UAc Medicina- Açores

AdkinsMarco

Membro Caloiro
Matrícula
11 Setembro 2018
Mensagens
8
Boa tarde.
Tive a analisar as disciplinas do curso de Medicina na Universidade dos Açores. Percebi que uma delas é Inglês, apesar de ser opcional.
A minha questão é se algumas cadeiras são leccionadas em inglês.
Obrigado pela atenção.
 

cc_carolina

Membro Caloiro
Matrícula
23 Janeiro 2019
Mensagens
1
Olá! A disciplina de Inglês é opcional no 1º semestre do 1º ano. Podes optar por "introdução à investigação" ou "inglês".
Tirando esta unidade curricular, todo o curso é leccionado em português.
 

Rodrigo Martins

Membro Veterano
Matrícula
6 Março 2017
Mensagens
442
Curso
CT 12º Ano
Alguém está a considerar medicina nos Açores? Tenho média de 17.6 e já sei que nem na UBI entro este ano, sendo assim gostaria de saber algumas informações sobre alunos do continente que foram para os Açores. A nível de transportes (quanto pagam por um bilhete low cost?), como transportam os livros e roupas? Usam 4 bilhetes por ano? A nível de casa, os preços rondam que valores?

Não queria perder um ano em medicina dentária no porto, e sabendo que ao cabo de 3 anos passo para a FMUC, medicina nos Açores seria um plano B razoável. O constrangimento é mesmo os custos económicos.

Para além disso podem-me dizer como ocorre a transição do 3º para o 4º ano dos açores para a fmuc? Não tem nada de extraordinário?
Also, as aulas são feitas via video ao vivo da fmuc ou temos professores próprios? Os testes são da FMUC ou são feitos pela UAc? Quero saber o máximo disto possível
 

Tigra

Membro
Matrícula
25 Junho 2015
Mensagens
22
Faço minhas as tuas questões.
Se algum ex-aluno poder ajudar.....seria bom.
Já agora, por que é que escreve "Tenho média de 17.6 e já sei que nem na UBI entro este ano"? OK, as médias irão subir, mas assim tanto?
 

Fresh Off Mars

Membro Veterano
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
170
Curso
IFE - Cardiologia
Instituição
CHLO (ex-UAç/FMUC; ex-HFF);
Integração é fácil, até porque muitos dos alunos da universidade são de outras ilhas. Em Medicina, pelo menos metade entra pelo contigente geral e uma boa parte pelo contingente das ilhas, mas como são de outras ilhas, estão nas mesmas circunstâncias. Formas um bom grupo de amigos que passa a ser a tua família açoreana.

A adaptação é fácil, não falta nada.

Há bibliotecas e salas de estudo. Back in the day (terminei há uns 5 anos), a biblioteca funcionava até às 9 da noite em dias de semana (ao sabado só até ao almoço ou até às 17h? já nem me lembro), mas havia uma sala de estudo para a malta do ciclo basico de medicina que podia ser usada até às 24:00, todos os dias da semana. Se bem que acho que se andou em negociação para ser aberta 24/7 e eventualmente até já está sempre aberta.

A cantina fechava às 20:00 em dias de semana (como a grande maioria das cantinas universitárias.... não é só em são miguel que é assim). Ao sabado só funcionava ao almoço.

O ambiente académico depende da perspectiva. Dentro do curso é muito bom e todos se ajudam, organizam jantares, eventos... Com outros cursos, não somos a malta mais adorada da Universidade mas não costumavam haver problemas. Em termos de praxe, esta era dominada por malta de outros cursos (porque medicina só ficava 2-3 anos e depois a malta saía), mas se o teu espirito for esse, há malta que adora.

A transição é fácil. Os professores não sabem que vocês vêm de outra universidade, portanto, é lhes igual ao litro.
Os alunos não vos conhecem, mas não costuma haver problema e a malta é habitualmente bem integrada.
Escrevi isto noutro post. Também devo ter outros posts para aí perdidos. Estive na UAç de 2011-2014... Já terminei também o curso. Portanto qualquer dúvida, seja da parte inicial ou final do curso, digam.
Mensagem fundida automaticamente:

Alguém está a considerar medicina nos Açores? Tenho média de 17.6 e já sei que nem na UBI entro este ano, sendo assim gostaria de saber algumas informações sobre alunos do continente que foram para os Açores. A nível de transportes (quanto pagam por um bilhete low cost?), como transportam os livros e roupas? Usam 4 bilhetes por ano? A nível de casa, os preços rondam que valores?

Não queria perder um ano em medicina dentária no porto, e sabendo que ao cabo de 3 anos passo para a FMUC, medicina nos Açores seria um plano B razoável. O constrangimento é mesmo os custos económicos.

Para além disso podem-me dizer como ocorre a transição do 3º para o 4º ano dos açores para a fmuc? Não tem nada de extraordinário?
Also, as aulas são feitas via video ao vivo da fmuc ou temos professores próprios? Os testes são da FMUC ou são feitos pela UAc? Quero saber o máximo disto possível
Again, fiz o curso de 2011-2014. Pode já ter mudado

Voos costumam ter desconto de estudante que fazem com que haja um tecto máximo de pagamento (que acho que agora é tipo 130 euros viagem de ida e volta). p.e. compram voo na sata ida e volta por 500 euros. E eles devolvem a diferença (500-130 = 370 euros de devolução).

