Química ou Física? Inglês ou Aplicações Informáticas?

coolcoolcoolcool

Membro Caloiro
Matrícula
27 Junho 2020
Mensagens
8
Olá,
Chegando a esta etapa do ano, sendo uma aluna do 11º encontro algumas dificuldades na escolha das disciplinas que pretendo frequentar no 12º. Na universidade pretendo seguir algo relacionado com computação ou marketing, no entanto sinto uma inclinação para química em vez de física. Em alguns sites de universidades as provas de ingresso são dadas como "física" ou "química" separadas o que me pôs um pouco confusa sendo que só tenho conhecimento do exame de física e química A que irei fazer. Em relação ao nível de dificuldade física e mais exigente que química, ou o inverso?
Debatendo-me agora sob Inglês e Aplicações, tenho média de 20 à primeira disciplina mencionada e tencionava prossegui-la mas, aplicações informáticas é algo que me interessa mas, pelas metas curriculares que observei não senti o apelo. Gostava de aprender html, c++ e outras linguagens de programação mais a fundo, mas na realidade dão isso a essa disciplina?
 

Marco L.

Moderador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
8 Julho 2016
Mensagens
11,128
Curso
MEFT
Instituição
IST
Em alguns sites de universidades as provas de ingresso são dadas como "física" ou "química" separadas o que me pôs um pouco confusa sendo que só tenho conhecimento do exame de física e química A que irei fazer.
Deves estar a confundir. Para prova de ingresso só existe o exame de Física e Química A.
Em relação ao nível de dificuldade física e mais exigente que química, ou o inverso?
Física é mais exigente sem dúvida, mas não é nada de extraordinário se tiveres bastante interesse nesta área.
 

tomasbarrosgoncalves

Membro Caloiro
Matrícula
7 Novembro 2017
Mensagens
5
Hey there! Antes de mais, bem-vinda ao fórum! :)

Em alguns sites de universidades as provas de ingresso são dadas como "física" ou "química" separadas o que me pôs um pouco confusa sendo que só tenho conhecimento do exame de física e química A que irei fazer. Em relação ao nível de dificuldade física e mais exigente que química, ou o inverso?

Tal como o @Marco L. disse, a única prova de ingresso remotamente parecida com a que (porventura) estás a falar é mesmo Física e Química A (715). No passado (até 2006, se não me engano), existiam realmente esses dois exames separados (Física / Química) como avaliação da conclusão das disciplinas de 12º, mas desde então que o único exame que avalia essas áreas é o de 11º. :)

Debatendo-me agora sob Inglês e Aplicações, tenho média de 20 à primeira disciplina mencionada e tencionava prossegui-la mas, aplicações informáticas é algo que me interessa mas, pelas metas curriculares que observei não senti o apelo. Gostava de aprender html, c++ e outras linguagens de programação mais a fundo, mas na realidade dão isso a essa disciplina?

Antes de mais, devo dizer-te que no ano passado estava numa situação parecida com a tua (exceto no que toca a Química, estava em dúvida sobre se deveria escolher Física/API ou Física/Inglês) e acabei por me ficar pelo primeiro par... Neste assunto, acaba por ser sempre aquela lengalenga do "escolhe aquilo de que gostas mais e que achas que te vai levar a tirar uma melhor classificação no final do ano", é (também) para isso que o 12º serve... Em relação à Física/Química, concordo bastante com o que o @Marco L. disse... Por norma (e esta é mesmo uma norma daquelas que raramente não se verifica), Física acaba por ser uma disciplina de opção com uma carga de trabalho bastante grande em comparação com outras opcionais de 12º (não só pela extensão do programa - que podes consultar aqui -, mas também pela óbvia exigência que a Física pré-universitária acaba por ter, e por um ou outro professores que estão mais interessados em fazer-te ser autodidata do que em estarem disponíveis para tirar dúvidas ou explicar a matéria como deve ser, mas isso é como em todo o lado...), mas no geral é uma disciplina incrivelmente interessante e, se tiveres gosto na área, vais ver que vais aprender imensas coisas porreiras. No que toca à Química, não sei se é por ser, muitas vezes, escolhida em conjugação com a Biologia (que acaba por ser, a par de Psicologia e Inglês, das disciplinas com menor grau de trabalho e exigência que alguma vez existiram - e existirão xb), mas costuma haver um relaxamento significativo dos professores (e dos alunos) no que toca à matéria, então, apesar de ser uma disciplina também bastante interessante, podes ir preparada para não ter uma carga de trabalho tão grande (tenho noção de que este exemplo não é universal, mas na minha escola o prof que dava Química de 12º deixava os alunos levarem para o teste um formulário manuscrito em frente e verso com o que quisessem, sendo que a maior parte das questões nesses testes vinham de fichas e exercícios resolvidos em aula, portanto por aí dá para ver um bocadinho do que acaba por ser a disciplina; não generalizando, claro, mas também não conheço uma única pessoa, dentro ou fora do concelho onde vivo, que não tenha ouvido relatos parecidos).

