Pressão e ansiedade devido ao ingresso na Faculdade (safe place)

JoDan

Membro
Matrícula
26 Junho 2021
Mensagens
19
Curso
LEIC
Instituição
IST - Taguspark
Não sei se vou entrar na minha opção de preferência, o que eu sei que me desmotivaria imenso... juntem isso mais a ansiedade proveniente de vários fatores externos e temos o perfeito desastre. Não quero voltar a fazer o que fiz o ano passado de desistir logo ao início...
Estou exatamente na mesma situação. O ano passado fiquei colocado mas na última opção (devido ao aumento das médias de entrada), o que me desmotivou imenso. Tive uma experiência horrível e acabei por desistir passados 2 ou 3 meses. Este ano repeti a prova de ingresso e voltei a candidatar-me...pode ser que seja desta.
 

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,350
Curso
Ciência Política
Estou exatamente na mesma situação. O ano passado fiquei colocado mas na última opção (devido ao aumento das médias de entrada), o que me desmotivou imenso. Tive uma experiência horrível e acabei por desistir passados 2 ou 3 meses. Este ano repeti a prova de ingresso e voltei a candidatar-me...pode ser que seja desta.
Espero que corra tudo bem! Aqui também, eu no caso entrei na segunda opção, mas não era mesmo nada do que eu queria... mas agora eu ficaria contente com a primeira ou a segunda opção! E as médias em princípio não irão estar tão desregulados como no ano passado.
 
  • Like
Reactions: JoDan

ACA

Membro Veterano
Matrícula
3 Dezembro 2019
Mensagens
164
Estou exatamente na mesma situação. O ano passado fiquei colocado mas na última opção (devido ao aumento das médias de entrada), o que me desmotivou imenso. Tive uma experiência horrível e acabei por desistir passados 2 ou 3 meses. Este ano repeti a prova de ingresso e voltei a candidatar-me...pode ser que seja desta.
Não sei se vou entrar na minha opção de preferência, o que eu sei que me desmotivaria imenso... juntem isso mais a ansiedade proveniente de vários fatores externos e temos o perfeito desastre. Não quero voltar a fazer o que fiz o ano passado de desistir logo ao início...
Olá aos 2! : )
Apenas vos quero dizer que sei muito bem o que é estar numa posição semelhante à vossa e o quão assustador pode ser. No meu caso, eu desisti de um mestrado há 2 anos (pelo qual tinha estudado bastante para conseguir entrar...) passados 2 meses e quis mudar de área drasticamente. Decidi então fazer os exames nacionais ano passado de Matemática A e Português. Já não tinha estas disciplinas há 5 anos (tenho 24 anos atualmente). Para além disto, a razão pela qual desisti do meu primeiro curso deveu-se a um burnout (e desisti mesmo abruptamente), pelo que se conseguisse estudar mais de 30 min por dia durante alguns meses era muito.
Sentia um medo absolutamente horrível de falhar. Não só de falhar, como de voltar a falhar (tal como me parece que vos está a acontecer a vocês). Apesar de racionalmente eu saber que o burnout se deveu a vários fatores externos (e que portanto não dependeu de todo só de mim), eu sentia que tinha falhado. "E se eu não conseguir tirar as notas que pretendo nos exames?", "Já não tenho estas disciplinas há tanto tempo", "Já tenho 23 anos, não quero perder mais tempo", "E se eu não gostar do curso que estou a pensar ir?", "E se eu voltar a ter outra recaída?", "E se eu não me adaptar bem socialmente por ser mais velha?", "E se eu não me adaptar ao novo curso?", etc etc.
Este tipo de perguntas atormentaram-me durante o ano todo. No dia de saber as notas dos exames nacionais, quase vomitei com os nervos.

