. Na coletiva não há vendas, mas a maioria é contratada como encarregado ou subencarregado (não como profissionais especializados). Na industria também contratam muito pouco ... na maioria por conhecimentos que a pessoa já lá tenha. Sobra a "Nutrição Clínica" sem vendas (em clínicas). Só que há muita gente que está em 7/8 clínicas, e dá 8-10 consultas por mês.
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Quase tudo: dietas pré-feitas, farmácias, ginásios. Na coletiva não há vendas, mas a maioria é contratada como encarregado ou subencarregado (não como profissionais especializados). Na industria também contratam muito pouco ... na maioria por conhecimentos que a pessoa já lá tenha. Sobra a "Nutrição Clínica" sem vendas (em clínicas). Só que há muita gente que está em 7/8 clínicas, e dá 8-10 consultas por mês.
Creio que estás a ser bastante pessimista. Acredito que hajam casos assim mas conheço muitas pessoas que estão a safar-se muito bem mesmo sem cunhas. É certo que pode não ser como Nutricionista propriamente dito, mas arranjam sempre trabalho relacionado com a área. Se assim fosse não haviam todos os anos pessoas a entrar nas licenciaturas de Nutrição
 
Última edição:

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Creio que está a ter uma visão

Se não acreditas, é perguntar isto mesmo a profissionais pós estágio à ordem. Não estudantes, que ainda são iludidos com o mundo encantado da nutrição. A Ordem também lançou 2 relatórios. Um do ano passado que foi mal feito (porque não considera a precariedade) e outro atualmente em que já engloba o tipo de contrato de trabalho (a ideia era avaliar o impacto da situação de COVID, mas aproveitaram para incluir essa questão para remediar o que fizeram no anterior).
Mais te digo, em termos de competências, em Portugal, na Nutrição clínica um Naturopata tem as mesmas competências de um Nutricionista.

Edit: é este https://www.ordemdosnutricionistas.pt/documentos/observatorio/2020/RelatorioCOVID19-042020.pdf no gráfico da página 14/15 (não me recordo, mas é a situação contratual pré COVID) vê como estão as classes etárias mais novas (sendo que a mediana de idades de nutricionistas inscritos na ordem o ano passado era 35 ou 37). Esta mediana vai descer ainda mais, dada a quantidade cada vez mais absurda de formados (em menos de 4/5 anos duplicamos o número de membros)
 
Última edição:

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Se não acreditas, é perguntar isto mesmo a profissionais pós estágio à ordem. Não estudantes, que ainda são iludidos com o mundo encantado da nutrição. A Ordem também lançou 2 relatórios. Um do ano passado que foi mal feito (porque não considera a precariedade) e outro atualmente em que já engloba o tipo de contrato de trabalho (a ideia era avaliar o impacto da situação de COVID, mas aproveitaram para incluir essa questão para remediar o que fizeram no anterior).
Mais te digo, em termos de competências, em Portugal, na Nutrição clínica um Naturopata tem as mesmas competências de um Nutricionista.

