Médias das notas dos Exames Nacionais da 1ª fase 2021

Os exames finais nacionais do ensino secundário foram realizados em 647 escolas em Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, bem como nas escolas no estrangeiro com currículo português.

Foram registadas 248 136 inscrições na 1.a fase dos exames finais nacionais, tendo sido realizadas 204 368 provas, o que corresponde a cerca de 82,4% das inscrições.

Entre as 24 disciplinas sujeitas a exame nacional, a que registou um maior número de provas realizadas foi a de Biologia e Geologia (702), com 36 517 provas, logo seguida por Português (639), com 34 318 provas, Matemática A (635), com 34 124 provas e Física e Química A (715), com 32 802 provas.

Tendo em consideração as disciplinas com um número de alunos superior a 2500, aquelas que apresentaram uma classificação média mais elevada foram: o Inglês (550), com 149 pontos; o Desenho A, com 138 pontos; e a História A (623), com 129 pontos.

Em termos de variação, a tendência geral foi para descidas, contrariando as grandes subidas do ano 2020. Nesse sentido, e fazendo o pódio das maiores descidas:
🥇 Física e Química A, com uma grande descida de 34 pontos.
🥈 Geografia A e História B empatam com uma descida de 29 pontos.
🥉 Matemática A fecha o pódio com uma descida de 27 pontos.




Exame1º Fase 20211º Fase 2020Variação 2020-20211ª Fase 2019
138 Português Língua Segunda119123- 4128 / 95
639 Português120120=118 / 87
839 Português Língua Não Materna157162- 5153 / 129
547 Espanhol (iniciação)139160- 21136 / 121
847 Espanhol (continuação)135146- 11-
517 Francês149151- 2 113 / 108
714 Filosofia122130- 8 98 / 83
715 Física e Química A98132- 34 🥇 100 / 85
732 Latim A136118+ 18107 / 83
623 História A129134- 5104 / 80
723 História B116145- 29 🥈125 / 96
719 Geografia A107136- 29 🥈103 / 86
724 História da Cultura e das Artes126139- 13119 / 100
635 Matemática A106133- 27 🥉115 / 66
735 Matemática B101120- 19146 / 98
835 Matemática Aplic. às Ciências Soc10795+ 12110 / 81
706 Desenho A138147- 9138 / 128
848 Mandarim (iniciação)167169- 2-
702 Biologia e Geologia120140- 20 107 / 87
712 Economia A122126- 4120 / 95
501 Alemão158161- 3 129 / 134
550 Inglês149150- 1123 / 135
708 Geometria Descritiva A124112+ 12135 / 87
734 Literatura Portuguesa105112- 7108 / 88

Anexos em baixo:
  • Resultados de Exames da 1a Fase, por disciplina
  • Distribuições de Classificações das Provas Escritas
 

Attachments

  • enes_hmlg2021_F1_resumo.pdf
    98.9 KB · Visitas: 1,367
  • enes_hmlg2021_F1_distrib_escritas10.pdf
    167.2 KB · Visitas: 1,513
Matrícula
29 Maio 2019
Mensagens
17
Olá, bom dia, fui hoje buscar a ficha enes e quando olho para a nota das disciplinas que fiz como externa, elas não mexeram, tinha subido de um 13 para um 17, supostamente, quando me inscrevi para o exame diziam que os exames iam contar para melhoria de nota interna mas na escola disseram-me que receberam um e-mail do ministério da educação à uma semana a dizer que afinal já não dava para fazer melhoria da nota interna, queria saber se é possível mudarem a lei depois dos exames serem feitos, ou mesmo que assim seja porque é que eu não vi em lado nenhum a disserem que afinal já não contava para a média interna? É que eu paguei um exame, estudei para o exame a pensar que dava para melhorar e depois chega a altura e nada, obrigada
Olá! Aconteceu me exatamente o mesmo! A pessoa que estava na secretaria entretanto mandou me para casa para ler a Lei n.º 31-A/2021, de 25 de maio e também o Despacho Normativo 14-A/2021 para que eu visse que de facto não há melhoria de nota interna. Qual não foi o meu espanto, quando cheguei a casa e li aquilo e reparei que não há qualquer evidência que me dissesse que não podia melhorar a minha nota interna! Passo a citar o artigo 2º do despacho:

"Artigo 2.º

Condições de admissão

1 - Podem requerer a realização de exames finais nacionais para melhoria da classificação final da disciplina apenas para efeitos de acesso ao ensino superior:

a) Na 2.ª fase, os alunos que obtenham aprovação, no presente ano letivo, em disciplinas terminais do 11.º ano ou do 12.º ano sujeitas a exame final nacional;

b) Na 1.ª e 2.ª fases, os alunos que obtiveram aprovação, em anos letivos anteriores, em disciplinas terminais do 11.º ano ou do 12.º ano sujeitas a exame final nacional."

