Não sei se estou no curso certo??

Utilizador.1234

Membro Caloiro
Matrícula
19 Janeiro 2020
Mensagens
5
Olá, gostava de partilhar o que se passa, então eu estive um ano em ciências, mas não fazia ideia do que queria então sentia me atoa sem motivo para nada. Devido a isso e também pelos professores que tinha ( eram mesmo maus a dar a matéria, só se limitavam a copiar as soluções de exercícios para o quadro a físico química e a biologia, a professora só se confundia com os termos) fiquei a odiar o curso. Devia ter estudo ao início mas como não fiz a matéria só se acumulou e tornou-se mais complicado assim não consegui ter os melhores resultados. Passei os ano mas com duas negativas e média de 10. Como não queria perder nenhuma ano e estava na ideia de que conseguia subir prossegui para o 11ano, tive o primeiro período como não tinha bases estava mesmo mesmo atoa, não percebia nada, então a tentar salvar me, mudei me para economia. No segundo período foi um bocado complicado estar a parte da matéria toda, mas foi aqui que percebi que não queria nada com economia, não me via de todo a tirar o curso de contabilidade ou finanças. Então dado isto é todas as minhas indecisões tinha 3 cursos em mente: direito ( gostava muito da ideia de argumentar e analisar casos e puder defender os princípios das pessoas pois isto porque sempre gostei de apresentações orais), dado a isto foi o motivo para mudar para economia. Mas desde pequena sempre tive muitas ideias de profissões mas sempre lembrei me que tinha de ser algo que eu pudesse ajudar as pessoas, assim pensei em fisioterapia, mas com a média do 10 ano não tinha como ter média pra isso, mas não sei se ia gostar muito do dia a dia. Logo, pensei em medicina, e não percebo o que me deu na cabeça para querer, pois nunca pensei neste curso, mas sinto que era a melhor maneira de ajudar as pessoas e aliás sempre gostei de anatomia. E dentro disto tudo, sempre procurei um curso que fosse mais de memorização e não tanto de cálculos, logo, já tirava a ideia das engenharias. Só que estou em economia e assim ia perder dois anos se fizesse outra vez ciências e podia nem conseguir a média tão alta que pedem para medicina, aliás eu não gostava de físico química (sempre achei estranho haver uma fórmula para justificar a luz ou a velocidade) mas se precisava aguentar essa disciplina dois anos para depois tar num curso que quero estava disposta, o mesmo que se passa com biologia, pois não gosto muito da parte das rochas nem das plantas. Assim não sei se mais vale ficar em economia e tentar a média que é preciso, e depois fazer os exames de biologia e físico química para entrar em medicina, ou então entro em direito ou fisioterapia como segunda opção. Mas a verdade, não sei se seria capaz de entrar em medicina, também não sou assim muito inteligente nessas disciplinas e teria de ter uns 16/17 nos exames, e muitos dizem que é complicado. Gosto muito da ideia mas neste momento não percebo se é só passageiro.
 

Alexandra S.

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
4,097
Curso
Mestrado CCTI
Instituição
Iscte
Olá, gostava de partilhar o que se passa, então eu estive um ano em ciências, mas não fazia ideia do que queria então sentia me atoa sem motivo para nada. Devido a isso e também pelos professores que tinha ( eram mesmo maus a dar a matéria, só se limitavam a copiar as soluções de exercícios para o quadro a físico química e a biologia, a professora só se confundia com os termos) fiquei a odiar o curso. Devia ter estudo ao início mas como não fiz a matéria só se acumulou e tornou-se mais complicado assim não consegui ter os melhores resultados. Passei os ano mas com duas negativas e média de 10. Como não queria perder nenhuma ano e estava na ideia de que conseguia subir prossegui para o 11ano, tive o primeiro período como não tinha bases estava mesmo mesmo atoa, não percebia nada, então a tentar salvar me, mudei me para economia. No segundo período foi um bocado complicado estar a parte da matéria toda, mas foi aqui que percebi que não queria nada com economia, não me via de todo a tirar o curso de contabilidade ou finanças. Então dado isto é todas as minhas indecisões tinha 3 cursos em mente: direito ( gostava muito da ideia de argumentar e analisar casos e puder defender os princípios das pessoas pois isto porque sempre gostei de apresentações orais), dado a isto foi o motivo para mudar para economia. Mas desde pequena sempre tive muitas ideias de profissões mas sempre lembrei me que tinha de ser algo que eu pudesse ajudar as pessoas, assim pensei em fisioterapia, mas com a média do 10 ano não tinha como ter média pra isso, mas não sei se ia gostar muito do dia a dia. Logo, pensei em medicina, e não percebo o que me deu na cabeça para querer, pois nunca pensei neste curso, mas sinto que era a melhor maneira de ajudar as pessoas e aliás sempre gostei de anatomia. E dentro disto tudo, sempre procurei um curso que fosse mais de memorização e não tanto de cálculos, logo, já tirava a ideia das engenharias. Só que estou em economia e assim ia perder dois anos se fizesse outra vez ciências e podia nem conseguir a média tão alta que pedem para medicina, aliás eu não gostava de físico química (sempre achei estranho haver uma fórmula para justificar a luz ou a velocidade) mas se precisava aguentar essa disciplina dois anos para depois tar num curso que quero estava disposta, o mesmo que se passa com biologia, pois não gosto muito da parte das rochas nem das plantas. Assim não sei se mais vale ficar em economia e tentar a média que é preciso, e depois fazer os exames de biologia e físico química para entrar em medicina, ou então entro em direito ou fisioterapia como segunda opção. Mas a verdade, não sei se seria capaz de entrar em medicina, também não sou assim muito inteligente nessas disciplinas e teria de ter uns 16/17 nos exames, e muitos dizem que é complicado. Gosto muito da ideia mas neste momento não percebo se é só passageiro.

