Indecisão na continuidade do curso

Tyler Durden

Membro
Matrícula
31 Dezembro 2015
Mensagens
16
Boa tarde,

Estou num curso de Engenharia, mas nunca estive muito virado para entrar na área das engenharias, apenas vim mais por "pressão" digamos assim, pois "ganha-se bem a ser engenheiro". Não estou a gostar tanto quanto previa, não me está a agradar e talvez vá deixar algumas cadeiras por concluir, o que, naturalmente, não era o que pretendia.
Penso em mudar para um outro curso numa área totalmente diferente, ligada a letras ou a algo mais criativo, uma coisa que sempre me cativou, poder-me exprimir por palavras minhas e não andar a primitivar funções com as mesmas regras chatas de sempre :p
Precisava de um conselho dos users do fórum: acham que devo mudar ou tentar seguir a área da engenharia? Provavelmente, se mudar, irei para um curso que não é tão bem remunerado e pode ser uma preocupação futura... Espero as vossas respostas e, caso tenham passado pelo mesmo ou algo do género, que partilhem :)
Votos de boas entradas e bom 2016
 

Cláudia Amorim

Membro Dux
Matrícula
25 Julho 2015
Mensagens
520
Curso
Biologia
Instituição
FCUP
Boa tarde,

Estou num curso de Engenharia, mas nunca estive muito virado para entrar na área das engenharias, apenas vim mais por "pressão" digamos assim, pois "ganha-se bem a ser engenheiro". Não estou a gostar tanto quanto previa, não me está a agradar e talvez vá deixar algumas cadeiras por concluir, o que, naturalmente, não era o que pretendia.
Penso em mudar para um outro curso numa área totalmente diferente, ligada a letras ou a algo mais criativo, uma coisa que sempre me cativou, poder-me exprimir por palavras minhas e não andar a primitivar funções com as mesmas regras chatas de sempre :p
Precisava de um conselho dos users do fórum: acham que devo mudar ou tentar seguir a área da engenharia? Provavelmente, se mudar, irei para um curso que não é tão bem remunerado e pode ser uma preocupação futura... Espero as vossas respostas e, caso tenham passado pelo mesmo ou algo do género, que partilhem :)
Votos de boas entradas e bom 2016
Estares num curso só porque no futuro serás bem remunerado pode ser um grande erro, tendo em conta que não te identificas com o mesmo.
Pelo que percebi, tens a certeza de que não gostas disto e tens a noção que outras áreas preferes. Suponho que essa "pressão" a que estás sujeito venha da tua família nomeadamente os teus pais. Por isso, acho que deverias ter uma conversa muito séria com eles e explicar-lhes que não estás feliz nem te sentes realizado na área em que te encontras. É melhor mudares o mais rápido possível do que estares a adiar o "problema" :)
PS: Boas entradas :-P
 
  • Like
Reactions: Tyler Durden

Bateau Ivre

Membro Veterano
Apoiante Uniarea
Matrícula
22 Junho 2015
Mensagens
336
Curso
CC (Futuro)
Instituição
FCSH
Boa tarde,

Estou num curso de Engenharia, mas nunca estive muito virado para entrar na área das engenharias, apenas vim mais por "pressão" digamos assim, pois "ganha-se bem a ser engenheiro". Não estou a gostar tanto quanto previa, não me está a agradar e talvez vá deixar algumas cadeiras por concluir, o que, naturalmente, não era o que pretendia.
Penso em mudar para um outro curso numa área totalmente diferente, ligada a letras ou a algo mais criativo, uma coisa que sempre me cativou, poder-me exprimir por palavras minhas e não andar a primitivar funções com as mesmas regras chatas de sempre :p
Precisava de um conselho dos users do fórum: acham que devo mudar ou tentar seguir a área da engenharia? Provavelmente, se mudar, irei para um curso que não é tão bem remunerado e pode ser uma preocupação futura... Espero as vossas respostas e, caso tenham passado pelo mesmo ou algo do género, que partilhem :)
Votos de boas entradas e bom 2016
Olá @Tyler Durden. Eu já estive numa situação parecida. Sempre fui apaixonado por música e literatura, sendo que vou acumulando milhares de músicas e textos meus. Aos 18 entrei em Direito, porque "pode-se ganhar bem como advogado", e para mim era bem mais interessante olhar para uma parede branca durante horas do que estudar aquelas coisas. Deixei o curso e não te posso dizer que trabalhar nestas áreas criativas é fácil ou seguro como nas engenharias mas, para mim (e, ao que parece, para ti também), a satisfação de se fazer o que se gosta pode muito bem eclipsar potenciais remunerações mais elevadas. Evoco a frase de um autor bastante conhecido "Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar um único dia da tua vida" (é mais ou menos assim).

