Injustiça - Junta-te a nós - Contra a eliminação das melhorias das classificações finais através dos Exames Nacionais

laila

Membro
Matrícula
11 Novembro 2019
Mensagens
20
Pergunto se já se conformaram com as novas medidas que impedem os alunos externos de realizarem melhorias de notas para acesso ao ensino superior?A petição pode ser um processo muito moroso e sem sucesso...temos que agir de maneira a dar conhecimento desta injustiça que não se compreende. Não vai haver uma redução de alunos nas salas de aula onde se realizarão os exames como o ministério anunciou. Os alunos continuam a ir a exame a única diferença é que alteraram as regras na reta final... Isto é de uma falta de responsabilidade por parte dos nossos dirigentes....que não atendem a uma minoria que investiu um ano a trabalhar para poder entra no curso pretendido
com elevada nota de acesso em que todos as décimas contam e são essenciais para o objetivo pretendido, e agora, a dois messes de realizarem as provas surge um obstáculo grave e difícil de ultrapassar​
Vamos continuar a lutar e a combater esta injustiça...Não parem pfv !!!
 

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,022
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Não vai haver uma redução de alunos nas salas de aula onde se realizarão os exames como o ministério anunciou.

Mais uma vez digo que sim, vai haver redução. Os alunos não melhoram só notas de disciplinas que vão usar para PI, há quem melhore notas de outras disciplinas com o único propósito de subir média.
De qualquer das formas, o sistema sempre foi cheio de injustiças, não é só deste ano.
 

laila

Membro
Matrícula
11 Novembro 2019
Mensagens
20
Bom dia quando me refiro à redução dos alunos na sala de aula, pretendo dizer que essa redução é mínima, não tem o impacto a que se referem...
Apenas estão a prejudicar uma minoria de alunos...Não se compreende porque é que estão a trocar as regras sem que se cumpra o objetivo pretendido, nesta fase final.

Por outro lado, a grande maioria dos alunos que protesta e se sente injustiçado vão continuar a realizar as provas de ingresso, mas agora retiraram-lhes a hipótese também de melhorar as notas internas dessas disciplinas. Foi realizada uma sondagem e apenas uma ínfima parte destes alunos pretende realizar melhoria de notas de outras disciplinas que não as das provas de ingresso. Esses alunos também não devem ser penalizados.

Será que ninguém vê esta realidade!!!!É uma alteração das regras sem justificação!!!Está a prejudicar alunos que investiram um ano da sua vida com o objetivo de melhorar notas das provas de ingresso e média interna dessas mesmas disciplinas. Estamos a falar de cursos que exigem médias muito elevadas de acesso ao ensino superior...
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,835
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Bom dia quando me refiro à redução dos alunos na sala de aula, pretendo dizer que essa redução é mínima, não tem o impacto a que se referem...
Apenas estão a prejudicar uma minoria de alunos...Não se compreende porque é que estão a trocar as regras sem que se cumpra o objetivo pretendido, nesta fase final.
A redução não é assim tão mínima. Pensemos no caso de Português, por exemplo. Português era um exame que todos os alunos, sem excepção, precisariam realizar para conclusão do ensino secundário. Este ano essa regra mudou. Imaginemos uma escola com 100 alunos no 12º ano. Os 100 precisariam fazer o exame, em circunstâncias normais. Com esta redução, se calhar os alunos que precisam desta prova para ingresso são só 30. Nesta disciplina, em particular, os alunos de CT que irão fazer este exame serão muito poucos (considerando logo aqui que CT corresponde ao curso com maior número de alunos). O impacto não é mínimo nem imaginado. As regras estão a ser "trocadas" devido à situação em que nos encontramos. Também tinham dito que não iam fechar escolas e tudo mais e estamos há um mês em casa, é sério.
Por outro lado, a grande maioria dos alunos que protesta e se sente injustiçado vão continuar a realizar as provas de ingresso, mas agora retiraram-lhes a hipótese também de melhorar as notas internas dessas disciplinas. Foi realizada uma sondagem e apenas uma ínfima parte destes alunos pretende realizar melhoria de notas de outras disciplinas que não as das provas de ingresso. Esses alunos também não devem ser penalizados.
A questão é que as melhorias estão proibidas para todos neste ano. Foi uma forma de contrabalançar o facto de existirem recálculos em relação às notas internas. Se permitissem o recálculo + melhorias, as médias iriam disparar ainda mais...
Será que ninguém vê esta realidade!!!!É uma alteração das regras sem justificação!!!Está a prejudicar alunos que investiram um ano da sua vida com o objetivo de melhorar notas das provas de ingresso e média interna dessas mesmas disciplinas. Estamos a falar de cursos que exigem médias muito elevadas de acesso ao ensino superior...
Eu acredito que estão a ver a realidade e, até aos exames, poderão surgir mais alterações, uma vez que nos encontramos numa situação pouco previsível e podem existir recuos e avanços, dependendo da evolução da situação, por isso, não são alterações sem justificação. Admito que possa prejudicar, mas, como disse, são medidas para contrabalançar os resultados que aí se avizinham. No entanto, reforço novamente a ideia de que nos próximos meses muita coisa poderá surgir.
 