Olá! Em primeiro lugar, acho que deves parar e pensar muito bem sobre aquilo que queres para o teu futuro. E não me refiro apenas a um futuro próximo: pensa no que gostavas de fazer, em que é que gostarias de investir pelo resto da tua vida?
Em relação a perderes 2 anos se voltares para CT. Eu acho preferível alguém perder 2 anos para depois investir em algo que gosta do que passar o resto da vida preso a um projeto que não o satisfaz.
Em segundo lugar: daquilo que escreveste, acredito que o teu problema não seja inteligência mas sim falta de empenho. Daí a importância de refletires sobre que profissão gostarias de ter. Motiva-te, fala com pessoas que estejam no curso que posteriormente pretendes e investe, principalmente, em ti! Faz uma lista de metas a atingir, participa em grupos de estudo e vai às horas de apoio, se os teus professores disponibilizarem. Esclarece todas as tuas dúvidas - isso é muito importante. Podes ajudar as pessoas de tantas formas diferentes: experimenta procurar por planos de estudos de cursos ligados a essa área - Serviço Social, Fisioterapia, Enfermagem, etc... e, acima de tudo, acredita em ti e nas tuas capacidades. Vai em frente! Boa sorte :)
 
  • Like
Reactions: David1154

Utilizador.1234

Membro Caloiro
Matrícula
19 Janeiro 2020
Mensagens
5
Olá! Em primeiro lugar, acho que deves parar e pensar muito bem sobre aquilo que queres para o teu futuro. E não me refiro apenas a um futuro próximo: pensa no que gostavas de fazer, em que é que gostarias de investir pelo resto da tua vida?
Em relação a perderes 2 anos se voltares para CT. Eu acho preferível alguém perder 2 anos para depois investir em algo que gosta do que passar o resto da vida preso a um projeto que não o satisfaz.
Em segundo lugar: daquilo que escreveste, acredito que o teu problema não seja inteligência mas sim falta de empenho. Daí a importância de refletires sobre que profissão gostarias de ter. Motiva-te, fala com pessoas que estejam no curso que posteriormente pretendes e investe, principalmente, em ti! Faz uma lista de metas a atingir, participa em grupos de estudo e vai às horas de apoio, se os teus professores disponibilizarem. Esclarece todas as tuas dúvidas - isso é muito importante. Podes ajudar as pessoas de tantas formas diferentes: experimenta procurar por planos de estudos de cursos ligados a essa área - Serviço Social, Fisioterapia, Enfermagem, etc... e, acima de tudo, acredita em ti e nas tuas capacidades. Vai em frente! Boa sorte :)
Olá, obrigada pela tua atenção e resposta. Eu já pensei muito aliás sempre fui uma pessoa muito indecisa e que pensa demasiado, poucas foram as vezes que agi sem pensar. Já penso desde o verão passado no que quero e mesmo assim não sei, é que não gosto de pensar em algo que fazemos o resto da vida. Eu como sempre pensei em muita coisa, desde medicina até artes, acabei por ficar mesmo confusa e também sempre tive ideias muito distantes. Neste momento estou com foco de tirar média de 15 e vou ver como corre. Mas mesmo assim não sei se faço este curso e depois concorria aos exames como externo... por isso a minha dúvida. Há uns tempos atrás estava mesmo interessada em direito, no entanto tenho interesse em estudar a anatomia. Sou uma pessoa mesmo confusa. :’)
 

