Mundo globalizado ou destruição das culturas nacionais?

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,177
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Aqui está o dito tópico para se discutir o uso de expressões estrangeiras ;)
Não vejo uma destruição de cultura nacional ao integrar um conjunto de expressões num fórum :) tbh *triggers*
E por acaso sou orgulhosamente nacionalista, claro que tudo tem o seu limite : >
@DeltaX
 
  • Like
Reactions: Tâniaa and davis

DeltaX

Membro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
26
Vou também inventar um tópico para discutirmos o penteado do Trump.

Pode ser que consiga umas respostas interessantes… para além de cortar o meu aborrecimento:sunglasses:
 

LordKelvin

O Santo
Especialista
Medicina & Saúde
Matrícula
20 Julho 2015
Mensagens
7,655
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Tecnicismos à parte (e sei que os há, mas isso não tem nada a ver com soar bem ou mal, são simplesmente convenções, como as convenções matemáticas ou as unidades de medida que se escrevem da mesma maneira aqui ou noutro país), acho que não devem cair no extremo oposto de aceitar tudo e mais alguma coisa que "vem de fora"... Eu posso continuar a ser português sem maltratar a língua em cada ocasião, digo eu...

Quanto aos cursos com média elevada captarem os melhores alunos, não é necessariamente assim. Há casos e casos.
Só não compreendo qual é a necessidade de chamar a atenção as pessoas que empregam anglicismos e palavras inglesas no discurso corrente. Cada um decide qual o estilo de escrita a adotar em cada situação. Num exame nacional de Português, duvido que alguém desate a escrever frases em inglês só porque sim. Neste aspeto, há que ter em conta o contexto. Estamos num fórum e num registo de escrita informal, onde as palavras inglesas são inevitáveis. Se a inteligibilidade do discurso é preservada, não vejo qualquer problema nisso, é a liberdade de cada um em prática.
 

Alfa

#pdralfa 🌈
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,531
Curso
Ensino de Matemática
Instituição
IE - ULisboa
Aqui está o dito tópico para se discutir o uso de expressões estrangeiras ;)
Não vejo uma destruição de cultura nacional ao integrar um conjunto de expressões num fórum :) tbh *triggers*
E por acaso sou orgulhosamente nacionalista, claro que tudo tem o seu limite : >
@DeltaX
Que título dramático, socorro :tearsofjoy::tearsofjoy:
 

Angelzz

sic parvis magna
Especialista
Medicina & Saúde
Matrícula
3 Julho 2017
Mensagens
1,495
Curso
Medicina
Aqui está o dito tópico para se discutir o uso de expressões estrangeiras ;)
Não vejo uma destruição de cultura nacional ao integrar um conjunto de expressões num fórum :) tbh *triggers*
E por acaso sou orgulhosamente nacionalista, claro que tudo tem o seu limite : >
@DeltaX
Título para inglês ver.
 

Alfa

#pdralfa 🌈
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,531
Curso
Ensino de Matemática
Instituição
IE - ULisboa
Sobre o assunto do tópico, não deixa de ter alguma piada que se aceite muito mais facilmente o uso de expressões em latim (mutatis mutandis, por exemplo) ou em francês (tout court, por exemplo) no discurso corrente e até culto, mas inglês já não pode ser. Parece haver mais um preconceito contra, especificamente, o inglês do que propriamente contra o uso de outras línguas no discurso corrente em português. Não percebo porquê, há expressões anglófonas sem equivalente directo em português que, pela sua disseminação no nosso contexto social e cultural, facilitam grandemente a comunicação. Saber utilizar correctamente expressões idiomáticas de uma língua estrangeira não devia ser um motivo de crítica.

Não digo que seja este o caso do @DeltaX, que não se manifestou em relação a outras línguas (apesar de até ter curiosidade de saber a sua opinião).
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,177
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Vou também inventar um tópico para discutirmos o penteado do Trump.

Pode ser que consiga umas respostas interessantes… para além de cortar o meu aborrecimento:sunglasses:
Wow estou tãooooo ofendida.
Por acaso, criei o tópico porque se estava a fazer off-topic noutro post, off-topic esse que foi iniciado por ti :) respeito é coisa bonita e que fica bem a quem fala e preza pelo bom português ;)
 

dino3

Membro Catedrático
Matrícula
13 Outubro 2017
Mensagens
2,835
Curso
Engenharia Civil
Instituição
Universidade do Minho
Tolerância é o mais importante!
 
  • Like
Reactions: Ariana_

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,177
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Eu por isso não digo mais nada. E mais, só digo isso.
Mas a intolerância começou em ti ao afirmares que quem usava anglicanismos era provinciano e bacoco :tearsofjoy: c o e r ê n c i a
Anyways, somos livres de debater, o @Alfa até queria saber a tua opinião quanto a outras línguas :)
 
  • Like
Reactions: Alfa and LordKelvin

Tâniaa

Membro
Matrícula
1 Agosto 2017
Mensagens
86
Como é que usar palavras de outras línguas é destruir uma cultura? Não é para conseguirmos viver no mundo globalizado que quase somos forçados a aprender o Inglês (e também Francês ou Espanhol ou Alemão...) na escola desde pequenos? Não é por que uso 'tbh' ou falo em inglês com alguém ou noutra língua estrangeira que de repente estou a manchar a honra da minha nacionalidade
(Lembrem-se do gif DISHONOR ON YOU, DISHONOR ON YOUR COW... da Mulan por que a minha internet não gosta de colaborar :unamused:)
(alguém me explique o que é que se está a passar,,,)
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,921
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Só agora é que reparei que a @Ariana_ criou este tópico. :P
 

Júlio Ribeiro

UniTinder Matchmaker Assistant
Especialista
Economia & Mudanças de Curso
Matrícula
5 Agosto 2016
Mensagens
9,270
Curso
Mestrado em Finanças
Instituição
FEP
Posso já meter achas para a fogueira? :P

Acho que a globalização do Mundo vai tender a destruir, pelo menos, parcialmente as culturas nacionais. O facto de cada vez termos menos empresas da região, onde empregam a sua cultura, as suas ideias de vária ordem por empresas multinacionais completamente alheias a esse sentimento e que apenas quererão fazer vendas em massa vai acabar por descaraterizar muitos países.
E acho, também, como já se verifica imenso em Portugal (muitas licenciaturas e mestrados em inglês) que a nossa língua, como outras, no médio e longo prazo irão desaparecer ou passar somente a um regionalismo para um domínio de uma língua global (que, ao contrário de muita gente, penso que será o chinês).
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,921
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Posso já meter achas para a fogueira? :p

Acho que a globalização do Mundo vai tender a destruir, pelo menos, parcialmente as culturas nacionais. O facto de cada vez termos menos empresas da região, onde empregam a sua cultura, as suas ideias de vária ordem por empresas multinacionais completamente alheias a esse sentimento e que apenas quererão fazer vendas em massa vai acabar por descaraterizar muitos países.
E acho, também, como já se verifica imenso em Portugal (muitas licenciaturas e mestrados em inglês) que a nossa língua, como outras, no médio e longo prazo irão desaparecer ou passar somente a um regionalismo para um domínio de uma língua global (que, ao contrário de muita gente, penso que será o chinês).
É uma opinião, mas está francamente errada, em meu ver.
As pessoas nascem num contexto sócio-cultural nacional. Nunca na vida as línguas nacionais vão desaparecer. São nos ensinadas desde crianças e nós servimo-nos delas todos os dias. Eu não falo inglês a não ser que esteja a estudar a língua ou que esteja numa situação em que seja necessário para comunicar. Por outro lado, costumo ler bastante em inglês. Mas isso não subvaloriza em nada a língua nacional. E claro que, nos círculos científicos, tem que se usar porque é, de facto, a língua franca. Se o mundo está todo mais próximo, é claro que temos de arranjar maneira de comunicar todos uns com os outros.

O teu comentário peca também por parecer considerar a globalização como um facto meramente actual. Não é. Os Portugueses iniciaram a globalização nos finais de século XV e inícios de XVI. Desde há quatro/cinco séculos, as tecnologias melhoraram (antigamente, ir de Portugal ao Brasil fazia-se de caravela/nau, demorava meses. Depois viagens de barco a vapor transformaram em semanas. Aviões transformaram em horas) e isso levou a que a proximidade levasse a novas formas de comunicação que levaram as culturas nacionais não para segundo plano, mas para um plano mais igualitário com a "cultura internacional" quando anteriormente predominavam.

Óbvio está que, quando se viajava menos, as pessoas conheciam melhor a sua cultura nacional. Era aquela em que nasceram e que, por força das circunstâncias, tinham que viver. Ainda não há muitos anos se ouvia quase só música portuguesa. Hoje o mundo anglófono massificou-se tanto que as nossas principais referências artísticas são internacionais.

Em suma, é claro que as culturas nacionais sentiram o impacto da internacionalização e até da hegemonia cultural de outras nações. No entanto, considero um equívoco tornar diminuição e decadência como sendo sinónimos. Alerto ainda para o facto da nossa cultura ser responsabilidade nossa. Sou orgulhosamente português, logo escrevo e falo na minha língua (não me impedindo isso de aprender e dominar outras). Tenho ido ao cinema ver filmes portugueses, oiço, também, música portuguesa. Leio autores portugueses. Isto só acentua a minha ideia de que as culturas nacionais permanecem e permanecerão vivas.

A ideia de que serão erradicadas parece-me completamente ad absurdum.
 

Tópicos Semelhantes