Matemática Aplicada a Computação vs Engenharia Informática

Paulo

Membro
Matrícula
13 Junho 2015
Mensagens
11
Olá pessoal! Tenho andado bastante confuso com o que vou colocar na candidatura :(
Tenho estado a ver alguns cursos e tanto o curso de Matemática Aplicada e Computação como o de Engenharia Informática e de Computadores (ambos no IST) me despertaram alguma atenção. Sinceramente estou mais inclinado para a Matemática, mas não sei... Queria saber se alguém estava em algum destes cursos e se me podia algum feedback. Como é o nível de ensino, se acham que é um curso que se faça com gosto, esse tipo de coisas...

Obrigado ;)
 
Olá Paulo!
São cursos semelhantes, só para teres uma ideia: no mestrado a maior parte vira-se para a área da computação.
No entanto, também são muito diferentes. Em Matemática fala-se de matemática (ehehe, génia! :tonguewink:), da complexidade e computabilidade de algoritmos, optimização, e também tens Física.
Se é um curso que se faça com gosto, não faço ideia, se gostares muito de matemática, talvez seja. Acredita que em tempo de stress se odeia (quase) sempre o curso. Quando essa época acaba, o nosso curso é o melhor! :sweatsmile:

Em LEIC falamos mais de computadores e programação em quantidades bem maiores que Matemática. Temos as cadeiras de cálculo, álgebra, probabilidades e outras poucas de algoritmos e computabilidade.

Agora por experiência, não pessoal mas de uma colega minha de curso:
Ela sempre quis entrar em Matemática mas não conseguiu e entrou em LEIC. Tentou ver nesse ano se gostava, mas não conseguiu aguentar e no ano a seguir lá se mudou para Matemática. O meu conselho é que vás para onde estás mais virado, normalmente essa parte tem sempre razão :blush:
 
Olá Paulo!
São cursos semelhantes, só para teres uma ideia: no mestrado a maior parte vira-se para a área da computação.
No entanto, também são muito diferentes. Em Matemática fala-se de matemática (ehehe, génia! :tonguewink:), da complexidade e computabilidade de algoritmos, optimização, e também tens Física.
Se é um curso que se faça com gosto, não faço ideia, se gostares muito de matemática, talvez seja. Acredita que em tempo de stress se odeia (quase) sempre o curso. Quando essa época acaba, o nosso curso é o melhor! :sweatsmile:

Em LEIC falamos mais de computadores e programação em quantidades bem maiores que Matemática. Temos as cadeiras de cálculo, álgebra, probabilidades e outras poucas de algoritmos e computabilidade.

Agora por experiência, não pessoal mas de uma colega minha de curso:
Ela sempre quis entrar em Matemática mas não conseguiu e entrou em LEIC. Tentou ver nesse ano se gostava, mas não conseguiu aguentar e no ano a seguir lá se mudou para Matemática. O meu conselho é que vás para onde estás mais virado, normalmente essa parte tem sempre razão :blush:

Obrigado @nicolaubacalhau a tua resposta ajudou-me imenso! Acho que estou mais virado para a LEIC! Em princípio vai ser a minha primeira opção :)
 
Ora, se vieres para LEIC serás muito bem vindo! :blush:
Para ficares com as ideias firmes, aconselho a veres a página de cadeiras de um e outro curso no site do IST e veres o que cada uma trata; ajuda muito.

LMAC: https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/cursos/lmac/paginas-de-disciplinas

LEIC: https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/cursos/leic-a/paginas-de-disciplinas

Obrigado pela ajuda! Já tinha visto as disciplinas, e as de LEIC chamaram-me mais a atenção! Acho que está decidido ;)
 
  • Like
Reactions: nicolaubacalhau
Olá, eu tenho estado interessada no curso de matemática aplicada e computação, mas gostaria de saber ao certo o que posso contar com este curso. A minha disciplina favorita é Matemática, mas nunca fui um génio dos computadores, pelo que a vertente da computação me assusta um bocado. A área da computação tem que grau de importância no curso?
 