nuuno2000

Membro Caloiro
Matrícula
11 Janeiro 2020
Mensagens
5
Visto que o governo está no processo de levantamento das medidas tomadas devido à pandemia e o pretende fazer (pelas noticias que ouvi) até dia 1 de Junho, será que à possibilidade de também a medida do impedimento de realização de melhorias nos exames ser levantada? Na minha opinião não faz sentido ocorrer a abertuda (ainda que com restrições) de uma variedade de estabelecimentos e manter a medida que referi.
Além disso, alguem sabe o estado da petição pública?
De qualquer forma resta esperar e ter esperança que ainda haja a oportunidade de fazer melhoria.
 

Edgar H

Mod Decretos
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
1 Outubro 2018
Mensagens
7,767
Visto que o governo está no processo de levantamento das medidas tomadas devido à pandemia e o pretende fazer (pelas noticias que ouvi) até dia 1 de Junho, será que à possibilidade de também a medida do impedimento de realização de melhorias nos exames ser levantada? Na minha opinião não faz sentido ocorrer a abertuda (ainda que com restrições) de uma variedade de estabelecimentos e manter a medida que referi.
Além disso, alguem sabe o estado da petição pública?
De qualquer forma resta esperar e ter esperança que ainda haja a oportunidade de fazer melhoria.
Não, porque as inscrições estão quase a terminar. O prazo para se mudar alguma coisa acaba quando acabar o prazo de inscrições nos exames.
Qualquer mudança fora desse, seria uma injustiça maior.
Como falta a apenas uma semana e um dia, e as mudanças nas inscrições já estão a acontecer, não vai haver melhorias, este ano.
Ah, e as inscrições não se podem prolongar mais, já está em 2 meses.
O levantamento das medidas acontece por questões económicas e logísticas. As melhorias não têm impacto (ou pouco) nestas questões.
 

nuuno2000

Membro Caloiro
Matrícula
11 Janeiro 2020
Mensagens
5
Não, porque as inscrições estão quase a terminar. O prazo para se mudar alguma coisa acaba quando acabar o prazo de inscrições nos exames.
Qualquer mudança fora desse, seria uma injustiça maior.
Como falta a apenas uma semana e um dia, e as mudanças nas inscrições já estão a acontecer, não vai haver melhorias, este ano.
Ah, e as inscrições não se podem prolongar mais, já está em 2 meses.
O levantamento das medidas acontece por questões económicas e logísticas. As melhorias não têm impacto (ou pouco) nestas questões.
Ok, faz sentido, obrigado pela informação.
 
  • Like
Reactions: Edgar H

Consuela

Membro
Matrícula
21 Março 2020
Mensagens
23
Quem quiser saber, o PAN apresentou um projeto de lei, que irá ser votado esta quarta-feira, com vista a voltar permitir a realização de exames para melhoria de nota. O plenário irá ser às 15h.
 
  • Like
Reactions: Martxi

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,022
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Quem quiser saber, o PAN apresentou um projeto de lei, que irá ser votado esta quarta-feira, com vista a voltar permitir a realização de exames para melhoria de nota. O plenário irá ser às 15h.

Resumidamente, a medida do PAN é só permitir sem oferecer um outro plano para não haver impacto na saúde pública? 😅
 
  • Haha
Reactions: Edgar H

Edgar H

Mod Decretos
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
1 Outubro 2018
Mensagens
7,767
O documento que publicaram é um projeto de lei, aí só propõem uma alteração a uma alínea do decreto de lei, e os motivos que os levaram a propor este projeto de lei.
Esperemos que a proposta seja só para passar a ideia e seja depois corrigida, porque a linguagem usada está errada😅. O termo correto é Classificação final da disciplina ou CFD.
Quando não se entende do assunto, mas o objetivo é fazer oposição a todo o custo😂.
 