Eu agora que já estou "do outro lado" (aka já passei por isso, já passou um ano desde que consegui entrar no que queria, vou para o 2º ano 🤞), queria apenas desejar-vos a maior das forças.
Pode ser extremamente desanimador quando a nossa vida acaba por não tomar o rumo que desejávamos ou quando não estamos no nosso melhor, mas não desanimem! Mantenham a calma, falem com alguém se precisarem e uma coisa que, por muito "frágil" me sinta, me costuma ajudar nos exames é pensar que quanto mais nervosa/atrapalhada eu ficar, mais serei prejudicada no exame. Por isso, mais vale manter a calma e é só mostrar o conhecimento daquilo que estudei. Tentem não colocar tanta pressão em cima de vocês (eu sei que é fácil falar 🤣) e vão ver que vai correr tudo bem! Desejo-vos a maior das sortes e que vos corra tudo pelo melhor nestas candidaturas e exames! 😊 Muita força e não desistam!
 

miuna chan

Membro
Matrícula
15 Outubro 2019
Mensagens
52
Sempre morei numa cidade pequenina. As pessoas que estavam na minha turma no 12.º ano eram as mesmas com quem partilhei a sala na creche. E desde pequena que me lembro de adorar a cidade grande. De querer crescer num instante e ir para o Porto.

Agora que o sonho está tão próximo, começo a acobardar-me. Em todos os sentidos possíveis. Tenho medo de não conseguir fazer amigos, de não me sentir segura numa cidade completamente nova, das despesas, de não aguentar a pressão dos estudos, de acabar sem trabalho, aquele medo ridículo de que a minha família se esqueça de mim de alguma maneira.

Mesmo com esse bichinho do medo da mudança (acho que cresci depressa demais, arrependo-me tanto de desejar que assim fosse), custa-me a adormecer todos os dias com medo de falhar na primeira opção. Ultimamente, não penso em mais nada. É que quero tanto que isto aconteça. É um sentimento contraditório.

Neste momento, parece o fim do mundo. Mas sei que vai acabar por ficar tudo bem. E o mesmo contigo! Vamos conseguir. <3
Eu moro numa aldeia onde se sabe tudo uns dos outros, e ando com os meus amigos desde o primeiro ano. Eles candidataram-se para sítios perto uns dos outros mas eu fui aquela que meti sítios longe. Sempre quis ir para longe, conhecer pessoas novas mas quando me deparo com essa possibilidade já fico nervosa. Também tenho medo de não ter amigos, tenho medo de não me safar no curso, tenho medo de deixar os meus amigos para trás e os perder. A verdade é que sempre fui uma pessoa com baixa autoestima e isso reflete- se nestes dias que antecedem os resultados. Um conselho é procurares um hobby novo que te distraia ( eu sei que é cliché mas pronto). Eu comecei a tentar aprender japonês ( pk adoro anime) e a fazer mais exercício. Além disso podes tentar fazer alongamentos antes de dormir, ou yoga ( ajuda me imenso). Ler é algo muito relaxante também. Espero que corra tudo bem a todos e que entrem no que querem
(☞゚ヮ゚)☞
Post automatically merged:

Eu moro numa aldeia onde se sabe tudo uns dos outros, e ando com os meus amigos desde o primeiro ano. Eles candidataram-se para sítios perto uns dos outros mas eu fui aquela que meti sítios longe. Sempre quis ir para longe, conhecer pessoas novas mas quando me deparo com essa possibilidade já fico nervosa. Também tenho medo de não ter amigos, tenho medo de não me safar no curso, tenho medo de deixar os meus amigos para trás e os perder. A verdade é que sempre fui uma pessoa com baixa autoestima e isso reflete- se nestes dias que antecedem os resultados. Um conselho é procurares um hobby novo que te distraia ( eu sei que é cliché mas pronto). Eu comecei a tentar aprender japonês ( pk adoro anime) e a fazer mais exercício. Além disso podes tentar fazer alongamentos antes de dormir, ou yoga ( ajuda me imenso). Ler é algo muito relaxante também. Espero que corra tudo bem a todos e que entrem no que querem
(☞゚ヮ゚)☞
Se virem algum erro, desculpem. Eu tenho dislexia e as vezes não reparo.
 
