Medicina no Reino Unido

saraaagomes

Membro Caloiro
Matrícula
25 Julho 2016
Mensagens
3
Olá a todos!

Em setembro deste ano vou para o 12º ano, em Ciências e Tecnologias, e para o próximo ano irei candidatar-me à faculdade. Existe a grande possibilidade de estudar no Reino Unido, mais precisamente perto de Londres. O curso pelo qual sempre me interessei foi Medicina, e esta é, sem dúvida, a minha primeira opção. Será que poderiam-me esclarecer relativamente a estudar medicina no Reino Unido? As minhas dúvidas são:

- A média de entrada nas universidades inglesas é semelhante à média das universidades portuguesas?
- São necessários os exames de Biologia e Geologia, Físico-Química e Matemática (com um mínimo de 140 pontos) como provas de ingresso ou conta apenas a média?
- Em relação às bolsas de estudo, como funcionam?
- Quais as universidades melhor direcionadas para medicina no Reino Unido?

Tenho ainda outra dúvida, caso não consiga entrar para Medicina, quais são os cursos que aconselham na área da saúde? Estive a pesquisar e Ciências Farmacêuticas e Ciências Biomédicas Laboratoriais parecem ser boas opções.

Muito obrigada pela atenção dispensada.
 
  • Like
Reactions: droque

BlueApple

Membro Dux
Matrícula
6 Julho 2015
Mensagens
1,804
Curso
Matemática
Instituição
FCUP
Olá a todos!

Em setembro deste ano vou para o 12º ano, em Ciências e Tecnologias, e para o próximo ano irei candidatar-me à faculdade. Existe a grande possibilidade de estudar no Reino Unido, mais precisamente perto de Londres. O curso pelo qual sempre me interessei foi Medicina, e esta é, sem dúvida, a minha primeira opção. Será que poderiam-me esclarecer relativamente a estudar medicina no Reino Unido? As minhas dúvidas são:

- A média de entrada nas universidades inglesas é semelhante à média das universidades portuguesas?
- São necessários os exames de Biologia e Geologia, Físico-Química e Matemática (com um mínimo de 140 pontos) como provas de ingresso ou conta apenas a média?
- Em relação às bolsas de estudo, como funcionam?
- Quais as universidades melhor direcionadas para medicina no Reino Unido?

Tenho ainda outra dúvida, caso não consiga entrar para Medicina, quais são os cursos que aconselham na área da saúde? Estive a pesquisar e Ciências Farmacêuticas e Ciências Biomédicas Laboratoriais parecem ser boas opções.

Muito obrigada pela atenção dispensada.
Olá, Sara! :D Bem-vinda!
O ano passado eu candidatei-me a Medicina na Reino Unido, portanto se calhar consigo-te dar algumas informações relativamente a como se processam as coisas lá.

