Medicina no Leste Europeu

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Viva pessoal!

Há alguém a pensar candidatar-se a medicina no Leste Europeu?

Eu entrei em Gdansk, no norte da Polónia, e em Budapeste na Hungria. Mas já me decidi: vou para Gdansk.

Quais são as universidades que estão a pensar candidatar-se? Qual o principal motivo da vossa opção?

Boa sorte a todos os candidatos! :)
 

Spiritun

Membro Veterano
Matrícula
26 Maio 2015
Mensagens
200
Curso
Ciências e Tecnologias
Viva pessoal!

Há alguém a pensar candidatar-se a medicina no Leste Europeu?

Eu entrei em Gdansk, no norte da Polónia, e em Budapeste na Hungria. Mas já me decidi: vou para Gdansk.

Quais são as universidades que estão a pensar candidatar-se? Qual o principal motivo da vossa opção?

Boa sorte a todos os candidatos! :)
Olá,
Eu não me vou candidatar a medicina no Leste Europeu, mas agora fiquei curioso sobre o funcionamento disto. Podes partilhar algum do teu conhecimento? :)
 
  • Like
Reactions: imanx

InêsS

Membro
Matrícula
11 Novembro 2015
Mensagens
80
Olá,
como é que fizeram o processo de candidatura? Fiquei curiosa.. Não pensaram em Espanha? Desculpem as perguntas mas medicina no Leste Europeu ou Espanha pode passar pelas minhas opções caso este ano os exames nacionais não ocorram como esperado.
Obrigada
 
  • Like
Reactions: Cláudio Lopes

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
19,025
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @ingo
No seguimento das respostas anteriores, fica já o convite para nos contares um pouco desta aventura num artigo a publicar no site. :wink:
 

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Olá,
Eu não me vou candidatar a medicina no Leste Europeu, mas agora fiquei curioso sobre o funcionamento disto. Podes partilhar algum do teu conhecimento? :)
Olá a todos,

Eu estou a viver na Noruega e fiz os exames de admissão em Oslo (em inglês obviamente). Basicamente equipas de professores viajam até Oslo durante um fim-de-semana e há um intermediário que organiza o local para que sejam feitos os exames de admissão e as entrevistas.

Tanto a Gdansk Medical University como a Semmelweis University vão a Portugal também recrutar alunos. Procura na net informação sobre quando e onde são os exames. À partida serão em Lisboa.

Os tópicos em que somos testados estão no site deles: na secção «admission». Aqui ficam os links das faculdades.

Semmelweis University

Medical University of Gdansk: Home

Para a Hungria todos os estudantes são testados em biologia, química e inglês (questões respectivamente: 30, 30 e 60). 2.5 horas no total. Além disso há uma entrevista que testa conhecimentos nessas áreas.

Para a Polónia faz-se um exame (30 perguntas de biologia e 30 de química - 90 minutos) e caso se atinja uma determinada pontuação (eu creio ser 60%) entra-se directamente. Os que ficarem ali na corda bamba vão a entrevista para decidir se entram ou não. O resto da malta arde. Há a possibilidade de tentar 2 vezes aqui em Oslo. Uma em Março, outra em Junho.

Em Portugal não estou certo de como funciona. Mas é do género. Caso não se consiga entrar através destes recrutamentos é possível tentar num exame que vale tudo ou nada, na própria universidade. Isto implica deslocares-te a Budapeste ou a Gdansk e a fazer o exame lá. Normalmente é em Julho/Agosto. Recebe-se a resposta no próprio dia. :)

Eu sei que a República Checa é muito popular entre os estudantes portugueses. Mas visitei Praga há uns anos e acho que não conseguiria viver naquela multidão dia após dia. Sinto-me esmagado pela multidão de turistas, especialmente no Verão.

Gdansk e Budapeste são ambas cidades fenomenais! :)
 
  • Like
Reactions: heize and Spiritun

Spiritun

Membro Veterano
Matrícula
26 Maio 2015
Mensagens
200
Curso
Ciências e Tecnologias
Olá a todos,

Eu estou a viver na Noruega e fiz os exames de admissão em Oslo (em inglês obviamente). Basicamente equipas de professores viajam até Oslo durante um fim-de-semana e há um intermediário que organiza o local para que sejam feitos os exames de admissão e as entrevistas.