Portanto se te encontras numa destas condições, se te inscreveste nos exames para esse mesmo efeito, estás inscrita para melhoria de nota interna.
Fui à escola e falei sobre esta situação e mostrei-lhes esse artigo e fui reencaminhada para a direção. Aí, verificaram o sistema e tinha sido erro deles, que não tinham selecionado as opções corretamente.
Portanto não só interpretaram mal o email que receberam , induzindo em erro quem se inscreveu para os exames para melhorar a classificação interna, como também se enganaram na seleção no sistema para fazer a ficha ENES.
Felizmente imprimiram-me uma nova ficha ENES com a minha média interna alterada!

Recomendo pedires para falar com alguém da direção ou então ires à secretaria e explicar isto com base no artigo.
 

Martaanery

Membro Caloiro
Matrícula
21 Junho 2019
Mensagens
7
Olá! Aconteceu me exatamente o mesmo! A pessoa que estava na secretaria entretanto mandou me para casa para ler a Lei n.º 31-A/2021, de 25 de maio e também o Despacho Normativo 14-A/2021 para que eu visse que de facto não há melhoria de nota interna. Qual não foi o meu espanto, quando cheguei a casa e li aquilo e reparei que não há qualquer evidência que me dissesse que não podia melhorar a minha nota interna! Passo a citar o artigo 2º do despacho:

"Artigo 2.º

Condições de admissão

1 - Podem requerer a realização de exames finais nacionais para melhoria da classificação final da disciplina apenas para efeitos de acesso ao ensino superior:

a) Na 2.ª fase, os alunos que obtenham aprovação, no presente ano letivo, em disciplinas terminais do 11.º ano ou do 12.º ano sujeitas a exame final nacional;

b) Na 1.ª e 2.ª fases, os alunos que obtiveram aprovação, em anos letivos anteriores, em disciplinas terminais do 11.º ano ou do 12.º ano sujeitas a exame final nacional."

Portanto se te encontras numa destas condições, se te inscreveste nos exames para esse mesmo efeito, estás inscrita para melhoria de nota interna.
Fui à escola e falei sobre esta situação e mostrei-lhes esse artigo e fui reencaminhada para a direção. Aí, verificaram o sistema e tinha sido erro deles, que não tinham selecionado as opções corretamente.
Portanto não só interpretaram mal o email que receberam , induzindo em erro quem se inscreveu para os exames para melhorar a classificação interna, como também se enganaram na seleção no sistema para fazer a ficha ENES.
Felizmente imprimiram-me uma nova ficha ENES com a minha média interna alterada!

Recomendo pedires para falar com alguém da direção ou então ires à secretaria e explicar isto com base no artigo.
Olá eu fiz o exame de geometria que consegui passar de um 13 para um 17 e o desenho que passei de um 14 para um 15, eu falei com a direção da escola e eles disseram que eram essas as regras que tinham, esses exames que fiz dão para subir a média não dão? É que quando eu fiz a inscrição nos exames pus lá que eram para melhoria da nota da disciplina
Post automatically merged:

Mas essa estruturação não causa uma subida de pontos nos exames dos alunos, impede é uma descida maior. Ainda assim, os exames têm um número muito significativo de questões obrigatórias - basta os alunos falharem bastante nessas que as perguntas opcionais acabam por não ter um impacto decisivo. Particularmente no caso de FQ, os alunos tinham 16 questões obrigatórias, a valerem 160 pontos. Depois tinham 8 questões, das quais teriam que responder a 4/seriam cotadas as 4 melhores, a valerem 10 pontos cada - sendo que destas questões todas elas eram escolha múltipla, o que é muito relevante porque deixa apenas a opção de que o aluno ou tem 10 pontos ou tem 0. Basta que o alunos falhe 5 escolhas múltiplas e já perdeu 1 valor dos 4 que conseguiria obter das opcionais.

