Não sei que curso tirar!! Ajudem-me!!

 

margaridabica

Membro Caloiro
Matrícula
20 Julho 2018
Mensagens
4
Olá pessoal, espero que haja alguém por ai que já esteja na uni e me possa ajudar com este meu dilema.

Eu gosto muito de matemática mas acho física uma disciplina interessante. A questão é que eu não sei se devo arriscar e ir para uma engenharia, sendo que física e química são duas disciplinas que me tiram um pouco da minha zona de conforto, ou se sigo matemática ou matemática aplicada. Para mim, um curso tem de ser algo que eu realmente gosto muito porque eu já vou estar a lidar com muitas mudanças na vida que tenho medo que se for muito fora da minha zona de conforto eu não vou ser capaz de me dedicar tanto à disciplina como eu sei que sou capaz. Isto é a perceção que eu tenho mas queria que alguém que já tem a experiência me diga se este mindset que tenho é real ou sou só eu a ser paranóica.

Espero que alguém me consiga ajudar : )
 
Olá pessoal, espero que haja alguém por ai que já esteja na uni e me possa ajudar com este meu dilema.

Eu gosto muito de matemática mas acho física uma disciplina interessante. A questão é que eu não sei se devo arriscar e ir para uma engenharia, sendo que física e química são duas disciplinas que me tiram um pouco da minha zona de conforto, ou se sigo matemática ou matemática aplicada. Para mim, um curso tem de ser algo que eu realmente gosto muito porque eu já vou estar a lidar com muitas mudanças na vida que tenho medo que se for muito fora da minha zona de conforto eu não vou ser capaz de me dedicar tanto à disciplina como eu sei que sou capaz. Isto é a perceção que eu tenho mas queria que alguém que já tem a experiência me diga se este mindset que tenho é real ou sou só eu a ser paranóica.

Espero que alguém me consiga ajudar : )

Entrar na faculdade por si só já tira qualquer um da zona de conforto, portanto, arrisca no que te parecer mais interessante e gostares mais até porque não saberás se gostas ou não daquilo até estares dentro.
 
  • Like
Reactions: davis
Olá pessoal, espero que haja alguém por ai que já esteja na uni e me possa ajudar com este meu dilema.

Eu gosto muito de matemática mas acho física uma disciplina interessante. A questão é que eu não sei se devo arriscar e ir para uma engenharia, sendo que física e química são duas disciplinas que me tiram um pouco da minha zona de conforto, ou se sigo matemática ou matemática aplicada. Para mim, um curso tem de ser algo que eu realmente gosto muito porque eu já vou estar a lidar com muitas mudanças na vida que tenho medo que se for muito fora da minha zona de conforto eu não vou ser capaz de me dedicar tanto à disciplina como eu sei que sou capaz. Isto é a perceção que eu tenho mas queria que alguém que já tem a experiência me diga se este mindset que tenho é real ou sou só eu a ser paranóica.

Espero que alguém me consiga ajudar : )

Olá, Margarida.

É muito recompensador quando estamos num curso que gostamos e que nos preenche, no entanto, como disse o @Gonçalo Santos Silva, muitas vezes só quando estás já no curso é que sabes se realmente te identificas com ele ou não.
Algo que aconselho sempre nestas alturas e quando surgem dúvidas semelhantes às tuas, é consultares os planos de estudo de vários cursos que te interessem. Tenham eles Matemática, Física, Quimíca... e veres o que é esperado que faças em cada um deles - a maioria dos planos de estudo têm estas informações.

Em relação a sair da zona de conforto... isso é algo que mais cedo ou mais tarde todos faremos - até o facto de sair da casa dos pais e ter casa própria é um exemplo disso. Sair da zona de conforto é algo que virá com o amadurecimento e contribuirá para a tua evolução, tanto enquanto pessoa como profissional. Desejo-te a maior das sortes e alguma questão que tenhas ou mesmo um desabafo, estamos aqui 😊
 
Olá pessoal, espero que haja alguém por ai que já esteja na uni e me possa ajudar com este meu dilema.

Eu gosto muito de matemática mas acho física uma disciplina interessante. A questão é que eu não sei se devo arriscar e ir para uma engenharia, sendo que física e química são duas disciplinas que me tiram um pouco da minha zona de conforto, ou se sigo matemática ou matemática aplicada. Para mim, um curso tem de ser algo que eu realmente gosto muito porque eu já vou estar a lidar com muitas mudanças na vida que tenho medo que se for muito fora da minha zona de conforto eu não vou ser capaz de me dedicar tanto à disciplina como eu sei que sou capaz. Isto é a perceção que eu tenho mas queria que alguém que já tem a experiência me diga se este mindset que tenho é real ou sou só eu a ser paranóica.