Tanto a Gdansk Medical University como a Semmelweis University vão a Portugal também recrutar alunos. Procura na net informação sobre quando e onde são os exames. À partida serão em Lisboa.

Os tópicos em que somos testados estão no site deles: na secção «admission». Aqui ficam os links das faculdades.

Semmelweis University

Medical University of Gdansk: Home

Para a Hungria todos os estudantes são testados em biologia, química e inglês (questões respectivamente: 30, 30 e 60). 2.5 horas no total. Além disso há uma entrevista que testa conhecimentos nessas áreas.

Para a Polónia faz-se um exame (30 perguntas de biologia e 30 de química - 90 minutos) e caso se atinja uma determinada pontuação (eu creio ser 60%) entra-se directamente. Os que ficarem ali na corda bamba vão a entrevista para decidir se entram ou não. O resto da malta arde. Há a possibilidade de tentar 2 vezes aqui em Oslo. Uma em Março, outra em Junho.

Em Portugal não estou certo de como funciona. Mas é do género. Caso não se consiga entrar através destes recrutamentos é possível tentar num exame que vale tudo ou nada, na própria universidade. Isto implica deslocares-te a Budapeste ou a Gdansk e a fazer o exame lá. Normalmente é em Julho/Agosto. Recebe-se a resposta no próprio dia. :)

Eu sei que a República Checa é muito popular entre os estudantes portugueses. Mas visitei Praga há uns anos e acho que não conseguiria viver naquela multidão dia após dia. Sinto-me esmagado pela multidão de turistas, especialmente no Verão.

Gdansk e Budapeste são ambas cidades fenomenais! :)
Quanto é que se paga pelos exames? São difíceis? E é necessário uma licenciatura para concorrer (como é em alguns países), ou o secundário chega?
Obrigado :)
 

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Quanto é que se paga pelos exames? São difíceis? E é necessário uma licenciatura para concorrer (como é em alguns países), ou o secundário chega?
Obrigado :)
O preço varia de país para país. Para a Polónia paguei cerca de 160€ ao intermediário para me inscrever no exame. Para a Hungria paguei 160€ pela inscrição no exame e mais 300 USD (extra) que a universidade exige a cada candidato.

Não necessitas de nenhuma licenciatura. Mas se fores licenciado em enfermagem podes ficar isento do exame de admissão para a Semmelweis University. Só precisas de ter concluído o secundário. Para a Polónia exigem as notas do secundário e que tenhas tido Física-Química A (na verdade é só Química que eles querem mas em Portugal acho que não podes ter a disciplina separada da Física, ou podes?). Se não tiveres tido Biologia terás uma prova extensiva nessa área.

Não achei os exames difíceis em si. Mas obviamente que precisas de estudar. Desde que cubras os tópicas que são mencionados na lista, safas-te bem o suficiente para entrar.
 

Spiritun

Membro Veterano
Matrícula
26 Maio 2015
Mensagens
200
Curso
Ciências e Tecnologias
O preço varia de país para país. Para a Polónia paguei cerca de 160€ ao intermediário para me inscrever no exame. Para a Hungria paguei 160€ pela inscrição no exame e mais 300 USD (extra) que a universidade exige a cada candidato.

Não necessitas de nenhuma licenciatura. Mas se fores licenciado em enfermagem podes ficar isento do exame de admissão para a Semmelweis University. Só precisas de ter concluído o secundário. Para a Polónia exigem as notas do secundário e que tenhas tido Física-Química A (na verdade é só Química que eles querem mas em Portugal acho que não podes ter a disciplina separada da Física, ou podes?). Se não tiveres tido Biologia terás uma prova extensiva nessa área.