Consuela

Membro
Matrícula
21 Março 2020
Mensagens
23
Esperemos que a proposta seja só para passar a ideia e seja depois corrigida, porque a linguagem usada está errada😅. O termo correto é Classificação final da disciplina ou CFD.
Quando não se entende do assunto, mas o objetivo é fazer oposição a todo o custo😂.
Pois quanto a isso não sei, o que sei é que o projeto de lei vai ser debatido e votado na quarta-feira, e como nem todos os partidos anunciaram ainda a sua posição quanto a este assunto (os que ja anunciaram mostraram-se a favor da retorna das melhorias), acho que as pessoas que estão interessadas neste assunto deviam prestar atenção ao que irá acontecer nesta quarta-feira, foi mesmo por isso que decidi publicar a informação sobre este projeto de lei.
 
  • Like
Reactions: Martxi

Edgar H

Mod Decretos
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
1 Outubro 2018
Mensagens
7,767
Pois quanto a isso não sei, o que sei é que o projeto de lei vai ser debatido e votado na quarta-feira, e como nem todos os partidos anunciaram ainda a sua posição quanto a este assunto (os que ja anunciaram mostraram-se a favor da retorna das melhorias), acho que as pessoas que estão interessadas neste assunto deviam prestar atenção ao que irá acontecer nesta quarta-feira, foi mesmo por isso que decidi publicar a informação sobre este projeto de lei.
Obviamente que não estava a desvalorizar a tua posição. Tens direito a ela, tal como eu tenho direito à minha.
O meu comentário era só relativamente à proposta. Se é para ser apresentada, devia ser feito da maneira correta, com pesquisa e conhecimento suficientes. Não apenas com o intuito de fazer oposição com tudo o que aparece. Em última instância, os prejudicados são vocês.
A ser aprovada essa proposta tal como está, quando for corrigida, acontece um pequeno problema. O que foi votado, não coincide exatamente com que é reitificado.
O que está lá escrito, seguindo mais ou menos à letra, é que as melhorias acontecerão apenas sobre a classificação interna final, os 70%, e não sobre a classificação final da disciplina, os 100%.
 

laila

Membro
Matrícula
11 Novembro 2019
Mensagens
20
O Governo parece não querer reconhecer o erro que está a cometer, e assim manter esta aberração politica e administrativa. Não lhe ficaria nada mal se humildemente reconhecesse o erro que pretende cometer, só de facto uma posição forte do Parlamento poderá vir a reverter a situação.

Da nossa parte, não se trata só de invocar os prejuízos morais e materiais, bem como as expectativas frustradas dos alunos lesados e seus familiares, nem por as regras de acesso ao ensino superior terem sido alteradas, já quase no final do ano lectivo.

Queremos justiça e não benesses em detrimento de alguém.
 

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,022
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
O Governo parece não querer reconhecer o erro que está a cometer, e assim manter esta aberração politica e administrativa. Não lhe ficaria nada mal se humildemente reconhecesse o erro que pretende cometer, só de facto uma posição forte do Parlamento poderá vir a reverter a situação.

Da nossa parte, não se trata só de invocar os prejuízos morais e materiais, bem como as expectativas frustradas dos alunos lesados e seus familiares, nem por as regras de acesso ao ensino superior terem sido alteradas, já quase no final do ano lectivo.

Queremos justiça e não benesses em detrimento de alguém.

E qual seria uma solução? 🤔
 

Pedro Cordeiro.

Membro Veterano
Matrícula
10 Julho 2019
Mensagens
468
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST
Pelo que parece temos todos os partidos a apoiar-nos exceto o PS, ou seja, havendo votação consguimos o nosso objetivo, perdoem-me a ignorância, mas quando se dá a votação de projetos-resolução (debatido esta tarde)?
 

