praxes?

 

andre_coelho

Membro Caloiro
Matrícula
3 Março 2021
Mensagens
4
Praxes?? seriamente??
"Supremo condena universidade pela morte de um aluno de Arquitectura em 2001. Ninguém assumiu espancamento durante uma "praxe" mas o jovem acabou por morrer após sete dias em coma. Lusíada vai pagar mais de 91 mil euros à família da vítima."

"Em 2003, com Ana Sofia Damião, obrigada a despir-se e a vestir-se novamente, com a roupa interior por fora, forçada a simular orgasmos e relações sexuais com colegas, e a quem, perante a denúncia, a direção do Instituto Piaget de Macedo de Cavaleiros repreendeu por escrito, condenando-a «pela forma subjetiva e excessiva como relatou os factos». "

Supremo condena universidade pela morte de um aluno de Arquitectura em 2001. Ninguém assumiu espancamento durante uma "praxe" mas o jovem acabou por morrer após sete dias em coma. Lusíada vai pagar mais de 91 mil euros à família da vítima.

A mãe de um aluno morto numa praxe da tuna da Universidade Lusíada de Famalicão, que começou a ser julgada esta segunda-feira por nomear, em órgãos de comunicação, os suspeitos da morte do filho, disse que nunca quis “difamar” ninguém.

Bem ...enfim...há também aqueles que nao reconihecem o tribunal da lei, e aqueles que nao permitem "praxes no campus"...campus??!? a praxe não é feita no campus....!! Também há aqueles , que em 1999, tiveram que pagar de 400 a 1600 euros de multa.. 400 euros?!?!? eu pergunto-me qual será a coima para um ladrão ou violador...
E isto é tradição ??! a f im de "conhecer pessoas", e "integerar os novos". Eu pergunto-me o que acontece a alunos que tenham sido dito para beber uma cerveja e não tenha aceito. Para cumulo da ironia., existe um tribunal de praxe..."tribunal de praxe"?!?!? Para o caso dos estudantes terem livre arbitro,, e independecia de raciocinio????!? Caso nao aceitem , vão a tribunal e sujeitam-se a isso??!?! "tribuinal"??? um tribunal não é isso...que farsa. Ha sempre aqueles que ,dizem "os novos gostam" e só "fazem aquilo porque querem". é O tipico raciciocinio duma pessoa que esta a coagir outra, escondendo-se atras dessas frases...(pergunto-me , quando a bosta foi esfregada na cara duma estudante, ela deve ter gostado")

cumps
fc26887@alunos.fc.ul.pt
 
Portanto, estamos a julgar a totalidade das praxes com base em alguns casos que se passaram há cerca de 20 anos atrás?

cumps
estudante que desistiu da praxe depois da 1ª semana.
 
Praxes?? seriamente??
"Supremo condena universidade pela morte de um aluno de Arquitectura em 2001. Ninguém assumiu espancamento durante uma "praxe" mas o jovem acabou por morrer após sete dias em coma. Lusíada vai pagar mais de 91 mil euros à família da vítima."

"Em 2003, com Ana Sofia Damião, obrigada a despir-se e a vestir-se novamente, com a roupa interior por fora, forçada a simular orgasmos e relações sexuais com colegas, e a quem, perante a denúncia, a direção do Instituto Piaget de Macedo de Cavaleiros repreendeu por escrito, condenando-a «pela forma subjetiva e excessiva como relatou os factos». "

Supremo condena universidade pela morte de um aluno de Arquitectura em 2001. Ninguém assumiu espancamento durante uma "praxe" mas o jovem acabou por morrer após sete dias em coma. Lusíada vai pagar mais de 91 mil euros à família da vítima.

A mãe de um aluno morto numa praxe da tuna da Universidade Lusíada de Famalicão, que começou a ser julgada esta segunda-feira por nomear, em órgãos de comunicação, os suspeitos da morte do filho, disse que nunca quis “difamar” ninguém.

Bem ...enfim...há também aqueles que nao reconihecem o tribunal da lei, e aqueles que nao permitem "praxes no campus"...campus??!? a praxe não é feita no campus....!! Também há aqueles , que em 1999, tiveram que pagar de 400 a 1600 euros de multa.. 400 euros?!?!? eu pergunto-me qual será a coima para um ladrão ou violador...
E isto é tradição ??! a f im de "conhecer pessoas", e "integerar os novos". Eu pergunto-me o que acontece a alunos que tenham sido dito para beber uma cerveja e não tenha aceito. Para cumulo da ironia., existe um tribunal de praxe..."tribunal de praxe"?!?!? Para o caso dos estudantes terem livre arbitro,, e independecia de raciocinio????!? Caso nao aceitem , vão a tribunal e sujeitam-se a isso??!?! "tribuinal"??? um tribunal não é isso...que farsa. Ha sempre aqueles que ,dizem "os novos gostam" e só "fazem aquilo porque querem". é O tipico raciciocinio duma pessoa que esta a coagir outra, escondendo-se atras dessas frases...(pergunto-me , quando a bosta foi esfregada na cara duma estudante, ela deve ter gostado")

cumps
fc26887@alunos.fc.ul.pt
Olá André!