No que toca a Inglês/API, o cenário acaba por poder ser (ou não) um bocadinho o mesmo... De forma geral, Inglês acaba por ser uma disciplina com uma carga de trabalho bastante reduzida (e tu, sendo aluna de 20, certamente que não vais ter qualquer problema em conseguir acabar o 12º com essa nota), portanto se quiseres ter esse 20 garantido sem grande esforço, escolhe Inglês. Em relação a API, também é uma disciplina que varia de zona para zona, mas tem havido uma tendência para, nos últimos anos, deixar de ser aquela bandalheira que alguns professores pensam que é (aliás, quando a minha prof de Inglês descobriu que estava a planear escolher API em detrimento da disciplina dela, atirou-me logo à cara que queria escolher API para não fazer nada - o que não podia estar mais errado, até porque para isso teria escolhido Inglês, mas apesar de alguns pensamentos como este persistirem, a imagem da disciplina tem vindo a mudar). No meu caso, a divisão dos tópicos abordados foi programação estruturada em C++ no primeiro período (que consegue ser tanto muito bom e interessante como horrível, dependendo do teu grau de afinidade com o pensamento lógico-computacional), programação orientada a objetos com o AppInventor/realidade virtual com o CoSpaces no segundo período e tratamento de imagem com o GIMP (era para ser PS, mas com a pandemia não havia licenças para ninguém xD) no terceiro período, mas acaba por haver bastante variação e diversidade dependendo da zona do país em que estás (por exemplo, eu sou de Braga mas tenho uma amiga viseense e no ano passado a programação estruturada dela foi em Visual Basic, sendo que também fizeram umas cenas com stop motion e animações no terceiro período que nós não fizemos porque a nossa escola simplesmente não tinha estrutura nem recursos para isso). Apesar de tudo, parece-me haver um tronco comum que consiste em programação, tratamento de imagem e realidade virtual/teoria da interatividade, então se algum destes tópicos te parecer porreiro (and, trust me, they are), escolhia API. Para que tudo isto não seja assim tão abstrato, posso dar-te o exemplo daquilo que fizemos este período, em que tivemos que criar um blog e colocar lá as tarefas propostas, numa espécie de portefólio (endereço aqui o meu, porque não sei o quão confortáveis alguns dos meus colegas se sentiriam ao ter o blog deles partilhado, mas a ideia é mais ou menos essa).

No final de contas, tudo se resume àquilo que queres que seja (dentro do possível) o teu próximo ano: um ano mais relaxado onde vais ter mais (algum) tempo para estudar para os exames sem as preocupações associadas a uma (ou duas, dependendo do que escolheres) disciplinas que dão mais algum trabalho, ou um ano em que acabas por poder experimentar e aprender coisas novas e interessantes, tendo um bocadinho mais de trabalho (num ano em que tens apenas cinco - quatro, se não contares EF - disciplinas e em que o teu tempo livre é maior). Só não caias na falácia de que é uma má ideia escolher disciplinas mais trabalhosas porque ficas sem tempo para o resto... Com uma boa gestão de tempo (e algum esforço, vá), consegues conciliar tudo o que tens para fazer e ainda assim ter bastante tempo livre. Acabei com 20 a ambas as disciplinas e não foi por isso que deixei de sair com os meus amigos e de ter algum tempo para mim.

Qualquer dúvida, basta perguntares. :)
(also, esse nickname é uma referência a B99? 🧐)