Aliás, esta tendência dos exames nacionais optarem por um significativo número de questões de escolha múltipla a valerem mais do que em anos anteriores só tem vindo a confirmar que pode causar bastante instabilidade nas notas dos alunos consoante os anos. Se a escolha múltipla for relativamente fácil, isso facilmente poderá traduzir-se em subidas de notas. Se calharem escolhas múltiplas mais difíceis, as notas facilmente caem. Na minha humilde opinião, não é o melhor equilíbrio na avaliação dos alunos e acho que o peso final é que prejudicam mais do que ajudam, na maioria dos casos, porque em questões com vários passos/alíneas de avaliação, os alunos mais raramente têm a classificação de 0 pontos.

Olá, Marta! A melhoria para efeitos de acesso ao ensino superior existiu efectivamente este ano, mas tens que ter em atenção que tinha que ser feita em disciplinas que mantivessem o mesmo programa e código de exame. Se calhar o exame que foste fazer foi um destes casos, ou o programa mudou ou foste fazer exame de Inglês e Inglês é uma bienal que só podes melhorar até ao ano a seguir à sua conclusão. Findo esse ano, não consegues mais alterar essa nota. De qualquer das formas, mesmo que pertenças a um destes casos não acho que foi em vão de todo o tempo que investiste no exame: mesmo que não tenha impacto na tua média interna (na verdade, apesar de teres subido imenso, se esta foi a única nota a alterar, ias subir 2 décimas), o verdadeiro impacto que podes ter neste momento é esse 17 de prova de ingresso.

Boa sorte!
Olá, como sei se os exames das disciplinas que fiz mantiveram o mesmo programa e código de exame? Eu fiz de geometria e desenho e consegui subir a nota nos dois, desenho acabei o ano passado, mas a minha nota da disciplina manteve-se a mesma do ano passado e não melhorou, o de geometria acabei à dois anos e também não melhorou, eu sei que só podemos melhorar notas no ano de conclusão da disciplina ou no ano a seguir, mas o ano passado não dava para melhorar as notas das disciplinas então acho muito injusto não dar para melhorar as notas este ano, é que o ano passado não me inscrevi neste exame porque não dava pra melhorar a nota interna, ainda era um bocadinho porque ia conseguir subir a minha média interna de um 154 pra um 161, e era o suficiente pra conseguir entrar, agora assim não sei
 
Última edição:

Meli furtado

Membro
Matrícula
6 Outubro 2018
Mensagens
63
Boa noite! Tenho uma questão relativamente ao cálculo da média da classificação dos exames nacionais. O valor que obtenho quando faço a média destes é arredondado às décimas ou centésimas? É que, dependendo do arredondamento que adotar, a média final de candidatura terá uma diferença de 2 centésimas. Obrigada!
 

Inês Fogageira

Membro Veterano
Matrícula
17 Julho 2017
Mensagens
321
Curso
Educação Básica
Instituição
ESE (IPP)
Boa noite! Tenho uma questão relativamente ao cálculo da média da classificação dos exames nacionais. O valor que obtenho quando faço a média destes é arredondado às décimas ou centésimas? É que, dependendo do arredondamento que adotar, a média final de candidatura terá uma diferença de 2 centésimas. Obrigada!
Penso que é às décimas, mas tenta fazer por pontos, sem arredondamentos. Por exemplo, se tiveste 17,3 num exame, faz o cálculo com 173 pontos. Assim dá número certo no fim.
 

marialuizabrito206@gmail.

Membro Caloiro
Matrícula
10 Agosto 2021
Mensagens
2
tenho uma dúvida tenho equiv
Os exames finais nacionais do ensino secundário foram realizados em 647 escolas em Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, bem como nas escolas no estrangeiro com currículo português.

Foram registadas 248 136 inscrições na 1.a fase dos exames finais nacionais, tendo sido realizadas 204 368 provas, o que corresponde a cerca de 82,4% das inscrições.

Entre as 24 disciplinas sujeitas a exame nacional, a que registou um maior número de provas realizadas foi a de Biologia e Geologia (702), com 36 517 provas, logo seguida por Português (639), com 34 318 provas, Matemática A (635), com 34 124 provas e Física e Química A (715), com 32 802 provas.

Tendo em consideração as disciplinas com um número de alunos superior a 2500, aquelas que apresentaram uma classificação média mais elevada foram: o Inglês (550), com 149 pontos; o Desenho A, com 138 pontos; e a História A (623), com 129 pontos.