Há quem voe mais, há quem voe menos. Eu diria pelo menos 5 viagens de ida e volta a malta costuma fazer.

Casa costumava ser 200-300 euros por mês na minha altura. Era variável, mas agora já não sei preços porque o turismo mudou tudo e creio que está um bocado mais caro, portanto eventualmente contaria com uns 300 euros por mês.

Transição é automática desde que todas as cadeiras dos 3 primeiros anos estejam feitas. Terminam o 3º ano nos Açores e em Setembro começam em Coimbra (têm de tratar da matrícula, mas é um processo de transição automático e não depende de avaliações, nem há risco de ficarem a meio mesmo que tenham feito tudo direitinho). As simple as that. Se tiverem cadeiras para trás, têm que ficar +1 ano a fazê-las (acho que agora o 3º ano é ano barreira, também na FMUC).

Maioria das aulas era ao vivo. O prof vai uma série de dias seguidos a S Miguel e fica a dar aulas disso todo o dia. Ou seja, haviam semanas em que eram todos os dias anatomia (manhã e à tarde) e a grande parte da matéria para o semestre ficava dada de uma só vez. Por um lado tem a vantagem do professor estar presente. Por outro tem a desvantagem de ser uma quantidade absurda de matéria em 1 semana. De qualquer forma, o que sabes na altura do exame depende praticamente só de ti, portanto isto nem tem grande importância.

Em relação aos testes depende. Haviam cadeiras em que a Prof da UAç era catedrática e fazia os exames, mas costumam haver pelo menos algumas perguntas feitas pela Prof de Coimbra. No entanto, também haviam cadeiras em que o exame era feito ao mesmo tempo que em COimbra, exactamente o mesmo exame. Este é sempre um processo já aprovado por cada um dos regentes, e portanto, independentemente se o exame é igual ou diferente ao de Coimbra, a equivalência automática é sempre garantida e o aluno transita sempre automaticamente para Coimbra depois de terminar os 3 primeiros anos.
 
Última edição:
  • Fabulous
Reactions: Rodrigo Martins

Rodrigo Martins

Membro Veterano
Matrícula
6 Março 2017
Mensagens
442
Curso
CT 12º Ano
Escrevi isto noutro post. Também devo ter outros posts para aí perdidos. Estive na UAç de 2011-2014... Já terminei também o curso. Portanto qualquer dúvida, seja da parte inicial ou final do curso, digam.
Mensagem fundida automaticamente:


Again, fiz o curso de 2011-2014. Pode já ter mudado

Voos costumam ter desconto de estudante que fazem com que haja um tecto máximo de pagamento (que acho que agora é tipo 130 euros viagem de ida e volta). p.e. compram voo na sata ida e volta por 500 euros. E eles devolvem a diferença (500-130 = 370 euros de devolução).

Há quem voe mais, há quem voe menos. Eu diria pelo menos 5 viagens de ida e volta a malta costuma fazer.

Casa costumava ser 200-300 euros por mês na minha altura. Era variável, mas agora já não sei preços porque o turismo mudou tudo e creio que está um bocado mais caro, portanto eventualmente contaria com uns 300 euros por mês.

Transição é automática desde que todas as cadeiras dos 3 primeiros anos estejam feitas. Terminam o 3º ano nos Açores e em Setembro começam em Coimbra (têm de tratar da matrícula, mas é um processo de transição automático e não depende de avaliações, nem há risco de ficarem a meio mesmo que tenham feito tudo direitinho). As simple as that. Se tiverem cadeiras para trás, têm que ficar +1 ano a fazê-las (acho que agora o 3º ano é ano barreira, também na FMUC).

Maioria das aulas era ao vivo. O prof vai uma série de dias seguidos a S Miguel e fica a dar aulas disso todo o dia. Ou seja, haviam semanas em que eram todos os dias anatomia (manhã e à tarde) e a grande parte da matéria para o semestre ficava dada de uma só vez. Por um lado tem a vantagem do professor estar presente. Por outro tem a desvantagem de ser uma quantidade absurda de matéria em 1 semana. De qualquer forma, o que sabes na altura do exame depende praticamente só de ti, portanto isto nem tem grande importância.

Em relação aos testes depende. Haviam cadeiras em que a Prof da UAç era catedrática e fazia os exames, mas costumam haver pelo menos algumas perguntas feitas pela Prof de Coimbra. No entanto, também haviam cadeiras em que o exame era feito ao mesmo tempo que em COimbra, exactamente o mesmo exame. Este é sempre um processo já aprovado por cada um dos regentes, e portanto, independentemente se o exame é igual ou diferente ao de Coimbra, a equivalência automática é sempre garantida e o aluno transita sempre automaticamente para Coimbra depois de terminar os 3 primeiros anos.
Muito obrigadooooo!
 
  • Like
Reactions: Fresh Off Mars