Blasty

Moderadora
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
6,612
Curso
Medicina
Neste momento estou com foco de tirar média de 15 e vou ver como corre. Mas mesmo assim não sei se faço este curso e depois concorria aos exames como externo... por isso a minha dúvida.
Tem só em atenção que, com média de 15 de secundário (mesmo tirando 20 nos 3 exames pedidos como provas ingresso), ficas com uma nota de candidatura no limite daquilo que tem sido o habitual, dependo também claro da faculdade onde pretendes entrar. :)
Mas, como a Alexandra disse, há muitos outros cursos em que podes ajudar pessoas, com uma média mais acessível e que pedem menos provas de ingresso (caso queiras Medicina e não consigas ou como primeira opção).

no entanto tenho interesse em estudar a anatomia
Já agora, anatomia é só uma pequena parte do curso. Para além disso, provavelmente não é assim tão divertido quanto possas pensar, tendo em conta que é só decorar e mais decorar, sendo uma grande dor de cabeça 😂 (e há coisas muito mais giras!!!).
 

Gonçalo Santos Silva

Politécnicos Advocate
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
12,010
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Olá, obrigada pela tua atenção e resposta. Eu já pensei muito aliás sempre fui uma pessoa muito indecisa e que pensa demasiado, poucas foram as vezes que agi sem pensar. Já penso desde o verão passado no que quero e mesmo assim não sei, é que não gosto de pensar em algo que fazemos o resto da vida. Eu como sempre pensei em muita coisa, desde medicina até artes, acabei por ficar mesmo confusa e também sempre tive ideias muito distantes. Neste momento estou com foco de tirar média de 15 e vou ver como corre. Mas mesmo assim não sei se faço este curso e depois concorria aos exames como externo... por isso a minha dúvida. Há uns tempos atrás estava mesmo interessada em direito, no entanto tenho interesse em estudar a anatomia. Sou uma pessoa mesmo confusa. :’)

Creio que hajam mais cursos voltados para o estudo de anatomia do que medicina, tipo Ciências Biomédicas Laboratoriais que literalmente um dos cursos que deu origem ao mesmo é Anatomia Patológica.
 

Blasty

Moderadora
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
6,612
Curso
Medicina
Creio que hajam mais cursos voltados para o estudo de anatomia do que medicina, tipo Ciências Biomédicas Laboratoriais que literalmente um dos cursos que deu origem ao mesmo é Anatomia Patológica.
Bem, mas essa anatomia também é diferente daquilo que provavelmente o Utilizador.1234 está a pensar... 😂
 

Utilizador.1234

Membro Caloiro
Matrícula
19 Janeiro 2020
Mensagens
5
Tem só em atenção que, com média de 15 de secundário (mesmo tirando 20 nos 3 exames pedidos como provas ingresso), ficas com uma nota de candidatura no limite daquilo que tem sido o habitual, dependo também claro da faculdade onde pretendes entrar. :)
Mas, como a Alexandra disse, há muitos outros cursos em que podes ajudar pessoas, com uma média mais acessível e que pedem menos provas de ingresso (caso queiras Medicina e não consigas ou como primeira opção).


Já agora, anatomia é só uma pequena parte do curso. Para além disso, provavelmente não é assim tão divertido quanto possas pensar, tendo em conta que é só decorar e mais decorar, sendo uma grande dor de cabeça 😂 (e há coisas muito mais giras!!!).
Ah sim Eu coloquei no mínimo 15 mas espero ter mais claro. Eu por acaso gosto mais de decorar por isso é que pensava nesses cursos.
Post automatically merged:

Creio que hajam mais cursos voltados para o estudo de anatomia do que medicina, tipo Ciências Biomédicas Laboratoriais que literalmente um dos cursos que deu origem ao mesmo é Anatomia Patológica.
Parece ser interessante, mas essa área é mais de investigação e também não é bem o que procuro
 

Rafael.