Espero que alguém me consiga ajudar : )

É normal sentires te assim antes da entrada na faculdade e na decisão do curso. Qualquer curso (na minha opinião) tem sempre coisas que nós gostamos e outras que detestamos ou gostamos menos, por isso nunca vais achar um curso onde vais gostar de todos os conteúdos que vais abordar. Eu acho que o essencial é tentares perceber as saídas profissionais dos cursos e tentares perceber o que te vês a fazer no futuro! Em relação às Engenharias e a Matemática, em ambas vais ter cadeiras de física independentemente por qual decidas envergar. A diferença muitas vezes entre as Engenharias e as ciências (neste caso da matemática) é que um é muito mais teórico que o outro, neste caso a matemática é muito mais teórico! Mas que isso não te impeça de ires para matemática, visto que o curso tem uma grande diversidade de saídas profissionais e licenciados são muito procurados!
Eu não sou a melhor pessoa para te dar informações mais concretas porque eu estou num curso que está um pouco no meio das duas áreas (Ciência e Tecnologias/Engenharia), por isso caso tenhas dúvidas de cursos em específico ou comparações sugeria fazeres um post relativo a isso!
 
Entrar na faculdade por si só já tira qualquer um da zona de conforto, portanto, arrisca no que te parecer mais interessante e gostares mais até porque não saberás se gostas ou não daquilo até estares dentro.
Tens toda a razão, obrigada pelo conselho :)
Post automatically merged:

Olá, Margarida.

É muito recompensador quando estamos num curso que gostamos e que nos preenche, no entanto, como disse o @Gonçalo Santos Silva, muitas vezes só quando estás já no curso é que sabes se realmente te identificas com ele ou não.
Algo que aconselho sempre nestas alturas e quando surgem dúvidas semelhantes às tuas, é consultares os planos de estudo de vários cursos que te interessem. Tenham eles Matemática, Física, Quimíca... e veres o que é esperado que faças em cada um deles - a maioria dos planos de estudo têm estas informações.

Em relação a sair da zona de conforto... isso é algo que mais cedo ou mais tarde todos faremos - até o facto de sair da casa dos pais e ter casa própria é um exemplo disso. Sair da zona de conforto é algo que virá com o amadurecimento e contribuirá para a tua evolução, tanto enquanto pessoa como profissional. Desejo-te a maior das sortes e alguma questão que tenhas ou mesmo um desabafo, estamos aqui 😊
Vou dar uma vista de olhos no plano de estudo!! obrigada :))
Post automatically merged:

É normal sentires te assim antes da entrada na faculdade e na decisão do curso. Qualquer curso (na minha opinião) tem sempre coisas que nós gostamos e outras que detestamos ou gostamos menos, por isso nunca vais achar um curso onde vais gostar de todos os conteúdos que vais abordar. Eu acho que o essencial é tentares perceber as saídas profissionais dos cursos e tentares perceber o que te vês a fazer no futuro! Em relação às Engenharias e a Matemática, em ambas vais ter cadeiras de física independentemente por qual decidas envergar. A diferença muitas vezes entre as Engenharias e as ciências (neste caso da matemática) é que um é muito mais teórico que o outro, neste caso a matemática é muito mais teórico! Mas que isso não te impeça de ires para matemática, visto que o curso tem uma grande diversidade de saídas profissionais e licenciados são muito procurados!
Eu não sou a melhor pessoa para te dar informações mais concretas porque eu estou num curso que está um pouco no meio das duas áreas (Ciência e Tecnologias/Engenharia), por isso caso tenhas dúvidas de cursos em específico ou comparações sugeria fazeres um post relativo a isso!
Muito obrigada não fazia ideia que há fisica em ambos. Será que me podias explicar o teu curso? Pelo que vi acho que era um bom curso para um amigo meu mas queria perceber melhor para lhe puder explicar e ter certezas
 
Tens toda a razão, obrigada pelo conselho :)
Post automatically merged:


Vou dar uma vista de olhos no plano de estudo!! obrigada :))
Post automatically merged:


Muito obrigada não fazia ideia que há fisica em ambos. Será que me podias explicar o teu curso? Pelo que vi acho que era um bom curso para um amigo meu mas queria perceber melhor para lhe puder explicar e ter certezas
E antes de ir para engenharias, gostas das saidas profissionais?
 