No Reino Unido, eles gostam muito das suas próprias qualificações, achando-as mais adequadas para avaliar o desempenho de um aluno do que a maioria das restantes qualificações europeias. Como exceções saliento o Abitur alemão e os exames franceses. Mas, infelizmente, esse não é o caso das qualificações portugueses. Por esse motivo, eles dão muito pouco valor às nossas qualificações, pelo que não tens muito que te preocupar em relação a isso. Todavia, vale referir que a maioria das universidade pede um mínimo 18 a todas as disciplinas e 18-20 a disciplinas diretamente relacionadas com o curso que escolheres e o seu plano de estudos. Se Matemática não for o teu forte, trago-te boas notícias. Lá Matemática não costuma ser uma disciplina relevante para o curso de Medicina, pelo que não precisas de te preocupar muito com ela. Biologia e Geologia e Física e Química A são, contudo, disciplinas absolutamente essenciais para a admissão ao curso de Medicina, pelo que deves ter uma nota igual ou superior a 18 a estas disciplinas, especialmente para universidades de topo. Para teres uma noção do como é uma oferta standard, o ano passado recebi uma oferta condicional da Imperial College London em que me pediam 18 a todas as disciplinas com um mínimo de 18 a Biologia e Geologia e Física e Química A. Se tivesse menos que 18 a uma dessas disciplinas já não poderia ser aceite. Relativamente aos exames, não sei concretamente que peso têm, mas devem ter um peso quase nulo. Não sei porquê, focam-se mais nas notas finais às disciplinas do que aos exames.
Antes de responder às seguintes perguntas, quero só dar-te mais algumas informações relativamente a Medicina no UK. Em primeiro lugar, para ingressares para o próximo ano tens de te candidatar já este verão!!! Lá, os alunos têm de se candidatar à universidade um ano mais cedo, e isso não é exceção para os alunos estrangeiros.
Em segundo lugar, a tua candidatura terá de ser feita na plataforma UCAS. Terás de responder a todas as secções que lá te apresentem antes de teres a candidatura concluída, sendo que quase todas são relativamente fáceis de preencher. Todavia, terás dois desafios: o personal statement e a carta de referência. O personal statement é a parte mais importante e decisiva da tua candidatura, é um tipo de carta de motivação. Este costuma ser o aspeto que mais peso tem numa candidatura, seja a que curso te candidatares. É altamente recomendado que faças work experience ou então que participes em atividades/estágios/projetos/voluntariado diretamente relacionado com Medicina. Medicina é uma profissão bastante prática, pelo que eles valorizam imenso quem já tem alguma experiência, por muito pouca que seja. Deves falar da tua experiência no personal statement. A carta de referência atua quase como um reforço. Para isto, terás de pedir a um professor teu ou a alguém que consideres uma autoridade que achas competente para ta escrever. Este aspeto tem menos peso que o personal statement, mas é importante na mesma.
Em terceiro lugar, a maioria das universidades pedir-te-à para comprovares a tua habilidade em Inglês por meio de um exame. Para saberes que exames deves fazer tens de consultar os sites das universidades a que te pretendes candidatar. Recomendo fazeres o IELTS, que foi o que eu fiz o ano passado, pois acho que todas as universidades o aceitam e é bastante acessível. Eu consegui uma nota geral de 8.5/9 e nem sequer ando num instituto de línguas. Atenção que cada universidade estabelece limites mínimos que precisas de alcançar em cada secção. Caso não os alcances a tua admissão poderá ser compremetida. O IELTS deve custar pouco mais de 200 euros, não sei quando custarão outros.
Em quarto lugar, terás também de fazer um exame de admissão a Medicina para poderes ser aceite. Cada universidade estabelece aquele que aceita. Os grandes exames de admissão para Medicina que há são o BMAT (autêntico monstro!) e o UKCAT. Atenção que se te candidatares a uma universidade que aceite o BMAT e a outra que aceite o UKCAT tens de fazer ambos os exames. Eu apenas fiz o BMAT (apenas me candidatei a universidades que aceitam este), pelo que não sei nada relativamente ao outro. Sei apenas que o BMAT é puxadíssimo! Se quiseres mais informações sobre este exame podes perguntar-me ou então procurar no site deles.
Finalmente, a maioria das universidades também requere que tenhas de ir a uma entrevista com eles. Nas universidades de nível mais baixo serão entrevistas de blá blá (do género, "oh filha, então porque é que queres ser doutora?"). Nas melhores universidades as entrevistas focam-se mais em avaliar o teu conhecimento (do género, "porque é que um codão é constituído por 3 bases nucleotídicas e não outro número qualquer?" ou "porque é que os sapatos de homem têm uma pequena sola?").

Agora que já despachei as informações relativamente às candidaturas no UK vou responder ao resto.
Realmente não sou a pessoa mais indicada para te falar sobre as bolsas que oferecem no Reino Unido (porque recusei a oferta que me fizeram e não pesquisei mais), mas eles têm um programa de empréstimo para estudantes que vão tirar o seu primeiro curso. Basicamente, consiste em não teres de pagar diretamente as propinas do teu curso e só as começares a pagar após estares empregada. 3% do teu ordenado mensal vai para pagar as propinas. Se após 20 anos não as tiveres conseguido pagar todas, ficas isenta de as pagares.
As melhores universidades para estudar Medicina no UK são Cambridge, Oxford, Imperial College London e University College London. Eu candidatei-me a Cambridge e Imperial College London. Preferi Cambridge a Oxford porque Cambridge inspirou-me mais confiança e também porque gostei mais do programa clínico que tinham. Todavia, Oxford é a Harvard do UK no que diz respeito à Medicina (atenção, não te podes candidatar a Cambridge e a Oxford no mesmo ano. Tens de escolher apenas uma). Portanto, Cambridge e Oxford são as melhores. Imperial College London também é excelente para Medicina e tem requisitos mínimos mais simpáticos (embora puxados na mesma). O ensino lá é espetacular, mesmo. Todavia, Imperial College London é uma universidade especialista em Engenharias. Interpreta este facto como quiseres.