Não achei os exames difíceis em si. Mas obviamente que precisas de estudar. Desde que cubras os tópicas que são mencionados na lista, safas-te bem o suficiente para entrar.
Pois, para pagar esse dinheiro uma pessoa tem de estar mesmo decidida a ir estudar nessas universidades e deixar de parte medicina em Portugal. Eu até gostava de estudar no estrangeiro, parece uma experiência única, mas é um pouco arriscado tendo em conta que tenho hipóteses de entrar cá...
 

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Pois, para pagar esse dinheiro uma pessoa tem de estar mesmo decidida a ir estudar nessas universidades e deixar de parte medicina em Portugal. Eu até gostava de estudar no estrangeiro, parece uma experiência única, mas é um pouco arriscado tendo em conta que tenho hipóteses de entrar cá...
Claro. Eu entendo perfeitamente. Vê se consegues e caso tenhas sucesso vai em frente.

A única razão pela qual não me candidato a Portugal é porque teria de voltar para casa dos meus pais e seria mais difícil vir trabalhar para cá nos verões. E no final do curso as possibilidades de voltar à Noruega seriam reduzidas porque ia perder o contacto diário com o inglês, o norueguês, etc.

Vais fazer os exames nacionais agora em Maio/Junho? Vais tentar a segunda fase caso não consigas à primeira? :)

Boa sorte!
 

Spiritun

Membro Veterano
Matrícula
26 Maio 2015
Mensagens
200
Curso
Ciências e Tecnologias
Claro. Eu entendo perfeitamente. Vê se consegues e caso tenhas sucesso vai em frente.

A única razão pela qual não me candidato a Portugal é porque teria de voltar para casa dos meus pais e seria mais difícil vir trabalhar para cá nos verões. E no final do curso as possibilidades de voltar à Noruega seriam reduzidas porque ia perder o contacto diário com o inglês, o norueguês, etc.

Vais fazer os exames nacionais agora em Maio/Junho? Vais tentar a segunda fase caso não consigas à primeira? :)

Boa sorte!
Sim, vou ter de repetir os exames de Biologia e Geologia e Física e Química, e fazer o de Matemática A. Começam a meio de Junho.
Se a 1º fase não correr bem, devo também tentar a 2º para aproveitar a nota que tive a BG de 2º fase. O problema é que as médias de 2º fase são mais altas :confused2:

Obrigado! :)
 
Última edição:

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Olá,
como é que fizeram o processo de candidatura? Fiquei curiosa.. Não pensaram em Espanha? Desculpem as perguntas mas medicina no Leste Europeu ou Espanha pode passar pelas minhas opções caso este ano os exames nacionais não ocorram como esperado.
Obrigada
Olá @InêsS.

Não, nem sequer coloquei a hipótese de Espanha porque quero mesmo estudar medicina em inglês. ;)

Mas entendo as razões de quem pense em Espanha: mais perto, cultura semelhante, língua muito parecida, clima... Sei que Salamanca é um dos destinos possíveis, mas sabes se há outras universidades que ofereçam medicina? As propinas são elevadas?
 

Carlos Ferreira

Membro Caloiro
Matrícula
27 Abril 2016
Mensagens
8
Boa tarde

Tenho lido muito coisa acerca de estudar medicina em Espanha, mas pelos vistos existe outras possibilidades, nomeadamente República Checa e não sabia que Polonia podia ser uma possibilidade.
Por isso gostaria que alguém que informa-se como correr a medicina para estes dois países, quanto custam as propinas, etc
Cumprimentos

OBS: Estas informações são para a minha filha
 

Francesca

Membro
Matrícula
19 Setembro 2016
Mensagens
19
Boa tarde

Tenho lido muito coisa acerca de estudar medicina em Espanha, mas pelos vistos existe outras possibilidades, nomeadamente República Checa e não sabia que Polonia podia ser uma possibilidade.
Por isso gostaria que alguém que informa-se como correr a medicina para estes dois países, quanto custam as propinas, etc
Cumprimentos

