O meu mestrado encerrou. A FCUL não ajuda. Não sei o que fazer. Agradeço ajuda

MartaAlv

Membro Caloiro
Matrícula
8 Agosto 2022
Mensagens
1
Boa noite.

Eu estava no primeiro ano do mestrado em Bioquímica na FCUL. Entretanto durante o ano letivo que agora terminou, foi-me dito que o mestrado iria passar a chamar-se Mestrado em Bioquímica e Biomedicina e a sensação com que fiquei era que se tratava de uma mudança de nome e por isso não liguei muito visto que no email que recebi dizia que os alunos iriam continuar com o seu percurso normal.

Entretanto fiz o primeiro ano e deixei uma cadeira para fazer no primeiro semestre junto com a tese numa questão de estratégia porque os exames eram todos muito próximos.

Entratanto colegas meus que também deixaram cadeiras em atraso (quer voluntaria ou involuntáriamente ahaha) vieram dizer-me que lhes estava a ser transmitido que teriam que fazer o plano curricular novo, i.e., as cadeiras que agora são obrigatórias e foi aí que eu percebi que não foi apenas uma mudança de nome mas sim, existem mudanças a nivel de plano curricular. Apesar de serem cursos MUITO semelhantes, são diferentes.

E foi ai que decidi fazer uma pesquisa e vi que teria que fazer cadeiras novas: a que agora se faz durante o segundo ano (o ano que antes era só para a tese) e as que agora são obrigatórias no primeiro ano e antes não eram e por isso eu não as tenho feitas.

Para além disso, poe-se a questão de alguns dos meus colegas acabarem por estar a ser "obrigados" a fazer mais cadeiras que aquelas que seria suposto no que diz respeito ao total de créditos.

A secretaria nada diz. E eu muito sinceramente estava a levar isto a bem no início mas já estou um pouco pelos cabelos e sinto que ninguém me informa de nada. Para estenderem a mão para receber as propinas já sabem mas para serem transparentes com os meus direitos nada... E todos os meus colegas estão a levar o mesmo tratamento.

Gostava de vos perguntar se sabem o que eu posso fazer, que direitos é que eu tenho e qual seria o conselho que me dariam em relação a como posso proceder. O ano da tese é muito importante e stressante e eu só estava a contar fazer a cadeira que tinha deixado para trás (nem estava a contar ir às aulas, esta era uma forma mesmo de evitar ter que fazer melhorias e ter mais tempo para estudar) e agora saber que me querem meter a fazer cadeiras obrigatórias que não eram obrigatórias quando escolhi o mestrado e que provavelmente teria pesado na escolha entre os varios cursos deixa-me frustrada e nervosa porque o tempo não chega para tudo e eu preciso de manter uma média boa para o doutoramento. Quer se queira ou não, o meu curso antigo, aquele para o qual me candidatei, já não existe - o site dele já nem aparece no Google - e eu acho muito estranho ninguém me ter perguntado se eu queria ir para o novo mestrado e se aceitava o novo plano curricular. Acho muito estranho poderem fazer isso aos alunos visto que eu diria que 90% das pessoas escolhe os mestrados com base no plano curricular.

Já me disseram para tentar pedir transferência para a fct da Nova. Eu ainda não falei com eles, queria saber se alguém por aqui tem alguma opinião...

Sei que podem achar parvo e que era mais fácil fechar os olhos e fazer as cadeiras mas sinceramente sinto-me gozada, enganada e só o facto de eu ter procurado a bem falar com eles e fazer perguntas e eles continuarem a não me responder deixa-me muito indignada e frustrada.

Bem desculpem o testamento e qualquer erro ortografico.
Qualquer conselho é bem vindo.

(Ps: por favor sejam simpáticos porque eu sou sensivel lol)
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,595
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Boa noite.

Eu estava no primeiro ano do mestrado em Bioquímica na FCUL. Entretanto durante o ano letivo que agora terminou, foi-me dito que o mestrado iria passar a chamar-se Mestrado em Bioquímica e Biomedicina e a sensação com que fiquei era que se tratava de uma mudança de nome e por isso não liguei muito visto que no email que recebi dizia que os alunos iriam continuar com o seu percurso normal.

Entretanto fiz o primeiro ano e deixei uma cadeira para fazer no primeiro semestre junto com a tese numa questão de estratégia porque os exames eram todos muito próximos.

Entratanto colegas meus que também deixaram cadeiras em atraso (quer voluntaria ou involuntáriamente ahaha) vieram dizer-me que lhes estava a ser transmitido que teriam que fazer o plano curricular novo, i.e., as cadeiras que agora são obrigatórias e foi aí que eu percebi que não foi apenas uma mudança de nome mas sim, existem mudanças a nivel de plano curricular. Apesar de serem cursos MUITO semelhantes, são diferentes.

E foi ai que decidi fazer uma pesquisa e vi que teria que fazer cadeiras novas: a que agora se faz durante o segundo ano (o ano que antes era só para a tese) e as que agora são obrigatórias no primeiro ano e antes não eram e por isso eu não as tenho feitas.

Para além disso, poe-se a questão de alguns dos meus colegas acabarem por estar a ser "obrigados" a fazer mais cadeiras que aquelas que seria suposto no que diz respeito ao total de créditos.

A secretaria nada diz. E eu muito sinceramente estava a levar isto a bem no início mas já estou um pouco pelos cabelos e sinto que ninguém me informa de nada. Para estenderem a mão para receber as propinas já sabem mas para serem transparentes com os meus direitos nada... E todos os meus colegas estão a levar o mesmo tratamento.