Em termos de variação, a tendência geral foi para descidas, contrariando as grandes subidas do ano 2020. Nesse sentido, e fazendo o pódio das maiores descidas:
🥇 Física e Química A, com uma grande descida de 34 pontos.
🥈 Geografia A e História B empatam com uma descida de 29 pontos.
🥉 Matemática A fecha o pódio com uma descida de 27 pontos.




Exame1º Fase 20211º Fase 2020Variação 2020-20211ª Fase 2019
138 Português Língua Segunda119123- 4128 / 95
639 Português120120=118 / 87
839 Português Língua Não Materna157162- 5153 / 129
547 Espanhol (iniciação)139160- 21136 / 121
847 Espanhol (continuação)135146- 11-
517 Francês149151- 2 113 / 108
714 Filosofia122130- 8 98 / 83
715 Física e Química A98132- 34 🥇 100 / 85
732 Latim A136118+ 18107 / 83
623 História A129134- 5104 / 80
723 História B116145- 29 🥈125 / 96
719 Geografia A107136- 29 🥈103 / 86
724 História da Cultura e das Artes126139- 13119 / 100
635 Matemática A106133- 27 🥉115 / 66
735 Matemática B101120- 19146 / 98
835 Matemática Aplic. às Ciências Soc10795+ 12110 / 81
706 Desenho A138147- 9138 / 128
848 Mandarim (iniciação)167169- 2-
702 Biologia e Geologia120140- 20 107 / 87
712 Economia A122126- 4120 / 95
501 Alemão158161- 3 129 / 134
550 Inglês149150- 1123 / 135
708 Geometria Descritiva A124112+ 12135 / 87
734 Literatura Portuguesa105112- 7108 / 88

Anexos em baixo:
  • Resultados de Exames da 1a Fase, por disciplina
  • Distribuições de Classificações das Provas Escritas
al
ê
Post automatically merged:

Os exames finais nacionais do ensino secundário foram realizados em 647 escolas em Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, bem como nas escolas no estrangeiro com currículo português.

Foram registadas 248 136 inscrições na 1.a fase dos exames finais nacionais, tendo sido realizadas 204 368 provas, o que corresponde a cerca de 82,4% das inscrições.

Entre as 24 disciplinas sujeitas a exame nacional, a que registou um maior número de provas realizadas foi a de Biologia e Geologia (702), com 36 517 provas, logo seguida por Português (639), com 34 318 provas, Matemática A (635), com 34 124 provas e Física e Química A (715), com 32 802 provas.

Tendo em consideração as disciplinas com um número de alunos superior a 2500, aquelas que apresentaram uma classificação média mais elevada foram: o Inglês (550), com 149 pontos; o Desenho A, com 138 pontos; e a História A (623), com 129 pontos.

Em termos de variação, a tendência geral foi para descidas, contrariando as grandes subidas do ano 2020. Nesse sentido, e fazendo o pódio das maiores descidas:
🥇 Física e Química A, com uma grande descida de 34 pontos.
🥈 Geografia A e História B empatam com uma descida de 29 pontos.
🥉 Matemática A fecha o pódio com uma descida de 27 pontos.




Exame1º Fase 20211º Fase 2020Variação 2020-20211ª Fase 2019
138 Português Língua Segunda119123- 4128 / 95
639 Português120120=118 / 87
839 Português Língua Não Materna157162- 5153 / 129
547 Espanhol (iniciação)139160- 21136 / 121
847 Espanhol (continuação)135146- 11-
517 Francês149151- 2 113 / 108
714 Filosofia122130- 8 98 / 83
715 Física e Química A98132- 34 🥇 100 / 85
732 Latim A136118+ 18107 / 83
623 História A129134- 5104 / 80
723 História B116145- 29 🥈125 / 96
719 Geografia A107136- 29 🥈103 / 86
724 História da Cultura e das Artes126139- 13119 / 100
635 Matemática A106133- 27 🥉115 / 66
735 Matemática B101120- 19146 / 98
835 Matemática Aplic. às Ciências Soc10795+ 12110 / 81
706 Desenho A138147- 9138 / 128
848 Mandarim (iniciação)167169- 2-
702 Biologia e Geologia120140- 20 107 / 87
712 Economia A122126- 4120 / 95
501 Alemão158161- 3 129 / 134
550 Inglês149150- 1123 / 135
708 Geometria Descritiva A124112+ 12135 / 87
734 Literatura Portuguesa105112- 7108 / 88