Pronto, acho que é tudo. Se tiveres mais dúvidas, não hesites em perguntar. ;)
 
Última edição:

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Amei o post. Então estás a estudar medicina em Cambridge?

A bolsa só cobre as propinas? Para cobrir os restantes custos, temos de recorrer a outro empréstimo ou a capitais próprios?

Eu já vi alguns vídeos no Youtube sobre o UKCAT e é basicamente a versão inglesa do MCAT nos Estados Unidos. Não sabia era que existia um BMAT. Que estranho terem 2 exames standard...

O pessoal tem a mania de se queixar do processo de admissão a medicina em Portugal... Mas se fosse como no UK ou no US/Canada seria muito mais difícil. A fasquia é tão mais alta nesses países.
 
  • Like
Reactions: droque

saraaagomes

Membro Caloiro
Matrícula
25 Julho 2016
Mensagens
3
Olá!

Desde já, agradeço imenso a tua resposta, nem imaginas o quanto me ajudou! Só te queria perguntar mais umas coisas, a nota mínima que a maioria das universidades pede, numa determinada disciplina, é a nota que acabamos o 12º ano, a média dos três anos na respetiva disciplina ou é a nota com que ficamos após o exame?
Relativamente aos exames de admissão a Medicina (o BMAT e o UKCAT), estes são feitos em Portugal? Será que poderias falar um pouco sobre o exame que fizeste, o BMAT?

Obrigada! :kissingheart:
 
  • Like
Reactions: droque

BlueApple

Membro Dux
Matrícula
6 Julho 2015
Mensagens
1,804
Curso
Matemática
Instituição
FCUP
Amei o post. Então estás a estudar medicina em Cambridge?

A bolsa só cobre as propinas? Para cobrir os restantes custos, temos de recorrer a outro empréstimo ou a capitais próprios?

Eu já vi alguns vídeos no Youtube sobre o UKCAT e é basicamente a versão inglesa do MCAT nos Estados Unidos. Não sabia era que existia um BMAT. Que estranho terem 2 exames standard...

O pessoal tem a mania de se queixar do processo de admissão a medicina em Portugal... Mas se fosse como no UK ou no US/Canada seria muito mais difícil. A fasquia é tão mais alta nesses países.
Nop, não fui estudar Medicina no UK por opção minha. Após ter enviado a minha candidatura experimentei uma mudança de rumo (um bocado estranha para quem inicialmente achava que queria Medicina, mas pronto), estando agora inclinado para a Matemática, as Ciências Físicas e a Engenharia ;)

O empréstimo que eu referi apenas diz respeito às propinas, mas para colmatar os restantes cursos podes-te candidatar a outras bolsas ou bursaries. Alternativemente podes também candidatar-te a bolsas de estudo no estrangeiro portuguesas.

Sendo-te sincero, também não percebo porque é que há dois, mas deve haver uma razão para isso. Devem avaliar competências diferentes. Por outro lado, o BMAT é o único exame aceite pelas instituições de topo, pelo que pode ter sido criado para esse fim. E nota-se isso bastante... aquilo é um monstro. Para se ter boa nota tem de se começar a preparar MUITO CEDO.

Exageradamente complexo nesses países, na minha opinião. Deu-me uma trabalheira imensa e desnecessária.

Desde já, agradeço imenso a tua resposta, nem imaginas o quanto me ajudou! Só te queria perguntar mais umas coisas, a nota mínima que a maioria das universidades pede, numa determinada disciplina, é a nota que acabamos o 12º ano, a média dos três anos na respetiva disciplina ou é a nota com que ficamos após o exame?
É a tua CFD (Classificação Final da Disciplina). Ou seja, a média das notas de cada ano de frequência da disciplina ponderada com o respetivo exame nacional ;)

Relativamente aos exames de admissão a Medicina (o BMAT e o UKCAT), estes são feitos em Portugal? Será que poderias falar um pouco sobre o exame que fizeste, o BMAT?
Sim, podes fazer qualquer um desses em Portugal! Caso mores mais perto de Lisboa, aconselho-te a fazê-lo no St. Dominic's International School. Se ficares mais perto do Porto, é preferível fazê-lo no CLIP (Colégio Luso-Internacional do Porto).