OBS: Estas informações são para a minha filha
Olá!
Vou falar da República Checa porque é a realidade que conheço minimamente.
O acesso é efetuado exclusivamente através da realização de um exame em inglês, que aborda temas como a língua inglesa, a biologia, a química, e não sei de mais alguma ciência. São questões de escolha múltipla, e basta ter uma nota mínima (ou seja, positiva, mais de 50%) para entrar. Não há seleção através das notas mais altas no exame ou média do secundário, por isso quem tem médias baixas (por exemplo 14) tem boas hipóteses de entrar.
Os portugueses vão para turmas só com estrangeiros, onde o ensino ao longo dos 6 anos é efetuado exclusivamente em Inglês, mas com aulas de checo desde o primeiro ano para os alunos conhecerem minimamente a língua de modo a interagir com os pacientes.
A universidade mais conhecida para a qual vão mais alunos portugueses é a Charles University em Praga. As propinas são bastante elevadas, cerca de 10 mil euros por ano, e o curso são 6 anos, o que resulta num monstruoso valor de propinas quando comparadas com as universidades públicas portuguesas e espanholas, fora outras despesas em materiais (como livros ou equipamento médico tal como um estetoscópio), alimentação, alojamento, entre outros. Quanto ao nível de vida, as coisas lá tendem a ser mais baratas que cá pois o salário mínimo é também mais baixo. O povo tem pouca receção aos estrangeiros, sendo que só os mais jovens é que costumam ter algum conhecimento de inglês, adultos e pessoas mais velhas é mesmo bastante raro, muito mais que em Portugal... Contaram-me que os estudantes quase não se davam com os nativos, não só porque o curso era em separado como tinham algumas dificuldades de comunicação.
Quem chumbar a uma cadeira (tem duas fases de exames para tentar concluir a unidade) é mandado embora, ninguém fica lá mais um ano a fazer uma cadeira... Só querem bons alunos para terem uma taxa de sucesso elevada. Mas se ela se esforçar consegue sem nenhum problema concluir tudo com sucesso, o corpo humano na República Checa funciona da mesma maneira que em Portugal e a Medicina assenta nos mesmos moldes, qualquer colega em Portugal vai ter uma formação semelhante e na esmagadora maioria dos casos concluir o curso à primeira. O curso também tem o tratado de Bolonha então é reconhecido na União Europeia, incluindoPortugal , sendo que tem de fazer exames para entrar na Ordem dos Médicos e entrar na especialidade, se assim o entender.
Atenção que isto parece desmotivador, mas é só um aviso para uma eventual realidade, que se calhar nem é tão negativa quanto isso. Se há possibilidades e se Medicina é mesmo o que ela quer, eu, no lugar dela, iria sem pensar duas vezes, apesar destes obstáculos todos!

PS: peço desculpa por qualquer erro ortográfico, mas estou num tablet e este corretor automático é traiçoeiro :P
 
  • Like
Reactions: Cláudio Lopes

Carlos Ferreira

Membro Caloiro
Matrícula
27 Abril 2016
Mensagens
8
Ola Francesca
Muito obrigado pela tua rápida resposta.
Esta tudo muito bem explicado.
Agora entendo porque alguns alunos que estudam medicina na república Checa mudam para a Roménia (Universidade de Constança).
As propinas são realmente muito altas, fora tudo o resto. Para mim é incomportável colocar a minha filha a estudar lá, até porque tenho outra que esta a estudar.
Vou tentar ver as outras duas possibilidades (Polónia e Roménia).
Cumprimentos e felicidades.
carlos
 