Como em tudo na vida, há boas e más pessoas. Como em todos os grupos sociais, há cumpridores e desrespeitadores. Se a praxe é uma atividade social, liderada por jovens na flor da idade e, na maioria dos casos, a terem a primeira experiência fora das asas dos pais, é normal que se cometam excessos - tal como em sociedade se cometem. O importante aqui é que sejam, efetivamente, punidos em tribunal civil e não na brincadeira do tribunal de praxe.
Relativamente ao que dizes do "tribunal de praxe" (e apesar de saber que é um conceito muito próprio das universidades a sul de Coimbra, onde é comum haver mais excessos e menos tradição), apenas "julga" atitudes enquanto caloiro e em praxe. O veredicto final? Se pode ou não praxar semelhantes no próximo ano.
Cada um tem poder decisório (um pré requisito mínimo em alguém com 18 anos) suficiente para perceber se a praxe é ou não uma atividade a que se quer sujeitar e/ou dedicar. Na mesma universidade, faculdade e curso a praxe vai ser diferente todos os anos porque as pessoas não são as mesmas todos os anos - há rotatividade de gerações.
O importante aqui é que os alunos de primeiro ano tenham uma voz e denunciem os excessos. Sabes qual o maior problema? Há quem vá com uma mentalidade "ui, eles fizeram-me x a mim, quando for eu vou fazer x+pior aos que vêm para o ano" - falta altruísmo e espírito crítico. Não é a praxe o problema. São as gerações que vamos criando (e os contextos em que o fazemos).
É importante haver atividades de integração de jovens que estão pela primeira vez a desenrascarem-se sozinhos - especialmente conduzidas por alunos mais velhos que estiveram exatamente na mesma situação. Chamemos-lhe praxe ou não, são atividades importantes nesta fase da vida em específico.
 
Última edição:
Boas,
Sim de facto é provavel que haja boas praxes, mas também há mas. Acho mesmo que atentar contra a dignidade uma vez, é como se fossem milhares....Apenas menciono que normalmente os crimes da lei, não atentam contra o livre arbitro...
Quanto aos casos, cada ano se revela um....acho que ha mais , mas nao são revelados...
cumps
 
Boas,
Sim de facto é provavel que haja boas praxes, mas também há mas. Acho mesmo que atentar contra a dignidade uma vez, é como se fossem milhares....Apenas menciono que normalmente os crimes da lei, não atentam contra o livre arbitro...
Quanto aos casos, cada ano se revela um....acho que ha mais , mas nao são revelados...
cumps
Os crimes da lei não atentam contra o livre arbítrio? Escolhemos ser violados, etc?
Atentar contra a dignidade uma vez é como se fossem milhares? Vamos mesmo aplicar isso a todos os casos da sociedade?
Percebo o teu ponto e concordo que os excessos têm que ser punidos. Mas há muitas falhas na tua argumentação.
 
  • Like
Reactions: Alexandra S.
O roubo atenta contra o livro abritrio?? a corrupcao? a chantagem? o trafico? E sim, qual a diferenca de afectar varias pessoas ?!! soma-se os casos?! ou é tão grava atentar contra um, do que para milhares? se atentares contra a liberdade de uma pessoa?? signica que , por exemplo a partir das 10 pessoas, é que conta?? eu estava a escrever por principio...
 
O roubo atenta contra o livro abritrio?? a chantagem?
Yup. Ou escolhes que o teu espaço seja violado e as tuas coisas vão para outro dono? Ou escolhes fazer x ou x porque outra pessoa quer de livre vontade?
 
um atentado ao livre arbitrio, é quando a pessoa nao tem a hipotese de pensar ou escolher (por exemplo numa ditadura, ou seres impedido de fazer uma coisa , contra a tua vontadade, )...o que tem o roubo, a ver com isso? Isso limita-te o pensamento ? limita-te a liberdade ???! para provar, não baste dizer , que se foste roubada, foi um atentado ao teu livre arbitrio ou liberdade?!? o que tem a vontade a ver com isso?!!?