Edit: é este https://www.ordemdosnutricionistas.pt/documentos/observatorio/2020/RelatorioCOVID19-042020.pdf no gráfico da página 14/15 (não me recordo, mas é a situação contratual pré COVID) vê como estão as classes etárias mais novas (sendo que a mediana de idades de nutricionistas inscritos na ordem o ano passado era 35 ou 37). Esta mediana vai descer ainda mais, dada a quantidade cada vez mais absurda de formados (em menos de 4/5 anos duplicamos o número de membros)
Não se trata de não acreditar e também não estou iludida com o "mundo encantado da Nutrição" até porque já nem tenho idade para isso, mas acho que o teu discurso é negativo e desanima qualquer outra pessoa que queira ingressar na área. Sinto em ti uma certa frustração quando falas no assunto, talvez tenhas tido uma má experiência, mas isso tanto acontece em Nutrição como noutra área qualquer. Tenho colegas de Jornalismo, Direito, Psicologia e de Engenharia Alimentar que também não estão especificamente na área que tiraram. Estou bem ciente da realidade.
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
Não se trata de não acreditar e também não estou iludida com o "mundo encantado da Nutrição" até porque já nem tenho idade para isso, mas acho que o teu discurso é negativo e desanima qualquer outra pessoa que queira ingressar na área. Sinto em ti uma certa frustração quando falas no assunto, talvez tenhas tido uma má experiência, mas isso tanto acontece em Nutrição como noutra área qualquer. Tenho colegas de Jornalismo, Direito, Psicologia e de Engenharia Alimentar que também não estão especificamente na área que tiraram. Estou bem ciente da realidade.
Só me permito dizer o que parece ser tabu na Área. Assim como se fosse Psicologia ou Jornalismo diria o mesmo. As oportunidades existem claro, mas não da forma como as pintam. Mas como disse, esquece a minha opinião. Fala com outros profissionais pós estágio à ordem :)
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Só me permito dizer o que parece ser tabu na Área. Assim como se fosse Psicologia ou Jornalismo diria o mesmo. As oportunidades existem claro, mas não da forma como as pintam. Mas como disse, esquece a minha opinião. Fala com outros profissionais pós estágio à ordem :)
A tua opinião é valida e agradeço a sinceridade, mas a pensar assim ninguém ia estudar. Nada é garantido mas mais vale tentar do que desistir.
 

Sérgio Miguel

Membro Veterano
Matrícula
11 Junho 2019
Mensagens
129
A tua opinião é valida e agradeço a sinceridade, mas a pensar assim ninguém ia estudar. Nada é garantido mas mais vale tentar do que desistir.

Não é ser pessimista neste caso. Estava só mesmo a ser realista, e usei os relatório da ordem para isso mesmo (mostrar factos).
Não vi o comentário editado, só agora reparei. A minha resposta foi relativamente ao comentário pré-edição.

De qualquer forma 2 coisas: agora só estava a falar do percurso profissional. A minha opinião sobre a qualidade do ensino já dei em cima. Actualmente estudar não é garantir futuro profissional em grande parte das áreas. Eu no meu segundo mestrado tirei por hobby, não porque achasse que me ia ser uma mais valia. Queria manter-me ocupado e tirei. Tu própria falas conheces pessoas a trabalhar na área que não são contratadas como nutricionistas.
Segundo, sim, nem todos temos de estudar ou ter cursos superiores. Então na saúde, grande parte dos estudantes não estão a trabalhar na área. Se quiserem tirar a licenciatura, tudo bem, mas estejam atentos a como as coisas estão.
 

Zipora

Membro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
38
Não é ser pessimista neste caso. Estava só mesmo a ser realista, e usei os relatório da ordem para isso mesmo (mostrar factos).
Não vi o comentário editado, só agora reparei. A minha resposta foi relativamente ao comentário pré-edição.

De qualquer forma 2 coisas: agora só estava a falar do percurso profissional. A minha opinião sobre a qualidade do ensino já dei em cima. Actualmente estudar não é garantir futuro profissional em gra eunde parte das áreas. Eu no meu segundo mestrado tirei por hobby, não porque achasse que me ia ser uma mais valia. Queria manter-me ocupado e tirei. Tu própria falas conheces pessoas a trabalhar na área que não são contratadas como nutricionistas.
Segundo, sim, nem todos temos de estudar ou ter cursos superiores. Então na saúde, grande parte dos estudantes não estão a trabalhar na área. Se quiserem tirar a licenciatura, tudo bem, mas estejam atentos a como as coisas estão.
O comentário foi submetido por engano, pois estava a escrever ainda e depois vi que já tinha resposta e ja não deu para eliminar.
Concordo com o que disseste mas penso que ter um curso superior é sempre uma mais valia, mesmo que não fiques a trabalhar na área que tiraste. A realidade é que muitas pessoas são contratadas em detrimento de outras só por terem um curso superior mesmo que venham de uma área diferente. Exemplos que conheço, uma Socióloga em Parafarmácia e uma Psicóloga como Administrativa e uma Advogada na Banca. Enfim, não é o ideal claro, mas melhor do que receber um ordenado mínimo.
 
  • Like
Reactions: Raulpinha7