Até hoje não me arrependi da minha decisão, vou fazendo duas ou três cadeiras numa universidade online só para ter o canudo, e o resto do tempo é para o que sempre adorei fazer.

Boas entradas
 

simaoliveira

Membro Caloiro
Matrícula
8 Dezembro 2015
Mensagens
10
Entrei em engenharia informática este ano e sempre pensei que era isto que queria, acontece que agora no fim de entrar, percebo que não é nada disto que quero, que nada disto tem a ver comigo e que não me sinto bem nem feliz neste curso, mas o grande problema é também não saber que outro curso tirar, ou melhor, se quero tirar um curso superior, no entanto a pressão por parte da familia para continuar neste curso é bastante, mas só de pensar neste assunto dou em doido, alguma dica ou recomendação para fazer o melhor possivel?
 

LadyStark

Membro
Matrícula
3 Setembro 2015
Mensagens
30
Entrei em engenharia informática este ano e sempre pensei que era isto que queria, acontece que agora no fim de entrar, percebo que não é nada disto que quero, que nada disto tem a ver comigo e que não me sinto bem nem feliz neste curso, mas o grande problema é também não saber que outro curso tirar, ou melhor, se quero tirar um curso superior, no entanto a pressão por parte da familia para continuar neste curso é bastante, mas só de pensar neste assunto dou em doido, alguma dica ou recomendação para fazer o melhor possivel?
Olá @simaoliveira, nos últimos quatro meses também estive num curso em que sentia que não era o certo para mim, em todos os momentos - quando os meus colegas falavam animados da matéria e com a paixão no olhar, na sala de aula quando os professores falavam de episódios de trabalho, eu sentia-me completamente deslocada e desinteressada, e em casa sem vontade de querer estudar, algo que eu adoro fazer desde pequena. Depois de muito tempo de reflexão, desabei completamente e contei como me sentia aos meus pais, já tinha exposto durante os 4 meses as minhas incertezas em todos sites e só lia episódios de pessoas que passavam pelo mesmo. Quando contei aos meus pais, eles ficaram muito desapontados porque claro pagam as propinas, sentem que erraram, atiram-me à cara a decisão que tive e o quão desiludidos se sentem,mas acredito que no futuro vão ligar os pontos e ver que estou a lutar para tentar encontrar algo que me apaixone e poder fazer disso o meu trabalho e vão sentir-se orgulhosos.
Hoje anulei a matrícula, sinceramente não tenho nada a 100% planeado, pretendo tirar dois curso intensivo de línguas o que pode ser útil no futuro, vou assistir a teóricas de outros cursos só para ver se nasce algum bichinho, vou falar com profissionais de outras áreas que sinto interesse, ler o mais possível sobre as diferentes áreas. Não digo para desistires porque o fiz, mas para fazeres o que achas mais correto para ti, é um assunto que tem de ser bem pensado. Imagino que os teus pais vão tentar demover para não saíres porque o curso de engenharia informática é um curso muito pretendido e com empregabilidade elevada, mas pensa com a cabeça fria e com o coração e a razão se queres desistir ou não.
As maiores felicidades na tua vida, independentemente do que decidas fazer.

Deixo este vídeo aqui, pode ser que te ajude:
 