Anexos em baixo:
  • Resultados de Exames da 1a Fase, por disciplina
  • Distribuições de Classificações das Provas Escritas
A média da Nova SBE parece-me um pouco alta demais para 151.5 ser suficiente. Mas nunca se sabe

Tenho uma duvida se faz favor ; minha media é 15.8 numa (equivalência estrageira) de secundário e nota de exame é 103. É possível ter hipóteses num curso com media 65% secundário e 35% nota de exame, o ultimo colocado ano passado 2020 com nota de candidatura de 135.5 no curso de comercio e negócios internacionais em lisboa e 140 no mesmo curso em Coimbra ?
Se possível poderiam me informar qual minha nota de candidatura para estes cursos.
obrigado
 
Última edição:

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,625
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Olá @marialuizabrito206@gmail.
Tenho uma duvida se faz favor ; minha media é 15.8 numa (equivalência estrageira) de secundário e nota de exame é 103. É possível ter hipóteses num curso com media 65% secundário e 35% nota de exame, o ultimo colocado ano passado 2020 com nota de candidatura de 135.5 no curso de comercio e negócios internacionais em lisboa e 140 no mesmo curso em Coimbra ?
Se possível poderiam me informar qual minha nota de candidatura para estes cursos.
obrigado
É fazeres 65% de 158 + 35% de 103 e tens a nota de candidatura.
 

ansnt

Membro
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
22
olá, acabei o secundário em 2018. Se para o ano (2022) repetir exame de fqa e tiver, vamos imaginar, um 16, fico com 16 de prova de ingresso e também de média interna da disciplina certo? é como se tivesse tido 16 a fqa no 10e11anos..?
 

luizfcv

Membro
Matrícula
23 Setembro 2018
Mensagens
22
olá, acabei o secundário em 2018. Se para o ano (2022) repetir exame de fqa e tiver, vamos imaginar, um 16, fico com 16 de prova de ingresso e também de média interna da disciplina certo? é como se tivesse tido 16 a fqa no 10e11anos..?
Olá, não. Apenas como prova de ingresso. As melhorias de nota interna só podem ser feitas no próprio ano e no ano a seguir.
 

ansnt

Membro
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
22
Olá, não. Apenas como prova de ingresso. As melhorias de nota interna só podem ser feitas no próprio ano e no ano a seguir.
obrigada! Alguém sabe se em 2022 se vai manter o mesmo que em 2020 e 2021, de serem retirados da média interna os exames que fizessem descer a média de secundário??
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,625
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
olá, acabei o secundário em 2018. Se para o ano (2022) repetir exame de fqa e tiver, vamos imaginar, um 16, fico com 16 de prova de ingresso e também de média interna da disciplina certo? é como se tivesse tido 16 a fqa no 10e11anos..?

Olá, não. Apenas como prova de ingresso. As melhorias de nota interna só podem ser feitas no próprio ano e no ano a seguir.
Podes fazer melhoria da nota interna, sim, mas apenas para efeitos de acesso. Sugiro a leitura deste artigo:
 

Filipa_Lopes

Membro Caloiro
Matrícula
11 Julho 2021
Mensagens
7
Boa tarde, já tenho conhecimento de que possivelmente os exames nacionais poderão contar na nota interna, porém uma vez que já acabei o secundário e pretendo apenas ingressar para o ano na faculdade para melhoria de exames e entrar naquilo que desejava, o que faço? Isto porque os exames nacionais agora contam na nota interna…Poderei fazer exame como externo?
 

asdfgg

Membro
Matrícula
20 Setembro 2018
Mensagens
12
Podes fazer melhoria da nota interna, sim, mas apenas para efeitos de acesso. Sugiro a leitura deste artigo:
Só são válidas as melhorias realizadas com provas de disciplinas do mesmo programa e código/disciplina em que obtiveste a primeira aprovação;

Como podemos saber se o programa foi alterado? Desculpem se a pergunta é parva mas já saí do secundário há mais de dez anos 😅