O BMAT está dividido em 3 partes. A Parte I avalia o teu raciocínio lógico (resolução de quebra-cabeças, frequentemente te envolvendo cálculo matemático do quotidiano) e raciocínio crítico (exposição de pequenos textos e pedir-te-ão para sintetizares o argumento principal, encontrares falácias e lapsos de raciocício, assunções que o autor cometer, etc...). Esta parte dura uma hora e tens 35 perguntas de escolha múltipla para resolver. Faz-lhe as contas e tens menos de 2 minutos para resolver para pergunta. Sem te querer assustar... 2 minutos para perguntas daquelas é cruel :p
A Parte II avalia o teu conhecimento científico nas áreas da Biologia, Química, Física e Matemática. Atenção que os temas avaliados são ligeiramente diferentes dos ensinados em Portugal, mas todos os anos é disponibilizado um manual online onde podes aprender todo o conteúdo que é avaliado nesta parte. Esta parte demora 30 minutos e tens de resolver 27 questões. Isto dá pouco menos de um minuto para cada pergunta, mas se dominares a matéria consegues arrasar (foi a minha pontuação).
A Parte III avalia a tua comunicação escrita (bem-vinda ao exame de Português... exceto que é em Inglês). Eles dão-te 4 prompts (geralmente citações de autores aue traduzem um ponto de vista) e tens de escrever um texto em que refutes ou apoies a posição defendida pelo autor. Todavia eles são chatos nesta parte. Eles costumam pegar em pontos de vista com os quais quase toda a gente concorda e pedir para os refutares. Serás avaliada pelo teu conteúdo e pela tua linguagem.

Outras questões, estás à vontade! ;)
 
Editado por um moderador:

ingo

Membro
Matrícula
29 Março 2016
Mensagens
68
Nop, não fui estudar Medicina no UK por opção minha. Após ter enviado a minha candidatura experimentei uma mudança de rumo (um bocado estranha para quem inicialmente achava que queria Medicina, mas pronto), estando agora inclinado para a Matemática, as Ciências Físicas e a Engenharia ;)

O empréstimo que eu referi apenas diz respeito às propinas, mas para colmatar os restantes cursos podes-te candidatar a outras bolsas ou bursaries. Alternativemente podes também candidatar-te a bolsas de estudo no estrangeiro portuguesas.

Sendo-te sincero, também não percebo porque é que há dois, mas deve haver uma razão para isso. Devem avaliar competências diferentes. Por outro lado, o BMAT é o único exame aceite pelas instituições de topo, pelo que pode ter sido criado para esse fim. E nota-se isso bastante... aquilo é um monstro. Para se ter boa nota tem de se começar a preparar MUITO CEDO.

Exageradamente complexo nesses países, na minha opinião. Deu-me uma trabalheira imensa e desnecessária.



É a tua CFD (Classificação Final da Disciplina). Ou seja, a média das notas de cada ano de frequência da disciplina ponderada com o respetivo exame nacional ;)



Sim, podes fazer qualquer um desses em Portugal! Caso mores mais perto de Lisboa, aconselho-te a fazê-lo no St. Dominic's International School. Se ficares mais perto do Porto, é preferível fazê-lo no CLIP (Colégio Luso-Internacional do Porto).

O BMAT está dividido em 3 partes. A Parte I avalia o teu raciocínio lógico (resolução de quebra-cabeças, frequentemente te envolvendo cálculo matemático do quotidiano) e raciocínio crítico (exposição de pequenos textos e pedir-te-ão para sintetizares o argumento principal, encontrares falácias e lapsos de raciocício, assunções que o autor cometer, etc...). Esta parte dura uma hora e tens 35 perguntas de escolha múltipla para resolver. Faz-lhe as contas e tens menos de 2 minutos para resolver para pergunta. Sem te querer assustar... 2 minutos para perguntas daquelas é cruel :p
A Parte II avalia o teu conhecimento científico nas áreas da Biologia, Química, Física e Matemática. Atenção que os temas avaliados são ligeiramente diferentes dos ensinados em Portugal, mas todos os anos é disponibilizado um manual online onde podes aprender todo o conteúdo que é avaliado nesta parte. Esta parte demora 30 minutos e tens de resolver 27 questões. Isto dá pouco menos de um minuto para cada pergunta, mas se dominares a matéria consegues arrasar (foi a minha pontuação).
A Parte III avalia a tua comunicação escrita (bem-vinda ao exame de Português... exceto que é em Inglês). Eles dão-te 4 prompts (geralmente citações de autores aue traduzem um ponto de vista) e tens de escrever um texto em que refutes ou apoies a posição defendida pelo autor. Todavia eles são chatos nesta parte. Eles costumam pegar em pontos de vista com os quais quase toda a gente concorda e pedir para os refutares. Serás avaliada pelo teu conteúdo e pela tua linguagem.

