Qual a melhor universidade para tirar o curso de educação básica?

Ângela0104

Membro Caloiro
Matrícula
10 Novembro 2019
Mensagens
10
Curso
Línguas e humanidades
Boa noite,
Tenho várias dúvidas a cerca do curso de educação básica se se encaixa em mim ou nao...
Eu acho que devo seguir este curso porque é a única solução para ganhar dinheiro e para ter uns tempos de férias...mas o problema e também para não andar a aturar patrões estupidos e ignorantes... mas o problema é que não é uma coisa que eu gosto de fazer lidar com crianças chatas e barulhentas... como é que vocês acham que eu posso resolver este problema?
 

Blasty

ModFofa
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
29 Abril 2016
Mensagens
5,743
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
Boa noite,
Tenho várias dúvidas a cerca do curso de educação básica se se encaixa em mim ou nao...
Eu acho que devo seguir este curso porque é a única solução para ganhar dinheiro e para ter uns tempos de férias...mas o problema e também para não andar a aturar patrões estupidos e ignorantes... mas o problema é que não é uma coisa que eu gosto de fazer lidar com crianças chatas e barulhentas... como é que vocês acham que eu posso resolver este problema?
Não é a única solução para ganhar dinheiro, há tantos empregos diferentes... xD

Vais ter sempre pessoas acima de ti, a "mandar" em ti, não é por seres professora ou educadora de infância que isso muda. A não ser que sejas tu a estar no topo, claro. xD

Não sei como podes considerar Educação Básica se não gostas de lidar com "crianças chatas e barulhentas" (que, nessas idades, são todas... as crianças são assim). 😅 Eu também não gosto assim muito de crianças, sobretudo dessas idades. A última coisa que eu faria era escolher uma profissão em que vou estar em contacto com crianças todos os dias, o dia todo. xD
 
  • Like
Reactions: davis and Rafael.

Gonçalo Santos Silva

Spammer Profissional
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
9,219
Curso
Farmácia
Instituição
ESS-IPP
Boa noite,
Tenho várias dúvidas a cerca do curso de educação básica se se encaixa em mim ou nao...
Eu acho que devo seguir este curso porque é a única solução para ganhar dinheiro e para ter uns tempos de férias...mas o problema e também para não andar a aturar patrões estupidos e ignorantes... mas o problema é que não é uma coisa que eu gosto de fazer lidar com crianças chatas e barulhentas... como é que vocês acham que eu posso resolver este problema?
Ahmm..a tendência das crianças é serem chatas e barulhentas mesmo 😅
 

Rafael.

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
18 Fevereiro 2016
Mensagens
599
Curso
Biologia
Instituição
Universidade de Aveiro
Boa noite,
Tenho várias dúvidas a cerca do curso de educação básica se se encaixa em mim ou nao...
Eu acho que devo seguir este curso porque é a única solução para ganhar dinheiro e para ter uns tempos de férias...mas o problema e também para não andar a aturar patrões estupidos e ignorantes... mas o problema é que não é uma coisa que eu gosto de fazer lidar com crianças chatas e barulhentas... como é que vocês acham que eu posso resolver este problema?
Foca nos teus gostos e interesses e as recompensas virão! Tira um tempinho para procurar que cursos te chamam à atençao, vê o plano curricular e, se possivel, entra em contacto com profissionais da área ( ou voluntariado como fiz em clinicas veterinarias no secundario ) para entender o dia-a-dia e quais as dificuldades que esses profissionais encontram.

Infelizmente, esses "patrões" vão existir sempre, mas costumo dizer que as pessoas não deixam empregos... Elas deixam ambientes tóxicos! Vais encontrar pessoas com boas e más capacidades de liderança, mas vê isso como uma oportunidade para trabalhar nas tuas competências como gestão de conflito ou até mesmo para ( um dia ) te tornares num lider ( e não num patrão! ).

Maior dos sucessos!
 
  • Like
Reactions: PCouto and davis

PCouto

Membro Caloiro
Matrícula
4 Fevereiro 2019
Mensagens
8
Boa noite,
Tenho várias dúvidas a cerca do curso de educação básica se se encaixa em mim ou nao...
Eu acho que devo seguir este curso porque é a única solução para ganhar dinheiro e para ter uns tempos de férias...mas o problema e também para não andar a aturar patrões estupidos e ignorantes... mas o problema é que não é uma coisa que eu gosto de fazer lidar com crianças chatas e barulhentas... como é que vocês acham que eu posso resolver este problema?
Boa tarde, Ângela.
Sou educadora de infância. Primeiro passo para termos sucesso, quer em educação Pré-escolar quer no 1º Ciclo, é gostarmos de crianças! Gostarmos de as levar/ajudar (não gosto de usar o termo "ensinar"...) a adquirir as competências necessárias para construírem bases sólidas para a sua vida futura, na escola e na sociedade. É uma área fantástica, onde estamos sempre a aprender coisas novas, sobre nós e sobre os outros. É tão bom estar com as crianças, brincar com elas (sim, porque o processo de aprendizagem tem que passar pela brincadeira!) e vê-las crescer em todos os sentidos é muito gratificante. Não as podes ver como chatas e barulhentas, mas sim como pessoas indefesas, que muitas das vezes não têm apoio e carinho da família, e que precisam de orientação, do teu carinho (e miminho!) e de se soltar (não é barulho! 😉). Este aspeto é essencial na escolha desta área vocacional. E, como em tudo, se não gostamos do que fazemos, não chegamos a lado nenhum e recebemos uma miséria. Em relação aos "patrões", eles existem em todas as áreas e para lá chegarmos temos que trabalhar muito e investir na nossa formação. É necessário sabermos gerir as relações e não tem que haver conflito com ninguém, quer sejam colegas, quer sejam superiores hierárquicos.
E é como o Rafael diz: procura algo em que te sintas confortável e que te estimule a dar o melhor de ti. Só assim te sentirás realizada. Boa sorte!
 