  • Like
Reactions: Alfa
Olá, eu tenho estado interessada no curso de matemática aplicada e computação, mas gostaria de saber ao certo o que posso contar com este curso. A minha disciplina favorita é Matemática, mas nunca fui um génio dos computadores, pelo que a vertente da computação me assusta um bocado. A área da computação tem que grau de importância no curso?

Porque não optar pelo curso de Matemática?
 
  • Like
Reactions: Alfa
  • Like
Reactions: Alfa
Olá, eu tenho estado interessada no curso de matemática aplicada e computação, mas gostaria de saber ao certo o que posso contar com este curso. A minha disciplina favorita é Matemática, mas nunca fui um génio dos computadores, pelo que a vertente da computação me assusta um bocado. A área da computação tem que grau de importância no curso?

Faço a mesma pergunta que a Alexandra. Porque não um curso de Matemática?

Mas, respondendo à tua pergunta, não acho que tenhas de ser um génio dos computadores para fazer o curso de Matemática Aplicada e Computação, apesar de a área de Computação ter alguma expressão no curso. Gostas da parte da computação?
 
Aí está um problema nunca estive muito em contacto com essa área, e gostava de saber se isso engloba essencialmente conhecimentos matemáticos ou conhecimentos de computadores em si, ou se se resume a programação.
 
Olá a todos!

É a minha primeira experiência aqui no fórum, perdoem-me se estiver no tópico errado. Bom, o título explica-se sozinho: estou na dúvida entre ir para Engenharia Informática e Matemática Aplicada e Computação no Instituto Superior Técnico.

Eu sou uma pessoa que adora Matemática e, de igual modo, Informática. De facto, desde pequeno que sonhava trabalhar na área dos computadores, e, durante grande parte do meu percurso escolar, foi esse o meu objetivo: seguir um curso ligado a essa área. A questão é que a LMAC também me despertou algum interesse, à medida que me falavam nele, por causa da possibilidade de juntar Matemática à Informática (embora eu saiba que a Matemática também tem um peso muito grande na LEIC).

Como tal, gostava de vos perguntar, alunos dos dois cursos: Quais as vossas experiências nos respetivos cursos? Como foram as aulas, os professores, o relacionamento com os colegas? (Eu sei que este varia, obviamente, conforme as pessoas que entram em cada ano) Que disciplinas foram mais simples e mais difíceis? Que saídas profissionais tem cada curso? Etc.

Além disso, quaisquer outras informações que considerem pertinentes sobre o Técnico em geral, agradecia saber, é que eu vou entrar um ano mais cedo que o resto do pessoal e tenho algum receio que a inexperiência me possa afetar.

Obrigado desde já, e cumprimentos :)
 
Olá!

A tua escolha vai depender muito do que achas interessante na área da informática/computação e até onde queres alargar os teus conhecimentos de matemática. Em geral, vais sair de LMAC sem saber muito de computadores e com pouca experiência de programação mas vais ter bases matemáticas valiosas para o mercado que nem todos os eng. informáticos têm. Por outro lado, em LEIC vais sair com um know-how muito maior, vai ser fácil aprenderes novas coisas, vais saber como funciona um computador e como é que o hardware faz as coisas acontecerem. No fundo, o pessoal de LMAC vai acabar por olhar para informática nos aspetos teóricos (algoritmia, teoria da computação, por exemplo) enquanto o pessoal de LEIC vai olhar numa perspetiva funcional (como funciona a internet? como é que um CPU funciona? o que é uma linguagem de programação?).

A minha experiência com o curso foi extremamente positiva, para além de saber o que dei nas aulas, sei como traduzir isso para o mundo à minha volta, algo que segundo Engs. de longa data, falta aos mais jovens. Por exemplo, o que é que acontece quando escreves www.uniarea.com O que é https? O que é uniarea? O que é .com? Existem mil e uma coisas a acontecer que só vais perceber num curso de redes ou informática. Os professores em geral foram bons, a matéria foi adequada e o relacionamento com os colegas foi fixe. A dificuldade de LEIC prende-se principalmente com a gestão de tempo, provavelmente vais ter 2 projetos e 1 teste na mesma semana ou 3 projetos. Para nós, quanto mais tempo mais coisas há a aperfeiçoar mas o "Técnico" força-te a procurar o custo-benefício ótimo (ou a dedicares 100% do teu tempo ao que tens para fazer). As disciplinas mais simples foram as que eu estava naturalmente mais interessado e as que li a bibliografia da cadeira. Mais difíceis, para mim, foi Teoria da Computação mas também embirrei com a cadeira por isso acho que a minha opinião não é muito válida.

Com o mestrado, MEIC, podes perceber melhor em que é que um Engenheiro Informático trabalha através das especializações, existem dezenas de áreas dentro da informática e tens a possibilidade de trabalhar em qualquer uma delas. Se gostares de matemática acima do normal, segurança (criptografia) e algoritmia são provavelmente áreas que te vão interessar mais. Deixo-te aqui o link para explorares: FenixEdu™.

Não tenhas medo da experiência, vais ver que desde o primeiro dia há mecanismos para te integrares e conheceres a faculdade. Tens dezenas de extra-curriculares e coisas a acontecer o ano inteiro. Única coisa que recomendo para informática é teres um portátil razoável (4GB de RAM, 128GB HDD, intel i5 e Linux são suficientes)
 
Olá!

A tua escolha vai depender muito do que achas interessante na área da informática/computação e até onde queres alargar os teus conhecimentos de matemática. Em geral, vais sair de LMAC sem saber muito de computadores e com pouca experiência de programação mas vais ter bases matemáticas valiosas para o mercado que nem todos os eng. informáticos têm. Por outro lado, em LEIC vais sair com um know-how muito maior, vai ser fácil aprenderes novas coisas, vais saber como funciona um computador e como é que o hardware faz as coisas acontecerem. No fundo, o pessoal de LMAC vai acabar por olhar para informática nos aspetos teóricos (algoritmia, teoria da computação, por exemplo) enquanto o pessoal de LEIC vai olhar numa perspetiva funcional (como funciona a internet? como é que um CPU funciona? o que é uma linguagem de programação?).

A minha experiência com o curso foi extremamente positiva, para além de saber o que dei nas aulas, sei como traduzir isso para o mundo à minha volta, algo que segundo Engs. de longa data, falta aos mais jovens. Por exemplo, o que é que acontece quando escreves www.uniarea.com O que é https? O que é uniarea? O que é .com? Existem mil e uma coisas a acontecer que só vais perceber num curso de redes ou informática. Os professores em geral foram bons, a matéria foi adequada e o relacionamento com os colegas foi fixe. A dificuldade de LEIC prende-se principalmente com a gestão de tempo, provavelmente vais ter 2 projetos e 1 teste na mesma semana ou 3 projetos. Para nós, quanto mais tempo mais coisas há a aperfeiçoar mas o "Técnico" força-te a procurar o custo-benefício ótimo (ou a dedicares 100% do teu tempo ao que tens para fazer). As disciplinas mais simples foram as que eu estava naturalmente mais interessado e as que li a bibliografia da cadeira. Mais difíceis, para mim, foi Teoria da Computação mas também embirrei com a cadeira por isso acho que a minha opinião não é muito válida.

Com o mestrado, MEIC, podes perceber melhor em que é que um Engenheiro Informático trabalha através das especializações, existem dezenas de áreas dentro da informática e tens a possibilidade de trabalhar em qualquer uma delas. Se gostares de matemática acima do normal, segurança (criptografia) e algoritmia são provavelmente áreas que te vão interessar mais. Deixo-te aqui o link para explorares: FenixEdu™.

Não tenhas medo da experiência, vais ver que desde o primeiro dia há mecanismos para te integrares e conheceres a faculdade. Tens dezenas de extra-curriculares e coisas a acontecer o ano inteiro. Única coisa que recomendo para informática é teres um portátil razoável (4GB de RAM, 128GB HDD, intel i5 e Linux são suficientes)

Considerando esta resposta, em princípio vou manter a minha opção inicial, LEIC, cá vou eu xD

Eu tenho um computador bonzinho (i7-7700HQ, 16GB RAM, 128 GB de SSD e 1 TB de HDD, Nvidia GeForce GTX 1050), pronto, é mais orientado para o gaming, de certeza que deve meter projetos da faculdade a trabalhar em velocidade de cruzeiro. Só falta o Linux :)

Muito obrigado pela resposta :D