Tens toda a razão, obrigada pelo conselho :)
Post automatically merged:


Vou dar uma vista de olhos no plano de estudo!! obrigada :))
Post automatically merged:


Muito obrigada não fazia ideia que há fisica em ambos. Será que me podias explicar o teu curso? Pelo que vi acho que era um bom curso para um amigo meu mas queria perceber melhor para lhe puder explicar e ter certezas
Vou responder com o meu post na secção da minha licenciatura aqui na Uniarea! Já agora tenta
Tens toda a razão, obrigada pelo conselho :)
Post automatically merged:


Vou dar uma vista de olhos no plano de estudo!! obrigada :))
Post automatically merged:


Muito obrigada não fazia ideia que há fisica em ambos. Será que me podias explicar o teu curso? Pelo que vi acho que era um bom curso para um amigo meu mas queria perceber melhor para lhe puder explicar e ter certezas
Bem vou te responder com o post que fiz na secção do meu curso aqui na Uniarea!
E tenta fazer comparações entre as Engenharias e Matemática através do plano de estudos e saídas profissionais!


Eu sou aluno de Ciência de Dados! Bem vou explicar um pouco do nosso curso, apesar de ser o primeiro ano já tenho alguma noção do que é em si esta área. Então a Ciência de Dados em si é uma área ligada às Ciências da Computação, matemática e estatística e vários outros domínios tais como: Gestão, Comunicação, etc... depois também vai depender muito da área onde vais trabalhar porque por exemplo a área das finanças e a área da saúde (são exemplos) são áreas bastante diferentes e que envolvem conhecimentos diferentes.
Para começar, o curso funciona por trimestres, ou seja, imagina que tens 5 cadeiras e o que acontece é que até ao meio do primeiro semestre tens 3 cadeiras ( 2 trimestrais e 1 semestral) e depois as cadeiras que eram trimestrais acabam (fazes as avaliações finais) e começas as outras duas cadeiras trimestrais mais a semestral que ainda vai a meio (é um bocado confuso eu sei 🤣), mas basicamente tens menos cadeiras para estudar mas num período de tempo menor e eu acho que é muito bom porque assim não nos deixa acumular matéria ao longo do semestre porque nos temos de esforçar a toda a hora.
Quanto ao curso em si, pertencemos a duas escolas do ISCTE( a IBS-Escola de Gestão e a ISTA-Escola de Arquitetura e Tecnologias) e no primeiro ano vais ter cadeiras de programação em Python (Estrutura de Dados e Algoritmos e Programação), cadeiras de matemática e investigação operacional (Tópicos de Matemática I, Optimização, Fundamentos de Álgebra Linear, etc...), Softskills (Este ano as cadeiras vão mudar para os novos caloiros mas as nossas foram apresentações profissionais e escrita de relatórios), temos uma de estatística que é Análise Exploratória de Dados (ainda não sei explicar bem o que abordamos por causa desta história do covid, mas vamos dar a linguagem de programação R e devemos dar alguns conceitos estatísticos) e depois temos as teóricas (Amostragens e Fontes de Informação e Dados na Ciência, Gestão e Sociedade) que falam um pouco como funciona o mundo da ciência de dados e tudo que lhe está ligado, ainda temos estudos de opinião e estudo dos dados em si (perceber se foram bem recolhidos, respostas não enviasadas,etc...). Nos 2 e 3 ano, temos algumas cadeiras de Inteligência Artificial, bases de Dados, mais Estatística, Aprendizagem Automático (Machine Learning), Ética, Redes, Desenvolvimento Web e realização de projetos de investigação e profissionais aplicados à Ciência de Dados. Temos algumas cadeiras onde a avaliação se foca mais em projetos do que em frequências, mas no geral do primeiro ano a maioria é testes.
Quanto ao ambiente, o ISCTE é uma ótima instituição onde os professores estão sempre disponíveis ajudar a qualquer hora que seja e preocupam-se com os nossos resultados e connosco (maior parte deles porque à sempre um ou outro que pronto 🤣). Quanto ao ambiente entre alunos, como curso está toda a gente disponível a ajudar quem quer seja e qualquer dúvida que tenhamos contactamos uns com os outros ou estudamos juntos. Quanto às praxe, estamos juntos com IGE e portanto somos caloiros de IGE no âmbito da praxe. A praxe é super tranquila, dá para fazeres amigos, conheceres pessoal de outros cursos e não é nada agressiva nem nada desse tipo de coisas. Quanto ao ambiente no ISCTE em si é bom, tens muitos espaços de convívio e é das faculdades que mais festas tem em Lisboa!
Quanto às empregabilidade, não te posso fornecer dados concretos como é óbvio mas é uma área com escassez reconhecida em termos profissionais, já tivemos alguns convidados de empresas e uma das referências a nível mundial na área da inteligência artificial (esta veio de propósito para falar com os alunos da licenciatura) a virem falar-nos da área e da sua importância no mundo. Portanto, na minha opinião tenho a certeza que foi uma boa aposta para o futuro e que se tivesse de escolher novamente, em vez de colocar em segunda opção teria colocado em primeira!
Qualquer dúvida, manda-me mensagem!
 