  • Like
Reactions: Margarida Gameiro

voidlessmind

Simp da Uniarea
Matrícula
6 Junho 2019
Mensagens
3,350
Curso
Ciência Política
Matrícula
28 Julho 2020
Mensagens
35
a @MariaCarolina21 que foi quem sugeriu a ideia do discord
olhem, se criarem o tal grupo eu também gostava muito de me juntar! 😊
Post automatically merged:

Também vou partilhar um bocadinho da minha historia hahah
Eu tenho 18 anos e também me candidatei à universidade este ano e também quero ir estudar para fora da minha zona de residência. No meu caso, eu sou de Lisboa “a cidade grande” hahaha e quero sair deste ambiente, não sei se quero ir para um ambiente mais pequeno (por exemplo castelo branco) ou se prefira ir para Braga ou para Coimbra. Só quero mesmo ir para um sitio onde seja saudável e que consiga fazer amigos e estar rodeada de pessoas 🍀
Pensava que era a única que sentia esta ansiedade/medo de não conseguir fazer amigos, e de me perder na cidade e de me sentir excluída porque sou tímida. Este grupo da uniarea fez me perceber que afinal estes medos todos são normais e que não sou a única que os sente <3
Com estas mudanças todas, arranjei uma maneira de conseguir acalmar a minha ansiedade: faço uma lista de tudo o que eu tenho de tratar, seja de mandar emails, ligar para que uni/ anotar as minhas dúvidas, tudo o que me esteja a causar ansiedade eu anoto e tento resolver.
Desejo a todos muita força e resiliência nesta fase complicada! Não desistam!
 
Última edição:

Isiscarv

Membro Caloiro
Matrícula
2 Setembro 2021
Mensagens
3
Olá. Tenho 19 anos e vou candidatar me à faculdade. Tenho um dilema!
Sempre pensei seguir Psicologia, diziam que era a psicóloga do sítio e foi o mesmo resultado que tirei nos psicotécnicos, mas ultimamente tenho tido uma experiência leve com enfermagem e tenho gostado. Sempre quis seguir saúde mas nunca pensei que fosse possível por precisar de físico-química então fiquei me por Psicologia, mas hoje pensei nessa hipótese e não sei se deva alterar a minha candidatura à 1° fase, com o risco de ficar para trás, e alterar enfermagem como primeira opção.
Tenho a pressão de familiares para não alterar por ter sido um interesse repentino, que realmente foi e não sei o deva fazer e se enfermagem devia ser uma opção.
 

miuna chan

Membro
Matrícula
15 Outubro 2019
Mensagens
52
Olá. Tenho 19 anos e vou candidatar me à faculdade. Tenho um dilema!
Sempre pensei seguir Psicologia, diziam que era a psicóloga do sítio e foi o mesmo resultado que tirei nos psicotécnicos, mas ultimamente tenho tido uma experiência leve com enfermagem e tenho gostado. Sempre quis seguir saúde mas nunca pensei que fosse possível por precisar de físico-química então fiquei me por Psicologia, mas hoje pensei nessa hipótese e não sei se deva alterar a minha candidatura à 1° fase, com o risco de ficar para trás, e alterar enfermagem como primeira opção.
Tenho a pressão de familiares para não alterar por ter sido um interesse repentino, que realmente foi e não sei o deva fazer e se enfermagem devia ser uma opção.
Eu sei que isto é cliché, mas devias seguir o teu coração. Pensa não só nas cadeiras dos cursos, mas também no teu futuro. Imaginas - te como psicóloga? ou mais como enfermeira? Acima de tudo não deves deixar a pressão familiar afetar a tua decisão, porque é a TUA decisão e não deles. Se te vês como enfermeira, arrisca. Não vivas com arrependimentos. Em relação aos testes psicotécnicos acho que pouco dizem sobre ti. Por exemplo, os meus deram agricultura e eu sou uma naba no que toca a isso. Primeiro tens de decidir qual dos dois queres mesmo e meter como primeira opção, depois podes meter na terceira ou quarta opção o outro. Não te esqueças é de meter uma opção em que tenhas quase a certeza que entras. Boa sorte e espero que tudo corra bem 🥰
 

mrsleesanders

Membro
Matrícula
4 Agosto 2021
Mensagens
80
Curso
Educação e formação
Instituição
IE-UL
Hey pessoal , há um grupo que vocês podem falar sobre aquilo que sentem
Post automatically merged:

Vou colocar aqui o link do discord
Partilhem com os vossos amigos
 
Última edição: