Matemática A - Dúvidas e Exercícios

Olá boa noite, neste exercício eu estudei a continuidade e só deu contínuo para a esquerda, na alínea c) sabendo que só é contínuo para a esquerda posso estudar a existência de zeros a partir do teorema de bolzano?1605301520576.png
 
Olá boa noite, neste exercício eu estudei a continuidade e só deu contínuo para a esquerda, na alínea c) sabendo que só é contínuo para a esquerda posso estudar a existência de zeros a partir do teorema de bolzano?Ver anexo 16782
Olá, sim podes. Visto que a função não é contínua no ponto 1 como dizes, sendo uma função de variável real é contínua de menos infinito até 1 ( sem incluir o 1). Como 0,1 e raiz de 3 a dividir por 2 são menores que 1, então a função é contínua nesse intervalo. Portanto, neste caso, o mais fácil seria aplicares o corolário do teorema de bolzano cauchy, que nos diz neste caso que se a função é contínua no intervalo [0,1 , raiz de 3 por 2], e se o o produto de f(0,1) por f(Raiz de 3 por 2) for negativo, ou seja, um deles positivo e o outro negativo, sabes que irá existir um C entre o intervalo ]0,1, raiz de 3 por 2[ tal que o f(c) =0
 
  • Like
Reactions: Ruebfsgomes
Olá, mas o intervalo não é de 0,1 a raíz de 3 mas sim de 0 a 1+ raíz de 3. Quer isto dizer então que não é contínua nesse intervalo? Obrigado.
 
Olá, mas o intervalo não é de 0,1 a raíz de 3 mas sim de 0 a 1+ raíz de 3. Quer isto dizer então que não é contínua nesse intervalo? Obrigado.
não tinha lido bem. Sim nesse caso não é possível aplicar o teorema de bolzano cauchy pois não estão reunidas as condições para aplicá-lo, já que a função não é contínua no intervalo q mencionaste
 
  • Like
Reactions: Ruebfsgomes
olá boa noite, alguém podia me confirmar se é possível fazer a regra de ruffini numa equação sem termo independente..
por exemplo quando tivermos 2x^4 - 3x^2 + x caso essa equaçaõ tenha zeros, dava para fazer a regra de ruffini sem por o x em evidência ou tinhamos semore que po-lo em evidência?
 
olá boa noite, alguém podia me confirmar se é possível fazer a regra de ruffini numa equação sem termo independente..
por exemplo quando tivermos 2x^4 - 3x^2 + x caso essa equaçaõ tenha zeros, dava para fazer a regra de ruffini sem por o x em evidência ou tinhamos semore que po-lo em evidência?
Olá! Sim, podes fazer a regra de Ruffini, no entanto, tens de colocar 0 no lugar do x^3 e no termo independente nesse caso, já que não tens nanhum valor para eles (2x^4 + 0x^3 - 3x^2 + x + 0)
 
Olá boa noite, neste exercício eu estudei a continuidade e só deu contínuo para a esquerda, na alínea c) sabendo que só é contínuo para a esquerda posso estudar a existência de zeros a partir do teorema de bolzano?Ver anexo 16782

@Ruebfsgomes como fizeste para determinar o domínio de f?
Esse exercício é de que livro?

Relativamente ao seguinte exercício, os 80% quer dizer probabilidade de jogar andebol reunido com não jogar basquetebol?
E o seu complementar é a probabilidade de não jogar andebol interseção com jogar basquetebol?
 

Attachments

  • 12.png
    12.png
    66.8 KB · Visitas: 5
Olá a todos!
Estou com uma dúvida no cálculo deste limite. O resultado correto é -1/2.
O que é que está errado na minha resolução?
Obrigada, desde já.
IMG_20201116_211836__01__01.jpg
 
@Ruebfsgomes como fizeste para determinar o domínio de f?
Esse exercício é de que livro?