Outra questão, a minha prima fez o exame de BG em 2019 e para o ano quer ir fazer melhorias porque não conseguiu o curso que queria, se tiver melhores notas então aí aumenta a nota interna de certeza, certo? FAlo de BG e FQA.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,625
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Boa tarde, já tenho conhecimento de que possivelmente os exames nacionais poderão contar na nota interna, porém uma vez que já acabei o secundário e pretendo apenas ingressar para o ano na faculdade para melhoria de exames e entrar naquilo que desejava, o que faço? Isto porque os exames nacionais agora contam na nota interna…Poderei fazer exame como externo?
Fazes os exames como externa para melhoria:
Só são válidas as melhorias realizadas com provas de disciplinas do mesmo programa e código/disciplina em que obtiveste a primeira aprovação;

Como podemos saber se o programa foi alterado? Desculpem se a pergunta é parva mas já saí do secundário há mais de dez anos 😅
Se o código for o mesmo tudo indica que consegues fazer melhoria.
Outra questão, a minha prima fez o exame de BG em 2019 e para o ano quer ir fazer melhorias porque não conseguiu o curso que queria, se tiver melhores notas então aí aumenta a nota interna de certeza, certo? FAlo de BG e FQA.
Certo.
 
  • Like
Reactions: asdfgg

asdfgg

Membro
Matrícula
20 Setembro 2018
Mensagens
12
Fazes os exames como externa para melhoria:

Se o código for o mesmo tudo indica que consegues fazer melhoria.

Certo.
Muito obrigada pelos esclarecimentos! Pelo que estive a ver BG continua a ser o 702 :)
 
  • Like
Reactions: davis

ansnt

Membro
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
22
Podes fazer melhoria da nota interna, sim, mas apenas para efeitos de acesso. Sugiro a leitura deste artigo:
então nesse caso, poderia colocar na calculadora da média de acesso ao ensino superior o tal 16 a fqa, tanto no 10ano como no 11 ano como no exame, certo? obrigada!
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,625
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
então nesse caso, poderia colocar na calculadora da média de acesso ao ensino superior o tal 16 a fqa, tanto no 10ano como no 11 ano como no exame, certo? obrigada!
Certo.
 

ansnt

Membro
Matrícula
18 Julho 2018
Mensagens
22
Obrigada pela ajuda! só mais uma coisa: resumidamente, eu acabei o secundário em 2018 e em 2020 repeti exames de fqa e biogeo para mudar de curso, a biogeo tive 17,7. Há alguma forma de eu prolongar a validade desse exame para lá do ano 2022? Por exemplo inscrevendo-me em 2022 para repetir o exame como PI e Melhoria e tirando 0, consigo manter o 17,7 por mais 3 anos?

Para além disso, em 2020 retiraram da média interna os exames que faziam descer a nota do secundário, por exemplo, eu em 2018 tinha média de secundário de 15,7 e em 2020 consegui média de secundário de 16,2 graças a isso. Este ano vai continuar assim? Ou é suposto contar à partida (e sem pensar em melhorias) com uma média de secundário novamente de 15,7?

Muito obrigada!
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,625
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Obrigada pela ajuda! só mais uma coisa: resumidamente, eu acabei o secundário em 2018 e em 2020 repeti exames de fqa e biogeo para mudar de curso, a biogeo tive 17,7. Há alguma forma de eu prolongar a validade desse exame para lá do ano 2022? Por exemplo inscrevendo-me em 2022 para repetir o exame como PI e Melhoria e tirando 0, consigo manter o 17,7 por mais 3 anos?
Não há. Terias de repetir o exame.
Para além disso, em 2020 retiraram da média interna os exames que faziam descer a nota do secundário, por exemplo, eu em 2018 tinha média de secundário de 15,7 e em 2020 consegui média de secundário de 16,2 graças a isso. Este ano vai continuar assim? Ou é suposto contar à partida (e sem pensar em melhorias) com uma média de secundário novamente de 15,7?
Essas medidas foram excepcionais para 2020 e 2021. Até novas medidas excepcionais voltam as regras habituais de avaliação e de acesso.
 

aliciiera

Membro Caloiro
Matrícula
28 Setembro 2021
Mensagens
2
Boa tarde!
Eu tenho uma dúvida sobre as melhorias. As melhorias, através de exame nacional, após 1 ano da disciplina ser concluída (no meu caso quero fazer melhoria de uma disciplina de 11 ano no 12) conta 30% ou contam 100%? Já vi em muita informação sobre isso e fiquei confusa.