Outras questões, estás à vontade! ;)
É verdade que o processo de admissão é muito longo, complicado, e penoso. Contudo, são as TOP universidades do mundo.

Nessas instituições os professores não se comportam da mesma forma que a maioria dos catedráticos portugueses... Só isso já vale a pena o esforço. Enfim, é diferente. É outra liga.

De qualquer das formas acho que o processo em si é muito mais justo no UK e USA. Faz todo o sentido os candidatos serem entrevistados, o MCAT/UKCAT avalia muito melhor as competências de um aluno nas áreas de física, química e biologia do que os exames nacionais em Portugal (para quê a geologia?), e a média claro que também tem o seu peso, mais relativo obviamente.

Em os exames nacionais pesam geralmente 50% da nota, mas as médias variam tanto de escola para escola no sistema público... Para não falar do privado. Há escolas em que obter um 20 é um feito, outras em que é relativamente mais fácil. Se tivessemos o MCAT e a entrevista, penso que o processo seria mais justo.
 

BlueApple

Membro Dux
Matrícula
6 Julho 2015
Mensagens
1,804
Curso
Matemática
Instituição
FCUP
@BlueApple Wow não tinha a noção de que eram tão exigentes na entrada para as med schools no reino unido :p
Tinha a impressão de que tinham muita falta de médicos(?) e que a tendência era facilitar.
Não sei se faltam mesmo médicos ou não, mas eles são um bocado elitistas no que diz respeito à admissão ao curso de Medicina :P
Isto é assim em todas as universidades da Inglaterra, pelo memos, não há mesmo como escapar. Claro que algumas são mais lenientes que outras, mas quem quer Medicina so UK geralmente sofre um bocado com as candidaturs
 

Pungolini

Membro
Matrícula
17 Junho 2016
Mensagens
31
De nada, ora essa! ;) Qualquer coisa, estou por aqui!
Que estranho, sendo eu do liceu francês, tenho uma amiga (digamos no top 5 dos alunos do 12º) que não recebeu nem ofertas para medicina (nem de instituições como Sheffield ou Edimburgo). Acho estranho porque como disseste o exame francês é bastante mais valorizado que os restantes (um 16/20 podendo corresponder ao famoso A*, mesmo nas universidades de topo). Se tivesse de adivinhar diria que é por causa do personal statement.

Tenho ainda outra dúvida, caso não consiga entrar para Medicina, quais são os cursos que aconselham na área da saúde? Estive a pesquisar e Ciências Farmacêuticas e Ciências Biomédicas Laboratoriais parecem ser boas opções.
Biomedical e biomedical engineering costumam ser boas opções para tentar uma entrada em medicina. Não sei sobre ciências farmacêuticas.
Quanto às bolsas, não contaria muito com isso. O que tens é a opção de teres as propinas pagas pelo governo e vais pagando aos poucos (só pagas quando tiveres a ganhar mais de 30k/ano) durante alguns anos.
Já se decidires ir para a Escócia não pagas propinas.

De resto o BlueApple já explicou tudo muito bem.

PS: É um curso mesmo muito elitista e seletivo, sobretudo nas universidades de topo
 
  • Like
Reactions: droque

blackuro

Criadora do maior tópico do fórum
Colaborador Editorial
Matrícula
23 Agosto 2015
Mensagens
1,807
Curso
Medicina Veterinária
Instituição
ICBAS
Olá, Sara! :D Bem-vinda!
O ano passado eu candidatei-me a Medicina na Reino Unido, portanto se calhar consigo-te dar algumas informações relativamente a como se processam as coisas lá.