Relativamente ao seguinte exercício, os 80% quer dizer probabilidade de jogar andebol reunido com não jogar basquetebol?
E o seu complementar é a probabilidade de não jogar andebol interseção com jogar basquetebol?
Fiz assim, não sei se está certo. Não é de nenhum livro, é um exercicio que eu tinha num trabalho
1605564603836.png
 
Última edição:
Alguém consegue resolver este exercício? Primeiro deu-me 90, depois tirei as permutações e deu-me 45. Mas se cada inscrição é um piloto e um carro então não seriam só 16?
 

Attachments

  • AE0660B5-E8D9-4C25-931E-4BD960AC60BD.jpeg
    AE0660B5-E8D9-4C25-931E-4BD960AC60BD.jpeg
    298.9 KB · Visitas: 12
  • Like
Reactions: Ricardo A. Ferreira
Alguém consegue resolver este exercício? Primeiro deu-me 90, depois tirei as permutações e deu-me 45. Mas se cada inscrição é um piloto e um carro então não seriam só 16?

Oi oi Sofia! Logo de imediato, vês que este é um exercício de "pelo menos", porque te pede que haja "pelo menos" um piloto ou um carro brasileiro. Nestes exercícios de "pelo menos", regra geral, é sempre mais fácil pensar ao contrário, ou seja, ao todo tirar as situações em que a coisa corre mal. Então:
1. Qual é o todo? Ora para fazermos as inscrições, temos de escolher 3 carros dos 4 (4C3) e escolher 3 pilotos dos 4 (4C3) e depois, a cada um dos 3 carros, temos de lhes dar um piloto (3!). Assim temos 4C3x4C3x3!=96
2. Quando é que a coisa corre mal? Ou seja, quando é que não temos pelo menos um carro ou um piloto brasileiro? Ora, é exatamente quando escolhemos os outros 3 carros e os outros 3 pilotos (1 opção) e depois, a cada um dos 3 carros, temos de lhes dar um piloto (3!).
3. Ao todo, tiramos quando a coisa corre mal e temos 96-3!=90.

Mais difícil seria dividir em casos e somá-los:
1. Escolhemos o carro e o piloto brasileiro: depois escolhemos 2 dos 3 carros, 2 dos 3 pilotos e a cada um dos 3 carros damos um piloto: 3C2x3C2x3!=54
2. Escolhemos só o carro brasileiro e não escolhemos o piloto brasileiro: obrigatoriamente temos de escolher os outros 3 pilotos, e depois escolhemos 2 dos 3 carros, e a cada um dos 3 carros damos um piloto: 1x3C2x3!=18
3. Escolhemos só o piloto brasileiro e não escolhemos o carro brasileiro: é o mesmo que o caso anterior, só que falando de carros em vez de pilotos: 1x3C2x3!=18
Somando tudo, ficamos com o mesmo resultado 54+18+18=90.

Se quiseres perceber melhor esta matéria, eu tenho um vídeo que resume toda a Combinatória e explica estes truques e muitos mais:

Boa sorte para os testes este período!
 
  • Like
Reactions: Alfa
O erro está no cálculo de tan(11pi/6). Do segundo para o terceiro passo.
Em exame, podemos utilizar a calculadora gráfica para resolver sistemas de equações lineares ou equações do 2° grau? Apresentando apenas o sistema/equação e passando diretamente para a solução.
 
Olá a todos!
Estou com uma dúvida no cálculo deste limite. O resultado correto é -1/2.
O que é que está errado na minha resolução?
Obrigada, desde já.
Ver anexo 16837
Olá, espero que ajude.
1605999832091.jpg

Post automatically merged:

Boa noite, eu sou professora explicadora de Matemática e estou a realizar vídeos de alguns exercícios. Seria-vos útil algum vídeo a explicar alguma parte da matéria? (de qualquer um dos 3 anos de secundário). Se sim, quais? Obrigada

 
boas
tenho uma pequena duvida
nos podemos calcular os limites de funcoes de varias formas, entre elas o quociente entre os termos de maior grau, colocando o x em evidencia...
mas ouvi dizer que ja nao se pode fazer a primeira que referi pois o IAVE o disse. alguem me consegue fornecer informacoes concretas sobre este tema. o que se pode ou nao fazer
obrigado