Medicina

 
Boa tarde, eu tenho uma questão, tens acesso a algum regulamento em relação de transferência para a UBI? é que eu estou no 1 ano de medicina na UFP e tenho interesse (por questões obvias) de transferir. Obrigada desde já.
Não é deste ano, mas tens aqui informação e o histórico dos anos anteriores.
 
  • Like
Reactions: gatsuenjoyer
Boa tarde a todos. Gostava de perceber aqui se existe alguém (ou se conhecem alguém) que esteja a trabalhar ao mesmo tempo que esteja a fazer o curso de Medicina. Tenho 28 anos, sou advogado e estou neste momento a preparar a realização dos exames nacionais em 2024. Recordo-me que quando fiz o curso de Direito tive colegas que trabalhavam ao mesmo tempo que faziam o curso porque o modelo de aulas (umas teóricas e umas práticas) assim o permitia. Em Medicina também é assim? Ou são todas aulas teóricas cuja presença é facultativa?

Evidentemente, estou ciente que, se conseguir entrar, terei necessariamente de frequentar as aulas com regularidade, mas queria perceber quão flexível é o curso nesse aspecto.

Muito obrigado a todos!
 
Boa tarde a todos. Gostava de perceber aqui se existe alguém (ou se conhecem alguém) que esteja a trabalhar ao mesmo tempo que esteja a fazer o curso de Medicina. Tenho 28 anos, sou advogado e estou neste momento a preparar a realização dos exames nacionais em 2024. Recordo-me que quando fiz o curso de Direito tive colegas que trabalhavam ao mesmo tempo que faziam o curso porque o modelo de aulas (umas teóricas e umas práticas) assim o permitia. Em Medicina também é assim? Ou são todas aulas teóricas cuja presença é facultativa?

Evidentemente, estou ciente que, se conseguir entrar, terei necessariamente de frequentar as aulas com regularidade, mas queria perceber quão flexível é o curso nesse aspecto.

Muito obrigado a todos!
Olá! Normalmente há aulas obrigatórias e facultativas, mas tendo o estatuto de trabalhador-estudante não tens limite de faltas. Há muitos colegas a trabalhar ao mesmo tempo que fazem o curso, alguns vão a mais e outros a menos aulas, cada um faz como entender melhor.
 
Boas! Uma pergunta para quem anda em Medicina, especialmente já no internato.
Tenho 25 quase 26 anos, mestrado em Informatica, oferta la fora bastante boa e uma oferta ca para investigar. Coisa ocorreu por uma questão pessoal meti-me a questionar se queria ir ou não e eventualmente isto levou-me a voltar a pensar que devia ter tirado medicina (um pensamento que já me ocorreu antes).
Sinto que em parte projecto muito no curso devido ao prestigio e segurança. Depois, o outro grande motivo em comparativo é ideia de possivel realização pelo bem comum. Mas claro que vejo como muito importante a segurança e recompensa monetária associadas (quereria ir para fora).

Neste momento estou num impasse, pois aceitando a posicao de investigacao terei a possibilidade de trabalhar e estudar durante uns tempos dada a flexibilidade.

Mas não sei o que é uma boa motivação, como saber se isto realmente me diz algo.
Tenho receio de uma vida de semanas de 60-80h e que apesar de alguma gratificação acabe por não valer a pena comparativamente dado os sacrificios para a vida pessoal e familiar. E nesse mesmo tom, a verdade é que seria um sacrificio, iria acabar o curso com 32-33 anos para depois tentar ir para fora especializar (que isso pode ser dificil), era adiar muitas decisões e oportunidades.
Alguém neste percurso me consegue dar umas opiniões? Tenho amigos a fazer o curso que me dizem para ir pela "paixão" (que não passa de um feeling e talvez romantização que me persegue) e o meu irmão a dizer para não ser tolo.