No Reino Unido, eles gostam muito das suas próprias qualificações, achando-as mais adequadas para avaliar o desempenho de um aluno do que a maioria das restantes qualificações europeias. Como exceções saliento o Abitur alemão e os exames franceses. Mas, infelizmente, esse não é o caso das qualificações portugueses. Por esse motivo, eles dão muito pouco valor às nossas qualificações, pelo que não tens muito que te preocupar em relação a isso. Todavia, vale referir que a maioria das universidade pede um mínimo 18 a todas as disciplinas e 18-20 a disciplinas diretamente relacionadas com o curso que escolheres e o seu plano de estudos. Se Matemática não for o teu forte, trago-te boas notícias. Lá Matemática não costuma ser uma disciplina relevante para o curso de Medicina, pelo que não precisas de te preocupar muito com ela. Biologia e Geologia e Física e Química A são, contudo, disciplinas absolutamente essenciais para a admissão ao curso de Medicina, pelo que deves ter uma nota igual ou superior a 18 a estas disciplinas, especialmente para universidades de topo. Para teres uma noção do como é uma oferta standard, o ano passado recebi uma oferta condicional da Imperial College London em que me pediam 18 a todas as disciplinas com um mínimo de 18 a Biologia e Geologia e Física e Química A. Se tivesse menos que 18 a uma dessas disciplinas já não poderia ser aceite. Relativamente aos exames, não sei concretamente que peso têm, mas devem ter um peso quase nulo. Não sei porquê, focam-se mais nas notas finais às disciplinas do que aos exames.
Antes de responder às seguintes perguntas, quero só dar-te mais algumas informações relativamente a Medicina no UK. Em primeiro lugar, para ingressares para o próximo ano tens de te candidatar já este verão!!! Lá, os alunos têm de se candidatar à universidade um ano mais cedo, e isso não é exceção para os alunos estrangeiros.
Em segundo lugar, a tua candidatura terá de ser feita na plataforma UCAS. Terás de responder a todas as secções que lá te apresentem antes de teres a candidatura concluída, sendo que quase todas são relativamente fáceis de preencher. Todavia, terás dois desafios: o personal statement e a carta de referência. O personal statement é a parte mais importante e decisiva da tua candidatura, é um tipo de carta de motivação. Este costuma ser o aspeto que mais peso tem numa candidatura, seja a que curso te candidatares. É altamente recomendado que faças work experience ou então que participes em atividades/estágios/projetos/voluntariado diretamente relacionado com Medicina. Medicina é uma profissão bastante prática, pelo que eles valorizam imenso quem já tem alguma experiência, por muito pouca que seja. Deves falar da tua experiência no personal statement. A carta de referência atua quase como um reforço. Para isto, terás de pedir a um professor teu ou a alguém que consideres uma autoridade que achas competente para ta escrever. Este aspeto tem menos peso que o personal statement, mas é importante na mesma.
Em terceiro lugar, a maioria das universidades pedir-te-à para comprovares a tua habilidade em Inglês por meio de um exame. Para saberes que exames deves fazer tens de consultar os sites das universidades a que te pretendes candidatar. Recomendo fazeres o IELTS, que foi o que eu fiz o ano passado, pois acho que todas as universidades o aceitam e é bastante acessível. Eu consegui uma nota geral de 8.5/9 e nem sequer ando num instituto de línguas. Atenção que cada universidade estabelece limites mínimos que precisas de alcançar em cada secção. Caso não os alcances a tua admissão poderá ser compremetida. O IELTS deve custar pouco mais de 200 euros, não sei quando custarão outros.
Em quarto lugar, terás também de fazer um exame de admissão a Medicina para poderes ser aceite. Cada universidade estabelece aquele que aceita. Os grandes exames de admissão para Medicina que há são o BMAT (autêntico monstro!) e o UKCAT. Atenção que se te candidatares a uma universidade que aceite o BMAT e a outra que aceite o UKCAT tens de fazer ambos os exames. Eu apenas fiz o BMAT (apenas me candidatei a universidades que aceitam este), pelo que não sei nada relativamente ao outro. Sei apenas que o BMAT é puxadíssimo! Se quiseres mais informações sobre este exame podes perguntar-me ou então procurar no site deles.
Finalmente, a maioria das universidades também requere que tenhas de ir a uma entrevista com eles. Nas universidades de nível mais baixo serão entrevistas de blá blá (do género, "oh filha, então porque é que queres ser doutora?"). Nas melhores universidades as entrevistas focam-se mais em avaliar o teu conhecimento (do género, "porque é que um codão é constituído por 3 bases nucleotídicas e não outro número qualquer?" ou "porque é que os sapatos de homem têm uma pequena sola?").