simaoliveira

Membro Caloiro
Matrícula
8 Dezembro 2015
Mensagens
10
Olá @simaoliveira, nos últimos quatro meses também estive num curso em que sentia que não era o certo para mim, em todos os momentos - quando os meus colegas falavam animados da matéria e com a paixão no olhar, na sala de aula quando os professores falavam de episódios de trabalho, eu sentia-me completamente deslocada e desinteressada, e em casa sem vontade de querer estudar, algo que eu adoro fazer desde pequena. Depois de muito tempo de reflexão, desabei completamente e contei como me sentia aos meus pais, já tinha exposto durante os 4 meses as minhas incertezas em todos sites e só lia episódios de pessoas que passavam pelo mesmo. Quando contei aos meus pais, eles ficaram muito desapontados porque claro pagam as propinas, sentem que erraram, atiram-me à cara a decisão que tive e o quão desiludidos se sentem,mas acredito que no futuro vão ligar os pontos e ver que estou a lutar para tentar encontrar algo que me apaixone e poder fazer disso o meu trabalho e vão sentir-se orgulhosos.
Hoje anulei a matrícula, sinceramente não tenho nada a 100% planeado, pretendo tirar dois curso intensivo de línguas o que pode ser útil no futuro, vou assistir a teóricas de outros cursos só para ver se nasce algum bichinho, vou falar com profissionais de outras áreas que sinto interesse, ler o mais possível sobre as diferentes áreas. Não digo para desistires porque o fiz, mas para fazeres o que achas mais correto para ti, é um assunto que tem de ser bem pensado. Imagino que os teus pais vão tentar demover para não saíres porque o curso de engenharia informática é um curso muito pretendido e com empregabilidade elevada, mas pensa com a cabeça fria e com o coração e a razão se queres desistir ou não.
As maiores felicidades na tua vida, independentemente do que decidas fazer.

Deixo este vídeo aqui, pode ser que te ajude:
Basicamente é isso que sinto, não tenho planos, não tenho ideias de cursos, não tenho nada, só sei que não me sinto bem no curso, que não consigo estudar e que não consigo continuar aqui. Eu já falei com os meus pais sobre isso mas eles dizem que é normal por estar no início, tanto que agora já nem ligam importância ao que digo em relação ao curso. Portanto estou mesmo sem saber o que fazer...
 

LadyStark

Membro
Matrícula
3 Setembro 2015
Mensagens
30
@simaoliveira Percebi que não estás a gostar realmente do curso, eu também antes de tomar a minha decisão, em novembro, falei com os meus pais relativamente ao que estava a sentir, foi um dia em que não aguentei mesmo peguei no comboio e fui para a minha cidade em pranto a dizer que queria desistir, eles ficaram muito admirados e tristes, mas suspeitavam porque eu andava sempre triste e com olheiras. Nesse dia disseram que era normal os receios, as incertezas... O que iria acontecer à casa que se comprometeram a pagar? O que eu ia fazer a seguir? Para eu ter calma, que era 'normal', que devia estar ansiosa, é um novo mundo e de adaptação, até fui falar com o meu médico de família, o que ele disse foi para ''não tentar observar o que está por detrás da colina sem antes a escalar primeiro'', achou que eu estava a ser precipitada, mas que tinha que ver se era aquilo que gostava mesmo. Eu pensei que era normal e que se eu tinha escolhido o curso que queria, era porque estava vocacionada, lá voltei à universidade com vontade de continuar, afinal o que eu ia fazer se não estivesse ali? Eu não sabia, nem tenho a certeza do que quero mesmo, mas tenho alguns cursos em ideia, mas estar naquele lugar fez-me perceber que às vezes temos de estar em determinados lugares para saber que é ali que não queremos estar e não é aquilo que queremos fazer. Só quando voltei a falar com os meus pais no final de dezembro é que eles compreenderam, bem, aos poucos estão a tentar compreender. Eu não sei como podes mudar o pensamento dos teus pais, mas de certeza que eles vão acabar por perceber o que estás a sentir e nenhum pai quer o filho infeliz.
Tens de ter mesmo a certeza que não aguentas e fazê-los ver o teu ponto de vista, tens de ter em atenção que as cadeiras do primeiro semestre não determinam o que é o resto do curso, normalmente são muito abstractas e gerais. Tens de ver se te vês a fazer isso no futuro, é muito complicado estudar sem o objectivo de se formar no curso. Como ainda não sabes o que queres mesmo, eu aconselhava-te a falar com diferentes profissionais de outras áreas, de certeza que já tiveste outros interesses, porque não explorá-los?
Claro que os teus pais não vão aceitar de ânimo leve uma decisão destas, pior ainda se não tens um plano, pensa bem no que gostarias de fazer a seguir ou algo para te manter ocupado, por exemplo, eu sempre gostei de línguas, vou tirar um curso de alemão à parte, pelo menos tenta manter-te ocupado enquanto tentas descobrir essa paixão.
Mas, antes de tomares qualquer decisão, tens primeiro que ter a certeza daquilo que queres. Tu não te podes basear apenas nas cadeiras do curso. Todos os cursos têm cadeiras chatas, já se sabe. Aquilo que tu tens que perceber é se realmente te imaginas a ser engenheiro informático no futuro. Caso te imagines a exercer essa profissão, então acho que faz parte aguentar qualquer dificuldade para alcançar um sonho. Assim, terias que te esforçar e aguentar essas tais cadeiras chatas, pois esse esforço acabaria por ser recompensado. Se, caso contrário, não te imaginares a fazer isto no futuro, então se calhar é porque não estás mesmo no curso certo. Este é o meu caso. Para além de achar as cadeiras chatas, não me imagino a exercer esta profissão no futuro, tinha uma ideia diferente da mesma.
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