Edgar H

Mod Decretos
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
1 Outubro 2018
Mensagens
7,767
Pelo que parece temos todos os partidos a apoiar-nos exceto o PS, ou seja, havendo votação consguimos o nosso objetivo, perdoem-me a ignorância, mas quando se dá a votação de projetos-resolução (debatido esta tarde)?
A votação será amanhã.
Não sabendo ao certo se vai ser possível ao Governo falar, acho que faltou a explicação por parte deste. Faltou, na discussão, a importante consideração dita pelo ministro da educação, ontem. As medidas foram tomadas noutro contexto que não o atual.
E esse pormenor é importante. Não se pode pôr de parte que as decisões que dizem respeito à realização dos exames é tomada três meses antes destes. Do dia 9 de Abril até hoje(amanhã), passamos por dois Estados de Emergência e tínhamos novos casos que rondavam o 600/700 por dia, com um número de infectados muito menor ao de hoje, ou seja, a percentagem em comparação ao dia anterior era completamente diferente.
Outra situação que dominou em parte a discussão, foi o peso do acesso ao ensino superior no secundário, o que não era o objetivo (alguns partidos dizerem que fica para discussão futura, mas todos repetirem-no consecutivamente, não fez muito sentido).
Pegando no que tu disseste, têm o apoio da maioria dos partidos, mas teremos de esperar para saber se será suficiente.
Falta saber também, se aprovado, como é que vai ser feita a alteração de novo. Já estamos em 2 meses de inscrições.
 
Última edição:

Pedro Cordeiro.

Membro Veterano
Matrícula
10 Julho 2019
Mensagens
468
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST
A votação será amanhã.
Não sabendo ao certo se vai ser possível ao Governo falar, acho que faltou a explicação por parte deste. Faltou, na discussão, a importante consideração dita pelo ministro da educação, ontem. As medidas foram tomadas noutro contexto que não o atual.
E esse pormenor é importante. Não se pode pôr de parte que as decisões que dizem respeito à realização dos exames é tomada três meses antes destes. Do dia 9 de Abril até hoje(amanhã), passamos por dois Estados de Emergência e tínhamos novos casos que rondavam o 600/700 por dia, com um número de infectados muito menor ao de hoje, ou seja, a percentagem em comparação ao dia anterior era completamente diferente.
Outra situação que dominou em parte a discussão, foi o peso do acesso ao ensino superior no secundário, o que não era o objetivo (alguns partidos dizerem que fica para discussão futura, mas todos repetirem-no consecutivamente, não fez muito sentido).
Pegando no que tu disseste, têm o apoio da maioria dos partidos, mas teremos de esperar para saber se será suficiente.
Falta saber também, se aprovado, como é que vai ser feita a alteração de novo. Já estamos em 2 meses de inscrições.
Estou num verdadeiro impasse, com a minha escola a pedir a alteração da inscrição nos exames até amanhã às 4 da tarde, sendo a votação mais tarde.
Ainda fica por saber se caso seja aprovado se será suficiente para a correção imediata ou se haverá uma "terceira fase de inscrições" como parece ser inevitável caso esta seja aceite.
Da minha parte e de quem está numa situação igual ou semelhante à minha, resta-nos esperar pelo aprovação, sendo que apenas um partido se revelou ao centro -o PSD- e esperemos que o futuro destes alunos pese mais na sua balança do que a logística que tanto falam. Muitas questões, não sei como vou proceder, apenas sei que só farei alterações às inscrições depois da votação, por não fazer qualquer sentido ser antes desta e o prazo ser até 11 de Maio, apesar da minha escola pedir até dia 7, o que não percebo bem o porquê.
 

Carlos MG

Membro
Matrícula
15 Abril 2020
Mensagens
30
A votação será amanhã.
Não sabendo ao certo se vai ser possível ao Governo falar, acho que faltou a explicação por parte deste. Faltou, na discussão, a importante consideração dita pelo ministro da educação, ontem. As medidas foram tomadas noutro contexto que não o atual.
E esse pormenor é importante. Não se pode pôr de parte que as decisões que dizem respeito à realização dos exames é tomada três meses antes destes. Do dia 9 de Abril até hoje(amanhã), passamos por dois Estados de Emergência e tínhamos novos casos que rondavam o 600/700 por dia, com um número de infectados muito menor ao de hoje, ou seja, a percentagem em comparação ao dia anterior era completamente diferente.
Outra situação que dominou em parte a discussão, foi o peso do acesso ao ensino superior no secundário, o que não era o objetivo (alguns partidos dizerem que fica para discussão futura, mas todos repetirem-no consecutivamente, não fez muito sentido).
Pegando no que tu disseste, têm o apoio da maioria dos partidos, mas teremos de esperar para saber se será suficiente.
Falta saber também, se aprovado, como é que vai ser feita a alteração de novo. Já estamos em 2 meses de inscrições.
Boa noite,

Não pude acompanhar. Sucintamente podem dizer o que se passou e as medidas que nos poderão ou não pôr em pé de igualdade com os alunos mais recentes.

Obrigado