  • Like
Reactions: Francesca

Francesca

Membro
Matrícula
19 Setembro 2016
Mensagens
19
Ola Francesca
Muito obrigado pela tua rápida resposta.
Esta tudo muito bem explicado.
Agora entendo porque alguns alunos que estudam medicina na república Checa mudam para a Roménia (Universidade de Constança).
As propinas são realmente muito altas, fora tudo o resto. Para mim é incomportável colocar a minha filha a estudar lá, até porque tenho outra que esta a estudar.
Vou tentar ver as outras duas possibilidades (Polónia e Roménia).
Cumprimentos e felicidades.
carlos
Um filho de um professor que conheço está a estudar na Bulgária, as propinas quando convertidas para euros andam à volta também dos quase 8000€ anuais.
Depois do seu comentário, encontrei um blog escrito por uma rapariga que anda na Roménia e, segundo ela, as propinas anuais são cerca de 5000€ e exigem um exame de admissão de Inglês e de Biologia, para além de um secundário português e respetivos exames nacionais com "aproveitamento" (resta agora saber o que é a definição búlgara de "aproveitamento").
Não sei leu o meu texto no tópico Medicina em Espanha, mas eu expliquei recentemente como funciona o processo de admissão em Espanha (em universidades públicas como Compostela e Salamanca, porque as privadas o concurso é tal como em Portugal ao nível da instituição), a alternativa mais popular para estudantes portugueses. Não sei como são as notas da sua filha, mas se ainda forem elevadas, penso que esta seja a opção mais em conta tanto para a carteira como para um estilo de vida o mais familiar possível.
Com o preço das propinas no Leste Europeu, mais vale ir para uma Universidade Privada em Espanha, que sempre é mais perto de casa e se percebe minimamente a língua do país...
Muito boa sorte, e sucesso para a sua filha!
 
  • Like
Reactions: a fish

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Boa tarde

Tenho lido muito coisa acerca de estudar medicina em Espanha, mas pelos vistos existe outras possibilidades, nomeadamente República Checa e não sabia que Polonia podia ser uma possibilidade.
Por isso gostaria que alguém que informa-se como correr a medicina para estes dois países, quanto custam as propinas, etc
Cumprimentos

OBS: Estas informações são para a minha filha
Viva,

Desculpa a demora em responder ao teu comentário.

Eu comecei agora em Gdansk. O valor das propinas é semelhante ao que se paga na Charles University em Praga. Cerca de 10.000€ por ano, dependendo do valor do câmbio.

Eu concorri através de um intermediário norueguês mas podes ir ao site oficial da faculdade (Medical University of Gdansk: Home) e candidatares-te online. Eu creio que caso eles não venham a Portugal recrutar alunos, estes podem candidatar-se via internet com as notas do secundário e provavelmente uma entrevista Skype. Não tenho a certeza como funciona quando nos candidatamos directamente de Portugal.

Mas é uma questão de contactares a universidade e eles com certeza que irão ajudar-te com o processo de candidatura e admissão.

Boa sorte!
 
Matrícula
6 Janeiro 2017
Mensagens
14
Curso
Medicina
Instituição
Universidade de Ovidius
Eu estou a estudar medicina na Roménia (sim, Roménia ahaha).
Apesar de não ser muito divulgado, o curso lá tem boas condições e o valor das propinas é relativamente mais barato em comparação com o resto da Europa.
 

Maria Luiz

Membro Caloiro
Matrícula
16 Janeiro 2017
Mensagens
1
Olá pessoal que estuda no leste
Sei que os valores das propinas são elevados relativamente a portugal então gostaria de saber se as universidades têm opções de propinas financiadas como por exemplo no reino unido
Obrigada e bons estudos
 

Graciosa

Membro Caloiro
Matrícula
29 Maio 2017
Mensagens
3
Olá a todos,

tenho uma amiga a estudar medicina no estrangeiro, mais propriamente na Eslováquia, na Faculdade de Medicina Jessenius. Antes de ela ter decidido estudar medicina no estrangeiro, eu não fazia ideia que haviam tantas países com o curso de medicina em inglês na Europa. Pelo que percebi pode-se tirar o curso de medicina em inglês não só na República Checa, Hungria ou Polónia (os mais conhecidos), como também na Eslováquia, Roménia, Lituânia, Letónia, Sérvia, Croácia, Moldávia, Ucrânia e até mesmo em Itália. Em Itália, as propinas são as mais baixas de todas, cerca de 2000€ por ano. É, no entanto, preciso fazer um exame específico, chamado IMAT (International Medical Admissions Test).

Ela frequentou um curso de preparação em Berlim, na Berlin Medical Academy, que adorou e a ajudou imenso e eu estou a pensar fazer o mesmo, uma vez que quero estudar medicina no estrangeiro. Este curso prepara-nos para os diferentes exames de admissão em vários países (cada país tem os seus próprios exames, alguns mais exigentes que outros), incluíndo o IMAT para entrar em Itália. Os exames para algumas destas Universidades (Polónia, Lituânia, República Checa, Eslováquia e Bulgária) são realizados gratuitamente em Berlim no final do curso, ou seja, não é preciso deslocarmo-nos a cada uma das Universidades. De qualquer forma, Berlim encontra-se no centro da Europa e, por isso, é fácil ir a qualquer Universidade na Europa de comboio ou autocarro (por exemplo, 4h30 até Praga de comboio). A minha amiga visitou durante os fins de semana, as várias cidades a que se queria candidatar, para realmente saber se gostaria ou não de passar os 6 anos de estudo nessa cidade...

@Maria Luiz: em relação a propinas financiadas para estudar medicina no estrangeiro ainda não investiguei. Vou perguntar à minha amiga. Talvez encontres informação no site de cada Faculdade. No site da Berlin Medical Academy eles tem informação sobre várias Universidades e o link para elas (em inglês - procura Medical Studies Abroad). Existem imensas! Podes ver também se o curso de preparação te interessa, se quiseres mesmo ir estudar medicina no estrangeiro:
https://www.premedicine-berlin.de

O site da Berlin Medical Academy também está traduzido para português:
Queres estudar medicina no estrangeiro? > Berlin Medical Academy

Boa sorte e bons estudos!
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Carlos Ferreira

Carlos Ferreira

Membro Caloiro
Matrícula
27 Abril 2016
Mensagens
8
Olá a todos,

tenho uma amiga a estudar na Eslováquia, na Faculdade de Medicina Jessenius. Antes de ela ter decidido estudar medicina no estrangeiro, eu não fazia ideia que haviam tantas países com o curso de medicina em inglês na Europa. Pelo que percebi pode-se tirar o curso de medicina em inglês não só na República Checa, Hungria ou Polónia (os mais conhecidos), como também na Eslováquia, Roménia, Lituânia, Letónia, Sérvia, Croácia, Moldávia, Ucrânia e até mesmo em Itália. Em Itália, as propinas são as mais baixas de todas, cerca de 2000€ por ano. É, no entanto, preciso fazer um exame específico, chamado IMAT (International Medical Admissions Test).

Ela frequentou um curso de preparação em Berlim que adorou e a ajudou imenso e eu estou a pensar fazer o mesmo. Este curso prepara-nos para os diferentes exames de admissão em vários países (cada país tem os seus próprios exames, alguns mais exigentes que outros), incluíndo o IMAT para entrar em Itália. Os exames para algumas destas Universidades (Polónia, Lituânia, República Checa, Eslováquia e Bulgária) são realizados gratuitamente em Berlim no final do curso, ou seja, não é preciso deslocarmo-nos a cada uma das Universidades. De qualquer forma, Berlim encontra-se no centro da Europa e, por isso, é fácil ir a qualquer Universidade na Europa de comboio ou autocarro (por exemplo, 4h30 até Praga de comboio). A minha amiga visitou durante os fins de semana, as várias cidades a que se queria candidatar, para realmente saber se gostaria ou não de passar os 6 anos de estudo nessa cidade...

@Maria Luiz: em relação a propinas financiadas ainda não investiguei. Vou perguntar à minha amiga. Talvez encontres informação no site de cada Faculdade. No site da Berlin Medical Academy eles tem informação sobre várias Universidades e o link para elas (em inglês - procura Medical Studies Abroad). Existem imensas! Podes ver também se o curso de preparação te interessa.
https://www.premedicine-berlin.de

Também há em Pt:
https://www.premedicine-berlin.de/estudar-medicina-estrangeiro/

Boa sorte e bons estudos!
Ola
´Quanto tempo é esse curso de preparação em Berlim e tem alguma ideia dos valores?
Em relação ao curso de medicina em Itália os valores apresentação são em todas as universidades?
esse exame especifico (IMAT) é efetuado também em Berlim?
obrigado