Mestrado na área da saúde

leeonorsoousa

Membro Caloiro
Matrícula
2 Janeiro 2017
Mensagens
9
Olá Leonor!
Pensa mesmo muito bem antes de te meteres na investigação e acredita que sei bem do que falo que estou a fazer investigação na área do Cancro. Eu própria quero ver se consigo entrar em medicina pelo concurso de licenciados este ano e deixar a investigação. Para investigação na área da saúde podes escolher Bioquímica, Biologia, ciências biomédicas, genética e Biotecnologia, qualquer um dos 4 cursos é bastante bom. O curso de engenharia biomédica a ideia que tenho é que serve mais para o desenvolvimento, fabrico ou comercialização de equipamento de diagnóstico, terapêutica, reabilitação.
Mas pensa muito bem antes de te meteres na investigação pois as saídas profissionais são PÉSSIMAS! "em Portugal, a carreira de investigador é o símbolo máximo da precariedade laboral. Licenciados, doutorados, gestores de ciência… todos são inseridos no mesmo ’’saco’’ para o Estado: são bolseiros e hão-de sobreviver neste mundo à custa de bolsas da FCT com contratos a tempo incerto, sem investimento público e sem direitos. É neste enquadramento que surge a questão da ’’fuga de cérebros’’: cerca de metade dos investigadores portugueses estão emigrados ou tencionam emigrar."
Olá ! Muito obrigada pela resposta . Mas eu estou a pensar seriamente em ir trabalhar para fora . Mesmo assim achas que não deveria de seguir este curso?
 

Miriamlf

Membro Caloiro
Matrícula
9 Março 2017
Mensagens
9
Boa tarde, venho por este meio pedir o feedback de alguém que esteja a frequentar ou que já tenha concluído o Mestrado em Oncobiologia ou em Nutrição Clínica, na FMUL, uma vez que este ano pretendo ingressar num Mestrado, e estou na dúvida em relação aos mesmos, queria saber se correspondeu às expectativas, a nível do estágio e plano de estudos.

Desde já agradeço a atenção.

Obrigado.
 

joanasf23

Membro Caloiro
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
3
Olá.
Gostaria de saber se ao licenciar-me em Ciências Forenses e Criminais, na Egas Moniz, poderia, posteriormente, tirar um mestrado em Medicina Legal.

Agradeço a ajuda :relaxed:
 

Dodge

Membro
Matrícula
7 Maio 2017
Mensagens
53
Agora tenho apenas mais 1 dúvida que precisava mesmo de ser esclarecida que é: se eu frequentar ciência forense conseguiria seguir depois medicina legal(acho que é assim), ou seja, se conseguia ser médico legista sem seguir medicina(eu sei que pode parecer estúpido mas é que eu não tenho média para ir para medicina, e eu adorava ser médico legista).
Agradeço desde já quem me poder ajudar, pois eu ainda ando no 11º ano e já ando a stressar por causa disto, e queria ter já algum tipo de informação acerca do assunto, para não andar "stressado" no final do 12º.
Peço também desculpa se tenho algum tipo de erro ortográfico.
Não é possível ser-se médico legista, ou de qualquer outra especialidade, sem cursar primeiro medicina.
--- Post atualizado ---
Olá.
Gostaria de saber se ao licenciar-me em Ciências Forenses e Criminais, na Egas Moniz, poderia, posteriormente, tirar um mestrado em Medicina Legal.

Agradeço a ajuda :relaxed:
Podes, mas não serás médica legista nem terás competências equivalentes.
 
  • Like
Reactions: a fish

joanasf23

Membro Caloiro
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
3
Não é possível ser-se médico legista, ou de qualquer outra especialidade, sem cursar primeiro medicina.
--- Post atualizado ---


Podes, mas não serás médica legista nem terás competências equivalentes.
Então em quê que ter esse mestrado me poderá ajudar? Que vantagens e aptidões extra me traz?
 

Dodge

Membro
Matrícula
7 Maio 2017
Mensagens
53
Então em quê que ter esse mestrado me poderá ajudar? Que vantagens e aptidões extra me traz?
Não sei. Praticamente todos os mestrados da área da saúde são puramente académicos, isto é, não te habilitam para exercer uma profissão. Não podes tirar um curso de, por exemplo, bioquímica e um mestrado em oncologia e seres médica oncologista. Ou uma licenciatura em enfermagem, um mestrado em psicologia e seres psicóloga. Não é assim que as coisas funcionam e a meu ver estes mestrados são um grande logro. As profissões liberais como medicina, farmácia, enfermagem, psicologia etc têm um curso próprio com regras próprias de acesso. Em relação a medicina, não há atalhos; não podes ser médica de qualquer tipo sem tirares medicina.
 

joanasf23

Membro Caloiro
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
3
Não sei. Praticamente todos os mestrados da área da saúde são puramente académicos, isto é, não te habilitam para exercer uma profissão. Não podes tirar um curso de, por exemplo, bioquímica e um mestrado em oncologia e seres médica oncologista. Ou uma licenciatura em enfermagem, um mestrado em psicologia e seres psicóloga. Não é assim que as coisas funcionam e a meu ver estes mestrados são um grande logro. As profissões liberais como medicina, farmácia, enfermagem, psicologia etc têm um curso próprio com regras próprias de acesso. Em relação a medicina, não há atalhos; não podes ser médica de qualquer tipo sem tirares medicina.
Está bem, agradeço a ajuda :relieved:
 

a fish

(mandem-me ir estudar, sff)
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,346
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
Então em quê que ter esse mestrado me poderá ajudar? Que vantagens e aptidões extra me traz?
Não sei. Praticamente todos os mestrados da área da saúde são puramente académicos, isto é, não te habilitam para exercer uma profissão. Não podes tirar um curso de, por exemplo, bioquímica e um mestrado em oncologia e seres médica oncologista. Ou uma licenciatura em enfermagem, um mestrado em psicologia e seres psicóloga. Não é assim que as coisas funcionam e a meu ver estes mestrados são um grande logro. As profissões liberais como medicina, farmácia, enfermagem, psicologia etc têm um curso próprio com regras próprias de acesso. Em relação a medicina, não há atalhos; não podes ser médica de qualquer tipo sem tirares medicina.
O Dodge estava certíssimo em dizer que não é por se tirar um mestrado em Medicina Legal que se passa a ser médico legista; mas acho que a conclusão de que por isso são "um grande logro" é demasiado precipitada. Na Medicina Legal/Ciências Forenses há outros profissionais que prestam apoio/têm funções, e mestrados como estes pretendem permitir que se esses outros profissionais (Bioquímica, técnicos Anatomia Patológica, Antropologia...) dirijam os seus conhecimentos de base para esta área mais específica - para se especializarem em Bioquímica forense, por exemplo. Que todos terão emprego nesta área após o mestrado? Claro que não. Mas parece-me uma boa porta de entrada (porque não conheço mais nenhuma, além do famoso fator C).
 

Dodge

Membro
Matrícula
7 Maio 2017
Mensagens
53
O Dodge estava certíssimo em dizer que não é por se tirar um mestrado em Medicina Legal que se passa a ser médico legista; mas acho que a conclusão de que por isso são "um grande logro" é demasiado precipitada. Na Medicina Legal/Ciências Forenses há outros profissionais que prestam apoio/têm funções, e mestrados como estes pretendem permitir que se esses outros profissionais (Bioquímica, técnicos Anatomia Patológica, Antropologia...) dirijam os seus conhecimentos de base para esta área mais específica - para se especializarem em Bioquímica forense, por exemplo. Que todos terão emprego nesta área após o mestrado? Claro que não. Mas parece-me uma boa porta de entrada (porque não conheço mais nenhuma, além do famoso fator C).
Sabes como é, a idade as as noites de urgência tornam-nos cada vez mais cínicos.
E nesta onda de cinismo deixa-me que conclua dizendo que, para mim, o ensino superior português (porque não conheço mais nenhum) é um negócio do caraças. Mestrados em saúde inteiramente teóricos que servem apenas para adicionares mais uma linha ao teu CV mas que na prática te servem para nicles batatoides. Prefiro deslocar-me à biblioteca mais próxima, fazer o meu cartão, e requisitar a última edição do livro XPTO-do-tema-do-mestrado. Sai mais barato! E as licenciaturas que divulgam as suas alegadas saídas profissionais como se fossem o brasileiro do calcitrim? Nem vale a pena começar a falar nisso...
Mas realmente tens razão, parece-me a melhor entrada possível (ainda que pouco provável) para a joanasf23, porque de resto só o factor C.
 
  • Like
Reactions: a fish

Augusto Henrique

Membro Caloiro
Matrícula
11 Outubro 2016
Mensagens
3
Olá, boa tarde. Encontro-me no 12º ano para fazer candidatura e o meu sonho é estudar em neurociências e acabar por investigar na área, principalmente neurociência computacional e comportamental. No entanto não existe em portugal este curso e estou em dúvidas no que seguir para estudar estes temas. Então a minha pergunta é: que curso posso seguir que possibilite a especialização na área?
obrigado
 

fraser

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
6 Julho 2015
Mensagens
2,761
Curso
Medicina
Instituição
FCM|NMS
Há varios campos pelos quais podes trabalhar em neurociências. Medicina é um deles. Eng. biomédica é outro. Bioquímica, farmacêutica... Até mesmo matemática ou engenharia eletrotécnica ou informática.

Depois há cursos e instituições que te permitem ter mais ou menos contacto com essa área. Por exemplo na UC há um mestrado em eng. biomédica de neurociências. O percurso nunca será linear e acabará por teres de ser tu mesmo a fazer força para que consigas acabar nessa área.
 

Leo

Membro Caloiro
Matrícula
20 Fevereiro 2016
Mensagens
10
Olá! Alguém me poderia ajudar? Gostava de saber quais são as licenciaturas que dão para trabalhar na área de Anatomia Patológica ou em algo realcionado com a Anatomia Humana. Obrigada :blush:
P.s-Desculpem-me,desde já, se coloquei a questão num tema completamente diferente, sou nova aqui :laughing:
 

Augusto Henrique

Membro Caloiro
Matrícula
11 Outubro 2016
Mensagens
3
Há varios campos pelos quais podes trabalhar em neurociências. Medicina é um deles. Eng. biomédica é outro. Bioquímica, farmacêutica... Até mesmo matemática ou engenharia eletrotécnica ou informática.

Depois há cursos e instituições que te permitem ter mais ou menos contacto com essa área. Por exemplo na UC há um mestrado em eng. biomédica de neurociências. O percurso nunca será linear e acabará por teres de ser tu mesmo a fazer força para que consigas acabar nessa área.
Realmente o ideal era a criação do curso como em Inglaterra porque ainda tenho duvidas do ramo que seguirei em neurociências. Muito obrigado pela informação.
 
  • Like
Reactions: fraser