Agora que já despachei as informações relativamente às candidaturas no UK vou responder ao resto.
Realmente não sou a pessoa mais indicada para te falar sobre as bolsas que oferecem no Reino Unido (porque recusei a oferta que me fizeram e não pesquisei mais), mas eles têm um programa de empréstimo para estudantes que vão tirar o seu primeiro curso. Basicamente, consiste em não teres de pagar diretamente as propinas do teu curso e só as começares a pagar após estares empregada. 3% do teu ordenado mensal vai para pagar as propinas. Se após 20 anos não as tiveres conseguido pagar todas, ficas isenta de as pagares.
As melhores universidades para estudar Medicina no UK são Cambridge, Oxford, Imperial College London e University College London. Eu candidatei-me a Cambridge e Imperial College London. Preferi Cambridge a Oxford porque Cambridge inspirou-me mais confiança e também porque gostei mais do programa clínico que tinham. Todavia, Oxford é a Harvard do UK no que diz respeito à Medicina (atenção, não te podes candidatar a Cambridge e a Oxford no mesmo ano. Tens de escolher apenas uma). Portanto, Cambridge e Oxford são as melhores. Imperial College London também é excelente para Medicina e tem requisitos mínimos mais simpáticos (embora puxados na mesma). O ensino lá é espetacular, mesmo. Todavia, Imperial College London é uma universidade especialista em Engenharias. Interpreta este facto como quiseres.

Pronto, acho que é tudo. Se tiveres mais dúvidas, não hesites em perguntar. ;)
Olá!
Podes fazer o exame de Inglês em qualquer altura do ano?
E, passando a assuntos de ordem política e económica, achas que o Brexit influenciaria muito nas despesas? Eu gostava muito de ir estudar para lá, mas o que me põem alerta é mesmo o custo de vida e as implicações que o Brexit poderá ter nisso...
Muito obrigada! :D
 

Nerd

Membro Dux
Matrícula
2 Junho 2016
Mensagens
1,310
Olá!
Podes fazer o exame de Inglês em qualquer altura do ano?
E, passando a assuntos de ordem política e económica, achas que o Brexit influenciaria muito nas despesas? Eu gostava muito de ir estudar para lá, mas o que me põem alerta é mesmo o custo de vida e as implicações que o Brexit poderá ter nisso...
Muito obrigada! :D
Boas,

Só te posso responder à tua pergunta do exame de inglês, mas espero ser uma ajuda...

É mais que óbvio que um exame que comprove o teu nível de inglês é uma mais valia para estudar no UK, fazes bem em fazê-lo, principalmente agora durante o 12º ano que tens mais tempo para estudar. Falou-se no IELTS, mas acho que deverias considerar um exame da Cambridge: embora dure mais tempo, até é feito em dois dias (dura 5 horas, enquanto que o IELTS é 3h), tem uma validação prepétua enquanto que o IELTS só tem validade durante 2 anos. São ambos trabalhosos, mas são altamente reconhecidos.

Existem dois exames da Cambridge que comprovam um elevado nível em inglês: o CAE e o CPE (ordem crescente - níveis C1 e C2). É aconselhável seres acompanhada por um tutor ou por uma escola linguística. Deixo-te aqui o site para veres o calendário de exames: Exames | Cambridge English .

PS: Fui fazer este ano o CAE e tive nota A, ou seja, fiquei com o nível do CPE, o C2, e uma amiga também foi e teve nota inferior à C, ou seja, ficou com o nível inferior ao do CAE, o B2. Não é o exame que determina o nível que ficará no diploma mas sim a pontuação que nele tiveres. Abaixo de C, ficas com o nível abaixo do exame (desde que seja mais que 60%, abaixo disso, não ganhas nada); C a B, ficas com o nível do exame; A ficas com o nível acima do exame (no CPE, como não existe nível acima, é igual).
 
  • Like
Reactions: droque and blackuro

blackuro

Criadora do maior tópico do fórum
Colaborador Editorial
Matrícula
23 Agosto 2015
Mensagens
1,807
Curso
Medicina Veterinária
Instituição
ICBAS
Boas,

Só te posso responder à tua pergunta do exame de inglês, mas espero ser uma ajuda...

É mais que óbvio que um exame que comprove o teu nível de inglês é uma mais valia para estudar no UK, fazes bem em fazê-lo, principalmente agora durante o 12º ano que tens mais tempo para estudar. Falou-se no IELTS, mas acho que deverias considerar um exame da Cambridge: embora dure mais tempo, até é feito em dois dias (dura 5 horas, enquanto que o IELTS é 3h), tem uma validação prepétua enquanto que o IELTS só tem validade durante 2 anos. São ambos trabalhosos, mas são altamente reconhecidos.