Luis Aires

Membro Caloiro
Matrícula
9 Janeiro 2016
Mensagens
10
Curso
Mestrado em Direito Tributário/Fiscal
Instituição
Universidade Católica do Porto
tira o curso que e faz feliz.. se depois não tiveres emprego... bem.. junta-te aos milhares de licenciados que vão para onde gostam e acabam no desemprego, mas têm um curso superior ;)
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

Sérgio Pereira

Membro Caloiro
Matrícula
13 Junho 2015
Mensagens
9
Olá @simaoliveira, nos últimos quatro meses também estive num curso em que sentia que não era o certo para mim, em todos os momentos - quando os meus colegas falavam animados da matéria e com a paixão no olhar, na sala de aula quando os professores falavam de episódios de trabalho, eu sentia-me completamente deslocada e desinteressada, e em casa sem vontade de querer estudar, algo que eu adoro fazer desde pequena. Depois de muito tempo de reflexão, desabei completamente e contei como me sentia aos meus pais, já tinha exposto durante os 4 meses as minhas incertezas em todos sites e só lia episódios de pessoas que passavam pelo mesmo. Quando contei aos meus pais, eles ficaram muito desapontados porque claro pagam as propinas, sentem que erraram, atiram-me à cara a decisão que tive e o quão desiludidos se sentem,mas acredito que no futuro vão ligar os pontos e ver que estou a lutar para tentar encontrar algo que me apaixone e poder fazer disso o meu trabalho e vão sentir-se orgulhosos.
Hoje anulei a matrícula, sinceramente não tenho nada a 100% planeado, pretendo tirar dois curso intensivo de línguas o que pode ser útil no futuro, vou assistir a teóricas de outros cursos só para ver se nasce algum bichinho, vou falar com profissionais de outras áreas que sinto interesse, ler o mais possível sobre as diferentes áreas. Não digo para desistires porque o fiz, mas para fazeres o que achas mais correto para ti, é um assunto que tem de ser bem pensado. Imagino que os teus pais vão tentar demover para não saíres porque o curso de engenharia informática é um curso muito pretendido e com empregabilidade elevada, mas pensa com a cabeça fria e com o coração e a razão se queres desistir ou não.
As maiores felicidades na tua vida, independentemente do que decidas fazer.

Deixo este vídeo aqui, pode ser que te ajude:
Olá,
Estou numa situação semelhante à tua, só ainda não tive a coragem de desistir... Como é que podes assistir a teóricas dos outros cursos? Conheces previamente alguém desses cursos ou há faculdades que te deixam fazer isso?
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

simaoliveira

Membro Caloiro
Matrícula
8 Dezembro 2015
Mensagens
10
Olá,
Estou numa situação semelhante à tua, só ainda não tive a coragem de desistir... Como é que podes assistir a teóricas dos outros cursos? Conheces previamente alguém desses cursos ou há faculdades que te deixam fazer isso?
estou na mesma situação também, ainda sem coragem, mas cada vez me sinto pior no curso..
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

LadyStark

Membro
Matrícula
3 Setembro 2015
Mensagens
30
Olá,
Estou numa situação semelhante à tua, só ainda não tive a coragem de desistir... Como é que podes assistir a teóricas dos outros cursos? Conheces previamente alguém desses cursos ou há faculdades que te deixam fazer isso?
Tenho uma amiga em medicina e como sei o horário dela, às vezes vou assistir algumas aulas, são cerca de 200 pessoas numa sala, auditórios grandes e os professores não chamam os nossos nomes pelo que não há problemas. Por vezes também tem no site das faculdades os horários de determinada disciplina, claro que depois não vais ser creditado nem proposto a exame.
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