Gostava de vos perguntar se sabem o que eu posso fazer, que direitos é que eu tenho e qual seria o conselho que me dariam em relação a como posso proceder. O ano da tese é muito importante e stressante e eu só estava a contar fazer a cadeira que tinha deixado para trás (nem estava a contar ir às aulas, esta era uma forma mesmo de evitar ter que fazer melhorias e ter mais tempo para estudar) e agora saber que me querem meter a fazer cadeiras obrigatórias que não eram obrigatórias quando escolhi o mestrado e que provavelmente teria pesado na escolha entre os varios cursos deixa-me frustrada e nervosa porque o tempo não chega para tudo e eu preciso de manter uma média boa para o doutoramento. Quer se queira ou não, o meu curso antigo, aquele para o qual me candidatei, já não existe - o site dele já nem aparece no Google - e eu acho muito estranho ninguém me ter perguntado se eu queria ir para o novo mestrado e se aceitava o novo plano curricular. Acho muito estranho poderem fazer isso aos alunos visto que eu diria que 90% das pessoas escolhe os mestrados com base no plano curricular.

Já me disseram para tentar pedir transferência para a fct da Nova. Eu ainda não falei com eles, queria saber se alguém por aqui tem alguma opinião...

Sei que podem achar parvo e que era mais fácil fechar os olhos e fazer as cadeiras mas sinceramente sinto-me gozada, enganada e só o facto de eu ter procurado a bem falar com eles e fazer perguntas e eles continuarem a não me responder deixa-me muito indignada e frustrada.

Bem desculpem o testamento e qualquer erro ortografico.
Qualquer conselho é bem vindo.

(Ps: por favor sejam simpáticos porque eu sou sensivel lol)
Olá, Marta! Ufa, tens uma situação um pouco chata entre mãos, mas talvez possas não estar a contactar os locais certos - por exemplo, sobre estas questões da alteração do ciclo de estudos, isso não é algo directamente tratado pelos Serviços Académicos da FCUL. Aliás, vocês enquanto alunos nunca receberiam qualquer documentação nas linhas de aceitarem ou não o novo plano de estudos e designação do curso porque essas deliberações são feitas através da A3ES, aliás foi mesmo este organismo que fez a proposta de alterações como a designação do curso e diria que seria útil consultares o relatório: https://ciencias.ulisboa.pt/sites/d...nal/acreditacao/2C_Bioq-ACEF_1920_0317662.pdf

Ou seja, vocês nunca poderiam "aceitar" ou não aceitar algo - o que me parece estranho é que aparentemente nenhum aluno foi exactamente informado sobre a alteração da estrutura curricular. Porém, eu fiz avaliações com a A3ES e o processo habitual é que quando há a alteração de um plano curricular, a menos que sejam alterações pequenas e que permitam aos alunos fazerem o seu percurso regularmente (ou seja, os 2 anos), se as alterações ao plano de estudos são significativas e desregularizam a situação dos alunos completarem a formação nos anos previstos, então esses alunos ainda fazem o percurso "antigo" ou entram num regime de transição que provavelmente é o que está a acontecer. Mas algumas questões surgiram-me ao longo da tua mensagem: quem é que os informou dessas alterações? quando?

Independentemente da resposta sobre a fonte de informação dos teus colegas, acho que não deves propriamente contactar a secretaria sobre essas alterações, mas sim a coordenação do curso porque a coordenação participa nos processos de acreditação do curso junto da A3ES (ao contrário dos funcionários dos serviços académicos, que muito provavelmente não enviaram resposta porque não estão ainda instruídos sobre o que responder). Vi no site da FCUL que existe um email para falar sobre procedimentos académicos e parece o local ideal para também dirigires um email a explicar a situação e a retirares as dúvidas sobre o que acontecerá com o teu percurso:
Informações sobre processos académicos
gepg@ciencias.ulisboa.pt

Na minha opinião, seria contactares tanto a coordenação de curso como esse contacto sobre os processos académicos e tentar perceber o que se passou e o que é que isso implica exactamente no teu percurso. É bem possível que eles consigam prolongar as vossas teses se houver alguma espécie de regime de transição que têm de fazer. Depois de receberes essas informações direitinhas é que, no teu lugar, eu ponderaria se seria sensato continuar o percurso na FCUL ou candidatares-te a mestrado na FCT. Não conheço qualquer procedimento de "transferência" quanto a mestrado, creio que o procedimento implica uma candidatura normal, na qual potencialmente poderás ter a creditação de alguns seminários - informações sobre esse processo seria ideal entrares em contacto com o director de curso do curso da NOVA, posteriormente a receberes as infos da FCUL.

Espero que consigas resolver a tua situação e espero que tenham sido sensatos como noutros processos da A3ES que vi (por exemplo, tenho uma amiga de um mestrado na FLUL que o mestrado encerrou e também já não existe no site porque criaram um outro mestrado, com um percurso nada parecido mas com áreas de especialização que englobam o tal antigo curso da minha amiga. Acontece que, neste caso, eles encerraram o curso mas os alunos que já lá estavam continuam a fazer o mestrado que encerrou, sendo a última "fornada" de mestres com esse curso. Possa ser que a vossa situação seja semelhante...). Sei que nada é realmente reconfortante neste tipo de situações, mas estou a torcer para que consigam resolver. Boa sorte 😮‍💨
 
  • Like
Reactions: Diana Valença