Vou responder com o meu post na secção da minha licenciatura aqui na Uniarea! Já agora tenta

Bem vou te responder com o post que fiz na secção do meu curso aqui na Uniarea!
E tenta fazer comparações entre as Engenharias e Matemática através do plano de estudos e saídas profissionais!


Eu sou aluno de Ciência de Dados! Bem vou explicar um pouco do nosso curso, apesar de ser o primeiro ano já tenho alguma noção do que é em si esta área. Então a Ciência de Dados em si é uma área ligada às Ciências da Computação, matemática e estatística e vários outros domínios tais como: Gestão, Comunicação, etc... depois também vai depender muito da área onde vais trabalhar porque por exemplo a área das finanças e a área da saúde (são exemplos) são áreas bastante diferentes e que envolvem conhecimentos diferentes.
Para começar, o curso funciona por trimestres, ou seja, imagina que tens 5 cadeiras e o que acontece é que até ao meio do primeiro semestre tens 3 cadeiras ( 2 trimestrais e 1 semestral) e depois as cadeiras que eram trimestrais acabam (fazes as avaliações finais) e começas as outras duas cadeiras trimestrais mais a semestral que ainda vai a meio (é um bocado confuso eu sei 🤣), mas basicamente tens menos cadeiras para estudar mas num período de tempo menor e eu acho que é muito bom porque assim não nos deixa acumular matéria ao longo do semestre porque nos temos de esforçar a toda a hora.
Quanto ao curso em si, pertencemos a duas escolas do ISCTE( a IBS-Escola de Gestão e a ISTA-Escola de Arquitetura e Tecnologias) e no primeiro ano vais ter cadeiras de programação em Python (Estrutura de Dados e Algoritmos e Programação), cadeiras de matemática e investigação operacional (Tópicos de Matemática I, Optimização, Fundamentos de Álgebra Linear, etc...), Softskills (Este ano as cadeiras vão mudar para os novos caloiros mas as nossas foram apresentações profissionais e escrita de relatórios), temos uma de estatística que é Análise Exploratória de Dados (ainda não sei explicar bem o que abordamos por causa desta história do covid, mas vamos dar a linguagem de programação R e devemos dar alguns conceitos estatísticos) e depois temos as teóricas (Amostragens e Fontes de Informação e Dados na Ciência, Gestão e Sociedade) que falam um pouco como funciona o mundo da ciência de dados e tudo que lhe está ligado, ainda temos estudos de opinião e estudo dos dados em si (perceber se foram bem recolhidos, respostas não enviasadas,etc...). Nos 2 e 3 ano, temos algumas cadeiras de Inteligência Artificial, bases de Dados, mais Estatística, Aprendizagem Automático (Machine Learning), Ética, Redes, Desenvolvimento Web e realização de projetos de investigação e profissionais aplicados à Ciência de Dados. Temos algumas cadeiras onde a avaliação se foca mais em projetos do que em frequências, mas no geral do primeiro ano a maioria é testes.
Quanto ao ambiente, o ISCTE é uma ótima instituição onde os professores estão sempre disponíveis ajudar a qualquer hora que seja e preocupam-se com os nossos resultados e connosco (maior parte deles porque à sempre um ou outro que pronto 🤣). Quanto ao ambiente entre alunos, como curso está toda a gente disponível a ajudar quem quer seja e qualquer dúvida que tenhamos contactamos uns com os outros ou estudamos juntos. Quanto às praxe, estamos juntos com IGE e portanto somos caloiros de IGE no âmbito da praxe. A praxe é super tranquila, dá para fazeres amigos, conheceres pessoal de outros cursos e não é nada agressiva nem nada desse tipo de coisas. Quanto ao ambiente no ISCTE em si é bom, tens muitos espaços de convívio e é das faculdades que mais festas tem em Lisboa!
Quanto às empregabilidade, não te posso fornecer dados concretos como é óbvio mas é uma área com escassez reconhecida em termos profissionais, já tivemos alguns convidados de empresas e uma das referências a nível mundial na área da inteligência artificial (esta veio de propósito para falar com os alunos da licenciatura) a virem falar-nos da área e da sua importância no mundo. Portanto, na minha opinião tenho a certeza que foi uma boa aposta para o futuro e que se tivesse de escolher novamente, em vez de colocar em segunda opção teria colocado em primeira!
Qualquer dúvida, manda-me mensagem!


Olá! Sou aluno de Mestrado em Ciência de Dados no IST e a minha opinião é: como licenciatura, Ciência de Dados pode ser uma área vaga para 3 anos. Na minha opinião, o que deverias fazer caso tenhas interesse na área, é ingressar num dos ramos de Ciência de Dados (matemática, informática) e depois sim ponderas como mestrado. Aprendes mais, tens bases sólidas numa área, e especializas-te na área mantendo tudo o que já trazias. Assim até podes aprender o que vais gostar mais/menos dentro de ciência de dados!