LadyStark

Membro
Matrícula
3 Setembro 2015
Mensagens
30
estou na mesma situação também, ainda sem coragem, mas cada vez me sinto pior no curso..
Porque não fazes o seguinte, vi que não podias anular a matrícula porque perdias a bolsa, tinhas de pagar o total das propinas, então continuas, esforças-te nas disciplinas que gostares mais, deve haver algumas que gostes e vais pensando bem no tempo livre que tens e mudas em setembro, ou transferência ou por candidatura geral, quando descobrires aquilo que gostas.
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

Rucosi

Membro Caloiro
Matrícula
11 Janeiro 2016
Mensagens
3
Encontro-me precisamente com as mesmas duvidas da maioria de voces. Entrei este ano também para engenharia informatica, pensando eu que era mesmo de isto que gostava.Gostava de computadores, gostava de novas tecnologias, e até de brincar um pouco com a programaçao.. No entanto, como o desenrolar do semestre, e com a execução de alguns projectos deu para me aperceber que estava no curso errado. Embora continue a gostar de tudo isso que referi, apercebi me que não é disto que quero fazer vida! Ficar um dia inteiro sentado numa secretaria escrever codigo?! Nao e para mim!
Agora é que vem a parte dificil. Como é que vou dizer aos meus pais (pessoas que sempre me incentivaram a ir para este curso visto ser um curso que depois da sua conclusao dará uma boa remuneração e tem uma alta taxa de emprego) que não estou feliz neste curso e que quero mudar para um curso que neste momento tem uma taxa de empregabilidade muito inferior ao da engenharia informatica? Não os querendo desiludir, esta será a parte mais dificil desta dificil descisão que é mudar de curso...
 
  • Like
Reactions: Cláudia Amorim

[nonameavailable]

Membro Caloiro
Matrícula
12 Janeiro 2016
Mensagens
1
O melhor conselho que te posso dar é que faças tudo o que estiver ao teu alcance por gostares do curso em que estás. Dá-lhe todas as oportunidades que possas. No fim do ano lectivo, se as tuas duvidas se mantiverem, pois aí pondera escolher um outro curso, mas sem pressão de algum género, pois não quererás que essas duvidas voltem a surgir. Ao menos saberás que deste o teu máximo, e te esforças-te, para que não te restem duvidas se fizeste ou não o melhor para ti.
 

Tyler Durden

Membro
Matrícula
31 Dezembro 2015
Mensagens
16
Depois de pensar cheguei à conclusão que não vale de muito desistir desde já do curso, até porque não ia ter nada que fazer até setembro e perdia a bolsa. Assim sendo, para quem está no mesmo caso, tentem os 60% dos créditos para terem direito à bolsa mesmo que mudem. Até posso não conseguir os 60%, mas sei que me esforcei para tal e, se realmente mudar, não vou com segundos pensamentos, e vou para o que realmente gosto sem pressão :)
 
  • Like
Reactions: LadyStark
Matrícula
18 Abril 2015
Mensagens
13
Curso
Bioquímica
Instituição
FCUP
Eu tenho várias dúvidas e queria opiniões sobre algumas (não sei se este é o melhor sítio para perguntar mas...). [Vou prolongar um pouco a coisa um pouco também para partilhar a minha experiência, pode sempre ajudar alguém] uiiiii... vai ser longo...

