Posso frequentar a licenciatura e o ensino secundário ao mesmo tempo?

Jonixxxx

Membro Caloiro
Matrícula
16 Agosto 2022
Mensagens
3
Sim, é confuso, eu sei. Mas passo rapidamente a explicar.

Tenho mais de 30 anos e após anos debaixo de uma longa e dolorosa depressão, em 2022, finalmente concluí o terceiro ciclo. Estava na hora de dar o próximo passo e matriculei-me no curso de preparação para maiores de 23 anos da Universidade do Minho.

Fiz o curso, acabei com o aproveitamento máximo e apesar da fraca nota de entrevista devido à minha fraca escolaridade, fui colocado e estou a frequentar uma licenciatura na referida Universidade

Apesar de estar genuinamente a gostar do curso e do meu aproveitamento ser razoável, sinto que há competências de aprendizagem que tenho em falta devido à ausência de parte do ensino fundamental - o ensino secundário. E pretendo fazer o mesmo através do ensino recorrente noturno na cidade de Braga. Problema? Dizem-me que não me é permitido ter duas matrículas em dois estabelecimentos diferentes e em dois ciclos de estudo distintos.

A incapacidade em esclarecer o imbróglio é tal que parece inacreditável. Nem a Universidade, nem a escola pública e nem mesmo a DGES são capazes de prestar um esclarecimento cabal relativamente a esta situação.

Deixo algumas perguntas no ar que me suscitam algum espanto e incredulidade. Sendo o ensino secundário obrigatório no nosso País como me pode ser sonegada a hipótese de o completar uma vez que o mesmo é essencial no acesso ao mercado de trabalho? É que a conclusão da licenciatura demora 3 anos e fico apto a desempenhar funções apenas naquela área especifica e apesar de querer fazer o percurso "normal" também poderia querer simplesmente fazer um curso de seis meses para obter equivalências nesse sentido. Sinto-me numa espécie de vórtex existencial inacreditável e isso já se reflete no meu dia a dia.

Será que me podem ajudar? Há alguma forma de conseguir resolver a situação?

Desde já o meu muito obrigado!
 

P079

Membro Caloiro
Matrícula
19 Dezembro 2023
Mensagens
1
Sim, é confuso, eu sei. Mas passo rapidamente a explicar.

Tenho mais de 30 anos e após anos debaixo de uma longa e dolorosa depressão, em 2022, finalmente concluí o terceiro ciclo. Estava na hora de dar o próximo passo e matriculei-me no curso de preparação para maiores de 23 anos da Universidade do Minho.

Fiz o curso, acabei com o aproveitamento máximo e apesar da fraca nota de entrevista devido à minha fraca escolaridade, fui colocado e estou a frequentar uma licenciatura na referida Universidade

Apesar de estar genuinamente a gostar do curso e do meu aproveitamento ser razoável, sinto que há competências de aprendizagem que tenho em falta devido à ausência de parte do ensino fundamental - o ensino secundário. E pretendo fazer o mesmo através do ensino recorrente noturno na cidade de Braga. Problema? Dizem-me que não me é permitido ter duas matrículas em dois estabelecimentos diferentes e em dois ciclos de estudo distintos.

A incapacidade em esclarecer o imbróglio é tal que parece inacreditável. Nem a Universidade, nem a escola pública e nem mesmo a DGES são capazes de prestar um esclarecimento cabal relativamente a esta situação.

Deixo algumas perguntas no ar que me suscitam algum espanto e incredulidade. Sendo o ensino secundário obrigatório no nosso País como me pode ser sonegada a hipótese de o completar uma vez que o mesmo é essencial no acesso ao mercado de trabalho? É que a conclusão da licenciatura demora 3 anos e fico apto a desempenhar funções apenas naquela área especifica e apesar de querer fazer o percurso "normal" também poderia querer simplesmente fazer um curso de seis meses para obter equivalências nesse sentido. Sinto-me numa espécie de vórtex existencial inacreditável e isso já se reflete no meu dia a dia.

Será que me podem ajudar? Há alguma forma de conseguir resolver a situação?

Desde já o meu muito obrigado!
Eu entendo as suas preocupações acerca da gestão simultânea da universidade e a conclusão do ensino secundário, especialmente se sentires que há lacunas na tua base de conhecimento. Se o desafio estiver relacionado com a falta de fundamentos, consideraria a hipótese de explorar cursos online.

Se estiveres interessado em identificar áreas específicas para consolidar a tua base, ficarei feliz em ajudar. Conheço cursos perfeitos que podem vos ajudar nesse caso, se estiver interessado.