Membro Dux
Colaborador Editorial
Apoiante Uniarea
Matrícula
18 Fevereiro 2016
Mensagens
885
Curso
Bioinformática Clínica
Instituição
U. Aveiro
Ah sim Eu coloquei no mínimo 15 mas espero ter mais claro. Eu por acaso gosto mais de decorar por isso é que pensava nesses cursos.
Post automatically merged:


Parece ser interessante, mas essa área é mais de investigação e também não é bem o que procuro
O curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais tem como objetivo principal a formaçao de técnicos superiores de diagnostico e terapeutica ( com uma cedula profissional cedida pela ACSS ). Já o curso de Ciências Biomédicas, esse sim, é mais focado para a area da investigação, no entanto, o curso de CBL ( ciencias biomedicas laboratoriais ) tambem permite entrar no ramo da investigação, mas não é o foco principal.
 
Matrícula
10 Setembro 2015
Mensagens
94
Curso
Ciências Biomédicas Laboratoriais
Instituição
Coimbra Health School IPC
Ah sim Eu coloquei no mínimo 15 mas espero ter mais claro. Eu por acaso gosto mais de decorar por isso é que pensava nesses cursos.
Post automatically merged:


Parece ser interessante, mas essa área é mais de investigação e também não é bem o que procuro

O curso de Licenciatura em Ciências Biomédicas Laboratoriais visão formar profissionais com elevada competência nas áreas de Anatomia patologica Citolgica e Tanantológica bem como nas Analises Clínicas. Estes licenciados têm acesso directo a duas profissões reguladas pela Administração Centras dos Serviços de Saúde (ACSS) a de Técnico de Analises Clínicas e Saúde Publica e a de Técnico de Anatomia patológica Citológica e Tanantológica.

 
  • Like
Reactions: Rafael.

olasouaFilipA

Membro Caloiro
Matrícula
27 Novembro 2020
Mensagens
8
Olá gostava de partilhar um pouco sobre a minha história. Durante toda a minha vida nunca fui uma pessoa que tivesse 100% de certeza sobre que curso escolher na faculdade. Apenas sabia que queria escolher algo que me fizesse sentir útil e realizada.À médida que os anos foram passando, a escolha foi-se tornando cada vez mais difícil porque sou uma pessoa que tem interesse em várias áreas e todas elas diferentes umas das outras. Para terem uma noção pensei em Medicina, Economia, Enfermagem, Engenharia Informática e Direito. Durante o meu 11º ano, cheguei à conclusão que queria mesmo seguir Medicina e assim, lutei pelo meu sonho. Contudo, não consegui alcançá-lo e acabei por frequentar um curso que em nada me fazia sentir feliz. Posto isto, o ano passado, decidi voltar a tentar Medicina ao mesmo tempo que fazia um curso no ensino superior. Apesar das minhas notas nos exames terem aumentado significativamente, a verdade é que voltei a não ser colocada em qualquer faculdade de Medicina. Posto isto, decidi desistir desse sonho porque já não suportaria repetir novamente os exames nacionais para futuramente voltar a não conseguir, visto que, cada ano que passa, é cada vez mais díficil conquistar uma vaga nesse tão procurado curso.Assim, decidi este ano, ingressar em outro curso, num totalmente diferente mas no qual tinha interesse. Entrei então, este ano, em engennharia informática e posso dizer que estou a gostar do curso, no entanto, estou a ter muitas dificuldades em programar. Está a ser péssimo porque eu até entendo qual é suposto ser o output do programa mas na hora de começá-lo não sei como fazer. Posto isto, sinto-me muito triste e desiludida pois parece que todos os sonhos que tenho são destruídos. No caso da medicina, não entrei por causa da média e agora em eng.informática estou com tantas dificuldades que vivo constantemente no medo e na insegurança de que este, não seja o caminho certo apesar de eu querer por tudo que fosse. Sempre me disseram que o trabalho é a chave do sucesso, que o limite é infinito, que nos podemos alcançar tudo o que queremos mas, siceramente, começo a duvidar da veracidade dessas afirmações. Sempre estudei como uma louca para atingir os meus objetivos e mesmo assim, não consegui alcançá-los. Tento fazer exercícios de programação e continuo sempre com dúvidas que parecem não ter fim. Nem consigo expressar o inútil que me sinto por ter imensas dúvidas nessa área e simultaneamente, não saber como as hei-de ultrapassar já que, os meus professores não nos ajudam em nada e cada exercício é um exercício, todos diferentes uns dos outros. Enfim, posto isto, gostaria de saber se alguém me pode dar algum conselho sobre como posso ultrapassar as minhas dúvidas e chegar a entender mesmo de programação ou se, para programar é preciso um talento inato e por mais que trabalhe será muito dificíl algum dia me tornar numa programadora...
Agradeço a quem conseguir dar uma ajuda