Bem, eu sempre fui muito indecisa, sempre gostei de muita coisa e muito diferentes... Já no meu 9 ano tive uma grande dificuldade em escolher o curso que seguiria no meu secundário. As minhas disciplinas preferidas ate então eram matemática e história e a minha grande paixão de tempos livres (além de adorar e praticar desporto) eram as artes. Línguas e humanidades foram logo excluídas, pois a única disciplina que eu gostava na verdade era história e a única profissão que eu gostava de seguir nesta área era historiadora. Depois o verdadeiro lema ficou entre ciências e artes (sim, porque na altura estava tão bem informada que nem sabia que havia também economia, mas também este conhecimento não iria dificultar muito a minha decisão). Com um pequeno empurrãozinho dos meus pais e professores á fui para ciências, porque se fosse para artes teria de mudar de escola (e eu sou muito tímida e tenho muita dificuldade em conhecer novas pessoas e por isso podia não ter uma grande integração lá), para além do mais o factor empregabilidade (preferia estar em algo que não amasse mas que adorasse imenso do que ir para algo que amasse e acabasse por não o exercer e ter de trabalhar em algo que não gostasse lá muito) e porque artes poderia sempre continuar como hobbie.
Além disso, ao longo dos 3 anos tentei saber que profissão desejavá exercer. Apesar de adorar matemática e de me divertir imenso a fazer os exercícios, profissões relacionadas com ela apesar de serem muito interessante não correspondiam aquilo que eu queria fazer no futuro como profissão (quase como as artes).
As disciplinas de biologia e de química sempre as achei imprecionantes e excitante. Sendo eu uma pessoa muito curiosa, aprender coisas novas e daquela forma interessantes, eu sabia que a minha profissão estava por perto. Faltava saber se queria algo mais ligado à investigação ou algo mais prático, assim como em área ao certo eu queria.
Gostava imenso de coisas relacionadas com o universo, animais e átomos. Mas nada comparado com a excitação que eu ficava quando aprendia algo relacionado com a saude, com o ser humano e sobre doenças.
Mas o problema: investigação ou algo mas prático (ou seja ser médica) manteve.se... ATÉ AGORA...
Como ainda agora referi estava neste dilema, no 12 ano consultei a minha psicóloga, fui à feira na alfandega do porto falar com alunos do ensino superior, falei com os meus professores e os meus pais... e a escolha ficou entre Bioquímica, que foi o curso que tinha a parte da investigação mais em laboratório, e Medicina. Conhecia alguém que andou em bioquímica e fez o resto do caminho que gostava de seguir se fosse para bioquimica, e expus a minha indecisão. Ela aconselhou.me a apostar em medicina, porque caso visse que realmente gostava era de ser investigadora depois nas cadeiras opcionais escolhia aquelas que me encaminhassem mais para essa área, se não, o caminho mais óbvio para ser.se médico é ir para medicina por isso estava no bom caminho. Seria muito mais fácil escolher estando dentro do curso.
Portanto na candidatura ao ensino superior coloquei as primeiras opcoes puz medicina e nas últimas bioquímica. Agora enfrento mais um problema: como já referi antes eu sou muito tímida, sou uma pessoa que guardo os problemas muito para mim, andei em psicólogos e tudo por causa disso, não estou nada habituada a cozinhar, e a tratar das minhas coisas sozinha (estava sempre à espera dos meus pais). Portanto coloquei nos 4 primeiros lugares as faculdades de medicina em que pudesse vir a casa, pois de certeza eu não ia conseguir viver sozinha por muito tempo e iria desistir de tudo. Na 5 opção puz bioquímica e na 6 puz medicina na beira interior.
E entrei na minha 5 opção.
Sabendo que se eu quisesse estaria em medicina (porque entrava na beira interior) fez.me pensar se teria feito mal e que devia ser mais corajosa, ou se realmente fora a melhor escolha e que não seria feliz lá.

Agora continuo no mesmo dilema de sempre: medicina ou bioquímica. Sendo agora mais complicado porque já estou em bioquímica.
Neste primeiro semestre muita gente alem de mim comentou do meu curso que sentia que não era exatàmente isto que pensava que o curso era e que não estavam a gostar muito. Mas alunos mais velhos disseram nos que era normal e que já no próximo semestre íamos gostar mais.
No entanto ainda me questiono se estarei no curso certo.
A maior parte que quer seguir medicina sabe desde sempre que o quer enquanto eu quero só desdé à pouco tempo e tenho receio de não ser o que penso e parar um ano da minha vida desnecessáriamente. Sinto.me mal estar a falar da minha indecisão quando as pessoa sempre souberam que era medicina que queriam. Talvez não tivesse uma boa ideia de medicina até põe volta do meu 9 ano que fora a ideia que me tinham passado. Mas depois deram me uma ideia completamente diferente o que pôs realmente confusa.