Existem dois exames da Cambridge que comprovam um elevado nível em inglês: o CAE e o CPE (ordem crescente - níveis C1 e C2). É aconselhável seres acompanhada por um tutor ou por uma escola linguística. Deixo-te aqui o site para veres o calendário de exames: Exames | Cambridge English .

PS: Fui fazer este ano o CAE e tive nota A, ou seja, fiquei com o nível do CPE, o C2, e uma amiga também foi e teve nota inferior à C, ou seja, ficou com o nível inferior ao do CAE, o B2. Não é o exame que determina o nível que ficará no diploma mas sim a pontuação que nele tiveres. Abaixo de C, ficas com o nível abaixo do exame (desde que seja mais que 60%, abaixo disso, não ganhas nada); C a B, ficas com o nível do exame; A ficas com o nível acima do exame (no CPE, como não existe nível acima, é igual).
Muito obrigada! :D
Sendo assim, é aconselhável o acompanhamento por parte de um instituto britânico, certo?
Por falar nisso, posso inscrever-me no primeiro ano de Medicina aqui em Portugal e pedir depois transferência? Mesmo que não tenha vaga, posso candidatar-me no ano seguinte, mesmo tendo entrado aqui no ano anterior?
Obrigada e desculpa todas estas perguntas ;)
 
  • Like
Reactions: Nerd

Nerd

Membro Dux
Matrícula
2 Junho 2016
Mensagens
1,310
Muito obrigada! :D
Sendo assim, é aconselhável o acompanhamento por parte de um instituto britânico, certo?
Por falar nisso, posso inscrever-me no primeiro ano de Medicina aqui em Portugal e pedir depois transferência? Mesmo que não tenha vaga, posso candidatar-me no ano seguinte, mesmo tendo entrado aqui no ano anterior?
Obrigada e desculpa todas estas perguntas ;)
A isso já sei responder (mais ou menos :D).

Tenho uma conhecida (neta do segundo marido da ex-mulher (senhora súper simpática) do tio da minha mãe) que vive em Lisboa e vai para Medicina este ano (com nota 197,5!!!!), passar lá um ano, para puder pedir transferência para os USA. Pelo que percebi, é necessário passar um ano cá antes de pedir transferência. Não sei é como funciona o ato da transferência, mas sei que é necessário muito boas notas nesse primeiro ano.
 
  • Like
Reactions: droque and blackuro

blackuro

Criadora do maior tópico do fórum
Colaborador Editorial
Matrícula
23 Agosto 2015
Mensagens
1,807
Curso
Medicina Veterinária
Instituição
ICBAS
A isso já sei responder (mais ou menos :D).

Tenho uma conhecida (neta do segundo marido da ex-mulher (senhora súper simpática) do tio da minha mãe) que vive em Lisboa e vai para Medicina este ano (com nota 197,5!!!!), passar lá um ano, para puder pedir transferência para os USA. Pelo que percebi, é necessário passar um ano cá antes de pedir transferência. Não sei é como funciona o ato da transferência, mas sei que é necessário muito boas notas nesse primeiro ano.
Isso é excelente! Que média tão alta! *-* Compreendo... Mas quando pedes transferência vais para o 2º ano ou para o 1º?
 
  • Like
Reactions: Nerd

Nerd

Membro Dux
Matrícula
2 Junho 2016
Mensagens
1,310
Isso é excelente! Que média tão alta! *-* Compreendo... Mas quando pedes transferência vais para o 2º ano ou para o 1º?
Isso não sei. Como Portugal e UK aderiram à Declaração de Bolonha, acho que talvez passes logo para o segundo ano. Mas não sei...
 
  • Like
Reactions: blackuro

Nerd

Membro Dux
Matrícula
2 Junho 2016
Mensagens
1,310
Como é que já sabes quanto é que tiveste nesse exame? :astonished:
Quando é que fizeste o exame (entenda-se: em que mês) ?
Fomos fazê-lo nos dias 7 (Reading, Use of English, Writing e Listening) e 8 (Speaking) de maio e recebemos a nota dia 20 de junho. Estou é à espera do diploma (demora entre 4 a 8 semanas). Também o fizeste?