Posso concluir a licenciatura em prescrição?

numak

Membro Caloiro
Matrícula
30 Maio 2017
Mensagens
4
Boas! Vou entrar em regime de prescrição este ano, mas só me faltam algumas cadeiras para acabar a licenciatura.
Seria possível inscrever-me como estudante extraordinário a essas cadeiras e se as completasse receber o grau de licenciado?
Se ajudar, estou na Universidade do Porto.
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,956
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Olá!

Em primeiro lugar, podes agora consultar a tua situação prescricional no cigarra indo à tua área pessoal -> percurso académico -> situação de prescrição (aparece do lado direito, junto dos "requerimentos", "certidões", etc.
Seguidamente, é-te possível matricular-te em todas as cadeiras que te faltam concluir para o próximo ano letivo?
 

numak

Membro Caloiro
Matrícula
30 Maio 2017
Mensagens
4
Olá!

Em primeiro lugar, podes agora consultar a tua situação prescricional no cigarra indo à tua área pessoal -> percurso académico -> situação de prescrição (aparece do lado direito, junto dos "requerimentos", "certidões", etc.
Seguidamente, é-te possível matricular-te em todas as cadeiras que te faltam concluir para o próximo ano letivo?
Obrigado pela resposta! Em teoria devia estar prescrito, mas devido às transições do mestrado integrado existe um erro que não conta as inscrições que tinha antes da transição. Ou seja, consigo inscrever-me sem prescrição mas posso ter a matricula cancelada a qualquer altura.

Sim, já realizei a inscrição e se tiver vaga em todas poderei acabar as cadeiras que faltam de licenciatura.
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,956
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Obrigado pela resposta! Em teoria devia estar prescrito, mas devido às transições do mestrado integrado existe um erro que não conta as inscrições que tinha antes da transição. Ou seja, consigo inscrever-me sem prescrição mas posso ter a matricula cancelada a qualquer altura.

Sim, já realizei a inscrição e se tiver vaga em todas poderei acabar as cadeiras que faltam de licenciatura.
Nesse caso, recordo-me de ter visto no sigarra e na página que te referi que uma pessoa que esteja, em determinado ano letivo, numa situação que lhe permita tirar o curso nunca prescreve. Vejo que a tua situação é um bocadinho delicada porque, em teoria, se contactares os serviços académicos eles podem aperceber-se dessa situação e aplicá-la em teu desfavor.
Mas se porventura a tua matrícula for anulada em algum momento, tenta argumentar com eles dizendo que estás em condições de acabar o curso (matriculado em todas as cadeiras que faltam) e se isso não deverá ser tido em conta para não vigorar a situação de prescrição.
 

Audácia777

Membro
Matrícula
15 Julho 2022
Mensagens
11
Obrigado pela resposta! Em teoria devia estar prescrito, mas devido às transições do mestrado integrado existe um erro que não conta as inscrições que tinha antes da transição. Ou seja, consigo inscrever-me sem prescrição mas posso ter a matricula cancelada a qualquer altura.

Sim, já realizei a inscrição e se tiver vaga em todas poderei acabar as cadeiras que faltam de licenciatura.
Olá, se fores trabalhador-estudante nunca prescreves(segundo regulamento UP), tem em mente que os anos letivos 2019/2020 e 2020/2021 não entraram para efeitos de prescrição, pelo que era como se tivesses direito a mais uns dois anos, dependendo de quando entrasses no curso.
Não sei se a situação de mudança planos curriculares ou transições MI/Licenciatura pode ter impacto no processo de prescrição.
Tem também em atenção que em cada ano letivo terias de completar pelo menos mais 50 créditos(a partir da 4ªmatrícula mas se tiveres naquela situação que referi antes ou então se estiveste a estudar nos anos letivos referidos penso que haja um atraso nesta situação da prescrição), agora fiquei curioso, porque no quadro das prescrições aparecem como limites mínimo de crédito valores para além dos 180, isto dá a entender, que alguém que esteja nesta situação, tenha de se inscrever a UC´s extra, acho eu.
Mas se adquirires o estatuto de trabalhador-estudante isto é um não problema, acho eu.
Contacta os serviços académicos sobre esta questão, expõe o caso.
 

numak

Membro Caloiro
Matrícula
30 Maio 2017
Mensagens
4
Nesse caso, recordo-me de ter visto no sigarra e na página que te referi que uma pessoa que esteja, em determinado ano letivo, numa situação que lhe permita tirar o curso nunca prescreve. Vejo que a tua situação é um bocadinho delicada porque, em teoria, se contactares os serviços académicos eles podem aperceber-se dessa situação e aplicá-la em teu desfavor.
Mas se porventura a tua matrícula for anulada em algum momento, tenta argumentar com eles dizendo que estás em condições de acabar o curso (matriculado em todas as cadeiras que faltam) e se isso não deverá ser tido em conta para não vigorar a situação de prescrição.
Muito obrigado pela ideia de argumentação.
Caso prescreva mesmo, mas esteja inscrito como aluno extraordinário nas cadeiras que me faltam será possível concluir assim a licenciatura?
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,956
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Muito obrigado pela ideia de argumentação.
Caso prescreva mesmo, mas esteja inscrito como aluno extraordinário nas cadeiras que me faltam será possível concluir assim a licenciatura?
Não sei, porque uma licenciatura pressupõe que tu concluas essas cadeiras no âmbito de um ciclo de estudos. Além disso, se tal fosse possível, ia ser uma forma de fazer fraude de forma muito fácil relativamente às próprias regras da prescrição, porque todos se inscreviam isoladamente e assim era como se o regime de prescrições nem existisse. Além disso, precisarias sempre de um reconhecimento administrativo da realização dessas cadeiras, e não me parece que isso viesse a ser concedido.
 

numak

Membro Caloiro
Matrícula
30 Maio 2017
Mensagens
4
Não sei, porque uma licenciatura pressupõe que tu concluas essas cadeiras no âmbito de um ciclo de estudos. Além disso, se tal fosse possível, ia ser uma forma de fazer fraude de forma muito fácil relativamente às próprias regras da prescrição, porque todos se inscreviam isoladamente e assim era como se o regime de prescrições nem existisse. Além disso, precisarias sempre de um reconhecimento administrativo da realização dessas cadeiras, e não me parece que isso viesse a ser concedido.
Caso fizesse as cadeiras, não poderia no ano seguinte fazer reingresso e pedir equivalência às cadeiras realizadas como extraordinário?

Porque na inscrição extraordinária podes escolher fazer ou não com avaliação.
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,956
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Caso fizesse as cadeiras, não poderia no ano seguinte fazer reingresso e pedir equivalência às cadeiras realizadas como extraordinário?

Porque na inscrição extraordinária podes escolher fazer ou não com avaliação.
Só os serviços académicos te podem dar uma resposta certa e definitiva sobre esse assunto.