Bem, as minhas verdadeiras dúvidas são:
- Alunos de medicina, quais são as vossas opiniões e ideias dos cursos, das cadeiras( se são fáceis ou não, se sao interessantes, em que se baseiam mais etc), como é a vossa faculdade...
-Estou em bioquímica queria saber se é possível pedir equivalencias a cadeiras ( talvez a biofísica I e biologia celular) e como se faz e tudo o que isso envolve.
- lendo tudo o que escrevi qual a vossa opinião sobre o que fazer

Obrigada c:
 
Tópicos Semelhantes
Thread starter Título Fórum Respostas Dia
S Indecisão entre universidades Educação 0
M Indecisão na entrada no ensino superior Ensino Superior - Geral 11
C Indecisão- Ensino secundário Ensino Secundário 5
I Indecisão- Exame Economia A e Filosofia/ Economia e Direito Exames Nacionais e Provas de Ingresso 3
C Indecisão Ensino Superior - Geral 1
D IST Indecisão na entrada no ensino superior Universidade de Lisboa 11
saramoreira262 Indecisão entre Economia, Gestão e Contabilidade Ciências Económicas e Empresariais 1
M Indecisão Ensino Superior - Geral 8
B Indecisão - Mestrado Marketing Digital vs Comércio Eletrónico Ciências Sociais e Serviços 0
A mudar de curso? indecisão com direito Ensino Superior - Geral 3
D Curso de Psicologia: Indecisão entre 3 Faculdades Ciências Sociais e Serviços 1
S IPBragança Indecisão de escolha: Opiniões sobre o IPB? Instituto Politécnico de Bragança 2
biarodrigues Engenharia Mecânica: indecisão na escolha da universidade Tecnologias 5
F Indecisão na escolha do curso Concurso Nacional e Locais - Público 6
I indecisão - ensino superior Arquivo 0
Á Indecisão - ensino superior Candidatos 2020/2021 - Discussão Geral 6
Matylde.x Indecisão - ensino superior Ensino Superior - Geral 0
M Indecisão no curso, desmotivação. Ensino Secundário 1
Jdbjxbd Indecisão , mudança de curso e de instituição Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 4
B Indecisão - Finanças vs Economia Ciências Económicas e Empresariais 4
M Curso superior - indecisão Candidatos 2020/2021 - Discussão Geral 2
A Indecisão Ensino Secundário 3
A Indecisão: Humanidades ou Ciências Ensino Secundário 3
H Indecisão: Ciências e Tecnologias? Ensino Secundário 11
fnepo38 Indecisão: Química aplicada vs Engenharia Química e Bioquímica vs Engenharia de Materiais (fct) Ciências 0
Iara Jóia Indecisão sobre o meu futuro Candidatos 2019/2020 6
M Indecisão: humanidades ou socieconómicas Ensino Secundário 4
M Indecisão sobre o curso de Turismo e de Línguas e Comunicação Ensino Superior - Geral 2
R Indecisão entre Engenharia Informática e Artes e Multimédia com percurso em Animação Arquitetura, Artes Plásticas e Design 2
I Indecisão sobre o meu futuro Ensino Secundário 10
R Indecisão enquanto a Matemática Ensino Secundário 9
M Uma grande indecisão... Ensino Secundário 11
S Indecisão novo curso Ensino Superior - Geral 2
JoaoRamosAlbu Indecisão na escolha do curso Ensino Superior - Geral 32
D Indecisão relacionada com que curso escolher Ensino Superior - Geral 1
G Trabalho fotográfico: Indecisão na escolha de curso Arquivo 1
D Indecisão de mestrado em Gestão Ciências Económicas e Empresariais 4
F Indecisão entre Ciências Socioeconómicas e Línguas e Humanidades Ensino Secundário 7
F Indecisão total: Medicina Dentária vs Fisioterapia Saúde 21
D Indecisão quanto a opções - Engenharia Biomédica Arquivo 1
F 2ª fase e a Indecisão! Exames Nacionais e Provas de Ingresso 37
L Indecisão, qual curso escolher? Ensino Superior - Geral 2
I Indecisão para o Secundário Ensino Secundário 74
Inês Gião Mestrado de continuidade vs. académico vs. de erasmus Mestrados: Candidaturas e Dúvidas 1
J Mudança de curso/instituição Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 4
Q Tirar curso de gestão (ajuda por favor). Concurso Nacional e Locais - Público 0
B Mudança de curso (extinção dos mestrados integrados) Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 2
B Mudança de curso-Ficha ENES Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 1
Joana Caetano Curso P91 Turismo Concursos e Regimes Especiais 0
A Mochilas apropriadas para o curso de Design e Multimédia da Universidade de Coimbra Arquitetura, Artes Plásticas e Design 0

Tópicos Semelhantes