Laura Sofia Rolo

Membro Caloiro
Matrícula
8 Junho 2017
Mensagens
2
Olá, Ângela! Eu sou estudante de Educação Básica. Estou no 3º ano. Estou em Santarém.

Acho que não deves seguir um curso só porque vais "ganhar dinheiro" e "para ter uns tempos de férias". Deves seguir um curso porque gostas e porque te vês, no futuro, a exercer uma profissão relacionada com ele. Ganhar dinheiro, ganhas em todos os empregos... mas sentir-te-ás 100% realizada em apenas 1. Pelo menos eu identifico-me assim.
Em relação ao curso de Educação Básica, se já tens na cabeça que as crianças são "chatas e barulhentas", então deixa-me que te diga com toda a sinceridade, não sigas esse curso... Eu venho de uma família muito grande, onde sempre tive a oportunidade de lidar com crianças mais novas e sempre ganhei um gosto muito grande em lidar com elas. Fui crescendo e ganhando maturidade e fui percebendo que o meu futuro tinha que ser com crianças. Se tu não vês o teu futuro com elas, não vás para um curso que tens única e exclusivamente de lidar com elas!
Durante o meu percurso escolar, já tive a oportunidade de estagiar em vários contextos, nomeadamente creche, jardim de infância e 1º ciclo. Cada um destes contextos tinham vários desafios. Ou era a criança X que chorava mais, ou era a criança Y que precisava mais de mimo, ou era a criança A que precisava mais de atenção, etc... Tens mesmo que ter noção que cada criança é diferente e que são desafios todos os dias, mas que valem a pena. E é uma profissão muito gratificante, mas que sim, dá muito trabalho.
Em relação aos patrões, vais ter sempre um patrão chato, estúpido e ignorante. Quer sigas o melhor curso do mundo, quer sigas o pior.

Estuda bem todas as tuas opções, só assim é que conseguirás chegar a algum consenso. De certeza que há algum curso que consigas identificar-te mais!
 

Ângela0104

Membro Caloiro
Matrícula
10 Novembro 2019
Mensagens
10
Curso
Línguas e humanidades
Boa tarde, Ângela.
Sou educadora de infância. Primeiro passo para termos sucesso, quer em educação Pré-escolar quer no 1º Ciclo, é gostarmos de crianças! Gostarmos de as levar/ajudar (não gosto de usar o termo "ensinar"...) a adquirir as competências necessárias para construírem bases sólidas para a sua vida futura, na escola e na sociedade. É uma área fantástica, onde estamos sempre a aprender coisas novas, sobre nós e sobre os outros. É tão bom estar com as crianças, brincar com elas (sim, porque o processo de aprendizagem tem que passar pela brincadeira!) e vê-las crescer em todos os sentidos é muito gratificante. Não as podes ver como chatas e barulhentas, mas sim como pessoas indefesas, que muitas das vezes não têm apoio e carinho da família, e que precisam de orientação, do teu carinho (e miminho!) e de se soltar (não é barulho! 😉). Este aspeto é essencial na escolha desta área vocacional. E, como em tudo, se não gostamos do que fazemos, não chegamos a lado nenhum e recebemos uma miséria. Em relação aos "patrões", eles existem em todas as áreas e para lá chegarmos temos que trabalhar muito e investir na nossa formação. É necessário sabermos gerir as relações e não tem que haver conflito com ninguém, quer sejam colegas, quer sejam superiores hierárquicos.
E é como o Rafael diz: procura algo em que te sintas confortável e que te estimule a dar o melhor de ti. Só assim te sentirás realizada. Boa sorte!
muito obrigada
Mensagem fundida automaticamente:

Olá, Ângela! Eu sou estudante de Educação Básica. Estou no 3º ano. Estou em Santarém.

Acho que não deves seguir um curso só porque vais "ganhar dinheiro" e "para ter uns tempos de férias". Deves seguir um curso porque gostas e porque te vês, no futuro, a exercer uma profissão relacionada com ele. Ganhar dinheiro, ganhas em todos os empregos... mas sentir-te-ás 100% realizada em apenas 1. Pelo menos eu identifico-me assim.
Em relação ao curso de Educação Básica, se já tens na cabeça que as crianças são "chatas e barulhentas", então deixa-me que te diga com toda a sinceridade, não sigas esse curso... Eu venho de uma família muito grande, onde sempre tive a oportunidade de lidar com crianças mais novas e sempre ganhei um gosto muito grande em lidar com elas. Fui crescendo e ganhando maturidade e fui percebendo que o meu futuro tinha que ser com crianças. Se tu não vês o teu futuro com elas, não vás para um curso que tens única e exclusivamente de lidar com elas!
Durante o meu percurso escolar, já tive a oportunidade de estagiar em vários contextos, nomeadamente creche, jardim de infância e 1º ciclo. Cada um destes contextos tinham vários desafios. Ou era a criança X que chorava mais, ou era a criança Y que precisava mais de mimo, ou era a criança A que precisava mais de atenção, etc... Tens mesmo que ter noção que cada criança é diferente e que são desafios todos os dias, mas que valem a pena. E é uma profissão muito gratificante, mas que sim, dá muito trabalho.
Em relação aos patrões, vais ter sempre um patrão chato, estúpido e ignorante. Quer sigas o melhor curso do mundo, quer sigas o pior.

Estuda bem todas as tuas opções, só assim é que conseguirás chegar a algum consenso. De certeza que há algum curso que consigas identificar-te mais!
muito obrigada pela mensagem é isso que vou fazer